Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Reuniões, 13: Acidentados

Um conto erótico de Anjo
Categoria: Heterossexual
Data: 12/05/2010 13:21:04
Última revisão: 12/05/2010 13:46:35
Nota 8.00

Continuação da série Reuniões e você somente o entenderá na íntegra se ler os anterioresREUNIÕES, SOB O LUAR DO SERTÃO - Acidentados

Nat e Cíntia vibraram quando souberam que o pessoal do sul viria passar as férias, os dias que antecederam foi carregado. Eu mesma sentia uma alegria inexplicável.

Foi bom ver todos felizes.

(Recordações de Nadir)

Larissa e Isabelle refazem as impressões

14ª Noite

Nessa noite não teve a costumeira batalha de travesseiros. O acidente ainda era muito recentes e todos ainda traumatizados. Larissa com o braço enfaixado e preso a uma tipóia queixava-se constantemente e as dores na costa de Isabelle preocupava.

Nat pergunta para Larissa e Isabelle se já querem ir para a casa pequena, Isabelle diz ser ainda cedo e Larissa aceita. No quarto grande ele oferece acabrunhado.

- Deixa eu ajudar com tua roupa – fala.

- Por favor, me ajuda!

Com cuidados extremos tira sua camisa e seu sutiã. Quando segura no cós da calça nota um certo constrangimento de sua parte.

- Você não quer que traga alguém que tire sua calça?

- Não primo! Tira você mesmo – falou olhando fixo permanecendo em pé.

Abre o cinto, desabotoa a braguilha e puxa com força, mas com muito cuidado, sentindo que sua bunda não deixava o jeans correr livre. Puxa mais forte e nada.

- Acho que vou ter que cortar para sair – olha sorrindo para seu rosto que permanecia calmo e sereno.

- É herança da mamãe... Puxa mais forte senão minha bunda não deixa sair.

Foi o que fez e a calça cedeu. Tira por completo e dobra colocando na cômoda. Ela continuava em pé, parada, só de calcinha.

- Já que começaste, termina – falou baixinho.

Ajoelha a seus pés e tira a ultima peça sentindo o aroma de seu sexo próximo a seu rosto. Ela continua parada olhando fixamente.

- E agora? – pergunta.

- Tu é quem sabe...

Levanta e abre sua mala onde pesca o shorte de seu pijama que veste nela.

- Você quer ir ao banheiro? – pergunta com a voz rouca.

- Sim! Mas lá eu vou só.

Escutam passos na sala, é Isabelle que resolveu acompanhar a prima.

- Resolvi vir também, primo. Cadê Larissa?

- Foi ao banheiro.

- Ela já tirou a roupa?

- Sim, eu ajudei...

- Me ajuda também?É que não consigo me baixar... Ainda dói muito – reclama.

Larissa sai do banheiro, Isabelle olha com um sorriso discreto estampado no rosto.

- Primo. Põe um roupão em mim que esqueci que mamãe quer falar comigo.

Ele busca no banheiro o roupão de seda azul e com cuidado passa o braço bom, ajeito para que seus peitos não fiquem à mostra.

- Obrigado priminho – dá um breve beijo e sai.

- Agora nos... – fala para Isabelle que sentara na cama.

Ela levanta ficando de costa para que abra o zíper de seu vestido. Com o mesmo cuidado anterior tira seu vestido, ela não usa sutiã. Em sua costa um emplasto cobre boa parte.

- Pronto prima, você vai deitar logo?

- Tira minha calcinha também!

Ajoelha e tira bem devagar enquanto ela rebola um pouco para ajudar. Sua vagina é raspadinha e também perfumada. O primo aventura passar a mão sentindo os pelos que começam a renascer tornando-a áspera. Ela suspira e abre um pouco as pernas mostrando seu sexo papudo. Nat encosta a cabeça e toca a língua na ponta de seu grelinho. Ela geme. Bem devagar continua explorando a entrada perfumada e ela deixa escapar suaves soluços.

Ele levanta e deposita um leve beijo em seus lábios gelados e entreabertos.

- Por que parou? – pergunta ainda soluçando manso.

- Não é hora, prima... Não é hora...

Ela senta na cama com as pernas abertas mostrando-se por completo, demonstrando haver deixado de lado toda sua resistência inicial em relação ao primo.

- Que você vai vestir para dormir.

- Nada. Hoje não quero pano em meu corpo – e se deita deixando escapar gemidos de dor pelo machucado em sua costa.

- Pelo menos me deixa te cobrir com o lençol – abre o lençol fino e estende sobre o seu corpo.

- Assim não virás quando eu dormir...

- Claro que virei... Claro que virei...

As meninas chegam ainda rindo das patacoadas do Chico em algazarra geral. Cíntia entra no quarto e ainda vê Nat cobrindo a prima.

- Isso é que é vida... – fala brincando. – Ter um enfermeiro particular cuidando o tempo todo.

- Que queres? Estou muito doente – responde sorrindo.

- Arre merda! – fala fazendo uma cara de desgosto. – Porque eu também não fiquei ferida – ri e abraça o primo.

- Para você, meu amorzinho, tem a Izibora...

- Não! Pó parar... Pó parar... – falou alto suspendendo os braços. – Aquela ali se puder põe até veneno em minha comida...

- Flavinha quero te pedir uma coisa – fala para Flavia que também tinha entrado.

- Peça priminho!

- Deixa a Larissa dormir na cama com a Isabelle?

- Claro! Eu mesma já tinha falado pra ela. Vou dormir na rede.

Todos se reúnem no quarto grande. E conversam alegremente quando a tia Nadir entra apressada.

- Pessoal se vistam rápido que seus tios vêem aí.

Todos correm em busca das roupas pois, como sempre, estávamos à vontade.

- Ainda bem que tive ação de vir pela porta da cozinha – falou a tia. – Se eles pegam vocês desse jeito, ia dar o maior rolo.

- Vamos lá titios, o pessoal deve estar no quarto grande – escutamos Larissa falando alto tentando nos avisar da intrusão dos tios.

- Ta maluca menina! – ouvimos tia Carmem reclamar pela voz alta da filha.

Entram no quarto e, para alívio de Larissa, todos estamos vestidos e conversando. Tia Nadir já havia voltado para a casa grande. Larissa faz gestos mostrando que não estava entendendo nada.

- Até que não tem bagunça! – observou tio João – Pensei que aqui estivesse um pandemônio.

- Isso é obra dos encarregados, Nat e Cíntia – falou o tio Julio. – Eles conservam a casa pequena como se fosse um santuário.

- Qual é gente! – reclamou Flávia levantando – Por acaso vocês acham que só sabemos fazer bagunça?

- Nãããão! – rebate tia Nininha – Não achamos nada...

- Temos absoluta certeza, pelo que conhecemos por seus quartos! – conclui tio João sob gargalhada geral.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/05/2010 00:06:00
Ta mei devagar, precisa esquentar mais...




Online porn video at mobile phone


Contos eroticos anal de ipatinga mgxvidios novinho trasando com dorcaseiro homem sai e o jardineiro come cu da mulhergarota ciclista bermufa socada na xanavideos de novinhas perdendo o selinho e chorando na hora que o pau entra na bucetinha viagem delascontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosaxsvideo de porno casero itiada fudeno com padrasto armadoesposa vadia de shortinho curtinho batendo punheta p outro ba frente do cornogorda girando o cu na rola jigante videos caseirosbaixar xvideo de aluna ta secando minha bucetaporno inventei um assalto para o comer minha mulhergozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasvídeo pornô de mulheres que não aguentaram levante 4 cenascarroceiro socando com forsa na novinhaconto erotico advogado apaixonanteContos erotico incesto video gratis de sec tio tira cacinho da sobrinha novinhacorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticosvideu di pornor comendo de clatocontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porraconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexocontos erotico gay brincando de verdade ou desafiocontos eróticos mulher transando com negãoxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogascontos eroticos de trepadas com tias sacanascorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaqueroPadre não é homem conto eróticossamara tirando a virgindade da bucetaconto com onze anos eu trepei com meu tio foi muito gostoso mais doeuXVídeos dando em espera e gostosa queimadinha tirando a rouparesolvi pornô da Ludmilacontos de rasguei o cuzinho da minha avóquero ver loiras e morenas d********* bem gostoso e arrombando o c* bem arrombado mostrando bem arregalado o c****** e de fio dental bem gostoso preto vermelho branco azulconto erótico se masturbando com calca legecontos eroticos gays o principe roludoincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornovideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchãocontos eroticos cu arrombadotransendo cominha conhada dospeitaocontos eróticos pular pulaFeitichi d evangelica c homemlais minha enteada da xoxota apertadinha contoscuiada fudedo com xortiu de dormiporno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariacontoprimeirafodanora safadas descobri que sogro tem a pica enormevideos porno fodendo mae emprensadamae estrupa filho goza pau brasileiroporno filho Engravidar mae dormidonovınha transando com ırmaocontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravamithlee pron vidoentregei uma pizza e mepagou com boquetefudendo minha sogrinha e minha esposa me comendo gostoso contoporno gabsinhaComtos Eroticos filho de menor fodendo mae gostosonasexo com monstrosmulheres de perna nua com a buceta esgassadacontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornoselacareca contos eroticos de mullheres carecascontos minha tia nick 2contos eróticos no YouTube deixei meu filho me comerconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissoestrupocontoseroticosmulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidiovidio porno de mulhe de 70a75 quilomeu primo e eu na resistiu e comeu o bucetao da minha tia contoblogs velho seboso pauzudosou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contosskype:bruninha_zinha_zcontos eróticos eu vi minha tia amamentandoConto erotico comi a dentista no consultoriopai cospe no cuzinho da putinha depois mete o pauzaoSo mete movimha na pica duraesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhoconto eróticos de minha namorada deixa sua calcinha xeia de sebo na pia do banheiroDe_chefe_a_amor_da_minha_vidaasmeniasnovinhas.nuacontorcionista dilataçao anal pornocontos eroticos coroa casada bancaria viajo a trabalho e traiu pela primeira vezcontos eroticos meu padastro tirou meu cabacinho e alem de fuder minha bucetinha novinha agora ele tambem fode o cuzinho do meu irmaozinho bem novonhoconto viadinhopornor doido homem batendo poleta na varandaContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo perceberXVídeo pornô das Panteras trepando só com os irmãos ocupar esse corpinhopornô dois negão chega na porta de uma mulher com cheque de r 1000novinho.geminho..de.pau.durocontos eroticos filha e pai caminhoneirocomtos exitantesbucetaô. jgmvideos caseiro de mulher transando com homem magro no colchão