Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A transformação - parte II - O batismo

O “ Batismo” .

Por diversas vezes eu já tinha adiantado que iria impingir-lhe um castigo e que faria com ela algo novo. Algo que nunca antes havíamos praticado, apesar de já termos falados algumas vezes sobre o assunto.

Não que fosse algo necessário, mas sempre me apeteceu saber como seria e se eu seria capaz de fazer uma mulher chorar de dor e ter prazer.

Sempre me perguntei se eu seria capaz de levar algo assim até o final, visto que não esta na minha índole ser violento. Mas confesso que gosto, sempre gostei de pegadas mais fortes, de coisas mais ousadas. Nunca gostei das coisas tidas como normais, do tipo “papai e mamãe”.

O problema número um era fácil de ser vencido, ou seja, eu querer e eu queria. O problema número dois é que era mais difícil. Encontrar uma mulher que topasse.

Ai, por encanto, por obras dos deuses do sexo, surgiu você e mudou completamente minha vida sexual

Meus olhos te comem inteira, minha boca saliva de vontade de você

Te agarro pelos cabelos, vou até seu ouvido dizendo todas aquelas coisas

que você gosta de ouvir, te deixando toda arrepiada.

Te arrepio, lambo tua nuca, arranho tuas costas, minhas mãos descem

Pelas curvas do seu corpo, toco-lhe os meus seios. Abro tuas coxas, sinto teu calor fluindo teu corpo estremece, tamanho o tesão

Rasgo tua roupa e vou te despindo devagar,olhando,saboreando cada detalhe do teu corpo me satisfazendo,te enlouquecendo...

Em pouco tempo, estamos unidos numa sintonia perfeita, um encaixe completo. Ritmos compassados, frenéticos, selvagens

Nossos corpos suando. Olhos nos olhos, eu te desejando cada vez mais

Nossos corpos se contorcem arrepiando nossa alma

Num ápice incontrolável nos lambuzamos com nossos fluidos

Entre beijos, mordidas, tapas, carinhos, nossos olharem se cruzame você me diz: “ Sou tua. Você é Senhor de mim!!! Faça de mim, sempre o que você quiser. Meu Dono! Eu te adoro. Você me faz muito feliz, plena e realizada!

Agora, vem, meu Dono, vem mamar gostoso na sua putinha vem...Adoro quando me deixa com os bicos dos seios durinhos de tesão!

Hummmm! Me dá teu pau. Quero beber do teu prazer. Absorver tua porra, o liquido do teu amor. Te deixar louco de tesão. Vem Dono, goza na boca da tua puta, me dá teu leite, me alimenta. Dono, você me transformou numa puta insana, uma louca que deseja ser rasgada por sexo e amor! Busco no prazer do teu gozo...O alimento ideal para as minhas vontades e perversões Sou tua e jamais te esquecerei”

Primeiro me alimento, depois te dou te beber. E quando você menos espera, começo uma sessão de spanking em suas nádegas. Antes acariciadas, agora sendo judiadas. Os tapas seguem fortes e ritmados. Doíam. Depois substitui os tapas por cintadas, chineladas e chicotadas até que ela banhou-se em lágrimas, que rolaram soltas, quentes e salgadas. A sessão havia terminada.

Sua pele escorre suor ...dor, tesão, emoção, surpresa, tudo misturado

Você ali soluçando sôfrega, chorando baixinho por diversos e diferentes motivos ao mesmo tempo.

Delicadamente pousei minha mão sobre seu corpo e o choro tornou-se mais compulsivo ainda, perguntei-lhe:

“ Porque choras agora? Não vou mais castigá-la”. Candidamente, ela me respondeu:

“ Meu dono, eu não encarei isto como um castigo, sei que estava me amando e não me judiando. Estava me ensinando que a dor é uma forma diferente de me corpo sentir prazer e que por isto foi tão intenso. Se choro, meu choro de alegria, choro porque fui capaz de servir meu Senhor, meu Dono. Também choro de satisfação, pois minha submissão e obediência foram colocadas à prova . Choro, por causa da humilhação que experimentei. Mas agüentei firme e superei mais um limite, cresci. Choro, porque meu Dono está feliz comigo e está sendo carinhoso agora. Agradeço de joelhos por cada lágrima que fez rolar, agradeço a forma como me conduz, me ensina e me respeita e, agradeço pelo tanto de prazer que me proporciona”

Nunca tinha ouvido nada tão lindo, tão puro, tão intenso e tão inocente ao mesmo tempo de uma mulher. Neste instante, me curvei sobre ela e com minha língua lambi cada gota de lágrima de seu rosto, ...Aninhei-me a ela e abraçados descansamos juntos, com os corpos colados.

Ao despertar, percebi que estava acordada me olhando. Perguntei se estava acordada há tempos e se estava tudo bem com ela. Disse-me que sim e que estava me olhando dormir, porque eu adormeci com um sorriso no rosto que ela gostava de ver daquele jeito, denotava que eu estava feliz e ela fica feliz com ela mesmo por me deixar assim. Beijei-a e perguntei se estava disposta há uma nova experiência. Ela disse que sim, que sempre estaria de prontidão para o que eu desejasse.

Então, eu lhe disse: “ Quero te batizar, urinando sobre seu corpo, demarcando meu território. Não quero que você veja nesta prática uma simples "humilhação" a uma escrava. Estou encarando isto como uma prova de sua devoção a mim, seu Dono.

Tenho certeza de que em todas as práticas diferentes que fizemos até hoje, você nunca sentiu motivo para se considerar humilhada e não será hoje.

Te conhecendo bem como te conheço tenho quase certeza de que você irá ficar louca de tesão e talvez queira até beber diretamente da fonte “

Mandei que fosse até o frigobar e trouxesse dois energéticos. Tomei-os logo em seguida. Energético serve como diurético, por isto tomei logo dois.

Peguei meu pau e mandei que ela chupasse, para ele ficar duro de novo.

Ela nem pestanejou, afinal uma das coisas que mais ela gosta de fazer é uma boa gulosa. De boa, se pôs a mamar. Atendendo meu pedido, ficou meio de lado facilitando meu toque em seu ânus. Ao mesmo tempo em que ela me mamava, eu explorava seu cuzinho e as vezes deixava meu dedos adentrar sua bucetinha.

Depois de certo tempo com meu cacete já duro e sentindo vontade mijar, forcei até que expelisse meu mijo sobre seu corpo, encharcando-a sobre os seios, barrigas. Lavei-a inteirinha com meu mijo quente. Invés de fazer o famoso balanço mandei que ela abrisse a boca e enfiei meu pau em sua boca para que ela desse uma geral e deixasse meu caralho bem limpinho e sequinho.

A danada sorveu as últimas gotas como se fossem água no deserto, com um sorriso no rosto de tamanha felicidade por poder me servir em mais uma de minhas fantasias. Lambeu com prazer, mamou gostoso, chupetou como um bebe, engoliu e sorveu tudo o que ainda tinha. Pronto, agora, ela estava “batizada”e meu território demarcado.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


xvideos gata novinha virgem perdendo a virgindade .sai pra ir na igreja e acabou indo foder no.motel levantou a saia cunprida e gozo gostosomulher tapa os olhos do marido e entrega para o empregado fuder video pornoarrobadapoumponegarota misterio cdzinhanovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidoirmão com insônia come irma pornomulhereres evanjelicas peludas porno caseixporno novinha tomando banho de porta aberta ai o seu irmão entra e ver ela e fica de queixo caído com o que ta vendo gostósinhas pornoconto erotico amiga da esposa da muito moleme mande vídeo pornô da mulher transando com cachorro bem dotado engatado comendo a bundinha dela e ela suspeitos forammenininhas nem tem pentelhinho na buçetinha ja sendo penetradasver lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicaspornos filmes dos xpartacuspornor doido batendo poleta na varanda homemgarota misterio cdzinhaxvídeo a novinha tomar esperma do joelhinhotopou na buceta qi ela bufoutarada xividiosvideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiaporno ladrão forçando dona de casa a fazer anal forçadoinsesto istorias eroticas pai filas novinascontos eroticos sindico com um pau de 27cm fode moradora menor menorgta em porno doido com um estranhogranny de 69 chuoando cokc grandenegao me enrabandofudendo a matasrtavideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchãolais minha enteada da xoxota apertadinha contoscontos eroticos feminino ajudei o porteiro negro a fuder eu e minha irma juntocontos eróticos meu genro me pegou traindo meu maridoCONTO EROTICO FILHO CARALHUDO ARROMBA MAE TODA NÕITEMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulherescarol celico fudendo putinhanegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhoincestossexo com animaiscontos lukinhas22cmprimo safado puto dotado gozando na boca contos 2017www.tufos gostosa tomando banho no muro de fiu dentalcontos eroticos dormindo com primotadinha chorou pra na da o cu xvidiox cabacocontos eroticos :eunice caindo de boca na picawww.casadoscontos/machopeludo.comwww.relato erotico mulher cazada gemeu na pica glande.com.brvideos pornò homem chupando gostosòXvideosarretadacumeno a safada do bundaomulheres de 28 anos com muito tesão só puxa calcinha de lado pró kidbengala metefoi ajudar a irma estudar e pediu o cu como pagamentoeu quero ver homens e mulheres se beijando pelado e como colocou o piru na no bumbum da minha ficou salgado se beijando peladosconto padrasto da pica enormeporno gay de irmaos e primos quadruploEgua ciscano a Buçetaatrevida gozando com o cunhadodespedida de solteiras com/mulheres casadas q se entregarao a putariafui pago pra dar o cu pela primeira vez hetero , sexo gay amadorquero ver video da a mulher memesia a buceta o cufiume porno.amulher chama vizinho pra conserata pia e entra n varaconto minha sogra mim escutava meter na filha dela batia sirrricaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafocoloquei duas bolinhas de golfe na bucetacontos filha rabuda ninfomaniaca transei com minha visinha casada no quintal delarapasjovem pao grande groso gozandominha madrasta viu meu pau moleestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauContos eróticos tarados na madrugadanovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradaContos eróticos de sogro e noravi meu genro transando contoestranho dotado enche coroa loira casada de porra corno asistepassando a mao no peitoral beijando o ouvido beijando o pescoco pornmulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiaporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelpadrasto enganou novinha rachando no meio das pernas dele por empurrou a p***** todinha e gozou dentrosó os conjuntos regassado metendo gozando na bunda mais bonita