Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

O filho presidiário do meu padrasto

Um conto erótico de AP
Categoria: Heterossexual
Data: 27/04/2010 00:24:47
Nota 9.70

Minha mãe havia se separado do meu pai haviam seis anos qndo ela conheceu o Arnaldo. Namoraram pouco tempo (só oito meses) e logo resolveram "juntar os trapos". Fiquei meio magoada pois eu morava com ela (meu pai mora muito longe) e não qria aquele estranho na minha casa. Com o tempo, fui me conformando. Eles haviam se casado há 1 ano qndo ele contou pra minha mãe que tinha um filho de um antigo casamento e q ele estava preso por ter participado de um racha envolvido com atropelamento e morte e q estava preso. A pior bomba veio logo depois: Danilo estava pra sair da cadeia e viria morar com a gente. Minha mãe pirou e eu mais ainda. Imagine! Um ex presidiário na nossa casa! Já comecei a mentalizar: só haviam dois quartos na casa e ele com certeza teria q dormir no meu quarto! Protestei mas foi em vão. Meu padrasto conseguiu acalmar minha mãe dizendo que Danilo era uma boa pessoa, que só havia cometido um erro. Minha mãe então consentiu com a vinda de Danilo pra nossa casa. Meu Deus, eu estava perdida! Digo isso porq eu sei do meu poder sobre os homens. Não estou qrndo ser convencida nem nada parecido mas sempre tive um corpo muito bem feito, os homens sempre me olham qndo eu passo na rua, mulheres tem por mim um ódio mortal (nem todas pois tenho muitas amigas, é claro). Até mesmo meu padrasto que sempre me respeitou, de vez em qndo eu o surpreendo a encarar fixamente minhas pernas ou minha bunda.

Era uma sexta feira qndo Danilo chegou. Eu não sabia q ele estava em casa por isso, entrei em casa e rumei para o meu quarto e entrei ja tirando a blusa para tomar um banho. Tirei o shortinho e estava só de sutiã e calcinha ( q eram bem pequenos) qndo percebi q ele estava na porta do meu banheiro me olhando. Na hora, eu paralisei mas foi só por uns poucos segundos. Dei um gritinho e puxei a colcha da cama pra me cobrir.

- Não sabia q tinha alguém no meu quarto - Eu disse, ofegante e envergonhada.

- Não tem problema, maninha. Pode fikar bm a vontade comigo. - Disse ele com um sorriso malicioso e olhos famintos em cima de mim.

- Você deve ser o Danilo. Meu nome é AP.

- Sei qm vc é. Só não sabia que você era assim. - Aquele sorriso malicioso persistia. Só então eu fui reparar em como ele era. Alto (qse 1,90), musculoso (seu braço era imenso,qse da grosura da minha perna, e olha q ela é grossa), olhos azuis, fixos em mim, me sondando, me despindo. Não consegui encará-lo pois seus olhos pareciam atravessar a fina colcha com a qual eu me cobria. E, contra minha vontade, eu estava sentindo minha xaninha comichar de tesão. Aquele homem exalava sexo. E eu estava morta de medo do meu "colega de quarto".

LOgo a porta da frente abriu e Danilo me lançou um último olhar antes de sair do quarto. Já havia começado.

Durante alguns meses Danilo não fez avanço nenhum. Mal falava comigo, dormiamos no mesmo quarto todas as noites ( as primeiras eu mal dormi) mas, apesar de ficar no seu canto, ele sempre demonstrava sua fome por mim. Me encarava sempre, olhando fixamente para minha bunda e lambia os lábios, sempre qndo me cumprimentava, beijava meu pescoço e colocava a ponta da lingua, me causando arrepios.

Foi numa noite de muita chuva que aconteceu. Eu estava dormindo num sono pesado qndo acordei de repente com uma mão forte apertando meu seio enquanto outra acariciava meu grelinho. Eu estava tendo um sonho erótico ( justamente com ele) por isso minha xaninha estava encharcada. Sua respiração era forte e quente no meu pescoço e sua barba por fazer me fazia arrepiar. Na hora, eu assustei e pulei.

- Danilo, oq vc tah fazendo? - Perguntei tolamente. Era óbvio oq ele estava fazendo só de olhar para o enorme volume em sua calça. Ele disse alguma coisa mas eu não pude ouvir pois trovejou na hora fazendo um barulhão. Suas mãos enormes me seguraram firmemente e eu não conseguia me mover.

- Me largua, Danilo, ou eu vou gritar. - Ameacei quase chorando com medo daquela enorme vara que ele pressionava contra minha coxa. Eu podia senti - la latejando.

- Pode gritar, sua putinha, que ninguém vai te ouvir. Não tem ninguém em casa e com essa chuva não vai ter ninguém além de nós dois até amanhã. Agora, fecha essa boca, sua vadia que eu quero te come gostoso.

Dizendo isso ele amarrou minhas mão na cabeceira da cama usando o lençol (que ele já tinha rasgado pra esse fim) de um jeito que ele podia me virar pra todos os lados mas eu não podia fugir. Tentei fugir mas o desgraçado era muito forte, me segurava com tanta força que chegava a doer. Numa tentativa desesperada de fugir, ajoelhei na cama de frente para a cabeceira e com a bunda virada para a porta. Ele riu e disse:

- Não é que você me deu uma idéia, sua biscatinha? Vou te comer de quatro feito uma cachorra.

Dizendo isso ele se posicionou atrás de mim. Tentei fugir mas suas mãos fortes me seguraram e senti seu pênis enorme na entrada da minha xana.

- Diz q vc qr ser comida sua cadela.

- Não - eu choraminguei.

- Fala!- Foi um tapa na bunda.

- Não - eu gemi.

- Fala, vagabunda! - Outro tapa mais doido ainda.

- Eu qro ser comida.- Gemi.

- Fala mais alto, sua puta.- Outro tapa.- Fala, me come todinha, gostoso.

- Me come todinha, gostoso.- Eu gritei.

- Qro ser sua vadia. Fala! - Outro tapa.

- Qro se sua vadia - Gritei.

Foi uma estocada só. Senti como se ele me rasgasse por dentro. Mas era impossível não sentir tesão com aqle pinto enorme e grosso entrando e saindo. Ele arremetia e gemia no meu ouvido.

- Ta gostando, neh, sua puta. Eu sei q vc gosta de ser comida. Vo te fude todinha,sua gostosa.- Foi dizendo essas obscenidades e apertando meus seios que ele gozou bem gostoso. Qndo senti aqla porra gostosa e qntinha dntro de mim, não pude mais segurar: gozei tambem.

- Ah, vc gozou neh, sua vadia. Agora vc vai ver oq é fode de verdade.

Ele me arranhou, mordeu, chupou, usou de todas as posições possíveis. Me deu tapas vigorosos, me fez rebolar no seu pau, cavalgar nele, chupar ele. Ele me fudeu a noite toda. De manhã, eu estava toda assada e dolorida mas só de pensar naqle corpo delicioso em cima de mim e dentro de mim, me enchia de tesão. Ele me ameaçou para que eu não contasse pra ninguém e me comeu muitas vezes depois. Teve até uma vez que ele me comia no chuveiro enquanto eu falava com minha mãe, que tava no meu quarto e... Mas essa fica pra próxima.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/08/2015 21:00:36
Gostei
09/11/2010 02:27:51
MUITO BOM... PARABÉNS... ESPERO POR OUTRO CONTO!
03/05/2010 18:26:58
Não sou muito fã de contos de estrupos, mas o seu esta perfeito, detalhado, envolvente... Vc é uma otima escritora, obrigado por comentar nos meus contos, se der leia os outros... Parabens pelo conto, nota 10 concerteza... Abraços Leonardo e Marina....
27/04/2010 17:49:47
Passarim, acho que você não leu o conto. Ela não queria mas tinha vontade e no fundo acabou curtindo ser violentada. C liga, mané!!!
27/04/2010 15:46:34
Concordo com Passarim. Imagina, sua irmã, ou sua mãe sendo estuprada?! Ficariam com raiva do danado. Certo? Mais esse coto é muito gostoso pelo o unico fato da cachorrinha, putona, e safada ter gostado do que aconteceu. Aí ja não considero estupro,e sim um fetiche, uma fantasia em ser estuprada por alguem.. Por isso eu dou nota 10 pra essa putinha pois o conto foi massa.
27/04/2010 14:19:04
gatinha vem pro picachu,ía chupar essa bucetinha até você goza na minha boca,o conto foi bom,continue escrevendo gostosa.
27/04/2010 02:10:42
INSISTEM COM ESA DESGRAÇA DE ESTUPRO. SEXO FORÇADO. COMPLETAMENTE ANTI-NATURAL. JÁ VIRAM CÃES ESTUPRANDO CADELAS SEUS FILHOS-DA-PUTA? NEM VÃO VER. O SEXO NO REINO ANIMAL É CONSENTIDO. VÃO TOMAR NO OLHO DOS SEUS CÚS. QUEM ESCREVE ISSO E QUEM INCENTIVA CONTOS ASSIM. DESEJO QUE ENTREM MESMO NESSA ONDA. E ESTUPREM ALGUMA MULHER. OU TENTEM. DESGRAÇADOS. DAÍ VÃO CONEHCER SEXO FORÇADO NA CADEIA. SÓ QUE PASSIVOS. DO JEITO QUE SONHAM. QUEM ESCREVE CONTO ASSIM É VIADO ENRUSTIDO. QUE FICA DOIDO PRA DAR O CÚ E NÃO TEM CORAGEM. VÃO PRA PUTA QUE OS PARIU INCENTIVADORES DE ESTUPRO. FILHOS DA PUTA. VIADOS ESCROTOS. HOMEM DE VERDADE ESTUPRA NÃO SEUS PESTES. E NEM SE EXCITA COM ESTUPRO. MAIS UMA VEZ. VÃO TOMAR NO OLHO DO CU. O DONO DESSE SIE DEVIA ERA TOMAR VERGONHA NA CARA E NÃO PERMITIR CONTOS ENVOLVENDO ESTUPRO E SEXO FORÇADO. EM PLENO TEMPO DE LEI MARIA DA PENHA. DE LEI DE VULNERÁVEL. PERMITIR RELATOS DE ESTUPRO? DESENCANA NÉ GENTE. PORRA.
27/04/2010 00:39:18
MUITO BOM... PARABÉNS... ESPERO POR OUTRO CONTO! CONTATE:
27/04/2010 00:36:58
FOI MUITO BOM, FIQUEI COM MAIOR TESÃO CACHORRINHA SAFADA
27/04/2010 00:27:32
Foi Assustador mas Delicioso.




Online porn video at mobile phone


pornodoido padrasto pensando tórridomulher crente dando o cu pra dois pedreiro pauzudocontos eróticos fiz sexo por acaso com minha tiacontos eroticosdei meu bucetao para um pauzudoquero bate papo com casada fogozaeguas taradinha no cio pigandocontos eroticos agresivos de meninas lesbicas gostosas virgensporno de coroucom novinhascomedo novınha a forcacontos chantagiei a filha pra comer a netaConto erotico scat adoro ver a mulher peidandocontos corno beija pés humilhado dabuceta das gostosa da novela das 9:00videos de novinha gozando pelo orificio urinarioabaixar pornô mãezinha e Fininhominha mulher resolveu comer meu cuTenho fetiche de beijar os pés da minha namorada quando ela está usando rasteirinhasprima gosta da minha pica ele pega e burta na bucerta dela da o cu causa doensa videos sangue sexo annalvideos gay pissing dominação humilhaçãoo vídeo de um homem e uma mulher dançando pelada com botãozinho para minha boca sem travar para não escolher se eu quero ou não aquele é minha nota porfavor aquele pretoanimopron.com lara umcavalotravestis bem dotado sendo errabados realfazendo a filha chorar de dor sexo anal tv insentocontos lactofiliacontos eróticos da esposa pegou a amante na cama e castigouvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaconto puta cacete rola xota trepada chupar cachorraprimo entra no quarto da prima incente nova e tira ha calcinha dela dormindo pornogostosas chupando barman na festaquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasxvideos cliente dotado fica com pau duro durante exame e a depiladora acaba não resistndoesposas q 25cm de picaminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.Contos a empregada com fotosnamoro lesbico e pessoa não assumida tem tanta brigas ciúmessexo com maria mulambo fodabati punheta num desconhecido no onibus contoscontos danada sem calcinhaenchendo abucetinha dalinda moreninha de espermatozoides video porno grativideo porno casada nao estava mas sim.segurado pra chupa o mau do amigocomi a xana zeradaconto foto pirua cacetao gozada Contos eu e mamae somos putas do pai e amigos deleela e nossapara foder contoscomendo a mulher mais gostooooosaaa do mundo!!!xvideo comendo a escrava fujona no tronconinfetinha de saia comprida provoca dog zoofiliacontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adoramsexres grates com filhas e mae trepando o paevídeo de homem se masturbando e g****** no copo e mulher bebendo no café da manhãvídeo pornô mãe marquei encontro no motel com filho sem saber acaba transando com elecombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinepornosacana traindo o marido com entregadorcontos eróticos revista privategazando juntoxvmeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhocontos eróticos roçando meu cacetao por cima fa bucetinha da irmanzinhapaola olivera de xote curto pornodoce nanda contos eroticosBucetainchadaxvideomobilenegao colocou td o pau de 45 centi na loiraUma coroa evagelica fudedo de saia cupridacontos das bordas da conagrelinho branquinho dessa buceta virgem deliciavideo de sexo a três homen comendo aboceta e a outra enfiando uma pica de burracha emessa no cu delacontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorContos erótico a calsinha da cunhada noviha cheirava mixoWww.bundudinhanovinha.commulher de corno trepando com peaozada no alojamentosexo conto meninas novas com cunhado safado me comendo brutamente.contos eroticos insestos família unida papai mamãe e meu irmaoxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhominha irma e casada mais e putapunheteiras vadias sujas socandocomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasgay raptou o vizinho para lhe chupar o paumeu marido me chupava enquanto outro me gosava vidiovidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paiconto erotico mulherzinhaesposa casadas bunda ggg pertinho gostosodoidoporno vrlho fudendo filha gozando dentromulher secura na pica do negao quando encosta no cuxvidios outros purai favoritoscasadindo novo dando o cu e esposa vendo xvideoconto erotico gay vaquejada capfilme pornô rasgando a vacina novinhacontos gay Mandou eu esperar vestido de putinhao caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cupono vinha.neguinhaAguentei a rola enorme do papai contos eróticosporno irado sexo no salã de belezamotoqueiro gay passivo contoconto erotico transei com o irmao do meu esposo