Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A ninfeta Baiana tirou meu cabaço

Autor: cpiria
Categoria: Heterossexual
Data: 19/12/2009 19:52:10
Nota 9.50
Assuntos: Heterossexual, teens

Essa é a história da minha primeira transa. Na época eu era um jovem de cabelos nos ombros todo encaracolado, forte pois neste período de minha vida eu malhava, foi quando um de meus amigos o Baiano me falou que sua irmã mais nova, Eliene, estaria chegando da Bahia, viria morar em definitivo aqui no Rio de Janeiro, ele me falara que era a irmã mais bonita, eu sem maldade comecei a chama-lo de cunhado, ele sorria e gostava da idéia já que éramos bastante amigos.

No dia em que Eliene chegou tomei o maior susto pois Baiano a levou lá em casa e falou na frente de todo mundo, e aí cunhado vim lhe apresentar sua namorada, ela achou a maior graça, pele morena, lábios carnudos, seios médios, pernas grossas, da minha altura e que bunda maravilhosa, chegava a ser empinadinha, mas só tivemos as apresentações e só ficou nisso.

Passaram-se alguns dias e encontro Eliene de manhã cedo quando estava indo comprar pão, eles moravam próximo a padaria, fomos juntos conversando e ela me fala que seu irmão havia lhe dito que eu o chamava de cunhado e ele gostava, e perguntou se eu não havia gostado dela pois não tinha lhe dado nenhuma cantada, falei que em respeito a sua família estava sem graça apesar de tela achado uma fofa, ela agradeceu e pegou na minha, e assim fomos a padaria.

Começamos então um namoro como outro qualquer para nossa idade, só que aos poucos o clima entre a gente começou a esquentar, pois quando eu a abraçava por trás logo ficava de pau duro e procurava disfarçar, numa dessas ocasiões ela disse fica assim que tá gostoso, então comecei a apertar mais minha pica contra sua bundinha e a beijar-lhe o pescoço e passando a mão em seus seios, Eliene começa então a gemer e fala baixinho, vamos entrar que estou sozinha em casa, estávamos namorando no portão, era a tarde e seu irmão estava no colégio e sua mãe no trabalho, ela não tinha pai.

Entramos e fomos direto para o sofá da sala, eu sentei e la sentou-se no meu colo de frente pra mim, começou a beijar-me e morder meu lábios com tanto tesão que meu pau queria saltar para fora de meu hortetirou minha camiseta e começou a mostrar que apesar de mais nova era bem mais esperta que eu, ela vestia um vestidinho preto que terminava no meio das coxas e quando sentou-se em meu colo ele subiu deixando aparecer sua calcinha preta, Eliene então passou a beijar-me no pppppppescoço as orelhas e a morder meus peitos deixando meu pau já todo babado, arriou me sshortueca e tudo, eu levantei a bunda para ajudar, Eliene então pediu que eu levantasse e sentou no sofá ficando com a boca na altura de minha pica, beijou a cabecinha espalhando com a língua todo meu melado que pingava e hora dava uma sugada e falava que não era para perder nenhuma gotinha, em um determinado momento colocou todo ele em sua boca indo até a garganta, chegando a provocar vômito e a babar muito, mas sugava tudo em seguida, não conseguia imaginar como ela era experiente e tão nova, Eliene falei,e vou gozar e ela falou vem gatinho goza em minha boquinha, gozei tanto que escorria pelos cantos de sua boca, falei para ela que queria chupa-la também ela concordou e tirei o vestido dela começando uma bela chupada em seus peitos durinhos e de bicos bem grandes, com as mãos fui desddddescendocicicicinturam vagaroso vai e vem indo só até a metade, já ela reclamava que estava ardendo um pouco, nos beijamos então com muito amor, ela começa a descer mais fundo a medida que morde meus lábios e língua e o calor em sua bucetinha começa a almenauauaumentar alto seus movimentos vão ficando mais fortes e soltos, agora já bate a bunda com força em minha coxas e meu caralho entra até o fundo ela oha polololham falando vou gozaaaaarrrrrrrrr e goza cavalgando meu caralho, em pouco tempo abraço minha menina forte enfiando minha lígua llínguaundo em sua boca e gozo com força naquela bucetinha linda ficamos assim parados por algum tempo, meu pau fica a meia bomba ela sai de cima de mim, e sentamos lado lado no sofá ainda nus e se acariciando.

Falo a ela que muito experiente para a idade, pois eu era virgem até a pouco, ela sorri e diz que também era virgem e mostra o sangue que saiu de sua bucetinha, mas que sua família na Bahia era composta de muitas mulheres mais velhas e lhe ensinaram por exemplo como chupar um pau treinando em uma banana, me falaram que até dar o cuzinho era gostoso e treinava com os dedos, só agora teve coragem de fazer com alguém.

Começamos a nos beijar novamente e meu pau que estava a meia bomba já fica duro novamente, e Eliene caiu de boca não perdendo tempo, deitamos e começamos a fazer um maravilhoso 69, aquela maravilhosa bunda aberta para mim me fazia dar longas lambidas em seu cuzinho e a enfiar meu dedo médio, e quando meu dedo entra em sua bundinha ela dá uma gemidinha e fala tá tão gostosinho e aperta meu rosto contra sua buceta e eu sugo com vontade seu melzinho que começa a escorrer de dentro de suas entranhas, quase não agüentando mais me viro e falo para minha deusa que é para ela ficar de quatro que vou comer sua bundinha para coroarmos aquela foda tão gostosa, ela me beija e vai se virando, coloca uma almofada embaixo da barriga e empina a bundinha, dizendo cuidado tá amorzinho, caio de boca novamente naquele cu que em instante vai ser deflorado só que agora molho ainda mais ele com meu cuspe me posiciono e começo a dar pincelada suavemente em seu anus ela com as mãos me ajuda abrindo ainda mais, vou forçando e Eliete geme dizendo que tá doendo, para então preocupado com ela deixando a respirar um pouco e inicio de novo movimento, a cabeça entra e ela geme alto e fala porra que dor, paro um pouco mais para ela se acostumar com minha pica em seu rabo que também me aperta muito, acariciando de leve suas costas e me abaixando começo a beijar seu pescoço e a falar em m ouvidos que ela é muito gostosa e que tem um cuzinho quentinho e apertadinho, o seu rebolado é um sinal que estou no caminho certo e entre uma lambida no ouvido e umas palavras de sacanagem vou enfiando as poucos e com o rebolado da Baianinha minha pica vai entrando, sinto então meu saco encostar em sua bunda, ela fala, entrou tudinho, sinto a minha bunda toda preenchida com sua carne, juntos começamos um gostoso vai e vem ora gemendo ora chingando e falando palavrões, Eliene suada e cansada goza atolada em minha vara que pulsa dentro de seu cuzinho apertadinho, pucho-a de encontro a mim enterrando mais ainda meu pau naquele cuzinho delicioso e falo em seu ouvido estou gozaaaannnnnddddddoooooo, Eliene fala que está minha porra quente por dentro de sua bunda e diz que é muito gostoso, fico um tempo sobre ela após retirar a almofada, seu cuzinho começa agora a expulsar meu pau que esta amolecendo, nos beijamos e prometemos juras de amor um para o outro.

Hoje estou casado com outra pessoa, mas sempre a vejo pois ela após se casar veio morar próximo a mim, e de vez enquando ainda saímos e com este tesão.

Para quem for do RJ e estiver carente, entrem em contato, reponderei.

[email protected]

Comentários

20/12/2009 01:10:31
bom, gostei.
19/12/2009 20:25:05
ual, vcs são safados mesmo, gozei nas calças
19/12/2009 20:20:07
ual, vcs são safadas mesmo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto eurotico academia com o menino bundudoFelipe e Guilherme- Amor em Londredsexo bengostoso uma lambida no grelo bem gostosoconto erótico buceta azedinhaesposa de mente fertil pornoporno abordado da égua rapazcontos gay uma viagem inesquecível para o novinhocontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o talofilmes porno de diarista espiando patrao batendo punheta brasileira maior de idadeContos eroticos incestos bato todos dias punhetas para minha filha paulaapaixonado pelo meu primo brutamonte melhor partecontos incesto xota enrabadacontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudolavano a becetaDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelgordas lpucas de tesaomeu bundao esta seduzindo meu filho filmeirmãzinha viu papai comendo titia e quis tambémporno dento da pestinha conto eroticosdei no primeiro encontroFui encoxada e iniciada por um roludoarregasado a buceta com muita velocidadecuzinho mulher no comando rebola analHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticosfotos enfermeira gostosa pega rola pascientebrincando escanchada contos pornocontos eroticos usando camisola pro meu filhovidio porno tio me cumeu na varanda do quintauporno mae e filha oubrigada pagar agiotacontos gays tio e sobrinhovideo de mulher tirando a o sutian ea calsinha ficando subinuacontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistasminha cunhada punheteira contos reaisconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matocontos de sexo depilando a sograxvideo.com esfregando o pau na buceta lizinha e com um gemidinho sexo massagem na buceta com carinhochupaminhabucetacoroapiriquita britadeira evangelicamulheres agachadas com buctao reganhadobobeou o comedor meteu na negrarenatadominadoracontos eróticos eu e meu sobrinhoxvideos desleal branquinha dando pro negaocontos erodicos de primos sendo extrupado pelo lekquero ver um vídeo de mulher transando com cachorro engatado usado berrando muito gayabaixar a musica so vei comigo vc n vai si arrebederfotos enfermeira gostosa pega rola pascienteas baianas mais bucetudascontos incesto xota enrabadahomens balancando as bolas pornoPrefeito Sandy crentinha s***** metendocontos eróticos irmao roludo arrebentou meu cabaçoestourando com o cu da amadora e ela cagando no paucontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o grelocontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putabaixar vídeos de irmao comendo a buceta linda e gostosa da irma depois que os paissaemsocando na enteada gravida de jundiaibrincando escanchada contos pornona zoofilia as cadelas aceita ser fudidaencoxada mau cobertaXVIII minha mulher com negaoPutaria brasileira puta da a a fortãofilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outraconto eróticos voyeur vizinha dos fundosqueria ver vídeo de sexo com lindas coroas chorando e gritando no pau do negão dos peitão e bundão ela g****** junto com negão e o negão g****** junto com ela no pau ela g****** nos corre na gala chorando e gritando de dorminha cunha espero meu irmão sai e mim mandou ajudar a ela a apertar o sutiã e eu a cumei sexoquero ver filme pornô com preguiça do Flamengo d********* de bruçoentregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticoscontos eu e meu irmao fudemos a mamãecontos de sexo depilada na praiaTodas fotos.de.cabacinhos.das.novinhas.gostosa .i.kuzinhos.gostosoVideos de sexo brasileiro nem naceu cabelo na bucetinha virgem e ja ta metendo com pauzaocolokando o pau na boca da irmanzinhq dormindo