Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Promessa cumprida

Categoria: Heterossexual
Data: 16/06/2010 15:48:44
Nota -
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

PROMESSA CUMPRIDA

Quero relatar aqui como inaugurei a bundinha da minha amiguinha casadinha.

A minha casadinha secreta mora em uma cidade distante da minha. Ela é uma loirinha gostosa, linda, tem uns seios médios e gostosos, e uma bundinha muito tesuda. Encontramos-nos na minha cidade uma vez por mês, mas conversamos no MSN quase todos os dias. Vivemos nos provocando, e ela me disse que em 17 anos de casada nunca tinha dado a bundinha. Eu já havia tentado uma vez, mas tínhamos pouco tempo, e ela ficou com medo por causa do tamanho do meu pau. Falei então que no próximo encontro eu ia tirar a virgindade dela na bundinha.

Então ela veio na minha cidade fazer um curso, mas tínhamos pouco tempo para nos ver. Aproveitando o intervalo que era das 11 às 14 horas, eu fui busca-la no hotel em que se realizava o curso. Saímos em direção ao motel, e eu perguntei se ela estava disposta mesmo a dar a bundinha. Ela falou que ia tentar, que tava com vontade. Passamos então numa farmácia e comprei um gel, já pensando em comer o cuzinho da minha loirinha.

Chegamos ao motel, com muita saudade, muitos beijos, e apertões, aquela coisa toda, e fomos pra cama, acariciando, beijando pegando tudo que dava. Comecei a tirar a roupa dela enquanto não parávamos de nos beijar. Tirei a blusa e ela tava com um soutien vermelho que eu adoro. Ela sabe que seu macho gosta dela de vermelho e se preparou. Quando tiro a calça jeans fico bem louco. Ela estava com uma tanguinha vermelhinha bem pequeninha que mal cobria a bucetinha. Com ela deitada, tiro o soutien, deixando ela só de calcinha. Chupo seus seios que são lindos, cheinhos e com marquinha do biquíni. Acaricio e chupo, deixando ela cada vez mais loquinha de tesão. Então começo a lamber a bucetinha sem tirar a calcinha. Sinto ela toda ensopada, molhando toda a calcinha, e sem tirar vou mordendo por cima e chupando, sentindo aquele cheirinho de fêmea no cio que me deixa louco.

Sempre que nos provocamos ou estamos na cama, ela é minha cadelinha e sou o seu cachorro. Então viro ela de bundinha na cama, olhando a calcinha enterrada no rabinho, lambo e beijo aquela bunda gostosa, e começo a baixar a calcinha. Delicia aquela marca de biquíni bem pequeninha que me deixa com tesão. Ela diz que está muito molhada e quer uma toalha pra secar. Eu digo:" -deixa que seu cachorro vai secar com a língua."

Coloco ela deitada na beirada da cama, com as pernas abertas e aquela buceta molhada ali me provocando. Coloco um travesseiro no chão, me ajoelho e caio de boca. Ela tem uma bucetinha linda, bem lisinha, sem nenhum pelinho. Tinha se preparado mesmo pra seu macho, já que seu marido não gosta de chupar. Comecei a lamber aquela rachinha, ainda fechadinha e bem molhada, sugando todo o caldinho que saia dela. Acho que fiquei uns dez minutos só lambendo, chupando seu grelinho, e lambendo tudo, com ela se mexendo muito em cima da cama, tocando a pontinha dos seios e gritando: - vem cachorro, lambe sua cadela putinha, faz ela gozar na tua boca, vai safado, cachorro, gostoso, etc...Quando ela me xinga assim não resisto. Fiz ela gozar bem gostoso se retorcendo e esfregando a buceta na minha cara, me deixando todo melado. Então fiz uma coisa que ela adora: beijar sua boca com a minha toda lambuzada da buceta dela. Nos beijamos muito e nos agarramos, passando a mão em todos os lugares. Ela agarrou meu pau e mandou eu deitar.

Ela começa a mamar no meu caralho, engolindo, chupando a cabeça, acariciando o saco. Um delicia a boca da minha cadelinha. Brinca com ele um longo tempo, enquanto acaricio seus cabelos. Pergunto se ela ainda está disposta a me dar a bundinha. Ela olha pro tamanho do pau que estas na sua mão. Duro, enorme, estourando. Diz que está loquinha, mas não sabe se vai agüentar. Eu digo que podemos brincar, mas se ela não agüentar não tem problema. Ela punheta mais ele, dá uma chupadinha e abre as pernas e coloca ele na portinha da bucetinha e começa a descer, até engolir tudinho. Começa a rebolar, subindo e descendo, gritando de tesão, sentindo o pau lá no fundo. Ainda bem que tínhamos levantado bem o volume do rádio, porque ela gemia e uivava como uma cadelinha no cio. Eu agarrando os seios dela, e ela deitava um poquinho em cima de mim, para eu chupar. Eu acariciava o grelinho dela. Segurava nas mão dela pra ela poder cavalgar bastante. Um delicia.

Ficamos assim por um tempo, mas eu não agüentava mais, Esqueci que queria comer o cuzinho dela, e virei ela na cama, metendo sem parar na buceta, enquanto ela mandava:" - vai meu cachorro, me fode, mete na tua cadela". Eu bombei muito até encher a bucetinha dela de porra, e ela gozar de novo. Foi uma loucura. Ela me falou que do tamanho que ele estava ia rasgar todinha a bunda dela.

Ficamos deitados de conchinha, ouvindo música, e nos acariciando e beijando bem gostoso. Fomos tomar um banho e voltamos pra cama e começamos a nos acariciar novamente. Isso já fazia uns 30 minutos que eu havia gozado, e ela começou a chupar meu pau novamente. Ele endureceu aos poucos, mas nem se comparando da primeira vez. Ela disse que agora queria tentar dar o rabinho. Eu peguei o gel, e pedi pra ela ficar de bruços na cama. Aquele bundinha arrebitada me deixava louco de novo. Não resisti e antes de passar o gel, comecei a beijar e lamber. Ela levantou um poquinho a bunda e eu passei a língua em todo o reguinho. Quando toquei a ponta da língua no cuzinho ela se arrepiou toda, pedindo pra lamber a cadelinha pra meter no rabinho. Lambi bem gostoso deixando todo lambuzado e passei o gel, metendo um dedo com gel lá dentro, depois dois dedos, tantando abrir.

Tentei então meter o pau devagarinho, mas não entrava naquele cuzinho apertado e virgem. Então passei muito gel e disse que íamos esperar um poquinho, Enquanto isso fiquei de pé ao lado da cama e ela deitada de bruços começou mamar no meu pau. Era uma delicia ver ela de bundinha pra cima mamando no seu cachorro com vontade. Ela fazia uma coisa que adoro: chupava, colocava tudo dentro da boca, olhando nos meus olhos, com aquela carinha de fêmea que sabe agradar seu macho. Meu pau tava muito babado e eu quase gozando.

Tinha chegado a hora! Levantei ela e coloquei deitada de frente na beira da cama, com as pernas levantadas, com seu cuzinho aparecendo e cheio de tesão. Acariciei, enfiando um dedo, e encostei a cabeça do pau. Forcei um poquinho, com ela gemendo e fui enfiando. Enquanto isso acariciava o grelinho dela, e ia enfiando a pica devagarinho, sentindo o cuzinho se abrindo. Ela uivava como uma boa cadelinha. Eu dizia: " sente minha putinha o pau de seu macho arrombando teu rabinho". Ela só uivava no cio. Quando o pau entrou quase todo, eu meti um dedo e depois dois, na buceta dela. Ela pediu pra virar de bundinha, que queria ser fudida como uma cadela.

Ela virou de bruços arrebitando bem a bunda e disse:" - Vem meu macho, fode meu cuzinho como prometeu! Quero sentir teu caralho me arrombando, mete tudo!" Eu fui com tudo, agora no caminho já aberto e fui entrando na bunda da minha cadela. Eu fiquei de quatro em cima dela metendo, pra dar espaço dela mexer. Enquanto eu metia e tirava, ela se masturbava no grelinho bem doida.Ela uivava Auuuu Auuuuuuu Auuuuuuu. Eu senti o cuzinho dela apertando meu pau. Aquilo piscava e mordia, enquanto ela rebolava muito. Eu sentia o pau ficando cada vez mais duro e ela adorando perder o cabacinho do cú.

Vendo que ela não agüentava mais e ia gozar, avisei que ia gozar também, eu enfiei tudo no fundo, enchendo aquele rabinho de leitinho quente, como ela havia pedido, enquanto ela gozava de novo. Descansamos um poquinho ainda engatados, como cachorro e cadela, até o pau poder sair. Tomamos um banho gostoso e saímos porque ela ainda teria curso na parte da tarde.

Foi assim que realizei o sonho meu e dela de inaugurar aquela bundinha gostosa, que espero ainda comer muitas vezes.

Comentários

18/06/2010 15:34:30
Este conto me deixo loka de tesão, imaginando meu home cachorro gostoso me possuindo feito uma cadelinha no cio....auuuuuuu...que delicia de história é essa...PROMESSA FEITA É PROMESSA CUMPRIDA NOTA 1000 pra vc...gostaria de viver essa linda história...tudo outra vez com meu amiguinhoooo.....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sadina pelada motado a busetatravesti super roluda pega a mulher casada que goza so de ver o tamanho ahhhhcontos eroticos alvinho e o padrecontos de sexo depilando a sogracontos de mulheres que virao cenas de casais transando e se masturbarao Familia Sacana pornocutucou a menininha sem penetrarquero ver video da a mulher memesia a buceta o cuputa lambe pe do macho contopeguei a minha sogra com u shortinho enterrado na bunda i comi u seu cu video pornovideo porno de menina que viu o caralho muito grande e nao quiz foder mas foi agarrada e enrrabada á forçawww.mundobicha australiano sarado fode novinho.com.brSUPERDOTADO ARROMBANDO FALSA MAGRA NEGRA DO BUNDAO DORMIDO DE SHORTINHOContos reais de sodomiafilhaabre as pernas qie vou te fider gostosohistorias eroticas com saúnas masculinascontos eroticos de mullheres que aman barbeariaincesto lendo no colo do papaixisvideo d buceta s cadela piscando n ciocomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhogostosa infia bolinha explovisa na buceta e vai treparconto gay o nerd e o bad boy 7quero ver um vídeo de mulher transando com cachorro engatado usado berrando muito gaycontos eroticos campingcontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,MarcosContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindosquero ve os telefoni das mulhe de curitiba casada que gosta di da a buceta para oto omhe deixa teu telefonenora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetaarrmbei o cuda mamãe/videos pornopadastro come a enteada loirinha e faz ela gosar varias vesescontos gay caminhoneiroContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormeAjudante de pedreiro dando a bunda grandeinsesto istorias eroticas pai filas novinaswww.guarda costa da granfina pornopeguei a minha sogra com u shortinho enterrado na bunda i comi u seu cu video pornoesculachou o cu da filha adolecente ate gosa dentroconto dei o cu pro meu tio emganto ele dormia gay 2017comi egua nova contorelatos eroticosgosto de ser traidokero.buctasexo na madrugada prudentinaestrupoanal abusoprofessora gostosa da etec contos eroticosnegona rindo com uma boconaconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexoxivideo homem cumendo veacoroas descuidando da calcinha e da bufeta gostosasexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornocontos de sexo depilando a sogracontos de sexo depilada na praiaxviido cabelo novilnhacontos eroticos chantagiei minha tia e comi elamulher gosando de mas qe xega espirra lange.comcontos eroticos dando o cuzinhi e a boceta pro molekis da vizinhancaConto uma vida incestuosa PT2.2porno doido teste en cascavelconto namorada putaoq e o liquido branco melecado q saio do xibiocontos velho cacetudo corno fotosContos eroticos sou obrigada a fazer nojerassou puto e quero comedor em esteio rsMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernofilmes de diabo comendo ninfetas da belosexoConto erótico sololupusmulher e obrigada a ser penetrada por gancho pornodoidopiranhona de espartilho e cintameu primo e eu na resistiu e comeu o bucetao da minha tia contoforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastopai pono 15 etopo filiacasada traindo e falando ai era isso que eu queria outra pica fudendo minha bucetaconto meu marido virou minha putaX video comendo ninazinha menor 18