Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Só ganhando na loteria pra comer gente fina

Autor: Caneleira
Categoria: Heterossexual
Data: 03/01/2010 00:29:21
Nota 8.69
Ler comentários (18) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Nesta semana de ganhadores milionários na loteria, lembrei-me da vez que fui ganhador único.

Morava em cidade do interior, onde era jardineiro do doutor Paulo Ricardo; professor medíocre, mas diretor-presidente de seu próprio complexo-educacional, faculdades para todas as opções.

Numa quinta-feira saiu o grande prêmio. Sexta-feira na mansão do Dr. Paulo, esperei sua ida às Faculdades, levando de carona sua única filha.

Com coragem e resoluto, entrei na Casa Grande e me fiz anunciar. A empregada Emengarda foi notificar à patroa e esperei na sala.

Eis que a mulher chega: - "Pois não, Caneleira"!

"Madame, bom-dia, gostaria de falar-lhe particularmente."

"Pois não, fale, a Emengarda já se retirou, não têm mais ninguém."

Olhei (mostrando receios) para um lado, olhei para o outro e disse: - "Desculpe-me senhora, é assunto sério, gostaria que fosse no escritório".

Ela se mostrou incrédula, preocupada e (principalmente) curiosa. Conduziu-me ao escritório.

Sentou-se num sofá e eu sentei-me no da frente.

"Sra. Sheila", falei olhando para um lado, para o outro e para a porta e pedi-lhe que trancasse. A porta fechada, continuei:

"Sra. Sheila, houve um ganhador da loteria em nossa cidade. A cidade está em pavorosa. Quero falar para a senhora, que ninguém saiba. Este ganhador sou eu!"

A mulher ficou estática, me olhando e depois de uns segundos, disse: "Nossa, senhor Caneleira, é uma fortuna! O que o senhor pretende fazer?" - ela foi dizendo isso e saiu de onde estava sentada e veio para o meu lado. Chegou tão perto que deu para ver o buraquinho de sua orelha.

"Por enquanto não pretendo fazer nada. Gostaria de consultar primeiro a senhora, porque não tenho intimidade com o Dr. Paulo".

A mulher abriu um sorriso deste tamanho e jogou-se em cima de mim e vi aqueles peitões bem no meu nariz. Ela têm muito da aparência da Sheila Mello, muito gostosa a mulher. Há tempos que não tiro os olhos daquele monumento.

"Você está certo na sua escolha. O Paulo é muito atarefado. A pule, o jogo, está aí com você?"

"Não senhora, tive medo de perder. Deixei em casa, bem escondidinho. Se bem que preciso ir para São Paulo, na sede da Caixa e falar com o Gerente de Loterias. E é isso que vim fazer aqui também, pedir mil reais emprestado e segunda-feira eu pago. Quero ir de táxi e chegar antes do expediente fechar."

Da. Sheila, dando razão às más linguas das redondezas, mostrou-se doida por dinheiro e mulher de fazer qualquer coisa para tê-lo; chegou-se para meu lado, acariciando meus cabelos e sussurou aos meus ouvidos - "Caneleira, que tal você ir à São Paulo, mais relaxado, mais calmo e tranquilo? Nisto foi desbotoando meu macacão de jardineiro, que caiu no tapete do escritório e abocanhou minha rôla e trabalhou ali com uma perícia magistral. Deitou-se no tapete já sem roupa e eu pelado acompanhei-a e meti-lhe a rôla na xana. Fui enfiando a pica e beijando aquela boca. Penetrando/saindo/ficando/latejando/vai-e-vem/sussurrando e ejaculando, gozei e mordi aquelas orelhinhas e ela gritou, não de dor, de gozo.

Para finalizar, pedi-lhe que ficasse "quase de quatro" apoiando-se na mesinha do centro, com o rabo arrebitado. Vi aquele orifício maravilhoso, cuspi no cacete, encostei na portinha do fiofó e empurrei, enfiei, penetrei com tudo. Ela gritou com dor e foi empurrando a mesinha do centro pela sala toda e eu atrás, parecendo que estava levando carrinho-de-pedreiro. Ela não soltava a mesinha e eu não soltava sua cintura, com a rôla dentro do cú. E a mulher gritando "Tira,Tira, pelo amor de Deus, Tira,Tira!"

"Espera, Espera, deixa eu gozar, espera porra!"

A mulher soltou a mesinha e caiu no chão e eu cai por cima dela e gozei, esporrei naquela bunda toda.

Fui no lavabo do escritório, lavei-me, peguei os mil reais e como ela ainda estava deitada no tapete, agachei-me, beijei-lhe os cabelos e dei tchau. "Sheila, depois de amanhã estarei aqui, um beijão!" Ela nem respondeu, estava desfalecida.

No dia seguinte - sábado - estava no ônibus em direção à São Paulo e o jornal da cidadezinha indagava, em sua manchete: "Quem será o novo milionário?"

No domingo, em direção ao Rio de Janeiro, o jornal da TV interna do ônibus transmitia o aparecimento do novo milionário. Era um trabalhador da área rural da cidade.

Comentários

10/03/2010 10:46:03
Bom ! Mais poderia ter dado,mais detalhes do ato! Valeu as risadas
24/02/2010 20:35:46
Gostei do conto. Bem escrito, cheio de malícia e, principalmente uma vingança contra o marido corno que esfola seus alunos abrindo faculdades que são como as igrejas neo-evangélicas, ou seja : arapucas para arrancar dinheiro de bestas. Parabéns,cara!
23/02/2010 14:09:41
Cara, não sei como alguém pode ter dito que o conto é bom. O que é uma pena, pois, é muito bem escrito e o enredo é criativo, mas a narração, que realmente importa, do sexo é amadora, bizonha. Acho que tu deves transar mais e escrever menos.
21/02/2010 22:46:34
é inenta que eu gosto...
10/02/2010 21:25:03
beleza de conto, adorei ate pareçe minha cinhada!!!!
10/02/2010 18:30:33
Beleza de conto...
06/02/2010 02:21:52
dinheiro na mão, calçinha no chão, se bem que essa nem precisou ver o dinheiro, só a promessa já foi o suficiente, parabéns pelo conto, mas a maioria das mulheres precisam ver o dinheiro na mão antes de abrir as pernas.
JLS
04/02/2010 10:44:37
Dona Sheila Vc é uma grande mercenária. Bem bolado.
01/02/2010 20:39:00
Grande conto! Dei umas boas risadas. Você tem muito talento! Parabéns! Nota 10!
09/01/2010 13:27:28
Falou dinheiro mulher as pernas, chupa, da buceta, o cu e tudo o mais que o homem quiser. Por dinheiro sai até pelada na rua atrás do homem que ganhou. Eita mulher safada
08/01/2010 20:46:24
muito massa veio parabens e dona sheila como ficou a safada
06/01/2010 16:11:42
muito criativo e atual aos fatos,queremso saber o que aconteceu com a Sr sheila e os mil reais
04/01/2010 21:01:36
Lembra as histórias do Pedro Malazartes... Bem bolado... (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
04/01/2010 13:46:58
fala séio esses homens que acham que sexo é só meter
04/01/2010 09:54:41
sensacional
04/01/2010 07:33:02
muito criativo! parabens!
03/01/2010 03:06:33
muito bem escrito! Mas o q aconteceu com a dn Sheila? Ela sobreviveu? rs.
03/01/2010 02:52:58
Bem bolado...10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Contos meu pai me comeu com o consentimento da minha maesexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocacontos erotico chantagiei e depilei minha sograpornografia.manzorrasContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudoxvideos com pomba gira brasileiros encorporadascontos/vi minha tia no puteirocontos de podolatria com sandalia de salto finoconto erótico gay fui comido no internatoesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornocontos eróticos encesto mae de 35 anos fodendo com seu jovem filho e gozando muitoMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosfilmes sexo brasileiro falando besterinhas e gozando gostozo na buceta ate escorre a porrafrutaporno adoro bater punheta na calcinha da mamaepenis grosso e 30 ctm fazendo a menina novinha chora e caga.sangue apois colocar em seu anuavelhas festejando c negros cacetudosporno família favelavídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nuahomens roludos e picudos nu de rondoniaEu brico no colo do papaicontos dei p meu chefeo pinto do meu filho e maior do do pai rele contos eroticoscoxando disfarsadamente e rabuda deixandocontos eroticos fudeno a novinha de 17aninhosacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarcontoseroticos mulher lactante amamentandocomi a xana zeradavelhas loucas do hospício dando o cu gostosohttp://conto me pagou pra me fudervirei puta do meu irmãowwwxxvideo filhinha meche o bumbumasistir sexo completo brutal chupadas na bucetas uiiiiiio riquinho que eu amo cap 12 casa dos contoscontos eroticos de gravidez de gemeas com gravidezvídeo pornô mulher que faz a outra gozar e da Paz e líquido saindovadia adoro dar o cuzinho pro gigolo foder com vontade o cuzinho delacomo fazersrxo pinto vibradorcontos eroticos , isso geme putinhavideo de madrasta indo a viagem de finalistas com o filhorelato quenquinha velha Contos eroticos.de filha ajudando paimulher bonbando sua buceta ate seu grilo ficar grande e homem fica louco x videoela gozou mas eu nao parei de chupar a buceta delabotando o joelhinho em cima da mesa xvideosfilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosaxsvideo relatos com fotos e filmes tio taradao de 30cm de rola arrombando subrinha safadaConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudonegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxver vidio pitudo dando uns amasso na novinha que nunca vio rolasexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandocontos incesto mae gtsFoda agressiva ponodoidonovinha gritano e gosanoDeixou varios gozar dentro frutapornocontos irmazinha nossa punheteiraxvideos zoofilia cavalo e cachorro virado em ticonegona rindo com uma boconamohamed elatar punhetandovideo na praia de jericoacoara ceara sexo porno na praiaRuıva fudendovidio di hme k toroco disexoxxvideo porno brasileiro novinha chora ao ter q fd cm varios depois q perd apostaFazendo Cunhado Chupa a força Gay❤Ver contos eroticos de pai comendo a buceta virger da filhamenina fudedo de xortiu de dormiEm Família: Parte 1 Autor Sr G casadoscontoscontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornosporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contoporno grátis cm gringa dando ate se amoleserdivididu u casete nu boketeespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delacontos de filha crentenovinhos chinêses comendo cadela zoofiliacontos eróticos comi o cu do filho da mendigafotos de bufetas pibgando de tewaotarado convenceu so passar o pau no grelinho virgen da filhinha e enpurrou tudo