Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Dei o cu como presente de natal

Autor: Laa
Categoria: Heterossexual
Data: 08/01/2010 00:24:56
Nota 9.67
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sempre gostei do Natal....é sempre uma data agradável. A família sempre está junta, os amigos e claro ele estaria comigo.

Já namorava o Eduardo a algum tempo e nossa, como estava apaixonada por aquele homem...meu homem,minha fonte de prazer. Olhava para ele e me sentia a mulher perfeita pois, sabia o quanto dava prazer para aquele homem.

No natal queria presenteá-lo-lo com algo que ele gostasse muito e que o deixasse feliz. Fui ao shopping na véspera do natal, procurei até me cansar e não consegui encontrar nada do qual gostasse e que visse que seria especial para meu homem...descendo a escada do shopping já indo embora vi uma loja de langerie e nesse momento tive uma idéia perfeita e muito safada, assim como eu e Eduardo. Não perdi tempo,entrei na loja e comprei um lindo conjunto de sinta-liga vermelho...em nossas transas Eduardo sempre me fodia com muito prazer e desejo e dizia que tinha muita vontade comer meu cuzinho, que o achava lindo, bem rozado, apertadinho e adorava ver ele piscando sempre que seu pau estava atolado na minha xaninha. Neste natal realizaria o desejo do meu homem, seu presente seria meu cú.

Fui para casa e a noite pensando em como seria dar o cú pela primeira vez me excitava muita a ponto dos líquido da minha racha sujarem minha calcinha, como estava sozinha aquela noite me masturbei varias vezes gozando baixinho em meu quarto. No dia seguinte quase não aguento de tanta ansiedade, a noite chegou e eu só pensava em como seria dar o cú p'ro meu macho gostoso,minha vontade era colocar aquela lagerie e sair na frente de todos e implorar para aquele homem me comer ali mesmo. Combinei com Eduardo que dormiria com ele aquela noite e o apressei para irmos embora, não aguentava mais de tanto desejo.

Em casa fui direto para o banheiro, tomei um banho, vesti a langerie, passei um batom vermelho bem intenso, me olhei no espelho e me sentia uma puta, a mais devassa que planejava dar o cú para um homem....coloquei um roupão por cima e fui p'ra sala onde ele estava. Eduardo mal falava, me olhou e perguntou por que o batom:

- Se arrumar toda a essa hora é bobagem...

Tirei o roupão ficando apenas com a langerie:

- E isso, é bobagem?

Eduardo me olhava com surpresa, fiz com que ele sentasse no sofá e fiquei a sua frente, peguei suas mãos e comecei a acariciar meu corpo com elas...chupava seus dedos, como se fosse seu pau, desci até meu peito e ele entendendo rapidamente o apertou com

força enchendo a mão, sentei-me em seu colo de frente para ele e pude sentir aquele pau gostoso que ele tinha já dando sinal de vida, nos beijamos e com o intuito de provoca-lo disse em seu ouvido:

- Hoje você vai ter meu cúzinho de presente só p'ra você.

Senti as mãos dele me apertarem com força, sentia seu pau querer explodir dentro da calça, aquilo me deixava louca, ver que ele me desejava e estava louco pr'a me comer me dava muito tesão...sentia minha calcinha ficar melada. Eduardo me segurando pela cintura me fazia cavalgar em seu pau por cima das roupas, me deixando cada vez mais melada, já não aguentava mais de tanto tesão

- Me come por favor...não aguento mais esperar vem me foder. Dizia enlouquecida

- Calma safada, meu presente é esse cuzinho gostoso e eu vou comer ele do meu jeito. Me provocava.

Fomos para o quarto nos beijando intensamente, Eduardo já ia tirando minha langerie, mordendo meu pescoço. Eu o arranhava as costas sentindo suas mãos percorrerem meu corpo. No quarto Eduardo me deitou na cama e tirou minha calcinha que era a única peça que ainda me vestia, deitado por cima de mim e entre minha pernas ele chupava meu peito como se fosse duas frutas. Mordiscava, lambia e foi descendo pela minha barriga até chegar ao meu umbigo onde parou e começou a beija-lo,lambendo e me fazendo arrepiar inteira, desceu mais um pouco beijando minha virinha, abri as pernas para meu homem sem vergonha alguma de mostrar-me daquela maneira para aquele homem

- Que buceta linda...adoro quando você deixa ela assim sem nenhum pelinho

- Não faz isso comigo...vem me foder

- Você queria me deixar doido com esse cú, mas eu que tô te enlouquecendo, vou fazer você implorar por rola p'ra não me esconder mais nada vagabunda

Me sentia totalmente entregue aos comando daquele homem, meu homem, esse era meu dever ao seu lado, lhe dar prazer, lhe fazer feliz.

Senti sua língua invadir minha buceta vorazmente, me chupava com tanta vontade que me fazia gemer alto feito uma puta. eu era a puta daquele homem.

Eduardo coloca seu pau p'ra fora da caça e me dá um comando, o dono da vadia mandava

- Chupa meu cacete agora vadiazinha vai...chupa gostoso, engole ele todinho

Coloquei aquela rola grossa na boca, engolia o máximo até engasgar, cuspia e voltava a chupar aquele ferro duro que preenchia minha boca inteira.

- Para de chupar vagabunda, deita agora que vou arrombar essa buceta gostosa

Abri as pernas o máximo que pude e senti aquela vara preencher cada centímetro da minha buceta. Eduardo socava tão forte que me fazia chorar

- Chora levando pau vadia...chora na minha rola

E continuava metendo sem parar...Eduardo demorava a gozar então metia sem parar um instante.

Enlouquecido de tesão eduardo me colocou de quatro e metia aquela pomba grossa até o fim da minha buceta, sintia o pau chegar até o fundo

- Mete cachorro..fode tua putinha...me faz gozar na tua vara

Sentia ele bater na minha bunda com força, com raiva, adora dar daquele jeito.

Aquela rola socada na minha buceta me fez esquecer que era o cú que iria dar e me assustei quando ele enfiou um dedo dentro do meu buraquinho

- O que tá fazendo?

- Não queria me dar o cú vagabundo? Pois é agora que vou comer ele

Fiquei assustada, logo senti dois dedos dentro do meu cú enquanto a pica contuiava fudendo minha buceta. Eduardo deitou-se por cima de mim e falou baixinho no meu ouvido

- To quase gozando e vou meter no teu cú, quero esporrar dentro dele

Comecei a brincadeira e tinha que aguentar, fechei os olhos e senti aquele pauzão forçando a entrada do meu buraquinho apertado, senti a cabeça passando e Eduardo meteu o resto de uma vez me fazendo gritar num misto de prazer e dor

- Grita vagabunda...Ahhhh que cú gostoso

Sentia dor mas logo fui me acostumando com aquela rola grossa arrombando meu cú e fui sentindo muito prazer

- Fode esse cú cachorro vai...quero cacete...dá cacete p'ro meu cú

- Nossa que cuzinho gostoso, apertado, vou encher ele de leitinho

e socava cada vez mais fundo...sentia as estocadas fotes Eduardo enquanto masturbava minha buceta...enfie 3 dedos nela e fui fazendo essa duplapenetração até sentir que iria gozar, Eduardo aumentou a velocidade e gozei gemendo alto

- Goza puta safada...ta gostando de dar o cu. Só sendo muito vadia p'ra gozar gritando com a pica no cú, TOMA PUTA!

E socava cada vez mais forte....

- Aguenta vagaba...que vou gozar

Passo a rebolar na pica dele

- Isso rebola no meu cacete vai

- Goza no meu cú...enche ele de gala...quero ver o letinho escorrendo dele

- Rebola gostoso que vou gozar...vou gozar agora

- Ahhhhhhh!! Ahhhhhhhhhh

Senti os jatos de porra enchendo meu cú...podia sentir ele quentinho

Aos poucos Eduardo foi parando e caimos na cama asaustos...ele ainda com a pica enfiada no meu cú me abraçou...podia sentir sua respiração ofegante na minha nuca, ainda sentia seu pau latejando dentro do meu cú...aos poucos ele tirou o pau, sentia a gala escorrer entre minha pernas, me virei e fiquei de frente a ele que respirou fundo me olhando nos olhos

- Foi o melhor presente de natal...

Esatav ali com dor no cú,esausta, suada e toda suja de gala, mas estava feliz...

cumpri meu papel...meu homem estava satisfeito, realizado e eu mais ainda por ter consiguido todo isso.

Comentários

10/01/2010 15:55:38
belo conto, adoro um cuzinho guloso também. leva 10
09/01/2010 12:22:06
Que tesão!!!!!!! Adoro anal. Minha pica está duríssima. Leia minhas aventuras e me adicione: [email protected] . Beijos.
08/01/2010 08:42:58
MUITO BOM,EXITANTE..ADORO SAFADINHAS..DEPOIS ME ADD. [email protected]
08/01/2010 08:42:16
MUITO BOM,EXITANTE..ADORO SAFADINHAS..DEPOIS ME ADD. [email protected]
08/01/2010 08:17:24
sensacional, depois vem me realizar, rsrs add: [email protected]
08/01/2010 00:50:45
DEZ em homenagem ao seu cuzinho delicioso. [email protected]

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentosComtos casadas fodidas na cadeiagozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabamorena com os pentelhos enroladinhos trepando gostosoesgichada de gala da bucetavídeo pornô ginecologista idoso não resiste a bucetinha apertadinha da paciente e a estrupa forçamulher do bucetao paresendo uma jegonaele a enrabala e ela a cagar.se pornovideo de porno gay fui estrupado pero mel primosexo com monstroscontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãecomedor de mulher alheia nu apanhacontos eroticos pastor comedor de mulher casadapapai da pica grossa tirou meu cabacinho e eu gozei gostosocontos.porno gay um.namoro americano cap 29Dhcs xvideosForcei minha mae e ficar nua conto incestoGozei na buceta da crente velha contosconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçacomi a xana zeradacontos eroticos alvinho e o padreMuitasex .com gaby pornolsexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandonando ta duendo nando ai minha buceta nando ceta poinhndo tudocontoseroticos/nicoleavelin/autoravodioporno de meninas que nao guento pau no cu.e beroum uisque depois de um cigarro pornomelhores meninas de porno prima com avô de 50 citimetroXVídeos minha esposa queria dar para o negão mais da metade da metade podendomulher chupa priquito de amiga sa empreme vou gosaeu quero ver homens e mulheres se beijando pelado e como colocou o piru na no bumbum da minha ficou salgado se beijando peladosvídeo de homem se masturbando e g****** no copo e mulher bebendo no café da manhãcomedo a tia de xortiu xvideoContos eroticos gay chule do meu cunhadofiho nervozo desconta na mae putariabrasileiradei xoxota para meu pai pausado de manhã, contos incesto fotosnegao da rola gigante com menina burguesinhacarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascocasada sequestrada e estuprada na lua de mel pornocontos pornôs mulheres lindas e muito gostosas que seus maridos liberaram para seus amigos que tem um pau bem grandeencoxei minha tia peituda (contos).Coroas louco por sexo tique roludoAssiti pono meu pai mim comer e meu irmao tb eróticocontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriacontos eróticos gay o tratador de cavalobaixar vídeo pornô pai pega filha comendo o c* dela ela grita de dor pede que não iria estoque o c***** delaafilhada transando com comadre com cintanu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maocontos cuzinho da RobertaMas que dor horrível conto pornocontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegawattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosominha esposasuruba relatocontos/vi minha tia no puteiromeu esposoqueria ver outro me comendi xpirn.fotos de bufetas pibgando de tewaoacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendode menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezameu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticovídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadacontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelagordo tenta escapar do negão mais ele pega ela na pose frango assado faz grita XVídeosminha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delabaixar videos porno em portugues idioma em portugues mae dando pro filho na frente dos parentes que chegaram de viajem e foram pra casa deles mae dando a buceta pra elecontos de crentes caretesAguentei a rola enorme do papai contos eróticosMinha esposa centou no colo de outro cera que eu sou corno manssodormi de calcinha com meu filho e dei pra elegorda girando o cu na rola jigante videos caseiroscontos erotico chantagem e submissão de casal novinho