Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Festa da Faculdade - 1.1

Categoria: Heterossexual
Data: 23/12/2009 12:30:17
Nota 9.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Saudades – Bons tempos!

É engraçado, mas parece que eu estava adivinhando que elas iriam me procurar, pois sentiriam saudades, assim como eu.

Está é uma grande historia que foi construída ao longo de 5 anos de faculdade de Direito na UFMG. Vocês podem não acreditar, mas foram os melhores anos da minha vida. Cheios de amizades, festas, orgias, surubas, sexo, traições, fetiches, desejos e loucuras.

Eu sempre fui um cara muito pacato, típico mineirinho come quieto. Sou moreno, de olhos castanhos claros quase verdes, com grandes cílios, cabelos negros bem baixinhos, físico atlético – fazia natação e era policial militar na época da facul. Os outros atributos vocês saberão mais adiante.

Bem, tudo começou no 1º período da facul, pois este é o que agente faz as amizades e amores que vão durar, talvez, para o resto de nossas vidas. No primeiro dia de aula é sempre a mesma coisa: de onde vc veio, qual seu nome, sua idade, o que fazia, seus sonhos, seus objetivos, bla bla bla. Porem uma fala me chamou a atenção, uma certa garota, capixaba muito bonita – olhos verdes, pele morena, corpo lindo, estatura mediana -, disse que “aqueles anos que viriam seriam os melhores anos de sua vida e que ela não mudaria so a vida dela, mas a de todos os outros”. Isso parece forte, mas não é nem o começo.

De cara programamos uma pequena confraternização para nos conhecermos melhor, pois por estar na UFMG tinha gente de todos os cantos de Minas e do Brasil. Foi uma festa simples, com umas 25 pessoas, mas foi uma loucura. A capixaba, também conhecida como Bia, organizou todo o evento. A festa foi numa chácara em Sabará, local bem isolado. Lá todos se divertiram e beberam muito e, alguns, já demonstravam interesses “afetivos-sexuais”.

Mas a Bia foi a primeira a começar toda a bagunça, pois ela pegou um cigarro de maconha e já começou a fumar e oferecer pra todos, alem de distribuir beijos loucos e molhados pra quem estivesse em seu caminho. Já sabem no que deu, virou um grande bacanal, pois foi uma pegação geral. Quando a Bia chegou em mim ela tentou me beijar, porem eu a afastei, ai – vcs podem não acreditar -, ela veio pra cima e pegou no meu saco e perguntou: ‘vc é viado, gay ou o que? Me desculpe, já vejo que ta de pau duro e parece ser dos grandes’. Não tive escolha virei pra ela e disse: ‘se você não vai fazer nada então larga o meu pau’. Não demorou muito e ela já tava de boca nele, chupando igual uma louca desvairada. Não quis saber meu nome nem nada, apenas chupava como se fosse a ultima vara que ela veria. Não resisti muito, pois aquela loucura toda tava me deixando muito excitado, acabei gozando na boca dela, pra minha surpresa ela me disse: ‘Obrigada! Eu estava precisando de porra pra me sentir melhor. Sua rola é muito gostosa quero mais dela outro dia desses.’ Não entendi nada, mas fiz ela terminar de limpar minha rola. Foi muito doida aquela festa.

Meu amigo Jorge: – um policial civil -, moreno, alto, olhos negros, cabelo castanho escuro; quando viu toda aquela orgia falou pra pararem a festa, porem a Bia virou pra ele e disse: ‘vc quer um boquete também?’ Ele era muito recatado, mas disse uma coisa que eu ate hoje não entendo: ‘se você quer pagar uns boquetes tudo bem, porem vc não sai daqui sem que eu coma o seu cuzinho!’ Não entendi, pois ele era um cara muito na dele e tinha uma namorada muito gostosa, a Ana – deliciosa -, que alias era minha amiga de outras epocas. A Bia não esperou ele fechar a boca e respondeu: ‘será que você nos agüenta?’ E já foi indo na direção dele, porem ela chamou uma outra menina que tava de bobeira na festa, a Juliana, e disse pra ela: ‘pára de ficar so olhando! vem me ajudar num trabalhinho! você já deu seu cú hoje?’ E, de repente, já estavam com a boca na pica do Jorge, e a Bia disse pra Jú: ‘Chupa bem gostoso esse cacete, pois este cara ta precisando dar uma gozada.’ A Jú se mostrou uma devassa de primeira começou a chupar o Jorge e, repentinamente, deu uma lambida bem molhada e quente no cu dele, ele não estava preparado pra aquilo, soltou um urro de prazer e tezao, que foi abafado pelo belo par de seios da Bia sendo socados na boca dele - So de lembrar já fico de pau duro - parecia um sonho, pois uma loirinha muito gostosa chupava a rola (a Jú era loira, baixinha, com formas bem arredondadas, típica baixinha socadinha, seios fartos, e um traseiro dos sonhos) e a outra obrigava ele a chupar seus seios fartos. Coitado do Jorge – a Bia tinha razão – não agüentou e começou a estremecer as pernas e gozou loucamente na cara e no cabelo da Ju. a Jú disse pra ele: ‘já acabou? Eu ainda nem comecei, vc ainda tem que comer meu cu!’ E continuou a chupa-lo com muita vontade e desejo, não deixando a pica dele nem amolecer e já foi ficando de quatro, exibindo seu belo rabo e cuzinho rozadinho pedindo rola; naquele momento eu queria estar no lugar dele; a Bia disse pra ele: ‘você queria comer um cú, então coma! Mas deixe pra gozar na minha boca!’ E começou a chupar a rola dele e o cuzinho da Jú, deixando-os bem lubrificados. O Jorge não teve dó socou a vara dele com toda pressão no cuzinho da Jú de uma só vez. Ela por sua vez bradou com muito tesão: ‘Soca tudo bem gostoso no fundo do meu cú! Me rasga toda! Seu negro puto! Seu jumento desgraçado! Me fodi bem gostoso seu fraco!’ Naquele momento a festa parou. Todos se viraram para eles e ficaram observando aquela sena de sexo louco. O Jorge não fez feio dessa vez, começou a socar com mais força e gritava: ‘Toma vara sua branquela safada! Vou te foder até você implorar pra eu gozar!’ Não demorou muito e a Ju começou a gemer e gritar, so que dessa vez de prazer, porem o Jorge acelerou mais e mais as socadas no cuzinho dela, ela suspirou e caiu no chão! O Jorge tirou sua pica de dentro do cú dela e ficou balançando pra todo mundo ver – a pica dele estava vermelha como um pimentão e muito inchada – ele chamou a Bia e disse: ‘Vem cá minha puta, agora é a sua vez!’ Fez ela chupar um pouco e gozou na boca dela, obrigando ela fazer uma “garganta profunda” – coitada quase engasgou – terminou de gozar e, ainda, disse: ‘Dei conta ou não?’ A Bia, ainda com a boca cheia de porra, disse: ‘Você é bom, porem só comeu um cuzinho! Você não disse que eu não sairia daqui sem dar o meu cú pra você? Mas vou deixar você me devendo.’ Após isto o Jorge caiu no chão exausto e a Bia continuou fumando o seu cigarro de maconha e chupando as rolas do outros caras.

É, foi uma festa memorável. A melhor daquele semestre, porem não foi a primeira e nem a ultima, apenas mais uma de varias que ocorreram durante os anos da faculdade.

São muitas historias que ocorreram naqueles anos maravilhosos, mas estas são pra outros contos. Este foi apenas o primeiro de uma serie que eu estarei postando no site. Espero que tenham gostado. Façam seus cometarios e sugestões, pois tenho muitas aventuras pra contar. “Ah! Não se esqueçam façam sexo com camisinha!”

Comentários

06/01/2010 17:00:29
muito bom lembra meu tempo de facu
28/12/2009 02:03:40
Maravilhoso, esplendido ..... Vou fazer a mesma coisa na Faculdade de Direito da PUC Minas.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos colega negão estuprando o novinho gayvideo pornotirando peos en el bañoquero zap d travest d itaquecetubabotei meu dedo na buceta da mulher do amigocutucou a menininha sem penetrarconto me tornei corno calcinha do macho negro delaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhobotando o joelhinho em cima da mesa xvideosMeu amigo viado bundudo liso vestido de mulher conto gaypornor doido homem batendo poletaconto erotico decasais chupando pau maior 30cmccrioula dando o cuzaoconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betoconto incesto sempre que vejp minha irmã fico de pau duro e ela cheia de tezaogozada no cu com recuada gaycache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133 contos eroticos cheia de pentelhos horriveisarrmbei o cuda mamãe/videos pornoconto erotico castiguei o viadosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhoporno do padre fudeno casada comfusadoce nanda contos eroticoshomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexocontos eroticos de gemeas rabudas estupradas por mecanico do pau gigantenegao infiando na guela da safadacontos erotico papai minha amiguinha q vc arregaça ela tambémmulheres gelo gande metendo piquito da outramulenapicasexo oral 2016 nos mamilos bicudos das mulatasisso viadinho chupa minha rola engole tudo logo vai engolir ela toda nesde cuzinho apertadocasada.comcrente dando pro.comvelho.contocomendo o cuzinho com um guspinhosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinamae gozou loucamente no pau de 25cm dp filho dotadpver mulhe chutando bocetareginaEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosvideo pornodoido casal transa dentro de uma poça de lamaContos de cornocontos erotico mestre de obra.pausudxvideos caseiro emfermera mindando banho eaihistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherconsiquiu engoli uma pica enormeminha filhinha na punheta contosflagras escolas picanteporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paicoloquei um fil dental e dei meu filho video pornoela e nossapara foder contosporno mulheres com alta preção no cu jogs bosta longecontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhaporno novinha trezeno com namorando da migafode violento o cu da vo gorda humilhandoMinha tia fez boquete pra mim relatocontos de sexo depilando a sograarranhando a bucetinha pro papai coloca o dedo e chuparincesto recente mae consentindo o pai com filha contoscontos pornos comadres morenacomebuceta irma outra irma prexaesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhovídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuavídeo de sexo de garotão matuto. de cueca boxe. de pau durohomem escroto excitado gozando gemendo no grelo pra caralhoconto eróticos de minha namorada deixa sua calcinha xeia de sebo na pia do banheirocontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docesminha esposa queria rola grande eu arumei ela quiz fugi eu segurei e mandei soca todoliteralmente engatada com dogconto gay "todas as formas de amor"contos de filho encoxando mae no onibuscaseiro.Mae.filho.Depilacaoconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancomenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornopolicial fudendo com mulher que levava drogas na bucetaXXVIDIO.COMEU.ASUACUNHADAficamos nuas e sastifeitasconto cracudo noiado gay contomenina 18 cabasom. padato tula dela camaporno contos apalpada pelo tio do maridogozou dentro da buceta e a mulhervnao queria no xvideoscontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundacontos eeroticos gay meu amigo se declarou pra minpornodoido gato lembi bucetamenininhae gueyzinho xvideoconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudahistorias eroticas a pretinha magrinhazoofilia com cadela no pri mero ciovídeos porno de bonecas de prático gigantescontos eroticos com viuvas ricas e mulheres sedutoras ricasenrabada pelo negao contoswww.xvideos.bucetaovirgens