Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Uma vizinha infiel

Autor: Gato Carente
Categoria: Heterossexual
Data: 12/02/2010 16:30:27
Nota 8.00

a vizinha infiel

No início de 2006 fui morar com minha mãe em busca de oportunidades profissionais no ramo da gastronomia na época, pois em floripa este ramo estava muito competitivo para alguém tão jovem na época.

Para minha surpresa havia sido feita uma festa de boas vindas para mim, afinal fazia alguns anos que minha mãe já vinha me pedindo para ir morar com ela e eu por estar com uma namoradinha que gostava muito, preferia ficar na casa de meu pai, mas logo 2 dias após ter terminado com minha ex resolvi voltar para casa de minha mãe.Haviam muitos tios, primos (as) e algumas amigas dela que eu não conhecia, como sua nova vizinha Silvana, que aliás logo chamou minha atenção com seu jeito espavitada de ser, porém era casada e tinha uma bebezinha de 1 aninho, mas nem isto me empediu de observa-la aquele dia.

Silvana não era nem uma beleza rara, 1,65 alt, uns 60kls cabelos escuros e lisos, 25 anos, era meio gordinha na época mas aquela gordinha que chama alguma atenção por seu rostinho angelical, mais eu estava naquela fase saindo da adolecencia, com tezão de sobra e solteiro querendo só curtir a vida, então estava doido para sentir aquela boquinha engolindo meu cacete algum dia.

Os dias foram passando e como eu ainda não havia começado a trabalhar estava direto em casa, então um dia acordei mais tarde, por volta das 10:30, e fui tomar um café quando ouço alguém bater na porta, para minha surpresa era minha vizinha perguntando se eu tinha um cigarro, como eu recém tinha acordado estava apenas com um shorts de pijama ainda e com aquele tezãozinho de mijar, reparei em seu olhar discretamente descendo em direção a ele, e para disfarçar lhe entreguei o cigarro, nesse dia conversamos um bom tempo, pois ela me disse que seu marido estava descançando ainda, ela me contou sobre a vida dela, eu sobre a minha, e assim viramos bons amigos, ou pelo menos com mais intimidades.

Numa sexta feira a noite fui em uma baladinha com meu primo para dar umas paqueradas, chegando lá logo conhecemos duas meninas e ficamos as paparicando um bom tempo, meu primo pagava tudo, adorava se aparecer para elas, e eu estava mais quieto pois nunca havia ido a uma casa noturna, no final ficamos com elas e lá por volta das 2:00 da manhã ele veio falar cmg que iria levar a guria pra casa e se eu queria uma carona, disse que sim e ele me levou, ele tinha um Audi preto, a guria que me parecia de classe média baixa estava deslumbrada com ele, pagou tudo para ela, tem um baita carrão,etc, então não negava nada que ele pedia, tanto que no caminho ela estava no banco da frente beijando-o enquanto dirigia, ele foi empurrando a cabeça dela para baixo e ela não mostrava qualquer sinal de resistência, e continuo descendo até chegar no zíper de sua calça, o baixou calmamente e tirou o pau dele pra fora, e claro que eu estava ali vendo tudo, então começou a beija-lo na cabeça e em toda sua estenção, subiu novamente e engoliu até a metade, eu já estava de pau duro a muito tempo, então meu primo para o carro em uma rua meio deserta e começa a foder aquela boca com vontade, então pela primeira vez me pronunciei dentro do carro:

Porra veio, tu vai fazer a guria te chupar a noite toda na minha frente?

Te fode cara, tu nem foi capaz de trazer uma guria ctg!

Ele me falou aquilo em tom de ironia pois já tinha sacado que eu estava exitado, derrepente sinto uma mão no meu cacete, era a safadinha, então tirei ele pra fora e dechei ela bater uma pra mim enquanto chupava meu primo,derrepente avistamos uma viatura se aproximando e rapidamente nos recompomos, meu primo pegou o celular e fingia estar ligando para alguém, então eles passaram deram uma olhada e continuaram, aquilo já foi meio broxante e meu primo achou melhor terminar a brincadeira na casa dele, porém ele morava com meu tio e minha tia, então claro que não pude participar do restante da festa.Ele me dechou em casa e foi embora, com aquele baita tezão ainda, era por volta das 3:15 da manhã, logo percebi que as luzes de casa estavam acesas, então entrei e dei de cara com minha mãe e minha vizinha jogando canastra e tomando cuba na cozinha, minha mãe me perguntou se estava tudo bem e disse que sim, que o Felipe havia levado uma guria pra casa e me dechou aqui, Silvana logo disparou meio embriagada:

HAHAHAHA! E vc ficou chupando dedo néh?

Então peguei minha toalha e fui tomar um banho frio, fiz questão de passar pela cozinha enrolado na toalha e vendo que minha mãe logo foi no banheiro, passei pela Silvana e dechei a toalha cair sem querer ( querendo), ela me olhou nos olhos e perguntou se eu não iria juntar a toalha, então eu disse:

Ai, pega vc que já esta sentada, é que eu to com dor na coluna sabe...

Então ela se agachou e quando subiu seu rosto bate levemente no meu cacete, derrepente escuto a porta do banheiro se abrindo e trato de ir logo para meu quarto colocar um shorts.

Deitado em minha cama ficava pensando naquela situação, dela ter visto meu pau, e ainda por cima dele ter encostado em seu rosto, claro que ela tbm foi em direção a ele, então tbm estava afim, seu marido estava trabalhando em uma facção no terceiro turno e sua filha dormia na cama de minha mãe, eu estava com um tezão enorme mais minha mãe ainda não tinha mostrado nem um sinal de que iria dormir, então fui até a sala e liguei a tv, logo em seguida minha mãe e Silvana vieram para sala com um copo enorme de cupa para conversarmos. Era umas 4:45 quando minha mãe resolve ir dormir pois já estava tontinha, eu nem tinha bebido muito e fingi que tbm iria dormir logo, Silvana se levanta vai até o quarto e busca sua filha, e logo minha mãe fecha a porta e capota em sua cama, pronto, enfim asós disse para ela, ela olhou para mim e disse:

Boa noite....

Boa noite vizinha, durma com os anjos.....

Então ela veio me dar u beijo de boa noite e dei uma mordida em seu pescoço, ela não disse nada então comecei a beijar seu bescoço até chegar em sua boca, nossa, que boca macia, gostosa, então lhe sugeri que dechasse sua filha em minha cama, para continuarmos mais a vontade, foi só ela largar sua filha na cama que a abracei por traz e lhe dei uma gostosa encoxada, beijava sua orelha e novamente sua boca por traz, a levei até a sala e deitei no sofá com o pau pra fora, ela o olhou e o agarrou com muita delicadeza o colocando direto na boca, sem frescura alguma, apenas o engoliu gostoso, me fazendo gemer de tezão, ela me punhetava enquanto me chupava, era muito gostoso aquela boquinha devorando meu cacete quase que inteiro, pedi que ficasse de quatro em cima de mim para chupa-la tbm, então ela se levanta e demoradamente retira seu shorts junto com a calcinha, fiquei admirado com aquela bocetinha, meio rosada com os lábios inchados e raspadinha, então subiu em cima de mim e atolou aquela coisa maravilhasa em meu rosto, apesar de minha pouca idade na época, já havia chupado muitas bucetas, então sabia tirar alguns suspiros dela, primeiro comecei beijando sua bundinha por inteira, então abri suas nádegas e enfiei a língua em seu cuzinho apertado e comecei a lambelo freneticamente, enquanto isso ela aumentava cada vez mais os movimentos de vai e vem no meu cacete, então na hora que comecei a chupar sua bucetinha ela não resistiu e soltou um gemido mais alto:

Pow Sil, a mãe vai acordar desse jeito!

Não vai não, caprichei nas cubas que dava pra ela pra ir dormir logo e me dechar asós com vc....

Mas é uma safada mesmo néh!

Então saí de baixo dela e abri bem suas pernas no sofá para chupala melhor, tinha um gosto delicioso aquela racha gostosa, então depois de algum tempo sinto ela se contorcendo e me diz:

Vai, vai!

Não para que eu to gozando!

Aaahhhhhhhh chupa seu safado, me faz gozar!

Aaaaaaaaahhhhhhhhhh to gozandoooo!

Fiquei ali mais um pouco e logo me levantei, empinando mais ainda aquelas pernas para fode-la, sem mais carinhos enfiei tudo de uma vez, já começando um frenético vai e vem, a essa altura nem queria mais saber se minha mãe acordaria, só queria soca-la bem gostoso,

então percebendo que ela tbm estava bem alterada tratei de pincelar aquele cuzinho marrom com meu pau todo melado, de início ela me diz:

Ai não, no meu cuzinho não!

Mas pq não sil? Ta tão gostoso, e nem te preocupa que vo enfiar só um pouquinho e gozar logo.....

Mas só um poquinho então tah, até hoje só liberei pro meu marido..

Ela me disse isso já ficando de quatro no sofá,

então como não tinha lubrificante e tbm estava meio embriagado dei uma guspida no meu cacete e pincelei novamente na entrada de seu botão, comecei a empurrar a cabeça que nem demorou muito e já havia sido engolida por seu anel, que pelo visto gostava de pica pois ela nem reclamou de dor alguma, então bem devagar comecei a introduzilo centímetro por centímetro até sentir minha bolas encostando em sua bunda, nesse momento paro um pouco e decho ele la dentro apreciando aquele calor delicioso, e então começo com movimentos leves de entra e sai para seu cuzinho para se acostumar com meu cacete, e já completamente louco de tezão começo a bombar rapidamente, arrancando os primeiros gemidos de dor e prazer de Silvana, segurava firme em sua cintura e com muita vontade fodia aquele rabo, a vontade de gozar se aproximava e realmente o que eu mais queria era encher aquele cuzinho de porra, então lhe digo:

Empina bem essa bunda que estou quase gozando!

Ai, vai, enche me enche de porra seu safado, cachorro!!

Assim, aaahhhhh to gozando, rebola!

Aaaahhhhhhh!

Nunca havia gozado tanto em toda minha vida, estava completamente extaziado naquele instante, então ela senta no sofá e me pergunta se eu já estava satisfeito, disse que sim, mas pedi para ela esperar só um minuto que já voltava, então fui no banheiro e dei uma lavada no meu pau na pia mesmo e voltei, parei novamente em sua frente e comecei a esfregar meu pau novamente em seu rosto...

Que foi? Ainda quer mais?

Agora menininha vai tomar leitinho quente antes de nanar!

Então novamente senti aquela boquinha maravilhosa engolindo meu pau rapidamente, querendo que eu gozasse logo pois seu marido já estava quase saindo do trabalho. Nossa, como ela chupava bem, pedi para que chupasse minhas bolas enquato batia uma punheta, estava quase gozando então peço para ela abocanha-lo para dar uma lubrificada, nesse momento comecei a foder a boca dela e acabei gozando la dentro mesmo, e ela nem se emportou pois continuou mamando com vontade, sugou até a ultima gota de minha porra me dechando ainda mais exausto, então pego em seu queixo e lhe falo:

Pronto, agora vc ta liberada vizinha....

Ela se levantou colocou sua calcinha e seu shorts e foi pegar sua filha na minha cama, veio até a sala novamente e diz ao pé do meu ouvido:

Pelo amor de deus, tu não vai me espalhar isso pra ninguém tah!

Pode dechar, mais em compensação eu vo querer repitir mais vezes isso!

A safada ainda me deu um beijo e pude sentir um pouco do gosto de minha própria porra em sua boca, e então foi embora com sua filhinha no colo, e o incrível foi que uns 15 minutos depois escuto o carro do meu vizinho chegando, e eu ali ainda pensando na foda deliciosa que acabara de dar com sua mulher no sofá.

Espero que tenham gostado e me desculpem o longo texto, mais esta história de minha vida realmente merecia ser contada desde o início.

Abraços.

Comentários

29/04/2011 20:04:54
punheteiro mentiroso
12/02/2010 21:45:47
adorei nao ha nada melhor que dar p um vizinho gostoso assim fiquei excitada com o seu jeito de falar adoro o sutaque que vcs tm lendo a sua historia ma lembrei de alguns vizinhos especias que tive beijos e continue escrevendo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Conto erotico scat adoro ver a mulher peidandoarebentandocu velinhasapaixonado pelo meu primo brutamontes 2temporadameu maridinho me deixou fuder na madrugadapirocona na titiavideo amador gozando dentro gratisporno vidio coroa tava emtertidaleitinho do papai contos inocentehistoria de genro homem hetero transando com sogro homem heteroContos Eróticos De. Fui Ajudar A Dona Veracontos eroticos de trepadas com tias sacanasminha esposa e seus negoes comedores contosamiguinhos gay loirinhos fazendo troca trbaixa lourinha cafungada com o negaotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabovideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elacrentinha no portao querendo darvideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaContos d rapando a bucetabotando na buceta pela beradinha do shortemulher secura na pica do negao quando encosta no cuContos erótico a calsinha da cunhada noviha cheirava mixovídeo porno amadores encostano a pica na buseta cabeluda da intiada durmidocoletania de pinto torto pra baixo gozandox** nnn japonesa gostosa traindo seu marido com seu próprio filho vídeos grátiscontos vi uma mulher cagandoporno dando a buceta noma tranza agresivajaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisconto erotico pedreiro maurocontos eroricos minha filhae enlouquecemuler m as calcinhas lancesda xoxotasvizinho a aline contos eroticosbelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaminha filhinha na punheta contoslactofilia com leite materno fetichecontos eróticos comi o cu do filho da mendigafodendo o putynho gayboyzinho encoxando no hetero no onibusSogra Contos Eroticosquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca delecontos de sexo raspei minha bucetairma gemeas ciumes por isso se chupam em videos pornovideos porno negao so os tapas estralandopassando oleo sabor morango e fazendo boqueticontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhoreContos eroticos de viados maduros que foram deflorados na marraporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela quererWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picacontos erotico papai vai caberxvideo montadord moveisbatando o joelhinho na mesa xvideosshot apertado rola grossa se destacaconto de casada putapaola olivera de xote curto pornocorno porra ordenhA taca contoenfiano anter o cotovelo no travestisXXVIDIO.COMEU.ASUACUNHADAcontos erotico papai minha amiguinha q vc arregaça ela tambémconto casada assaltada chora na rola grande e gosapaicomeu eu minha irmacontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhosexotesaogostoso50 tons de gizcomendo o cuzinho com um guspinhoContos lambendo chulesua puta ou seu viado o celular e meu e se quero asisti video porno tenho que asiste por que.paguei pra ter minha escolha desgraçamulher beijando a mulher na boca pelada no titubearpornou homem nao aguenta e goza na burcerta da putaContos eroticos a gozada incetuosa e mais gostoza que quaque outra gozando dentro da irma cem camisinhaporno de professora na forretabuseta.daclaudia.ranharmulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliaXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascasada só engole a porra do amante e nunca do marido traindo porno vídeoDominamdo uma evamgelica casada parte 2 contos eroticossflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosencostando de pe na parede e comendo o cufodie cusao da minha irma incesto brasil cem camisinha pornominha esposa saiu comigo sem calcinha so pra me provocar meus amigosContos eroticos anal de ipatinga mgelacareca contos eroticos de mullheres carecasporno de mulheres tentando fiji de pica grandeLoirinha Gata Magrinha Recebe Pau Enquanto Ler Um Livro baixar olinefilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinaCacetes gossoscasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de buceta