Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Sonho adolescente com minha tia

Categoria: Heterossexual
Data: 09/01/2010 10:50:53
Nota 8.25

Primeiramente agradeço a oportunidade do espaço desde site, porque só assim posso liberar minha angústia que está armazenada há anos dentro de mim. Meu nome fictício é João, tenho 26 anos. Na época que aconteceu tinha 18 anos.

Jovem e muito vigoroso não que hoje seja diferente, mas é que juventude é outra coisa. Sou um cara de 1.69m de altura e 68 kg. Considero-me magro, mas minha família sempre diz que sou o gatinho dentre os primos. Tenho cerca de 15 primos e 20 primas. Sempre fui carinhoso dentre todos da minha família. Sempre dei abraços em tios, tias, mãe, primas etc. Gosto de ser amado e amar todos. Mas sempre com respeito.

Gosto de todos os meus primos e primas, embora eles sejam mais novos do que eu uns 7 anos ou mais, sempre brincava com todos.

Somos uma família não muito liberal. Mas somos muito unidos e festeiros. Sempre quando tem aniversários de primos, tias, irmãos, avós, agente se reúne na casa de alguém e fazemos a festa. É muito legal ter uma família assim.

Por ser um dos mais velhos entre os sobrinhos e o que mais brincava com meus primos as vezes ia dormir na casa de um deles pra ir brincar. Sempre em algum final de semana minha tia Luiza me chamava pra brincar com seus dois filhos na casa dela e acabava dormindo por lá mesmo.

Nunca tive interesses sexuais nenhum em primas ou tias ou parente. Mas agente vai crescendo e as coisas mudam rapidamente. Televisão, internet, amigos, enfim, agente acaba tendo outros tipos de conceitos ou até vendo coisas que não deviam.

Tive poucas namoradas. Sou muito tímido. Mas quando apresentava alguma namorada pra família, já sentia muito ciúmes.

Sempre ouvia essas histórias que primos não podem namorar primas e tal. Sempre respeitei isso. Não tenho tia bonita e sim primas. Mas com todo o respeito, tenho uma tia que não se joga fora. Embora minha tia Luiza sempre me enchesse de elogios na frente de todo mundo, e não tinha ninguém que negasse, nessa hora fico com muita vergonha, pois ela me abraça com tanta vontade, me beija no rosto e dizendo que sou lindo e tal.

Nunca dei atenção e nunca eu ou ela ultrapassamos isso. Sempre com aquele amor de família mesmo, sem interesses.

Na época que tinha 15 anos, já estava punhetando tudo. Umas duas por dia. Num dia qualquer meu tio viaja pra chácara dele e minha tia me chama pra dormir lá e ficar com meus primos. Minha tia vai trabalhar e fico na casa cuidando deles. Tinha muito cuidado com eles. Estávamos brincando na areia quando minha tia chega do trabalho e pede pra ajudar a dar banho nos meninos. Eu apenas ajudava. Nisso minha tia de camisola. Tem um momento que bate um pouco de água nela e a camisola cola no corpo, dava pra ver ela de calcinha branca. Ela de costas nem percebeu. Já bateu uma doidera na minha cabeça. Pensamentos cabulosos e maldosos, mas sem finalidade. A noite fomos dormir, ela no quarto dela e eu no quarto dos meninos com eles. Comecei a pensar coisas que nunca tinha pensado com minha tia. Bati uma punheta ali mesmo em cima da cama. Limpei no lençol e fui dormir.

Isso aconteceu várias vezes em alguns finais de semana. E cada vez eu ia tendo mais pensamentos maldosos. Quando completei 16 anos, já da mesma altura da minha tia e mais avantajado fisicamente. Fui pegando um corpo de adolescente. Meu pau já fazia muito volume na cueca.

Nessa época, eu nem imagina o que estava acontecendo. Hoje já sei porque fui juntando tudo aos poucos durante anos de convívio com essa tia. Ela estava me modelando. Teve uma vez, na casa dela e como sempre de camisola, lavando roupa no quintal e tava toda molhada. E desta vez estava sem sutiã. Ela me pediu pra eu comprar sabão em pó porque tinha acabado. Quando fui entregar a ela, eu vi todo seu peito colado na camisola, nossa que peitinho lindo, nos seus 34 anos. Tenho certeza q foi de propósito. Mas não mostrei reação. No sábado seguinte novamente ela me chamou pra brincar com meu primo pois estava doente de alergia a ácaros. Ela me pediu pra ajudar pra tirar todo roupa no armário pois tava cheio de mofo e ácaros. Ela pegou uma pequena escada e subiu pra começar lá de cima. Disse pra segurar a escada. Ela subiu a escada até o último degrau. Meus amigos, nesse dia percebi que minha tia estava tentando de todo jeito chamar minha atenção. Eu olhei pra cima e via ela de calcinha fio dental branco, e ela nem demonstrava interesse em descer só pra mostrar pra mim o fundo dela. Nessa tarde fui tomar banho e bati uma pra ela pensando naquela visão linda que tinha visto pela manhã. Saindo do banheiro ainda de toalha, esbarrei nela sem querer e dando uma olhada pra baixo com o volume ainda fazendo efeito, ela deu um pequeno sorrisinho maroto e disse:

- Meu lindo sobrinho tá crescendo hein!!!

Daí por diante, durante meses fiquei com medo de acontecer algo, pois nunca tinha interesse em minha tia. Estava começando a ser atraído pra perdição. Quando completei 17 anos. A coisa esquentou. Estudando ela durante o ano todo, e percebi q o carinho dela foi aumentando por mim, mas sem ninguém perceber, pois ela insinuava mais pra mim.

Já ouviu aquela frase que diz o seguinte “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, então, de tanto minhas primas e tias dizerem que sou o mais bonito da família e tal agente acaba acreditando.

Nessa época a internet era novidade. Mas eu já manjava de computação. Minha tia me chamou pra ajudar ela a instalar o seu mais novo PC. Claro que fui e sem intenção. Meus primos estavam na casa de seus amigos e meu tio trabalhando. Chego lá ela me dá um abraço como sempre e diz que a caixa do PC tava no quarto dela pra ser montado. Comecei a montar e ela iria tomar banho no quintal enquanto eu montava o PC. Enquanto isso, ela ia conversando comigo em voz alta la do quintal. E começou a bater aqueles pensamentos loucos de novo. Pensando em minha tia tomando banho no quintal sem porta e sem nada. Deu vontade de dar uma espiadinha mas tinha muito medo dela me pegar. Nesse momento ela me pede a toalha que havia esquecido no quarto e que era pra ir entregar. Bateu um desespero, pensei o seguinte, ela tá me testando ou me dando mole, porque nenhuma das partes estava querendo dar o primeiro passo. Da mesma forma que eu tinha medo, ela tmb tinha. Porque nunca dei moral a ela. Daí ela disse que não precisava ir deixar a toalha porque estava pelada e que eu não poderia vê-la. Daí joguei duro. Falei um monte de coisas pra ela, que eu cresci com ela e coisa e tal. Daí ela relaxou jogando um verde dizendo que poderia vê-la pelada pois sou um rapaz lindo e que muitas meninas eu já havia visto nua. Dei a toalha pra ela dando aquela olhada louca. Nossa primeira vez que a vi inteiramente pelada. Pele toda macia e gostosa. Bumbum redondo e seios não grandes, porém suculentos. Horas depois, ela me pergunta se eu havia gostado do que tinha visto e com certeza respondi que sim e que ela era maravilhosa.

No mês seguinte foi o lance que mudou tudo entre nós. Na festa do meu aniversário, na minha casa, eu la com a turma e minha tia me chama pra ajudar ela com os pratos. Daí no caminho entre a sala e a cozinha ela disse que queria conversar comigo. Eu disse tudo bem, sentei numa mesa com ela, mas ela negou, disse que seria na casa dela, pois o assunto era longo.

Meu tio viaja novamente pra chácara e meus primos vão dormir na casa de seus amigos. Nisso eu digo pra minha mãe que iria festejar com uns amigos na casa de uma deles, pois nem todo dia se faz 18 anos. Corri pra casa da minha tia já sacando tudo e pensei comigo mesmo, hoje não passa. Posso ser o mais sacana possível, mas minha adrenalina tinha que acabar de uma forma ou de outra. Chegando lá. Minha tia começou a falar coisas do passado, que me via como um terceiro filho, pois cuidava dos meus primos como irmãos. Disse que gostava muito de mim, pois sou muito carinhoso com todo mundo e com ela. Até aí tudo bem. Comecei a ficar apreensivo e nervoso. Perguntou onde estava minha namorada, disse que não tinha. E ficou surpresa em saber que um rapaz bonito não tinha namorada. Daí começou a esquentar.

- O que você acha de mim: perguntou ela,

- Você também é bonita tia. Respondi

- Mas me responda como homem e não como meu sobrinho!!! Disse ela:

-Claro, você é sensual !! indaguei.

Ela ficou super feliz e disse:

- Então coloque agora em prática todos os seus desejos e vontades:

- Como assim vontades: disse a ela;

- Ora João, tudo aquilo que você faz no banheiro daqui de casa e nos lençóis da cama onde você dorme.

Nesse momento tremi todo de vergonha e caiu a ficha de que ela já me sacava a todo esse tempo o que desejava por ela.

- O que é isso tia, do que a senhora tá falando: Disse a ela.

- João, não seja medroso agora, estamos apenas nós dois aqui nesta noite. Vamos botar em prática tudo o que você quer fazer e é claro eu também.

A partir daí, perdi completamente o medo porque ela me passou segurança. Me perguntou se queria aprender umas coisas com ela sem que ninguém ficasse sabendo. Respondi que sim, lógico.

Foi então que ela me levou pro quarto, tirou minha roupa e começou a chupar meu pau bem lentamente. Fiquei em transe. Nem falava nada de tanto nervosismo que tava. Ela somente me disse:

- Há quanto tempo esperava esse pau gostoso crescer pra transar com você lindo. Disse ela.

-Vem tia, me enche de prazer.

Transamos a noite toda em todas as posições possíveis. Gozamos umas 4 vezes juntos.

Sou mais feliz hoje em dia.

[email protected]

Comentários

11/01/2010 09:24:30
Bom. Newtonton, eu sou ruim mesmo de redação, mas coloquei no ar tudo aquilo que aconteceu, não inventei nada como muitos contos que tem nesse site. Se fosse bom de redação, telvez ficaria bem melhor mesmo. Mas agradeço o seu comentário. Ah, agradeço tmb ao Maxxon, seumadruga, keimador, Nó em pingo d'agua e Redcar. Cara que cada nome de usuário, rsrsrs
10/01/2010 17:25:25
Fraco
09/01/2010 21:57:25
Muita introdução (ops!) literal e pouca introdução fisica. Demoraste por demais na parte inicial e intermediária e foste muito breve na parte final. De erótico só teve a passagem da escada. Foste por demais respeitoso e em termos de sexo, um pouco de desrespeito se faz necessário, num portugues coloquial, mais sacanagem. Para incentivar postar novos contos, levarás nota MIRRR!!!
09/01/2010 19:18:19
bom
09/01/2010 18:42:21
Nota dez, adorei seu conto
09/01/2010 17:27:50
caraca, massa...
09/01/2010 13:16:04
incrivel

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vídeo pornô com boneca de silicone de 80 kilos pela XVídeo pornôMinha esposa centou no colo de outro cera que eu sou corno manssocontos comi a cunhadinha parte 2 bunduda virgem novinhacontos eroticos dominada na frente do meupassa manteiga no corpo e na busetaquero assistir vídeo de sexo de patricinha filha de empresário rico trepando com namoradobaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir chorahistorias eroticas com saúnas masculinasaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contosspanteras porno estemdeu a roupa e deu o cu pro pesocontos sou lesbica e gosto de scatMulher auto e gosano gostosoxvideos rolas chapuletadasporno caseiro no vestiario da loja de.roupas da loja uma estranha olha muito pra o.meu.paulais minha enteada da xoxota apertadinha contosNegrao fundeno com outro negrao"atolado no meu cuzinho"contos porno clareira da cadelapornofamilhasacanacontos erotico abusando da irma pequenaandrew arlindo dellavoglio casa dos contoso play boy e o plebeu 04 casa dos contosxoxota as gordinhas mais tocadas e mais gostosas gordinhas bem feitas discursos e transando e gemendovideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhomeu namorado botou o dedo minha vagina e sanfrei nao sou mas virgem videovideo cooelho mamano no homemm zoofiliaisso que apareceu no quer vir para casa vídeo de pornô se você não abrir Eu prometo te dei nesse iguacontos eroticos sou viciado num cuzinho de machoContos eroticos gay chule do meu cunhadofotos de profesor japonesa tamno abucetaxvideos rolas chapuletadasxvideo so tesuda zaradacontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachavideo baixou a blusa e mamou nos seioscontos eróticos meu genro me pegou traindo meu maridonao adianta chorar vou rasgar sua bucetinhabucetas beiçudas de sogragostosas com traseiro largo de biquinescontos eu e meu sogro estuprano minha maeminha irma vive mim provonca encostano seu cuzinho no meu pau. acabei comendocontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombarampornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmoXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saisfilme porno onde um perfume despertava desejocontos eróticos fodendo o cu de Julinho contos eroticosdei meu bucetao para um pauzudoeu tava tomando banho e meu pinto tava duro minha mae rabuda chegou e eu fudi elaconto erotico/gay asistindo percy jacksonatrevida gozando com o cunhadomentendo o pepino na buceta e no meu rabao contosbrincando escanchada contos pornocontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casametendo de lado e goasano na portinha da bucetavideo olhei peludo no banho deu vontade de chuparadoro uma rola gg me rasgando contospeladacamisinhaContoeroticonovinhosafadovideo de mulher tirando a o sutian ea calsinha ficando subinuaComtos casadas fodidas na cadeiafato real de noiada chupando rolaconto erotico casada crente no tremfihota coxuda mete 4 tipovideo porno estupraram minha namorada e ela gostoudoce nanda parte cinco contos eroticoshomens balancando as bolas pornobaixar videos porno em portugues idioma em portugues mae dando pro filho na frente dos parentes que chegaram de viajem e foram pra casa deles mae dando a buceta pra elenovinha gostosa chupando até gozar na sexta-feira mas ainda continua na mãovideo de sexo esposa convida o amigos para fasa uma tripla penetracao ao mesmo tempo na buceta da putataradabaixar vídeo pornô pai pega filha comendo o c* dela ela grita de dor pede que não iria estoque o c***** delaconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosauma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôdoce nanda parte IV contos eroticosescritor lipe casadoscontosContos50 cm minha picaContos eróticos de incesto entre familias aonde todos mamam e foden em todas as posiçoes possiveis e de todo o jeito em orgiasvideo de sexo a três homen comendo aboceta e a outra enfiando uma pica de burracha emessa no cu delacriola da buceta inchado lwva gozada dentro que eacorrepunheta apos encoxada em onibusporno filho Engravidar mae dormidoemtiada.rabuda loulinha dolecente espiada pega foca sexo