Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Festa da Faculdade - 1.1

Categoria: Heterossexual
Data: 23/12/2009 12:30:17
Nota 9.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Saudades – Bons tempos!

É engraçado, mas parece que eu estava adivinhando que elas iriam me procurar, pois sentiriam saudades, assim como eu.

Está é uma grande historia que foi construída ao longo de 5 anos de faculdade de Direito na UFMG. Vocês podem não acreditar, mas foram os melhores anos da minha vida. Cheios de amizades, festas, orgias, surubas, sexo, traições, fetiches, desejos e loucuras.

Eu sempre fui um cara muito pacato, típico mineirinho come quieto. Sou moreno, de olhos castanhos claros quase verdes, com grandes cílios, cabelos negros bem baixinhos, físico atlético – fazia natação e era policial militar na época da facul. Os outros atributos vocês saberão mais adiante.

Bem, tudo começou no 1º período da facul, pois este é o que agente faz as amizades e amores que vão durar, talvez, para o resto de nossas vidas. No primeiro dia de aula é sempre a mesma coisa: de onde vc veio, qual seu nome, sua idade, o que fazia, seus sonhos, seus objetivos, bla bla bla. Porem uma fala me chamou a atenção, uma certa garota, capixaba muito bonita – olhos verdes, pele morena, corpo lindo, estatura mediana -, disse que “aqueles anos que viriam seriam os melhores anos de sua vida e que ela não mudaria so a vida dela, mas a de todos os outros”. Isso parece forte, mas não é nem o começo.

De cara programamos uma pequena confraternização para nos conhecermos melhor, pois por estar na UFMG tinha gente de todos os cantos de Minas e do Brasil. Foi uma festa simples, com umas 25 pessoas, mas foi uma loucura. A capixaba, também conhecida como Bia, organizou todo o evento. A festa foi numa chácara em Sabará, local bem isolado. Lá todos se divertiram e beberam muito e, alguns, já demonstravam interesses “afetivos-sexuais”.

Mas a Bia foi a primeira a começar toda a bagunça, pois ela pegou um cigarro de maconha e já começou a fumar e oferecer pra todos, alem de distribuir beijos loucos e molhados pra quem estivesse em seu caminho. Já sabem no que deu, virou um grande bacanal, pois foi uma pegação geral. Quando a Bia chegou em mim ela tentou me beijar, porem eu a afastei, ai – vcs podem não acreditar -, ela veio pra cima e pegou no meu saco e perguntou: ‘vc é viado, gay ou o que? Me desculpe, já vejo que ta de pau duro e parece ser dos grandes’. Não tive escolha virei pra ela e disse: ‘se você não vai fazer nada então larga o meu pau’. Não demorou muito e ela já tava de boca nele, chupando igual uma louca desvairada. Não quis saber meu nome nem nada, apenas chupava como se fosse a ultima vara que ela veria. Não resisti muito, pois aquela loucura toda tava me deixando muito excitado, acabei gozando na boca dela, pra minha surpresa ela me disse: ‘Obrigada! Eu estava precisando de porra pra me sentir melhor. Sua rola é muito gostosa quero mais dela outro dia desses.’ Não entendi nada, mas fiz ela terminar de limpar minha rola. Foi muito doida aquela festa.

Meu amigo Jorge: – um policial civil -, moreno, alto, olhos negros, cabelo castanho escuro; quando viu toda aquela orgia falou pra pararem a festa, porem a Bia virou pra ele e disse: ‘vc quer um boquete também?’ Ele era muito recatado, mas disse uma coisa que eu ate hoje não entendo: ‘se você quer pagar uns boquetes tudo bem, porem vc não sai daqui sem que eu coma o seu cuzinho!’ Não entendi, pois ele era um cara muito na dele e tinha uma namorada muito gostosa, a Ana – deliciosa -, que alias era minha amiga de outras epocas. A Bia não esperou ele fechar a boca e respondeu: ‘será que você nos agüenta?’ E já foi indo na direção dele, porem ela chamou uma outra menina que tava de bobeira na festa, a Juliana, e disse pra ela: ‘pára de ficar so olhando! vem me ajudar num trabalhinho! você já deu seu cú hoje?’ E, de repente, já estavam com a boca na pica do Jorge, e a Bia disse pra Jú: ‘Chupa bem gostoso esse cacete, pois este cara ta precisando dar uma gozada.’ A Jú se mostrou uma devassa de primeira começou a chupar o Jorge e, repentinamente, deu uma lambida bem molhada e quente no cu dele, ele não estava preparado pra aquilo, soltou um urro de prazer e tezao, que foi abafado pelo belo par de seios da Bia sendo socados na boca dele - So de lembrar já fico de pau duro - parecia um sonho, pois uma loirinha muito gostosa chupava a rola (a Jú era loira, baixinha, com formas bem arredondadas, típica baixinha socadinha, seios fartos, e um traseiro dos sonhos) e a outra obrigava ele a chupar seus seios fartos. Coitado do Jorge – a Bia tinha razão – não agüentou e começou a estremecer as pernas e gozou loucamente na cara e no cabelo da Ju. a Jú disse pra ele: ‘já acabou? Eu ainda nem comecei, vc ainda tem que comer meu cu!’ E continuou a chupa-lo com muita vontade e desejo, não deixando a pica dele nem amolecer e já foi ficando de quatro, exibindo seu belo rabo e cuzinho rozadinho pedindo rola; naquele momento eu queria estar no lugar dele; a Bia disse pra ele: ‘você queria comer um cú, então coma! Mas deixe pra gozar na minha boca!’ E começou a chupar a rola dele e o cuzinho da Jú, deixando-os bem lubrificados. O Jorge não teve dó socou a vara dele com toda pressão no cuzinho da Jú de uma só vez. Ela por sua vez bradou com muito tesão: ‘Soca tudo bem gostoso no fundo do meu cú! Me rasga toda! Seu negro puto! Seu jumento desgraçado! Me fodi bem gostoso seu fraco!’ Naquele momento a festa parou. Todos se viraram para eles e ficaram observando aquela sena de sexo louco. O Jorge não fez feio dessa vez, começou a socar com mais força e gritava: ‘Toma vara sua branquela safada! Vou te foder até você implorar pra eu gozar!’ Não demorou muito e a Ju começou a gemer e gritar, so que dessa vez de prazer, porem o Jorge acelerou mais e mais as socadas no cuzinho dela, ela suspirou e caiu no chão! O Jorge tirou sua pica de dentro do cú dela e ficou balançando pra todo mundo ver – a pica dele estava vermelha como um pimentão e muito inchada – ele chamou a Bia e disse: ‘Vem cá minha puta, agora é a sua vez!’ Fez ela chupar um pouco e gozou na boca dela, obrigando ela fazer uma “garganta profunda” – coitada quase engasgou – terminou de gozar e, ainda, disse: ‘Dei conta ou não?’ A Bia, ainda com a boca cheia de porra, disse: ‘Você é bom, porem só comeu um cuzinho! Você não disse que eu não sairia daqui sem dar o meu cú pra você? Mas vou deixar você me devendo.’ Após isto o Jorge caiu no chão exausto e a Bia continuou fumando o seu cigarro de maconha e chupando as rolas do outros caras.

É, foi uma festa memorável. A melhor daquele semestre, porem não foi a primeira e nem a ultima, apenas mais uma de varias que ocorreram durante os anos da faculdade.

São muitas historias que ocorreram naqueles anos maravilhosos, mas estas são pra outros contos. Este foi apenas o primeiro de uma serie que eu estarei postando no site. Espero que tenham gostado. Façam seus cometarios e sugestões, pois tenho muitas aventuras pra contar. “Ah! Não se esqueçam façam sexo com camisinha!”

Comentários

06/01/2010 17:00:29
muito bom lembra meu tempo de facu
28/12/2009 02:03:40
Maravilhoso, esplendido ..... Vou fazer a mesma coisa na Faculdade de Direito da PUC Minas.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


botou a calçinha de lado e mostrou abuçetaatia muito malha torneada de bunda e pernad grosa fudeu com seu sobrinh negao do pau enorme e ela nao aguente e pede pra ele tirar porque ta doendo muitoContos perdendo o cabaço com negao tripémae belisca querendo chupa buceta da filhamadrasta de camisola foi tomar agua de noitemulher adora ver o marido ser fudidoksalswing2011vidio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora XVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horaCuidando das amiguinhas da minha irma contosvideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismoXvideos gostozura bbw safadadou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaoconto erotico descobri que o marido de minha irma e honosexual acabei comendo ele e minha gostosa irmasexo torrido e desejocontos de crossdresser forçadoconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretojaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratissogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhaXvideo mobile Filha tem buceta pilucontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudos"tesão e perigo em alto mar"casada sequestrada e estuprada na lua de mel pornoporno brasileira envolvendo ninfeta no celeiro da fazendafotos de bucetas beiçudas pono doidovídeo pornô de homem cavalo pênis grande empurra na xoxota da magrinha gostosaseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozrelato quenquinha velha conto erótico muitos orgasmos com lsdContos eroticos sou uma puta engulovideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciafamilia surubafilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetocontos eróticos fudendo Edileuza a mulher do amigocontos eroticos cu arrombadopornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********moça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nuliberalina vadia casadapadrasto enteada falei de sexo brasileirobucitnhacasa do contos eróticos publicadostitias abusada de vestido e calcinha fio dentalcadelas bucerudas fudendo no ciodomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticoscliente dando a buceta para os manobristascu arrombado da minha esposa depois da noitadamoreno sarado de sunga de bombeiropornor média vai examinar uma grávida e estrupadaconto erótico minha empregadinha novinhaleitinho do papai contosensopando o cuzinho com gelincesto encaixada no colo do pai perto da mamãecontos eróticos uma vida incestuosa como tudo começou pt 3pauzudo passando a vara no meninocontos erotico meu marido me flagrou de baixo de outro machodescobri que minha sogra lambe uma buceta porno.contos eróticos irmao roludo arrebentou meu cabaçocontos eróticos gay faculdadevidios pornô homem de .moto come a gostosa que passa na ruaconto erotico minha mae é uma piranhapornosacana traindo o marido com entregadorcontos de corno que deram o cuver mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirocontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladawww.contos eroticos cunhado caçula pauzudo come cu da cunhada gostosafui arrombadodando a boceta pro namoradoprimeira vez novosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaopanuqueti gemendo e gosar no pau porno brasilMULHERES GOZANDO COM FORTES MODISCADAS NA ROLA DO CARA DE MUITO TESAOv meninas 14aos 17 anus perdeno avirgindadecontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostavilmer pornomamada babentachupando a b***** dela e ela chupando meu pau até nós gozarmos juntosDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contosfiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigovideos porno pai e filha novinha viperinacontos de sexo depilando a sogramulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porraquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todacontos de sogro metendo pau na noraxxx acordou com o irmao botando o pau na sua bucetacontos eróticos fodendo o cu de Julinho videos de coroas homens procurando coroas de zendo taduedo