Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sodomizando a zangadinha III

Autor: helga
Categoria: Heterossexual
Data: 22/12/2009 01:40:31
Nota 10.00
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Rafer, o dono da casa e o jovem casal, Junior e Aline, tomavam o café da manhã quando foram surpreendidos com a chegada do pequeno yatch atracando no píer que levava ao deck aonde estavam.

Outro jovem casal desembarca e enquanto o homem dá algumas ordens aos marujos, sua esposa caminha deslumbrante até a mesa onde Rafer e companhia estão sentados. Este se levanta e elegantemente cumprimenta Talita, a bela esposa de Jimmy que vem logo atrás.

- Minha humilde morada resplandece com tanta beleza junta!

- Mas minha cunhadinha será mais bela por um tempinho a mais do que eu!- responde Talita, ainda com a mão estendida para Rafer e beijando Aline nas faces.

-Mas eu jamais serei tão famosa quanto você Talita!

Junior, irmão de Talita, apenas a cumprimenta com sorriso e um balançar de cabeça. Mas, ao ver o cunhado, se levanta e o abraça esfuziantemente.

- Sinto muito mas estou sem a Ingride e o sistema que vigora aqui é o de selfservice – diz o anfitrião de cabelos prateados presos na nuca como um rabo de cavalo.

- Sem essa, Rafer! Já tomamos nosso café no barco! Esse aqui parece de boteco de esquina! – Todos riem da piada, apesar da indelicadeza de Jimmy.

“Oh, não! Esses dois tinham que surgir logo agora!” pensa consigo Aline que esperava ter uma manhã de orgia com Rafer, como tem acontecido nesses últimos três dias, desde que chegaram.

Tanto Rafer, apesar de ser trinta anos mais velho, quanto Aline sentiram forte atração física, um pelo outro.

Assim nessas três manhãs e algumas vezes a tardinha, quando Junior ia surfar, sua esposinha era submetida a usar sua boquinha, xana e cusinho, além do vale entre os imensos seios e o reguinho da bunda, abocanhando, aconchegando e se entalando com o longo e grosso caralho de Rafer.

Talita, sem que os outros percebam, faz um discreto sinal para Rafer, indicando que deseja falar a sós com ele.

- Venham conhecer a casa! – convida ele e dá o braço a Talita.

- Sem essa, Raffy! É tudo a mesma coisa! Eu o Junior vamos cair na água!

Enquanto Rafer e Talita caminham para o interior da casa, Aline passa a arrumar a mesa.

- Puxa! Eu não canso de admirar tua beleza...esse teu corpaço maravilhoso! A tua bundinha, o teu cusinho fogoso!

- Pára, Rafer, pára! Eu não quero que você pense assim de mim. Nunca mais! – lágrimas lhe vêm aos belos olhos azulados.

- Ué! O quê que houve?

- Me perdoe Rafer, mas nós temos que esquecer tudo o que houve entre nós! Você me fez uma mulher completa e feliz desde meus quatorze aninhos, mas agora eu encontrei um homem por quem me apaixonei perdidamente!

- Bom... muito bom! Mas não seria isso só uma atração física passageira, como já houve antes? Eu te ensinei que essa coisa de fidelidade sexual é justificativa para hipócritas e mal resolvidos sexualmente!

- Não, não! A coisa é sincera e muito forte. Eu não sei como aconteceu. O caso é que não consigo agüentar nem um toque desse babaca do Jimmy! Nem acho que poderia trepar com você também!

- É, a coisa é séria! Acho que simplesmente você surtou com essa coisa toda da celebridade que você se tornou! Acho que nem psicanalista vai adiantar...

- Não seja escroto, seu velho canalha! Não tô louca não! Estou apaixonada por um homem que acho melhor que você e os outros!

-Calma, calma minha princesa! Calma, está tudo bem! Eu concordo com você. Eu estarei apoiando você em todas as atitudes que você tomar. Vamos, vamos... pare de chorar...

E Rafer tem a cabeça de Talita apoiada em seu tórax e como não tinha como deixar de ser, os hormônios de ambos começam a percorrer seus corpos como rios de fogo!

Aline deixa a bandeja cair ao entrar no salão e encontrar os dois se beijando. Com uma perna de Talita semi-enroscada na coxa de Rafer, ele apalpa-lhe as nádegas com ambas as mãos!

Talita bruscamente se afasta de Rafer e lhe dá um tapa no rosto!

- Você é um canalha! Está se aproveitando de minha fraqueza!

Ele olha para uma assustada Aline e depois para uma enfurecida Talita, que apesar da aparência raivosa no formoso rosto, transpira sexualidade por todos os poros! A percepção de Rafer é imediata. Ele sabe que somente Aline ainda não entrou no clima. É tudo uma questão do momento exato com a ação certa!

A cabeça de Talita dá uma virada pro lado quando o tapa que Rafer lhe dá na face faz seus belos olhos se arregalarem de espanto e seu cabelos se desarrumarem!

- Nunca mais faça isso comigo, sua pivete pervertida! Além disso, você me deve respeito! E muito respeito por tudo que te ensinei e por tanto que você gozou com minha rola! Hipócrita sem vergonha!

Talita tinha recuado com o impacto e caído sentada no sofá. Sem tirar os olhos dos dois, Aline se abaixa e tateando tenta recolher os utensílios. Embora assustada, ela começa a sentir certa excitação. A mesma quando o dominador Rafer se aproximava dela para submetê-la aos seus caprichos sexuais. Ela pressente que está prestes a assistir uma performance entre dominador e servente!

- Levanta Talita! Suba pros quartos, já! E você, boqueteira pilantra, arruma tudo aqui embaixo! Vem avisar se algum dos dois entrar na casa! E quando eles forem surfar você também sobe! Quero a tua boquinha molhando meu páu antes de enrabar tua cunhadinha Talita! Vai! Anda!

Quando finalmente Aline chega a suíte de Rafer, encontra Talita semi-deitada com as duas mãos na cabeça dele que a tem entre suas coxas escancaradas para os lados.

- Aaaaaaaaaah! Chupador xerequeiro! Enfia mais...mais! Não sabe mais chupar minha xerequinha, velho sacana?!

Talita parece que está domando um potro agora. Ela se apóia em um dos cotovelos enquanto a outra mão guia com ferocidade a cabeça de Rafer de encontro a sua xaninha. Não passou nem dois minutos e ela dá um longo grito orgástico! Ela empurra a cabeça de Rafer para fora de suas coxas e as fecha com a expressão agonizante de gozo! Por fim ela se queda de lado, quase na posição fetal, e fica respirando pesadamente enquanto emite alguns suspiros, com um leve sorriso nos lábios entreabertos!

Rafer ainda ajoelhado puxa Aline para perto si e tasca-lhe um tremendo beijo na boca. Ela praticamente goza ao sentir o gosto da bocetinha da cunhada nos lábios de Rafer! Por iniciativa própria, ela passa a lamber-lhe a face na procura de vestígios dos fluídos de Talita!

O velho safado segura os cabelos da nuca de Aline e a afasta desfazendo o beijo e delicadamente mas com pressão empurra a cabeça dela em direção a sua intumescida vergona!

Ao mesmo tempo ele pega os tornozelos de Talita e a faz ficar de bruços. Talita pressente o que vai acontecer a seguir e dá uma ligeira empinada nos soberbos e famosíssimos glúteos, que uma multidão de fãs paga milhões para vê-los em vídeo e em fotografias!

Aline está ajoelhada e com a boca tenta colocar todo o saco de Rafer dentro da boquinha! Ele passa uma mão por trás da cabeça dela e a arrasta uns poucos centímetros até que ele possa se inclinar e enfiar o rosto no rego da bunda de Talita, procurando esfomeadamente o cusinho dela com sua boca já escorrendo saliva!

Talita com o olhar fixo, como estivesse hipnotizada, e um sorriso meio que abobalhado nos lábios, rebola suavemente as nádegas no rosto de Rafer. Os dedos de suas mãos ora apertam, ora largam as dobras do lençol, a cada pontada da língua de Rafer que tentar invadir seu anus!

A boca de Aline consegue engolir toda a majubona de Rafer chegando os pentelhos dele a lhe faz cócegas na ponta do narizinho! E então ele goza! Com uma primeira enxurrada tão forte que esguichos de esperma escapam da boca da noiva de Junior!

Mais e mais esguichadas são engolidas por Aline. Ela agora já está mais acostumada e não engasga como antes!

- Aaaah! Que...que maravilha! Que gozada fantástica! Aline...amoreco, guarda...guarda um pouco... um pouco... na boquinha! Isso mesmo...queridinha! Fica com um pouco ainda na boquinha!

Ela está em estado de êxtase. O que será que aquele pervertido vai lhe submeter agora? “Já não basta ele me viciar em saborear seu esperma” pensa uma excitada Aline, dedilhando a própria xaninha!

- Vem aqui...cunhadinha rampeira...vem! Derrame todo o caldinho dele aqui...aqui no meu cusinho...derrama...derrama...derrama!

E Talita leva ambas as mãos para trás e segurando cada banda da esplendida bundona, as separa mostrando o cusinho rosado ainda brilhando da saliva de Rafer!

Aline após encostar a boca babando de esperma dentro do cusinho da cunhada, começa a tremer descontroladamente devido ao forte orgasmo que lhe percorre o belo corpo. Ela chega a chorar sorrindo enquanto grita de tanto prazer.

- Estou pronta pra ser enrabada! – Rafer escuta Talita lhe sussurrando e, se contorcendo um pouco, aproximar a bela face e lhe beijar como a mesma mulher apaixonada de antes...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Fotos de mocinha empinando o cu para o negao de pau mandigoconto erotico de urso motoqueiro aregaçando o novinho saradinhomolhe de bucetona do beici viradoas coxas da minha mâe contos eroticoscontos gay afeminadosouvir barulho do pinto entrando na buceta pornôporno pai e filhinha no maio saroencoxada bem arroxadagemendo e gozando gostosas espirrar esperma longe. porno atitudivídeo pornô com homem enfiando o braço todo no ânus da mulher despejando muito líquidoporno mae surpreebdidadois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarcontos eróticos de marido chega em casa e escuta sua mulher gemendo e brexa o cara comendo o cú delacontos sobrinha meu presente2cuckold adeptosfodida na balada/contocontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comercontos eroticos seduzi professor na aula vaga e ele me chupouspornodoidomadrasta me oçhandoporno mulhers efomeadasprovoquei e ele me pegou a forca na rua!!contos eroticospor favor senhor eu nunca fiz sexo anal pornoconto porno lesbico praticando scat`conto erotico` Gabrielmulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãobelo sexo dormindo de conchinha com a titiamassage ando a cunhada contopai cheira a cueca do filho com gozoconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestiMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetacontos de incesto maê pega filho roçar o pênis no grelo da maetecido brilhoso pornsexo gay contos valentãoimagm de sex filha qosano na cara do paicontos erotico curvada frente namoradodeu remeduo p/ mae dormi efode com elafasse%20x%20pornoFotos de travesti novonho trazandomeu avô estorou meu cabacinhoquero ver vídeo de menina virgem dando para homem dotado que arranca vida dela com força como se fosse um estrupo mas esse tipo como se fosse de vídeo vídeo de pornô vídeo de sexo e suas coisas Eu quero ver vídeo da simquero ver novınha que sao empregada fudendoJairinho baiano pornô gaysou adepta a zoofilia virei cadelacomi a minha tia pela primeira vezFlagrei minha filha de dez anos se masturbando fiquei espantada mas espliquei a ela o que estava acontecendo e encinei a se masturbar so qiue ela quere que eu faça direto agora aprendiz do sexo porno falando palavroesnovinha de biquine fazedo sexo de ladinho colado bem devagarinho no cuzinhoos melhores minetes com o caralhinho no cu pornoGozei na buceta da crente velha contosmulheres chorando muito pedindocpra parar de botar no cuuma mulher transando com cavalo a outra olhando e focou com votade de entra debaixo e ela ficou com medo da peroca do cavaloconto marido comeu meu cuporno. tor. muita careitizuando meti a pica na b***** da égua meladinhaaenchi for anel sexsexoalvesCona gulosa relatosContos erotico gozando dentro tendo aidsmarido fazendo covardia com a buceta da esposaConto erotico gay mão bobapeguei meu sobrinho mas tenho uma chapuletada rola muito grandeContos.minha.sobrinha.não.tem.cabelo.na.buceta.mas.ja.quer.fuder.contoserot/mamae pegou eu e meu irmao brincando de medicoela so goza cagando e gritandopoi no meu cu tiosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinavibrando paz e do negão no sexo anal f*** sobreimcesto com papai ele meteu sua pica grande tudo na minha bucetinha novinhatinha pocos pelosContos eroticos chotei na puca do meu padrasto parte1conto erótico com irmão cavaloex cunhado cacetudoContos de incestos mamae brinca de lutar com filho ele fica com tesaoputona sendo rasgado no cu pica gggcontos velho bruto poe no cu sem avisarirma gemeas ciumes por isso se chupam pornoSodomizando mae e filha contos