Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Judiando de um cuzinho guloso

Autor: Zandor
Categoria: Heterossexual
Data: 14/03/2010 21:12:15
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu estava ansioso e a imaginava me aguardando no quarto do hotel. Imaginava-a usando apenas uma camisolinha com uma minúscula calcinha e mais nada. Não queria perder tempo, pois meu tesão fazia meu pau doer.

Abri a porta do quarto, estava encostada, fechei-a com chave e trinco e me dirigi para o quarto. Ela estava deitada sobre a cama, só de calcinha fio dental. Aquela visão me fez babar de desejos. Fiquei louco na hora.

Sorrindo ela me disse: "Vem tesão, sou sua. Estou a sua disposição. Vem, pode meter à vontade. Faça o que quiser comigo."

Não me fiz de rogado e nem perdi mais tempo: dei um beijo bem gostoso e demorado na boca. Enquanto a beijava, minhas mãos apertavam sua bundinha.

Deitei-a na cama toda arreganhada e comecei a masturbá-la bem de leve .

"E esse cuzinho safado ??? Ele me parece que está com fome ???"

"Sou tua, faça o que quiser".

“Então pisca ele pra mim. Mostra o quanto você quer meu pau dentro dele."

Ela jogou a bunda para cima e fez contrações fazendo seu cuzinho piscar. Depois disse:

"Lambe meu cuzinho...cheira...esfrega tua cara nele...me deixa com mais vontade ainda..."

Fui cheirando, esfregando a cara, lambendo em volta, colocando a pontinha da língua dentro do seu cuzinho e deixando totalmente maluca.

"Mete! Por favor, eu imploro, coloca...coloca devagarinho essa rola gostosa no meu cuzinho safado, cospe nele e mete !!! "

Comecei a esfregar meu cabeção duro, forçando a entrada naquele cuzinho apertadinho.

"Huuuuuuuu.....isso.....coloca....mais.....quero mais...."

"Escancara bem esse cu pra mim, loira gostosa !!!"

Ela estava totalmente submissa, sendo segura firmemente pelo quadril, sentindo meu pau entrando e saindo do meu cu.

“ Rasga tudo. Mata sua vontade, mata meu tesao."

" Hummmmmesse cuzinho é uma delicia."

Mordendo os lábios ela gemia dizendo: "Vemmmm, soca...soca e goza comigo."

"Soco, putinha safada...sente minha rola te arrebentando toda."

"Ahhhhhhhh....quero gozar com você...sente meu cuzinho te mordendo, sente meu gozo chegando..."

"Isso...mastiga meu pau com esse cuzinho safado...me deixa maluco...vou encher ele de porra..."

"Então vem...goza gostoso...quero sentir sua porra quente e grossa escorrendo do meu cuzinho..."

"Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.....!!!!! Toma sua safada....toma minha porra...sente ela saindo..."

"Delícia...goza comigo....sente meu gozo também ....ahhhhhhhhh.....delícia......."

Gozamos juntos, numa explosão de tara incontrolável.

Tínhamos adormecidos depois de termos transado, acordamos e estávamos relaxados na cama. Pedi para ela ficar de lado e encolhesse uma das pernas, o que ela fez, permitindo que eu enfiasse um dedo em seu buraquinho. Comecei a enfiar o dedo no cu pra relaxar e para umedecer. Passava o dedo na buceta que estava molhada e lubrificava o cuzinho. Fui me animando e enfiei mais um dedo. Ficava fazendo um vai e vem bem forte.Fiquei brincando com o seu cuzinho, ora enfiando um, dois e até três dedos e acariciando as paredes internas, ora chupando seu anelzinho. A repetição foi atiçando seu desejo, ela começou a gemer e movimentar a pélvis com mais constância. Tinha momentos em que lambia a bundinha dela, em outros enfiava meus dedos naquele o cu guloso. Ela me deixava usar sua bunda como eu bem quisesse.

Ela pediu para que eu metesse com força, bem animal, e foi abrindo sua bunda com as mãos. Definitivamente, minha putinha tinha aprendido a dar a bunda. Dei uma cuspida na cabeça do pau e ajeitei no buraquinho e comecei a enfiar. Com força como ela tinha pedido. Ela gemia e me xingava muito, de puto, cachorro, safado, de tudo que lhe vinha a cabeça naquele momento. Aqueles xingamentos só aumentavam o tesão e a adrenalina. Abria sua bunda como se quisesse que eu a rasgasse toda. Ela gemia e mandava eu arrombar tudo, que ela era minha puta e que eu devia maltratar ela, não ter dó. “ Castiga seu puto, mete rola no meu cu. Come todo que ele é teu. Me enche de porra, seu safado”.Quem diria que aquela mulher recatada, estaria assim tão solta, tão livre, tão mulher. Forcei a entrada naquele cuzinho. Em pouco tempo ela suava e tremia toda, mas sempre querendo mais e mais. Eu parava um pouco para respirar e continuava a socar. Ela urrava baixinho, gemendo de dor e prazer, mas não desistia de levar rola.

Me pediu para vir por cima, ela queria sentar no meu pau. Antes deu uma babada, molhando meu cacete antes de sentar em cima dele. Com as próprias mãos, foi dirigindo meu pau para dentro de sua bunda. A visão que eu tinha era maravilhosa, ela ia sentando e meu pau aos poucos sumindo naquele cu. Era uma sensação muito gostosa. Ela descia, me sentia em seu fundo e voltava a subir. Seu cuzinho estava bem dilatado. Sua bundinha estava quente e vermelha com os tapas que havia dado momentos antes e das estocadas tambem.

De repente, falei que ia gozar. Ela retirou meu pau de sua e apontou a pica para sua boca. Ficou me masturbando até que eu jorrasse e dentro de sua boca. Esporrei em seu rostinho, e a fiz limpar meu pau com a língua. Ela bebeu toda minha porra e depois veio me beijar, o que fiz muito prazeirosamente. Senti o gosto da minha porra, direto da boca da minha putinha.

Ela foi me chupando o saco, descendo sua língua para o meu cu. Me arrepiei todo. Estava gostoso. Dei um gemido, ela começou a chupar minha pica. Eu estava delirando. Depois foi minha vez de meter a língua em seu cu arrombado e fazê-la gozar como nunca havia gozado antes. Ela ficou alisando meu pau murcho, me acariciando. Ela sabia o que fazer e como fazer para que meu pau crescesse de novo. Me levantei num gesto abrupto para ir ao banheiro. De repente, tinha me dado vontade de mijar. Ela perguntou: onde você vai ? pensando que eu não estivesse gostando dos carinhos que ela fazia no meu pau... “vou mijar...”Fazendo beicinho e uma carinha de safada, ela sorriu e disse: mija em mim, marca seu território, quero sentir teu mijo em mimEu abri sua buceta, penetrei meu pau e fui mijando. Ela começou a rebolar e foi a loucura. Eu dei um tapa em sua cara, depois dei mais um e depois outro, a chamava de puta, piranha, vagabunda...” Eu sabia que você ia ser uma puta fácil sua gostosa.Sabia que você iria gostar de tudo isto”.

Depois disso, fomos juntos ao banheiro e tomamos uma ducha bem gostosa e refrescante.

De volta ao quarto, começamos um 69 bem gostoso. Ela tinha uma buceta toda lisinha e gorduchinha, um corpo delicioso, que pediam uma chupada deliciosa.Coloquei-a virada para o espelho para poder ver o reflexo de nossos corpos e principalmente ver aquela boca gulosa em ação Eu queria ter a visão total dela me chupando. Comecei a brincar com seu grelinho durinho, passeando com a ponta da língua, lambuzando-me em seu mel.

"Isso...mate sua sede no meu licor...esfrega tua cara na minha buceta...quero sentir meu cheiro em você..."

Lambia sua bucetinha, fazendo-a delirar de tesão. Minha língua invadia aquela buceta fazendo-a gozar aos gritos de forma alucinada.

Eu estava me deliciando, ela veio por cima de mim e sentou de leve na minha cara comecei a chupar sua xana que era uma delicia, macia com os lábios salientes, eu chupava no mesmo ritmo que ela fazia o vai e vem em cima da minha cara. Ela rebolava e aquela rebolada era de uma puta experiente, de repente ela aumentou o ritmo, vi que ela iria gozar, aproveitei e fui enfiando o dedo no cuzinho dela que piscava pedindo para ser preenchido, abri bem aquela buceta gostosa que pingava de gozo me concentrando apenas em chupar e mordiscar o grelinho lindo e delicioso, vi a gostosa ficar delirando mais ainda e pedindo para não parar.

Enfiei dois dedos de uma só vez e vi a gata entrar em delírio com um grito e tremer na minha cara, ela deu um grito delicioso de gozo e caiu ao meu lado na cama.

Virei-a de quatro dando uns belos tapas na bunda e mandando empinar bem aquele rabo pois era ali que eu ia meter agora. Ficou de bruços, empinando a bundinha, fui por cima de mim cravando minha rola naquela bucetinha, tirava e enfiava, para logo depois encostar na portinha do seu rabinho e forçar a entrada. Ela tremia de medo e excitação. Sabia que ia doer, mas é assim mesmo que eu gosto.

- Quer minha rola, quer minha putinha??” – Nem dei tempo dela pensar para responder e fui logo enfiando o pau no rabo dela, de um grito ardido pois não esperava ser rasgada com toda aquela violência..

Uma dorzinha gostosa de prazer tomava conta de seu cuzinho. Meu pau ia entrando e rasgando seu cuzinho enquanto ela gritava e gemia alucinadamente. Aquela mulher fodia deliciosamente e me provocava um tesão inigualável . Ela estava maluca de tesão e me deixava totalmente tarado.

Eu comecei a bombar com rapidez, socando tão forte que parecia querer enfiar até as bolas do saco.

Seu cuzinho estava dilatado. Ardia, doía e eu socando mais e mais, cada vez mais forte. Socava e a chamava de gostosa, vadia, cachorra. Metia sem parar e violentamente no seu cuzinho. Metia e falava tudo que era palavrão, dizia – rebola minha gostosa, chupa minha pica, engole tudo sua puta descarada...

“ Tô fudendo teu rabo cachorra. E acho que você está gostando...”

"Tô adorando ! Fode meu cuzinho, fode..." " Fode o cu da tua putinha, fode ! Você é o meu macho gostoso !

"Vai vida mete mais forte ! Tô quase gozando! Vou gozar na vara do meu macho ! Que pau gostoso você tem!"

Meu tesão estava no limite, tive que me segurar para não gozar. Meus culhões batendo na sua bunda, eu enfiava só a cabeça e dava aquelas estocadas de leve e entrava com tudo (adoro isso), quando ela deu outro grito, aproveite e enrabei de uma só vez,fazendo ela quase desmaiou de dor.

"Mete tesão! Não para, enterra essa rola gostosa, enterra! Quero sentir você pulsando dentro de mim!"

" Você manda, delicia ... Num único impulso,enfiei tudo enterrando até o fim.

"Ahhhhhhhh...isso meu negro safado...assim que eu gosto...

Eu a segurava com firmeza pelos quadris,puxando-a contra meu corpo e socando cada vez mais forte, levando-a ao delírio.

"HUMMMMMMMMM...assim vida, isto soca...mete...me mata de tesão...não pára...sente meu gozo..."

"Isso minha safada...goza com meu pau dentro de você...goza. Se lambuza mais..."

"Huuuuuuuutesão...".. dito isto ela se virou, me fazendo sair de dentro dela e feito loba faminta ela se ajoelhou no chão e veio em minha direção, salivando de desejo. Começou a chupar minha rola que latejava de tão dura, enquanto acariciava meu saco com as mãos. Depois começou uma deliciosa punheta em meu pau lambuzado por sua saliva e sua língua que percorria meu saco.

"Afaste um pouco sua pernas !!!" ela disse e com uma mão eu levantou bem seu saco e com sua língua, foi em busca de meu cuzinho. Ansiosa para me satisfazer com lambidas e chupadas.

"Hummmmmmm...que cuzinho gostoso", ela disse, passando a língua dando voltinhas, deixando-me alucinado. Eu estava vibrando! Aquela mulher estava me levando ao delírio. Estava em êxtase total. Agora me punhetava com as duas mãos, sem tirar da boca. De repente, meu corpo tremeu todo anunciando um gozo fantástico. Rajadas de espessas de minha porra inundou sua boca . Foi tanta porra que começou a escorrer por seus pescoço e seus seios...

Ela engoliu o que pode e depois veio me beijar, dizendo : “ Sente o seu próprio gosto meu macho filho da puta”.

Comentários

10/10/2011 05:41:17
Cambada de tarados! Mas, como é gostosa uma foda como a que foi relatada. Antigamente, a mulherada fazia uma onda danada para liberar o cuzinho. Agora, feitas as descobertas, ninguém abre mão de uma sobremesa como essa. E, no caso presente, deixou de ser sobremesa, passando a ser o prato principal. O tarado da história passou o tempo todo só enrabando a gostosona! E quem é que resiste a um rabinho tão saboroso... Você resistiria? Eu não.
15/03/2010 16:20:53
Caramba, que delicia!!!! PUTZ, me deixou loquinhaaaa, só morrendo de vontade de dar uma fudida, bem gostosa e AGORAAAAAA..... EXCITANTE!!!nota 1000
15/03/2010 14:05:57
cacete, tesão puro......queria eu poder meter neste cuzinho.......
15/03/2010 09:13:39
Simplesmente adorávellllllllllllllll!!!! Também adoro foder assim...estou mto excitada, e a lambidinha dela no seu cuzinho....hummmmmmmmmmmmm sensacional!!!!!! Adoro também lamber, beijar o cuzinho do meu macho, ele vai a loucura!!!!! Escreva maissssssssss!!!! Bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


doce nanda contos eroticosencoxadamulhercrentedomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticosdoce nanda contos eroticoscontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacontos minha esposa e um andarilho picudonegao fodefo cu forcaPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostosoo caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cuhomem chupando mulher que cor de roupa que insistir vídeo soca peladaassistir vídeo pornô anal de sogra com genro gravado em Ribeirão preto d*********conto tudo começou quando minha sobrinha de dez anos sentou no meu coloquero ver um filme pornô porreta Mel com muita mulher gostosa tomando no c* de calcinha de ladinhonovinha encostada ne parede rebolando cassetemeninas novinhas de mini saia e fio dentallindascirleia bucetudawww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreitirando o cebinho da cetinha com a linguaconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudaquero ver gatinhas novinhas na academia só mostrando e transando bichão p*********empurando o gatilho no prikito delaputohomem damdo o cu e rebolandoConto dando sonifero enteadamulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cume perdi no mato eles me encontraram e me fuderam pornotadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacode menino 18 anos vídeo de sexo de menina de 18 anos favor urgente na boca o cara dormir à tarde vídeo de sexo de 18 anos por favor eu filme pornô de 18 anos e muita safadezaBusetinha lizinhacontos erotico da irma batendo punheta no irmao machucadopequenos videos de porno brasileiro pais peludos de sunga que tira a virgindade da filha e goza dentro da vaginacontos eróticos chantagiei minha comadre e gozei na boca delacontos eroticos fui seduzido pela vizinhaimagens de pica de cavalo atolado em buceta de mulherescontos sex fui enrrabado na adolescencia e gameiMamilos deliciosos recebendo cocegas e axilashttp://zdorovsreda.ru/texto/201109691quero assistir vídeo de sexo de patricinha filha de empresário rico trepando com namoradoincesto com meu vô contosxvideo professora lecionando de shortinho atolado no cueu vir a minha meia irmã tranzando e eu nao aquenteiContos me encheram de porra na frente do meu maridodoce nanda parte cinco contos eroticosfilme porno fazemdeira dando pro piao dotadosou evangelica casada mas adoro da o cu pro meu visinho que vivi me comendovou te arregaçar vagabunda, grita vadia, tô te arrombando cadelacontos eroticos cu apertado.da maexvidios outros purai favoritoscontos eróticos o dedinho da urologistacontos erotico meu filho me bateu e botou moralfudendo a irma no sofá depois de chantagealaxvıdeo novınha gozando muıtoXxvideosVizinha gostosa de shortinhocontos eroticos de mullheres que aman barbeariacontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca elecontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paimorena fofinhado rabao fudendo com dotadolesbicas xvideo.com brigonasmãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoconto alisando a sobrinha pequenaesposa rabuda na dp com amigos contosconto gay o Doce nas suas veias capítulo 2contos eroticos climax daputinha amigostomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornoDou o cu para o traficante contos gayvídeo pornô com novinha com peitinho parecendo uma laranja metendo muitosexo real conhadas nuas banho pau bizarro tesaoTudo grandão youtubepornomeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesapaixonado por um hetero cap 19mae.minto.safada.e.bunduda.fodendoEncoxada no transporte público contos eróticoUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosestufando o cu da madrasta e da filhasogra gostosa de cabelos crespos fudendo com amigo do genronovela tieta do agreste transando com sobrinhoporno gay pai malhado e i filhoxvidios outros purai favoritos