Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Seu nome é Aline

Autor: MELLYNDA
Categoria: Homossexual
Data: 18/01/2010 17:23:24
Nota 9.53

Era mais uma semana infernal de provas, tinha vacilado o ano todo e de certa forma não sabia como me recuperar. Se ficasse em casa o resultado seria pipoca e um filminho na tv e nada de pegar nos livros, o método mais simples era correr para biblioteca e me matar de estudar,nada como começar numa segunda chuvosa as 7h30 da amanha,realmente de péssimo gosto mas nada que o desespero básico não faça.

A biblioteca era vistosa lembrava os casarões antigos do inicio da colonização, sua paredes eram pintas de rosa que caminhava mais para tom salmão, um tanto que charmosa,mas não deixava de forma alguma de lado a infraestrutura e a tecnologia.

La estava eu de casaco e guarda chuva na mão procurando em algum canto da mochila a minha carterinha de estudante, fique alguns minutos me debatendo ate que finalmente a encontrei. O lugar esta deserto poucos funcionários e alunos, respirei fundo e entrei, confesso que não esta nem um pouco animada era cedo eu estava com sono e aquela chuva me deixava com mais preguiça, subi a estada com passos lentos e caminhei suavemente ate a prateleira e fui procurando o livro que poderia me salvar daquela situação incomoda, peguei alguns e me joguei na poltrona ao lado .

A chuva apertava la fora e a preguiça aumentava, o livro era uma porcaria, na verdade a matéria era porcaria, começava a ler e logo viajava na maionese, meus pensamentos iam tão longe que ficava imaginando e lembrando da noite passada,que noite maravilhosa.Num momento de distração o livro escorregou das minha mãos e caio no chão, o barulho soa estridente e alto, eu levei aquele susto, as pessoa ao redor colocavam a mão na boca tentando abafar o som da risada,o mais engraçado não foi o livro, mas o meu susto, por pouco a poltrona não virou eu quase cai para trás, seria o maior mico, logo me recompus,observando que algum ainda riam falei "estou bem,não se preocupe" repeti uma ou duas vezes a frase, e logo comecei a ler novamente.

Por mais que eu tentasse o livro não descia, eu já estava de saco cheio das mesma ladainhas,então comecei a olhar a chuva, as gotas caindo num ritmo forte, não sei por quanto tempo fiquei ali,quando voltei do traze,meu corpo se arrepiou, imediatamente minhas mãos ficam tremulas, minha respiração ofegante, e meus olhos paralisados,ela era linda, meu DEUS, ela era deliciosa.

Seus cabelos liso e loiros ate no meio das costas,pernas longas mais bem torneadas, vestindo um vestidinho curto delicado que deixava a mostra seu colo, que seios fartos, hum que seios,estava hipnotizada, seu rosto era um pouco a arredondado, sobrancelhas não muito grossas, narizinho fino mas que dava um ar angelical,os olhos se escondiam atrás do óculos, sobre a mesa vários livros de anatomia, sistema circulatorio, como queria ser uma cobaia, ser examinando todinhas por ela.

O tempo passa eu disfarçava que estava estudando quanto mais olhava mais desejava aquela menina, ela se mantinha concentrada nada a tiraria daquela situação, meu corpo estava pegando fogo sentia no meios das minhas perdas um calor uma coisa terrível que precisava ser acalmada, num impulso fui em direção a ela mas na hora H eu travei e caminhei em direção ao banheiro,eu queimava por dentro,comecei a lavar rosto na tentativa de me a calmar ver se aquele calorão diminui a, nada faria eu entrar no equilíbrio, voltei e sentei no mesmo lugar não conseguia tirar os olhos dela ate que um certo momento percebi que ela me olhou de canto, meu coração acelerou será que era um sinal que podia ir mais a frente, eu estava ficando louca jamais aquela menina feminina e meia ficaria com uma menina, ainda mais como eu, mas algo me dizia que eu estava errada, continuei ali sem tirar os olhos dela.

Ela esta incomodava se mexia de um lado para o outro na cadeira, passava constantemente suas mãos pelo cabelo e bebia agua,ela levantou irritada e foi em direção ao banheiro naquele instante eu surte ela não podia ir embora me deixeirar ali daquele jeito eu tinha que tentar algo, precisava pelo menos saber seu nome, mas como faria e se ela não fosse lésbica, se ela reagisse mal se gritasse,tentasse me agredir, se fisesse um escândalo, não sei ao certo mas estava com muito medo, mas meu desejo era maior! Na aqueles segundos ate ela voltar fique pensando mil coisas para poder me aproximar dela e conseguir pelo menos seu nome ou quem sabe seu numero,mas nada vinha em minha mente,seria tão mais fácil poder agarrar e pronto. Ela caminhava em passo firmes parecia mais que irritada estava aborrecida, incomodada pela forma que a olhava, mas era mais forte do que eu, ela era tão deliciosa.

Ela ficou sentada lendo,eu já não disfarçava mais estava na cara que eu estava babando por ela, minha vontade era de devora-lá,ate que algo mudou,não esperava que aquilo fosse acontecer, ela se levantou ficou de pé mexendo no celular, num movimento sutil tirou os óculos e deixou em cima do livro marcando a pagina, andou em minha direção sem tirar os olhos daquele aparelho irritante, conforme ela andava meu coração acelerava ela esta uns dois metros de mim mais pareciam km,seu andar era provocante,sensual e extravagente ela desfilava em minha direção, se aproximou e sentou na ponta da poltrona e cruzou as pernas fiquei paralisada esperando, ela continuo escrevendo a mensagem no telefone e perguntou "Porque você não tira os olhos de mim",era a chance que estava esperando, ela estava na minha frente era só falar como a desejava, minha voz não saia, comecei a gaguejar era uma situação patética aquele mulherão na minha frente eu fazendo papel de idiota,ela começou a a rir deve ter imaginado que sou uma monga e perguntou "pelo jeito deixo você nervosa" o sorriso era lindo tinha buraquinho no queixo e convinhas, não consegui falar nada e fiquei apenas olhando, ela novamente" estou na sua frente você não vai dizer nada" eu estava travada não conseguia me mexer, então ela tirou os olhos do celular e me olhou seu olhos eram lindos um verde claro penetrante e disse "Mas eu tenho uma coisa para te falar, e quero que escute com muita atenção" eu estava sem ar, minhas pernas tremiam, ela se inclinou em minha direção e falou a pé do ouvido "vi que você não parou de me devorar com os olhos e fiquei me perguntando porque ela não vem aqui não puxa papo, e fiquei esperando impaciente mas você não chegou,sabe moça você tem algo que me trai, meu corpo esta queimando só de sentir sua respiração ofegante próximo do meu rosto, não quero que me leve a mal mas adoraria te tocar e te beijar quer ir no banheiro la em cima que esta desativado o que acha?" fiquei em silencio pensativa, sutilmente ela voltou para seu lugar como se esperasse a resposta, era hora de agir, levantei e peguei na mão dela e fui em direção a sua mesa ela deu um sorriso tímido mas safada pegou seu sobretudo que estava pendurado na cadeira e sua bolsa e fomos para o elevador, sua pele era macia e delicada.

O elevador não era muito grande mas cada uma ficou num canto ela estava olhando para o chão tímida, eu fiquei meio sem saber o que fazer, a porta abriu ela logo me beijou nossa algum poderia ter visto mas o andar todo esta em reforma e por causa da chuva ninguém estava trabalhando.

O lugar estava tranquilo começamos a nos agarrar ali mesmo sem muita frescura, travei ela na parede e comecei a beijar seu pescoso, uma das minhas mão da coxa e a outra acariciando o seio. O calor me dominava sua respiração cada momento mais pesada, ela baixinho dizia "vai me devoram vem me consome sou sua toda sua"abaixei a alça do vestido e tirei um dos seios para fora do sutiã e comecei a chupa-lo primeiro toda a aureola e depois só lambendo o biquinho bem rapidinho ela inclinava todo seu corpo para mim como se quisesse mais ela estava gostando eu louca para entrar nela,sem perceber ela tinha deixado o vestido escorregar pelo corpo e desabotouo sutiã os dois seio estavam a mostra, coloquei uma mão em cada massageando de forma circular em quanto minha boca lambia sua orelha e uma das minhas pernas fica entra as sua encostando na vagina, ela fica mais exitada conforme eu a beijava na orelha, com minha boca fui descendo do pescoço ate o seios e do seio ate a barriga estacionando próximo ao umbigo.Nesta hora ela estava tão louca que tirou a calcinha pediu "me chupa vai me chupa eu to quente vem a apagar esse fogo"escutando sua voz eu já tinha perdido os sentido coloquei ela em cima de uma mesa e abri bem sua pernas e fui de cara comecei a lamber, minha lingua brincava procurando seu clitóris, na parte de cima e ia descendo depois subindo ate achar o ponto certo ela direccionou toda sua boceta para mim.

"Vai deixa eu gozar na sua boca", aquilo me deixava em êxtase, lambia com mais e mais vontade, o gosto dela era tão bom que não consegui parar de chupar "AI,AI É AI NÃO SAI, NÃO SAI, VOCÊ ACHOU"ela gemia alto como uma femia no cil, derepente ela parou e vi que tinha ficado toda mole e veio um gosto delicioso, ela tinha gozado na minha boca, meu corpo se estremeceu,suas mãos acariciavam minha cabeça me puxando para beija-la, ela me beijava com tanta vontade sua linguapassava sobre a minha, nos devoravasmo.

Tudo era muito bom seu cheiro, seu corpo, sua boca,mas eu queria dar mais prazer,posicionei meu corpo e levemente coloquei meu dedo na sua boceta ela fez cara de dor, era tão apertado que tive dificuldade,pelo jeito ela nunca tinha feito sexo com alguém,

"va com calma minha xaninha ta sensível"meu dedo entrava e saia levemente com forme via que seu rosto não expressava encomodaçao mas prazer fui acariciando de forma circular entrava ate o fim sentindo seu útero e voltava e entrava de novo fiz com muita calma "HUM QUE DELICIA, VAI EU QUERO MAIS, MAIS FORTE VAI"fui aumentando a intensidade"ISSO VAI VAI,VAI,HUM VAI VAI MAIS RAPIDO" coloquei o segundo dedo e meu ritmo era mais forte, mas ela parecia insacialve seu gemido era alto e constante,minha mão estava toda entro dela socando cada vem mais, mais "ISSO GOSTOSA,ISSO GOSTOSA TA DOENDO MAIS BOM EU QUERO MAIS POR FAVOR NÃO PARA" suas perna esta no meu ombro e meu braço ia e vinha rápido,ela estava ficando fraca mas continuei ate que ela gritou profundo "EU GOZEI DE NOVO" a beijei mas ela estava sem força então fiquei ali abraça esperando ela se recuperar.

O suor escoria pelo meu corpo eu estava de rouba minha blusa esta encharcada "vem tira sua roupa deixa eu sentir o seu corpo quente sobre o meu"me despi tirando a calça primeiro ela logo se animou e me ajudou a tirar a blusa o sutiã e a calcinha,"Posso te pedir algo"fiz com a cabeça que sim "Vem coloca sua boceta na minha boca quero fazer você gozar" sentei na cara dela e deixei ela fazer o serviço, sua língua quente e macia me alisava nossa era maravilhoso, comecei a me mover devagar para não machuca la fiquei no vem e vai enquanto ela me atiçava, não demorou muito ela achou meu ponto fraco e fiquei louca e gozei na cara dela, senti escorrer pela minha perna ela desespera a lambeu tudinho sem deixar nada escapar,ficamos ali em silencio uma do lado da outra estava no céu e com um anjo gostoso.

Nem percebi e acabei adormecendo quando acordei esta sozinha ela tinha ido embora e me deixado ali fique no escuro apenas iluminado pela lua, vesti minha roupas pensando em toda aquela loucura gostosa, será que novamente a veria pelos campus, quem sabe.

Antes de sair e pegar meu casaco observei que havia papelzinho caído no chao com um numero e um nome ALINE quem diria que eu conseguia tudo que desejava seu nome e seu numero,olhei para o relógio e já eram 19h00 eu ia perder a minha prova e sai correndo pensando se devia ligar.

Comentários

03/09/2014 16:37:12
Parabéns . gosteii muito .
23/04/2012 23:03:45
Parabéns! Bem escrito! Bem detalhado! Bem gostoso!!! Vale um 10!! Acesse clube-de-casais.blogspot.com.br e conheça minha carreira inicial de escritor de contos! http://facebook.com/groups/contoseroticos/ - bjs
31/07/2011 02:18:53
Parabéns Mellinda. Ótimo conto, história envolvente. Atente apenas para o uso do tempo no discurso, se o texto usa o tempo pretérito perfeito, tente usá-lo até o fim, para não dar a impressão de mais de um autor. No mais sua narrativa é perfeita e muito bem detalhada. Ótima aventura. Espero ler você com mais frequência. Tenho certeza que será maravilhoso. Um grande beijo e obrigada pela visita em meu conto Aluna e Professora. Felicidades e muitas histórias novas para contar.
22/07/2011 05:38:13
A tempos não encontro um conto tão bom...Você realmente escreve bem. Parabéns.
05/06/2010 17:34:23
arrasou, parabens. add ai [email protected], beijo
03/04/2010 03:02:12
Mel, adorei todos os seus contos, depois do primeiro fiz questão de apreciar todos os outros. Se puder me add [email protected]
04/03/2010 19:40:12
Mellinda, não sou muito fã de contos de lesbicas, mais seus contos são perfeitos, para mim os melhores, parabens pelo conto e continue assim... 10 concertezaaa... Beijos
22/02/2010 00:42:40
jus aos comentarias...meus parabens..
02/02/2010 12:53:32
essa merda desse conto, muito grande, pelo menos o meu e dificil de entender e é, mais rapido, vc e muito loka .
28/01/2010 13:11:26
Obrigada pelo carinho!Todos foram add.
27/01/2010 18:11:08
oi mellinda adorei.... me asdd [email protected]
27/01/2010 05:42:46
so faltou eu...manda umas fts pra mim legal pakas.email e [email protected] brasilia-df
26/01/2010 14:29:07
melinda adoro ler seus contos fico muito exitada com todas as suas descrisoes gosto delas ... voce escreve muito bem! continue escrevendo!!!
23/01/2010 14:02:03
Oi MELLYNDA, você comentou em um conto meu,lembra-se? então, li o seu conto e adorei, me deixou até com vontade de ser chupada por uma mulher...leia o meu outro conto: Dois é bom, três e maravilhoso... bjoo
W W
22/01/2010 10:52:29
Mellynda: Tudo é elegante na tua estória, a começar pelo título, passando pelo pseudônimo e percorrendo o texto suave e bem escrito. Narrativas como a tua merecem acontecer na vida real.
21/01/2010 21:55:00
Muito bom seu conto! Adorei mesmo, sua descrição esta exelente, apesar dos erros de gramática e alguns de digitação.. Não é a minha praia,mas parabéns pelo conto!!
21/01/2010 15:09:50
Excelente. Alguns poucos erros de digitação, mas nada que desvie a atenção nem diminua o tesão. Se o conto é real, parabéns pela aventura, se nao for, parabéns pela imaginação. Bão de qquer jeito [email protected]
20/01/2010 14:49:20
20/01/2010 14:48:27
Adorei, muito interessante, me manda um email e/ou me add para trocarmos idéias. Nota 10
20/01/2010 14:11:56
Oi mellynda!! Adorei sua história. Isso é algo que eu adoraria vivenciar. Apesar de indiremente já ter sido possuida por uma mulher sem saber...
20/01/2010 13:59:41
adorei seu conto fiquei excitada aki!!!! nao deixe de ler meus proximos contos ok beijokas!!!!
19/01/2010 21:45:16
oi mellynda, sou renata, voce comentou meu conto sbre minha primeira transa com meu cao, me envie um email e me ensine o prazer de duas mulheres, [email protected]
19/01/2010 20:24:47
Oi Mellynda, seu conto é massa. Bem detalhado (talvez demais na introdução). Eo gosto de escrever mais sucinto. Fica mais fácil de ler. Mas Valeu. A experiência é linda. Beijo
19/01/2010 20:09:32
NOSSA! MARAVILHOSO...QRIA UMA EXPERIENICA ASSIM. RS
19/01/2010 20:08:00
NOSSA!!!!!!!!!!!!MUITO BOM, UM TOQUE DE SUSPENSE E EROTISMO....DIVINO!!!!!!!!
19/01/2010 16:55:43
menina adorei seu conto me add no msn [email protected] 10 pra vc
19/01/2010 16:38:02
Bacana, me deixou com tesão....lindas....beijos. Muito bom!
19/01/2010 14:56:21
Wow, que delícia de história... Muito bem contada, com a dose certa de suspense e de tesão. Maravilha. Parabéns.
19/01/2010 14:04:27
muito bom mesmo!!
19/01/2010 14:02:50
OBRIGADO A TODOS VC SAO UNS AMORES E SE POR FAVOR VOTEM TAMBEM BJS
19/01/2010 13:53:16
Simplesmente maravilhoso. Parabéns. Vi seu comentário no meu conto MINHA COLEGA, MEU ANJO e agradeço. Me add para conversarmos. [email protected]
19/01/2010 13:50:05
muito bom com riqueza de detalhes picantes... ;~]
19/01/2010 12:25:48
uau show de bola,gostei muito e espero q meu contos eu consigar fazer ser assim q nem o seu..abçs e bjs...
19/01/2010 12:24:42
uau show de bola esse conto..gostei do q li e espero q consiga fazer o meu ser tão bem como o seu...abçs e bjs
19/01/2010 11:58:22
excelente conto, descreves mt bem o prazer que é tocar num corpo de uma mulher, parabéns, um beijo
18/01/2010 23:49:02
Um conto bem narrado e muito excitante. Adorei.
18/01/2010 22:10:50
Uau !!! (http://ana20sp.sites.uol.com.br)
18/01/2010 17:24:48
PODE LIGAR COM CERTEZA... DEPOIS DE UMA EXPERIÊNCIA ASSIM... PARABÉNS PELO CONTO!!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Ajudante de pedreiro dando a bunda grandequero assistir vídeo de sexo de patricinha filha de empresário rico trepando com namoradoxvedeo conto erotico a forca no onibusdesde novinha ja fudiahttp://conto me punhetaram a noite todameu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaporno doido faxineira obediente. shortinho fino sem calcinha da sogra contosvídeo vídeo da Mônica e balançando a bundinha com toalhacontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paiconto minha esposa no onibuscontos eroticos feminizaçao do garotinho maecontos eroticos A Dama e o Bruto videos longo/penis monstro negros gosando dentro do cu do viadinho branquinhoo gay mundo bichavi minlha irma crenye no banlhero porrno safadofotoporno dotados verdadeiros jegue e nufilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outraVideos de sexo brasileiro Eloisa de osasco da o cuzinho gritandox videos casada safada dando para padrinhode casamentocontos eroticos novinha fui bem fodida que até choreiassistir assistir vídeo pornô da Lucineide a gordinha gostosa de shortinho curtinhocontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cuconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betoVídeo mulheres grávida de nove mês com homens bem dotadoas lesbicas maus fogozar do mesmo mundo fazendo sexy com cachorro ate ficar encantadovideo amador gozando dentro gratisfilho da pica informo fudendo a buceta da mãe gostosaos filhos gemeos da minha mulher evangelica contos eroticosfreira da a buceta pra pintudo no azilo contos.putaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.escondendo atrás do Paiol pornôconto erotico motorista do uberCasada enegao anal marra contovirei puta do meu irmãoperdendo a virgindade com o meu namorado e elearromba minha bucetaNa china rapta crinhaça para foder com elas porncontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeubuceta evolução anal negao e vadiaxvideos criansicebranquinha de cabelo preto baby doll da buceta inchadacontos Diretora de escola adora chupar a rola do vigiasexo anal hAaaaanovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucovideo novinha diz tio deixa eu chupar teu pirulito cabeçudocontos eroticos sentei no colo do pirralhobuceta gozano nepicaPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camamulher trasando cem saber com oltroeu quero só o gostosão moreno fortão doPica cabeçudas encaixando espertinho na xananovinha louca pra mamar um cacete do coroa bebadoconto erotico chantageando filha prostitutasossegado sexo mulher cornofotos porno ebano e marfimzoofilia cavalo tira sangue e bosta do cu da vadiaconto marido comeu meu cuvideos de gosdosa tirado fio dendal de 22anosbuceta tao grande ce edtufo a calcinha coroacontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravaFelipe e Guilherme- Amor em LondredContos eróticos: Rabetao da minha sobrinha sarrando na minha picagta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontoseroticos/nicoleavelin/autorapeguei na cinturinha e soquei tudo sem ela perceber no cuzinho ai amor nao quero mais vc me maxhucou xvideosxvideos Botando rola Pra Fora E sarrando bem gtzvideo porno irmao tarado meteu na irma sem camisinha acabou ingravidando elaloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porraviolentada na escola contoConto erótico bricadeiras eradas com o paicontos tathy ellencontos de incesto sograSuper menininhas em contos eroticos 2017 da cidade de campinas gratis