Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Adoro nadar

Autor: Poet
Categoria: Grupal
Data: 24/12/2009 09:32:30
Nota 9.80
Assuntos: Grupal, Menage, Esposa, Casal, Swing
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Em 2008 mudamo-nos para o sul e compramos uma casa pequena com uma piscina pequena no pátio traseiro. A casa foi cercada por um 2 metros de cerca. Nós tínhamos feito sexo em inúmeros locais ao ar livre que incluem um lago nos Açores. O sexo dentro de água era extremamente agradável e algo que adorávamos.

Na primeira noite passada em casa, todos quiseram ir nadar e nós ficamos todo o dia junto da piscina com os miúdos. Depois que os miúdos foram para a cama, nós sentamo-nos no pátio e bebemos um chá gelado.

Pelas 22 horas a minha esposa, Ana, e eu fomos nadar nus. Algo que simplesmente adoramos. Eu gostei realmente da água que fluía sobre o meu pénis, bolas e em torno de meu rabo. Tal como a Ana gostava de a sentir em torno de seus seios, cuzinho e na xaninha linda dela. Tudo isto nos fez ferver e eu comecei a devorar a Ana; primeiramente na água e depois na extremidade da piscina. Isto transformou-se numa tradição nocturna – nadar nus. Nós fazíamos amor mais vezes na piscina do que no quarto.

Nós tínhamos alguns bons amigos, Rui e Soraia, quem nós vinham visitar frequentemente. No verão de 2009, o Rui, por motivos de trabalho teve-se de mudar para a nossa cidade, (era professor, logo andava a saltar de escola em escola todos os anos). Iria trabalhar durante 6 semanas numa escola a 10 km de nossa casa. Como bons anfitriões logo dizemos que a porta estava aberta e que poderia ficar a dormir lá em casa.

Na primeira noite (os miúdos estavam na cama) ele perguntou se nós já alguma vez tínhamos nadado nus. Nós dissemos sim, todo o tempo. Disse-nos que tinha trazido calções e perguntou se precisaria deles. Eu disse que a Ana é que decidia, ela disse que não via nenhuma razão para que tenhamos de usar fatos de banho quando Rui estava lá porque o estar nu na água era tanto mais confortável que não prescindiria disso. Assim concordou-se que quando o Rui estivesse lá os fatos de banho não eram necessários.

Numa noite de Lua cheia, a Ana estava nadando de costas na piscina e eu e o Rui estávamos sentados na borda da piscina fumando. O Rui comentou como os peitos da Ana eram grandes olhando de cima e perguntou se poderíamos girar a luz sobre ela para ver melhor. Eu disse que por mim, sim, se a Ana deixar. Assim eu girei a luz sobre e Ana e ela nadou debaixo dela por outros 5 ou 10 minutos. Bem, eu comecei a ficar entesado, e como eu descobri mais tarde, também o Rui. Fiquei a pensar porque é que ele tinha apagado um cigarro que acabava de acender e tinha pulado dentro da água!

Assim, olhei um pouco mais a Ana nadando e apaguei a luz. Acho que a Ana percebeu o meu pau duro. Nadou até mim. Eu estava de pé encostado borda da piscina. Ela posicionou-se à minha frente de costas para mim e com movimentos imperceptíveis roçou o seu rabinho na minha pila. O Rui estava a uns 4 a 5 metros de nós e não demorou muito tempo a imaginar o que nós estávamos a fazer. Ele timidamente disse que também queria algo disso… A Ana olhou para mim e sem pensar fiz um aceno com a cabeça, concordando. Então ela nadou até ele posicionou-se da mesma forma e esfregou o rabinho na sua pila.

Ela também começou a colocar os seus dedos nas bolas do Rui. Passados alguns minutos disse que precisava também de um tempo de qualidade, e ela nadou até mim ficou de frente para mim e colocou as suas mãos na minha pila e nos meus tomates. Que tesão!!!!

Depois mergulhou, segurou nas minhas pernas e chupou-me até ficar sem fôlego. O Rui não percebeu bem o que tinha acontecido. Passado um minuto de descanso a Ana mergulhou de novo e começou a chupar mais intensamente, dei um ligeiro gemido e o rui percebeu o que estava a acontecer. Quando voltou à superfície, para recuperar o fôlego o rui diz, agora é a minha vez…

A Ana diz, e porque não e olhou para mim. Eu fiz OK e ela então fez o mesmo ao Rui. Lembrei-me de ligar a luz da piscina. Vi a Ana chupar o pénis do rui e depois de um breve descanso o rui viu-a fazer o mesmo a mim. Depois, a Ana, saiu da piscina e apagou a luz. Sentou-se num dos degraus da piscina e pediu para cada um se sentar do seu lado. Assim o fizemos e ela pegou nos dois pénis com cada mão e começou num masturbar gostoso. Bateu uma punheta por alguns instantes e depois pediu um cigarro.

O Rui levantou-se, pegou numa toalha para secar as suas mãos e pegou nos cigarrose no cinzeiro . Ao voltar para nos, antes que se senta-se, a Ana parou-o e chupou a sua pila por uns 30 segundos. De seguida disse-me para me levantar e fez-me o mesmo. Acendemos os cigarros, falamos um pouco e a Ana disse-nos que queria ir para “aquele sítio”.

O “sítio” dela é um local na piscina onde a água tinha alguma profundidade e qualquer mexida dentro da piscina faria a água sair. Ao estender as pernas sobre este sítio ela sentia a água a fluir directamente sobre os seus lábios, provocando nela um sentimento maravilhoso. Sentada e vibrando com as mexidas da água, a Ana começou a chupar os nossos paus erectos. Não demorou muito para o Rui esporrar na boquinha linda da minha esposa. Como boa menina engoliu todinha limpando de seguida o pénis dele, antes de ele se recolher.

A Ana e eu ficamos mais uma hora, fazendo um sexo louco, apaixonado. Ela chupou-me outra vez, fudemos em várias posições. Depois de nós os dois nos virmos, lambi a sua cona e dei-lhe mais dois orgasmos. A ratinha dela sabe maravilhosamente depois de ter sido fodida.

Comentários

29/09/2010 22:06:33
mt bom
11/09/2010 11:36:34
adorei o seu conto, adorei mesmo,,, por favor, quero continuaçao (obrigado pelo comentario no meu ;) vou dar nota 10,,,, mas quero continuaçao, va la ;)
24/12/2009 20:36:15
Só uminha pro Rui? Quando acontecem estas situações com o consentimento de todos os participantes, deve se ir às raias do impossível, o ambiente e o clima propício deve ser aproveitado para satisfazer todos os instintos uma vez que o tesão atinge níveis comumente não atingidos numa relação corriqueira. Ao conto nota MIR!!!
24/12/2009 17:24:26
Procuro uma casadinha carente para bons momentos . Sou de SP tenho 40 anos sou negrão 1,m 75 e um bom dot.
24/12/2009 14:42:46
NSACIONAL
24/12/2009 10:02:53
comentem caso achem que deva colocar a continuação.... Abraços e beijos e um feliz natal a todos...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Vídeos de homens dando aquelas linguadinhas pornôContos erroticos pai brinca de casinha com filha e acaba fodedomarido tranza com espoza no acampamento chega mais e tranza com ela contosporno gay de irmaos e primos quadruplover video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadapirnobuceta freirascontos eróticos revista privatetirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoempregadinha contomulheres casadas sarando melando a bucetasbigodinho do ritler videos pornoXvideo.meninas.nemor.violada.dormido.figidonegao pasado opau na bumda da kasadavideos de velhos picudo fudendo bonzinho gays amadorespassando a mao no decote e chupando os peitosb***** com mais de um palmo de largura no XVídeosdoce nanda parte cinco contos eroticosa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliadelegada indo pega sua prisioneira pornodoidocontos eroticos gays o principe roludoconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancogozei na boca no caminhaocontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fuderVirgem chora na cama com velho taradomarido fazendo covardia com a buceta da esposaincesto mae ver o cacetao do filho fica passada com tamanhocontos heroticos com fugitivosContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo perceberporno gay com vendedor de porte e portacontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindoporno no cinema cine operaXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picaseduzida por um estranho contos pornodoce nanda parte cinco contos eroticosseduzida por um estranho contos pornoVanessa queria brincar mais não imaginava que ia encontrar pela a frente um monte de safadinhos taradosnovinhas.abrir.buzentaporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguiomanauense novinho gozando no xvideosexo com homens islan aforçando mulher gostosasou amante d minha cunhda contofotos+de++buceta+com++calcinhaxvideos minotauro tarado chupando tetasporno conto erótico apaixonada pelo filho da minha madrastaCasa dos contos eroticos paguei pra deflorara filha do caseiro autor eduardose masturbando enguando o marido dormexvidioMamando o caralho do vovo contoseroticosxvidios outros puraicotos.eroticos.de.coroas.com.muleki.jeginegao enchendo cu do velhote de porraContos encontrei minha filha no puteiroflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contosSexo on-line aclimação menagefilme porno chantagem com a sogracontos eroticos aprendendo a dirigirpai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenContos erotico minha filhinha mim shopou no banhocontos provoquei papai pauzudocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriacontos porno com padre gaypornodoido tecnico esfola novinhaquero ver um filme pornô com anão com a patroa dele debaixo da saia dela e o cara cheio charuto no c* delevedios sexo na cozinha novos conhadas pau grandes novosgozando na entrada da bucetinha minúsculas de frango assado bem devagargorda girando o cu na rola jigante videos caseirosvideo porno cavalgada forte so loiras em cacete de 30cmlactofilia porno em sao carlos sphttp://conto me punhetaram a noite todaConto pau mendigo punhetaporno contos negao da mandiocaComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysicvidiopornovidioporno casa sensacaobucetas de gravidas bem inxadas escorrendo gozonovos relatos eróticos de corno minha esposa com o plug analvídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nua