Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A aluna desesperada

Autor: Carlos
Categoria: Heterossexual
Data: 17/12/2009 15:10:59
Nota 7.75
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou Carlos, sou professor em alguns colégios. O que vou relatar aconteceu com uma aluna - Jéssica - que estava fazendo supletivo. Ela é loira, corpo muito sexy, coxas grossas, bumbum durim e os peitos são grandes. Ela quase sempre vinha nas aulas - noturnas - de calça laycra daquelas que ficam grudadinhas no corpo. Eu sempre tive muito tesão por ela e ela sabia disso.

O fato é que ela era muito burra! Não acertava nada nas provas. Então as notas vermelhas estavam só se acumulando, eu certamente a reprovaria. Ela ia pra aula por pura obrigação dos pais mesmo, passava a aula toda conversando. Ela é daquelas meninas que os pais são de classe média e dão uma vida boa para ela e ela só quer saber de farriar.

Já no final das aulas, nos útimos dias de aula - eu estava fechando as notas - ela veio conversar comigo no final da aula, devia ser umas 22:30hr. Ela me disse que brigou feio com os pais e que se ela não passasse naquele ano os pais dela a colocariam para trabalhar na primira oferta de emprego que aparecesse, seja faxineira ou qualquer outra coisa. Ela falava muito desesperada sabendo que suas notas eram péssimas.

Depois que ela parou de falar, eu comecei a explicar a situação dela. Disse que as notas dela eram pésssimas, a pior da turma, não tinha mais provas e que ela devia ter se preocupado com isso antes. Ai não teve jeito, ela começou a chorar, e a implorar pra eu adulterar as notas dela, e eu negava - já com segundas intenções. E a cada NÃO que eu dizia ela desesperava mais e mais.

Em um dado instante ela se acalmou, parou de chorar, e ficou um silencio na sala durante um tempo, até ela olhar diretamente nos meus olhos e dizer:

- Me faz esse favor e em troca eu serei toda sua. Eu sei que você me acha gostosa, eu venho pra aula toda gostosinha só pra te provocar, adoro ver você babando quando olha pra minha bunda.

Eu fiquei surpreso, não esperava que ela fosse tão direta, mas aproveitando o embalo eu logo disse:

-Que bom que você sabe o que eu quero. Você é realmente muito gostosa e eu sou louco pra te fuder todinha sua safada.

-Ai professor não me chama de safada porque se não eu fico molhadinha.

-Vem aqui safadinha, senta no coloco do seu macho.

Ela veio e sentou no meu colo. Finalmente pude sentir aquela bunda gostosa. Fui logo lascando um beijo naquela linda boca e passando a mão nas coxas dela e dava tapas fortes na bunda durinha da safada. Depois de pouco tempo só nos beijos, eu mandei ela ficar de pé e tirei a blusinha e a calça de laycra, deixei ela so de calcinha e sutiã. Sentei ela na mesa e fiquei adimirando sua beleza por alguns instantes, pois logo o tesão tomou conta de mim e tirei logo o sutiã dela e cai de boca naqueles peitos maravilhosos. Ela segurava meu cabelo e me pressionava mais ainda contra seus peitos. Eu os chupava com muita vontade, eram uma delicia.

Enquanto chupava os peitos dela, eu ia tirando minha roupa. Meu pau estava muito duro, chegava a "doer" de tanto tesão. Me sentei na cadeira e mandei ela ficar de quatro feito uma cachorrinha e que viesse me chupar. Ela ficou de quatro e desfilou, me deixando com mais tesão ainda, e veio com a boquinha direto no meu pau. Ela chupava muito bem, nem usava as mãos, continuava com elas apoiadas no chão. Ela passava só a ponta da lingua na cabecinha e depois engolia tudo. Ficou me chupando uns 10 minutos e eu não aguentei e gozei muito na cara dela, depois esfreguei e bati meu pau na cara dela.

Eu tava com muito tesão ainda, então coloquei ela deitada sobre a mesa, tirei a calcinha dela e vi aquela buceta raspadinha, um tesão. Comecei a chupa-la e ela dava gemidos altos, enfiava o dedo nela e ela gemia mais ainda. Pareciaa uma verdadeira putinha gemendo de prazer. A bucetinha dela já estava muito molhada, então mandei que ela se debruçasse na mesa. Tive uma visão maravilhosa daquela bunda gostosa toda aberta mostrando a bucetinha e o cuzinho, ambos implorando pelo meu pau. Me posicionei atraz dela e enfiei meu pau naquela bucetinha apertadinha. Comecei a bombar nela e dava tapões naquela bunda. Ela gemia muito e rebolava feito uma piriguete. Sentia meu expremido dentro da bucetinha quente dela.

Eu não parava de fude-la, era muito gostoso. Enquanto bombava forte, passei a mão na buceta molhadinha dela e comecei a enfiar um dedo no rabinho da safada. Ela percebeu o que eu ira fazer e, quase sem fôlego e forças, disse:

-Por favor, não! Eu nunca fiz sexo anal, nem com meu namorado!

-Melhor ainda, vou ser o primeiro a foder esse cuzinho.

Enfiei o dedo no cuzinho dela, e ela continuava ensistindo, então eu falei:

-Se você quiser passar, vai ter que dar o rabinho sem reclamar!

Ela nem falou nada. Tirei meu pau da buceta, e comecei a esfregar no cuzinho dela. Forcei um pouco, mas parece que ela nunca tinha dado o rabinho mesmo. Isso me deixou mais louco ainda pra fuder aquele cuzinho virgem. Mandei ela relaxar e fui forçando até que entrou a cabecinha. Ela pegou minha camiseta e mordia nela pra abafar os gritos. Esperei a dor passar um pouco e terminei de enterrar meu pau na bunda dela. Nossa, que delicia! Comecei a fazer movimentos leves, mas ia aumentado o rítmo com o aumento do tesão. Depois de um tempo, eu ja fodia o cuzinho dela com força e chamava ela de putinha, vagabunda, filinha de papai, safada...

Segurava nos peitos dela e metia forte por traz. Ela já não sentia tanta dor e sentia mais prazer. Eu enfiava dois dedos na bocetinha dela e ela ia ao delirio. Sua boceta estava completamente molhada de tesão. Eu revesava entre foder o cuzinho e a bucetinha dela (decisão difícil). Depois de arrombar ela todinha eu já estava quase gozando. Como já havia gozado na cara dela, resolvi encher o rabinho dela com minha porra. Ela reclamou por eu ter gozado no rabo dela, mas era eu quem mandava ali e mandei ela calar a boca!

Mandei ela se vestir e ir embora. E disse que a média dela seria 8.0.

Como professor, já tive outras alunas desesperadas para passar. E sempre passaram.

Por favor, votem nos contos. Isso nos estimula a publicar mais.

Comentários

19/12/2009 08:30:04
Carlão. seu conto é razoávelagora: como professor, ocê tá forçando.[ensistir - filinha]. estude mais. NOTA 03
17/12/2009 23:30:02
pra quem ta começando foi muito bom mesmo parabésn...
17/12/2009 20:37:54
com estes erros de portugues, o maluca vem me dizer que é professor, táde mentira, que nem este conto.
17/12/2009 15:40:45
hahaha, nossa, eu acho que vpu virar professor, no final do ano, o meu prsete da sala, vai ser o rabo das alunas gostosas

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


bumda grande fodendo caindo com perdas bambaContos eroticos de mulheres com grelo grandes gratisconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotaNinfeta ansiosa para exprimentar negão de pissa grande e grosso e fica toda arrombadaconto comi minha eguaconto sexo cu por gustamorena deitada para dormir nua e cansada mas seu caozinho nao deixa lanbe sua vagia e ela gstaxvideo novinha gostosa tesão daquela P9pai t***** atola a rola no c* da colegial r*****sorvetinho com vovo. incestoPorno contos de traicoes dentro da propria casaesposa caladinha com estocadashomem empurra na vara na jumenta até gozarmulheres bostas scatXVídeos uma mulher de 28 anos de baby doll arrumando a casaConto erótico chupa bucetalevei minha mulher ao medico pausudo e ele comeu ela na minha frentevideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudacontos meu sogroincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornochifruda voyeur cuckqueaneu qeuro vidio di sexocontos de mae vadia viciada na rola do filhofudida por um tio pirocudo contopegei minha tia no banho buseta carnudaezibi vizinhas goistozacontos eroticos como eu virei puta de um velhocontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadosenas com carinho massagem beijos abraço pegadas palavras romanticas casal apaixonado e sexocontos incestos mãe mais lidos 2017paguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contosmaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiixvidio veio chupando peito da novilnhahomem chupando mulher que cor de roupa que insistir vídeo soca peladamulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhoxvideos posição na rede de embalocontos de desmaiei na pica grande de meu irmão no meu cupadastro come a enteada loirinha e faz ela gosar varias vesestomando piricada no riobucetinha novinha estralandoxvideoscontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiavideos caseiros comendo esposa logo cedo videos para baixar escorrendo porracasada corno.dirigindo ela aprontou contosrabuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhacontos eróticos vovó transando com cavalomulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornoa tia zoofilia pegada no caocontos levei minha mulher pra fuder com o kid bengalaVer garotos com 16 cm de picaconto cu entaladocontos pornos comadres morenamúsica de Tierry E aí parceiro que como você é o meu desejo te chatear o seu prazer escravo dos seus beijos Ai como eu quero te agarrarWww. faveladas fazendo sexo na promiscuidadecdzinha gostosa para programa sp capitalmenina mãeporno da parra doi caranovinha dormindo de Baby Doll padrasto canaPorno contos pais e maes iniciando suas meninas no incesto com carinho e muito gozocontos eroticos de damon salvatorechupou a buceta da india ate ela gozarmarido segura as mao da esposa para o amante enfiar o braço na nuceta dela enquanto ela grita de dorsangue suor lagrimas tortura pornoCONTOS ERÓTICOS DE MOTORISTA FANTÁSTICOScontos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentosconto erotico casada crente no tremsexo surpresa rapaz ch3ga pra conserta a pia e rola chupada na xota hacontos gays pique esconde no orfanatonovinha alemã da xana lisina abrindo a portacontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca eleComo era as bucetas no tempo da minha avódei o cu video para o time inteiro de futebolmeu namorado botou o dedo minha vagina e sanfrei nao sou mas virgem videopaniqueti lavando gosarda pirnirelatos de chuva douradacornolandia barbara costa bucetawww delexvidio comcontos porno de incesto, interior da bahia com o irmao acidentado de moto, contos pornoputa zoofilia coladana fazenda de amigos novinho conto eroticopeladacamisinhavideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudoswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outrocontos eroticos comi a filha da minha inquilinaflagrei mamae com irmao