Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Namoro o filho, mas o pai é que me come II

Autor: helga
Categoria: Heterossexual
Data: 19/10/2010 18:41:05
Nota 9.89
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Melissa apesar de seu rostinho angelical e de ter completado quinze aninhos, tem um corpo voluptuoso como de uma mulher adulta. Seu anus aparentemente um ponto rosado na sua imensa bunda de tez apessegada, consegue se expandir a tal ponto que consegue agasalhar confortavelmente um penis de igual volume de uma garrafa de meio litro de água mineral.

O dono desse penis colossal é seu amante há duas semanas e pai de seu namoradinho Téo.

Bento, o pai do namoradinho de Melissa, está no final de seus quarentas anos e nunca imaginou que um dia estaria sodomizando um xuxuzinho como aquele. Depois de passar os últimos vinte e cinco anos sendo fiel com a esposa que acabou o abandonando.

De repente, após o divórcio, Bento se viu envolvido com duas beldades intensamente sexuais. A primeira foi Erika e agora Melissa.

O caso com Erika está registrado em algum canto deste espaço cibernético.

Melissa está de bruços, mas com os joelhos dobrados e apoiados no assento do sofá.

Ela gosta de ficar paradinha com as coxas juntas esfregando-se uma na outra enquanto se delicia com a exótica sensação da fricção em seu anus.

Bento, um homem atlético, respira sofregadamente ao sentir seu gozo se aproximar. Com as duas mãos ele acaricia os carnudos glúteos da namoradinha de seu filho, observando fascinado o anel, agora avermelhado, deixando sua tora entrar e sair dele.

Com os polegares, ele fricciona as duas covinhas na parte superior da dourada bunda.

Em seguida, ele leva uma das mãos até a bocetinha de Melissa e encontra a mãozinha dela lá.

Ele se inclina pra frente e encosta seu peludo tórax nas omoplatas da formosa ninfeta, deslizando sua mão até o bojudo mamilo, quase do tamanho do pequeno seio, que ainda não se desenvolveu totalmente.

Melissa sente também que está quase gozando. Ela levanta o busto de onde estava encostado e apoiando-se nos cotovelos, inicia um vigoroso rebolado, empurrando a bundinha em direção à pélvis de Bento.

O quarentão se descontrola em seu movimento de vai e vem e encosta-se mais fortemente às costas da ninfeta e sua boca deixa escorrer saliva ao lhe beijar a nuca e a curva do pescoço.

Os beijos dão um frenesi danado em Melissa. Ela se contorce o máximo que pode e procura pela boca do pai de seu namorado. Ao fazer isso, Melissa, sem querer, empurra o corpo de Bento, que um pouco desequilibrado, acaba sentado com a ninfeta em seu colo e as bocas coladas, se chupando ferozmente.

Por alguns segundos, Melissa fica esparramada em cima do corpo de Bento, chupando sua língua e rebolando sensualmente em cima da virilha dele com parte do penis agasalhado no cusinho.

Depois, ela eleva a parte superior do corpo e pegando as duas mãos de Bento as posiciona nos próprios quadris.

Em seguida, leva uma das mãozinhas até a xaninha e a outra aos bojudos mamilos, enquanto ondula os quadris em todas as direções sem deixar de apertar a rolona de seu macho com o anel do cusinho.

A namoradinha de Téo, sente quando a tora do pai dele se estufa e solta uma mangueirada em seu tubo anal. Em seguida, ela se reteza toda por uns cinco segundos, tremendo e soluçando desvairadamente. A mãozinha dedilha freneticamente a xaninha e pára de repente.

A mãozinha livre vai até à cabeleira cor de mel, enquanto ela joga a cabeça de um lado pra outro fazendo os cabelos esvoaçarem ao redor do belo rostinho angelical.

O Citroën sai da garagem e quem olhou, só viu Bento na direção. Melissa está agachada no banco com o rosto apoiado na coxa dele. De sacanagem, ela lhe mordisca a rola por cima do tecido da calça até uns quinhentos metros adiante. Num sinal, Bento a faz sentar-se eretamente e lhe beija a boquinha.

- Voce vai me matar, molequinha! De onde consegue tirar tanta tesão?

- É voce, seu velho safado e peludo, que me deixa louca! Eu acho que nunca vou gozar como ontem! Fiz de tudo. Barba, cabelo e bigode! Voce não deixou nada pro teu filho!

- Voce é quem me enlouquece! O que voce vê em mim? Um velho que poderia ser teu pai! Teu pai não, teu avó! Meu deus, onde estou com a cabeça?!

- Ontem voce estava com ela entre minhas coxas e quase me deflorou com tua línguona de tarado! Por falar nisso, ainda não te retribui do mesmo modo...

Bento se sente incapaz de resistir aos dedinhos lhe abrindo a barguilha da calça e puxar seu endurecido cacete pra fora. Ele só tem presença de espírito para estacionar entre dois carros e rezar para que o insulfilme escurecesse suficiente o interior do carro.

Enquanto os lábios e a língua lhe acariciam a cabeçona da pica, Bento relembra como tudo começou como uma simples brincadeira.

Melissa lhe implorou que ele aparasse sua rala cabeleira pubiana, deixando-a com o formato da letra “B”.

Foi difícil para ele, tanto pra ela. Só depois que Bento a chupou e a fez gozar, foi que Melissa conseguiu ficar quieta enquanto Bento tentava fazer as curvas da inicial do próprio nome. Mas em vão. Melissa acabou com a xaninha totalmente depilada.

A visão daquela fantástica jovem, com as perfeitas e roliças coxas escancaradas a sua frente, fizeram com que Bento, praticamente perdesse o controle. Sua boca colou-se ferozmente a rachinha da namorada de seu filho. E com intensos chupões, que lhe deixaram pequenas marcas levemente arroxeadas, Melissa lhe pediu que a possuísse entre soluços e quase choro.

Antes de a glande ultrapassar o hímem, Bento jorrou todo seu gozo, formando uma gosma lubrificante que facilitou a faminta xaninha engolir todo o cacete do pai de seu namoradinho. Mesmo assim Melissa sentiu o rompimento e arqueou seu corpo pra frente, tentando escapar. Bento tinha seu braço passado por trás da cintura dela.

Melissa ainda tentava empurrá-lo com as duas mãozinhas espalmadas no amplo tórax de Bento. A tora dele penetrou até a metade e Melissa arqueou o corpo pela última vez quando a outra mão de Bento imobilizou sua cabeça, segurando-a pelos cabelos e a obrigou a beijá-lo.

Melissa então, se entregou totalmente. Seus braços envolveram o taurino pescoço e suas coxas acolchoavam a cintura de Bento, com os calcanhares se cruzando em cima das costas dele.

E o impossível aconteceu. Bento gozou duas vezes sem tirar de dentro.

Neste momento, Melissa reproduz exatamente com a boquinha o gozo que ele teve quando lhe deflorou a xaninha.

Quando chegou em casa, a governanta lhe disse que um tal de Téo lhe tinha telefonado.

Melissa, se viu num dilema. Téo era um tremendo gato e já tinha fodido com algumas de suas amigas.

Quando chegou a vez dela, Melissa fez jogo duro e o máximo que Téo tinha conseguido foi colocar o imenso cacete entre as coxinhas dela.

Aconteceu de um dia Téo levá-la até a casa da irmã dele, a bela Erika acima citada, onde estava tendo um churrasco. Melissa foi apresentada ao marido de Erika e ao pai dela, Bento. Foi aí que aconteceu o desenlace sexual de Melissa por ele.

Ela não sabia explicar o por quê. Simplesmente se viu totalmente excitada na presença dele. Provavelmente devido aos encoxos que Téo tinha lhe dado naquelas últimas semanas, a tinham preparado para sentir aquela forte atração pelo pai dele.

Assim, quando Téo cortou o braço num caco de vidro e Erika e o marido foram levá-lo ao pronto socorro, Melissa e Bento se entregaram aos desejos de seus corpos.

Agora, Melissa se sentia confusa e arrependida por continuar o namoro com Téo. Dois dias depois decidiu chamá-lo a sua casa, para numa conversa, romperem o namoro.

- Mas... mas por quê? Se eu me apressei muito... posso dar uma marcha ré.

- Na verdade, voce se atrasou! Eu gosto de outro... de outro cara.

- Por que não me disse antes? Pô, eu tinha e tenho o maior tesão por voce! Achei que podíamos namorar firme. Já me cansei das outras gatinhas. Voce sempre foi muito discreta e tem um corpo, deus do céu! O mais sexy que já vi! Não consigo esquecer aquele dia que voce deixou eu te levantar a saia e... e... voce sabe o resto!

Enquanto Téo falava, novos sentimentos estavam aflorando na cabecinha de Melissa. Ela não podia deixar de notar a semelhança do filho com o pai. De repente, Téo passou a interessá-la. Um clima de perversão sexual foi lhe tomando conta do corpo como uma febre luxuriosa.

Por mais que tentasse se controlar, suas narinas se dilatavam e o cheiro do macho a sua frente, fez com que ela suspirasse e fechasse os olhos. Téo parou de falar e pensou por um momento que ela estivesse passando mal.

Mas quando Melissa abriu os olhos, o fez languidamente e seus lábios se entreabriram, suspirando novamente. Pareceu a Melissa que a presença juvenil de Téo era afrodisíaca para liberar o irresistível desejo pelo pai dele.

Melissa se inclinou pra frente e beijou Téo com a língua. O rapaz se surpreendeu, mas logo se recuperou, respondendo com ardor ao beijo da namoradinha sapeca.

- Vamos pro meu quarto... e se minha mãe chegar, voce pula a janela!

Mesmo com o quarto às escuras, Téo podia notar as pequenas marcas de chupões em volta dos pequenos seios conforme ele a despia. Momentos depois, quando Melissa suspirava com sua língua subindo e descendo pela rachinha dela, ele percebeu as mesmas marcas em volta da xaninha e nas partes internas da coxas.

Curioso, Téo passou as mãos por baixo dos joelhos dela e os levantou. Sua quase certeza se confirmou. Toda a polpinha da bunda e ao redor e bem próximo do pequeno sol anal, havia pequenas manchas arroxeadas. O cusinho, no entanto, parecia intocado.

“ Parece que o outro de quem ela gosta, só não lhe comeu o cusinho! Então... é comigo mesmo!”

Melissa arregalou os olhos espantada. Téo a estava surpreendendo. Ela pensava que só homens experientes, portanto mais velhos, pudessem ser tão ágeis com a boca e a língua para satisfazer uma mulher.

Quando a língua de Téo formigou em seu cusinho um soluço alto se ouviu e espontaneamente Melissa passou os antebraços por trás dos próprios joelhos e os trouxe até encostarem-se em seus pequenos seios. Téo se encantou com todo aquele escancaramento onde a xotinha com a racha vertical e logo abaixo o perfeito pregueado circular parecia um rosado ponto de exclamação!

No dia seguinte, durante o horário das aulas, uma faminta Melissa telefona pra Bento. Não há resposta. Enlouquecida de tesão e ciúme, ela pega um taxi e vai até a casa dele.

Quando está passando perto, os olhos de Melissa lacrimejam ao verem o exato momento que o carro está saindo da garagem com Bento a filha Erika, conversando normalmente como pai e filha.

“Essa piranha rampeira não precisa se agachar como eu, não é velho safado!?” – Pensa uma enraivecida Melissa em seu ciúme juvenil.

É quase noite, Bento está pensando em Melissa e porque ela ainda não lhe ligou, quando o celular vibra em seu bolso.

- Princesa, princesinha! Por que não me ligou...

- Canalha escroto! Ontem, teu filho fez de gato e sapato comigo. Quero te contar todos os detalhes de como ele é mais gostoso e macho que voce, velho decrépito! Já combinei com uma amiga e minha mãe pensa que eu vou dormir na casa dela! Estou já chegando aí, velho babaca! Me aguarde!

Comentários

15/07/2012 06:09:15
15/03/2011 15:34:19
Esta melhor como Helga do que como Pafer bjus......sou sua fã!!!!!!!
24/10/2010 15:00:51
Maqneru Adilson, meu Maneruão! Voce é um louquinho que me enloquece! ´brigadinha por tanta devoção! Faça o que quiser comigo...
20/10/2010 12:07:51
Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!... FUDEU TUDO!!!... Não quero estar na PELE do BENTO não... Tadinho DELE!!!... Tá FUDIDO!!!... Ufa!!!... Olha, HELGA vc sabe que TE ADORO... e jamais vou TE ESQUECER... Sempre acompanharei suas AVENTURAS pelo PRAZER!!!... Só te peço prá continuar esta sua LOUCURA de PRAZERES!!!... Seu jeitinho FACEIRO, MANHOSO, SEDUTOR e SENSUAL, me fazem VIBRAR de TESÃO... por isso Eu GRITO: AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO você!!!... Ufa!!!... Delculpe-me HELGA... estou PERDIDO mesmo... até estou saindo do Quadrinho de Comentários!!!... Bem, vamos as Notas... pelo Ney - Nota: ???? (100 Nota prá ele... não participou de NADA)... pelo Bento - Nota: ZERO (Magoei de novo... senti um ciúmes incrível DELE... Karacás, Agora EU queria ser ELE e ver o que iria acontecer... Ufa!!!)... pelo Teo - Nota: 5 (Tadinho!!!... Tive uma pequena compaixão por ele... Mas o DANADINHO tirou uma Casquinha, néh??)... pela Erika - Nota: DEZ (Continua DANADINHA mesmo... merece DEZ porque acho que vai ter mais TESÃO por ai!!!)... pela MELISSA - Nota: MIL (Quem me DERA sentir e compartilhar suas VONTADES e seus DESEJOS)... pela sua mãe - Nota: MIL (Mãe, além de ser mulher é Mãe... e vale muito mais)... pela Letra "B" na Cabeleira Pubiana - Nota: ZERO (Claro que teria de ser a letra "M"... não preciso nem dizer de QUEM é a inicial do Nome, néh)... e pela sua História Nota: MÁXIMA... e IMPLORO pela CONTINUAÇÃO!!!... Valeu minha FOFA das LOUCURAS do PRAZER!!!... Mando um PONTAPÉ na Bunda do BENTO (ainda estou com ciúmes DELE)... um TAPÃO na Bunda do TEO (Ciúmes mesmo!!!)... uma deliciosa MAMADA nas XOTAS da Erilka e MELISSA, um chupão em seus seios... e uma longa PEGADA na sua BOJUDA e AVELUDA BUNDA!!!... P.S.>>>> Estou comentando somente porque te ADMIRO muito... e Obrigado mesmo!!!... BJS... outros BJS... e mais BJS... e XAU!!!
19/10/2010 22:28:56
Tem que dar a nota, queridinho!! Clica na setinha onde se lê "Sua nota". Uma bitoka e uma bundada em voce, meu querido especial

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


joelma da buceta enchada da o cu pro amigo do seu filho porno doidLuana da nova temporada do quadro rola ou enrola em porno panteras porno estemdeu a roupa e deu o cu pro pesoconto erotico primo safadopornopaumostroela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cupai t***** atola a rola no c* da colegial r*****funk pancada novinha loirinha fudendo muito e meninas também cheirando muitomamada babentacasa dos contos eróticos patrão e empregadoa infidelidade da irmã resolve dar a buceta ao irmão mais novoe já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadorawww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brvídeo pornô intrigada e padrastofiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosXsvideos timida depilando o super dotadomulher chupa priquito de amiga sa empreme vou gosaconto cracudo noiado gay contobucetuda xoxota acucaradaninfeta cismou comigoxxvidio em quadrinho mulher de primo caderante muito safadavideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitovídeo porno da tia gostosa dando pra sobrinha saida agua do olhocontos eroticos comi a bundinha da menininha do baleliberalina vadia traído foi filmadaapaixonado por um hetero gustavinhonovinha contraída com a cabeça da pica lá dentrocontos erótico de massagitas dotados comendo madames e ninfetascontos eroticos br. meu primo me fudecontos eronticos buraco na paredeCharlene muito gostosa fode com negão dotadosexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abricontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornoo corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornocontos filha no barco c amiguinhapornografia.manzorrasconto erotico viado novinho arrombado por dois coroas dominadoresforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastoNecsEexvideu di pornor comendo de clatocontos mulheres cinquentona nao aguenta pau com super cabecacontos eronticos buraco na paredemae/chupa pica do filho e engasga pelo narizpulomuitoem.cima.de.mim.pornoxvideo porno irmao abraca a irma quando ela ta lavando aloucamulequinhos olhando a surubaescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidomínha avô chupou minha xotaneta sentindo opau du avo duroquero ver foto bucetao beicudas e hrandecontos de estupro sadomasoquismocontos saunas velhos chubbys gaysconto erotico iniciando viado[email protected]gordinha bem feitinha abrindo a buceta pra o namorado chupar conto erótico menino bonequinhavidios de contos errotics pai arregaça a boceta da filhasexo com monstrosIrmas casadas taradas carentes cendo enrabadascontos eróticos com minha mãe carente 2017 1.8porno.tem.leite.no.peito.deixemamarfiume porno garoto senti tezao pela crentinhaincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadadeixo unegao desmarcado goza dentroporno meninas cortido asferias brasiltavinhomg casa dos contoscoletanias maior pau do mundo pornoContos sogra safada e fogoza seduz e se apaixona por seu genro e trasa eletiraramos a roupa contos lesbicoscontos eroticos cu arrombadoCármen e a patroa contos eróticos