Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu pai me mostrou o que é transar

Autor: Vanessa
Categoria: Heterossexual
Data: 27/01/2011 00:51:18
Nota 9.38
Ler comentários (34) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Vou contar um fato que aconteceu no ano de 2003. Hoje sou bem casada, com lindas duas filhas e um marido exemplar. Tenho 26 anos e naquele ano, contava com meus 19.

Naquela época, eu morava com minha mãe em Maceió e, por meus pais serem separados há muitos anos, minha mãe fez o favor de arrumar um idiota que ela chama de ‘marido’. Eu não agüentava mais conviver com esse cara e resolvi sair de casa. Não tendo pra onde ir, meu pai me chamou pra morar com ele, pois, ele tinha acabado de experimentar uma separação e estava muito chateado. Então, fui pra Bahia ‘de mala e cuia’. A minha relação com o meu pai sempre foi muito legal, a gente sempre conversou de tudo (na maioria das vezes por email). Pra se ter uma idéia, ele me aconselhava muito em relação a gravidez e sempre dizia pra eu usar preservativo e, de fato, eu sempre fui muito cuidadosa nesse sentido.

Fazia anos que a gente não se via e quando cheguei a casa dele, simplesmente, ele ficou estático me olhando e disse sem qualquer medo: nossa filha, vc é muito mais linda do que nas fotos. Realmente, eu, no auge dos meus 19 anos, malhando quase todos os dias em academia, não sabia o que era estrias e celulite, tinha um corpo maravilhoso mesmo. Hoje, já sei o que é estrias e celulite, rsrsrsrsrsrs.

Percebi que ele passou a me olhar muito e começou a jogar uns ‘flertes’, do tipo: vc vai ter que ir da calça comprida pra praia, seu ex namorado passava mal com vc, etc.

Hoje, sinceramente, não faria o que fiz. Na época eu não tinha nada na cabeça e essa idéia de ele ficar me paquerando mexeu comigo, não sei por que. E, com isso, comecei a me insinuar. Comecei a usar uns dois ou três shorts que eu tinha que eram hiper atrevidos, durante aquelas noites de calor, comecei a desfilar de camisola na sua frente, a falar besteirinhas... do tipo... nossa.... pai... essa calcinha tá me apertando... e eu sabia que ele estava cada vez mais envolvido na situação.

Na praia, começamos a fazer aqueles tipos de brincadeiras ‘sem querer’ de um encostar no outro, de um passar por baixo das pernas do outro dentro d´agua.

Nessa situação é incrível, pois, só quem vive sabe que cada vez mais a gente vai perdendo a vergonha e a cada dia criando insinuações mais atrevidas.

Quando a gente chegava da praia e as mulheres sabem disso, é uma situação horrível porque quando a vagina é bem cheia de pêlos como é a minha, enche de areia e chegamos ao absurdo de começar tomar banho juntos pra tirar a areia, claro que eu de biquíni e ele de sunga. Mas eu não deixava por menos, eu limpava a minha vagina com a minha mão por dentro da calcinha e ele ficava simplesmente louco com isso. E ficavam aquelas gracinhas: Nossa, pai, quanta areia entra aqui.... E ele: também, quer deixar criar tanto pêlo... é só deixar ela raspada que isso resolve...

Confesso que dava muito tesão em mim essas insinuações. Como disse, hoje, jamais faria isso com a consciência que tenho.

Também acho que o que me fez ficar com mais tesão nessa situação foi o que eu cheguei a escutar da minha mãe conversando com uma amiga: que o pinto dele é um absurdo de grande e isso dificultava muito a relação deles. Eu, como mulher, sei que tamanho não é documento, mas claro que sempre dá aquela despertadinha na mulher qdo é grande (uma certa fantasia). Isso, os homens não entendem. E eu nunca tinha visto um desse. Já tinha namorado, mas sem mentiras; o do meu ex-namorado se chegava a 13 cm ereto era muito. Só tinha visto em filme pornô e até chegava a desconfiar se não era jogo de imagem do filme.

O tempo foi passando, e eu continuando mostrando a calcinha pra ele. Eu deixava ele louco, quando eu sentava num sofá em frente ao sofá em que ele estava e colocava uma das pernas num dos braços do sofá de forma que dava pra ele ver completamente a minha vagina coberta pela calcinha. Eu ia além disso. Colocava uma calcinha branca que eu tinha que era bem transparente (de algodão bem fino) e por ter a pele bem branquinha, ficava aqueles pêlos pretos à mostra. Ele ficava desesperado vendo essa cena.

Na casa dele, tinha uma rede que ele costumava deitar pra ver TV e um dia, ele falou: filha... vem deitar um pouco aqui pra gente ver TV. Eu tremi nessa hora, porque eu sabia que a coisa ia esquentar, mas fui.

E a coisa esquentou. A gente deitava de lado e ele atrás de mim. Eu sentia aquele mastro enorme nas minhas costas. Sem brincadeira: parecia que pegava metade das minhas costas tamanha era a sensação que eu tinha.

A gente fazia de conta que nada acontecia e eu, como era uma desmiolada, arrebitava a bunda pro lado dele. Eu fazia questão de deitar com aqueles shortinhos minúsculos. Ele, como não é nada bobo, começou a, devagar, acariciar minha barriga com o braço que ficava por debaixo do meu corpo e ‘sem querer’, as vezes passava as pontas dos dedos nos primeiros pentelhos que apontavam no início do meu shorts.

Estávamos naquela situação em que os dois queriam mas nenhum tinha coragem de iniciar a coisa. Ele sempre deixava o pinto apontado pra cima em direção das minhas costas (não sei se consegui explicar com clareza), mas chegou ao ponto de ele começar a envergar o pinto e encaixar nas minhas nádegas (claro que os dois com roupa).

Mas, teve um dia que eu pirei, dei uma de louca. Eu estava com um daqueles meus shorts minúsculos e, de propósito, não coloquei a calcinha. Ele percebeu isso, porque esse shorts que eu usava ficava a marca da calcinha e nesse dia, não estava a marca.

Depois de uns minutos ele perguntou: Vã (apelido que ele me chama), vc tá sem calcinha né. Eu não sabia onde enfiar a cara nessa hora e não sei como ele teve tanta coragem de dizer o seguinte: o pai vai fazer uma coisa, mas a mãe nunca pode saber disso, ok. Eu não falei nada e ele simplesmente começou a acariciar minha vagina com uma das mãos e a outra segurando o fundo do shorts pra um dos lados.

Só sei que ele ficou fazendo isso por mais de meia hora (essas carícias) e nem preciso dizer que eu melequei toda a mão dele.

Eu senti que ele não estava com coragem de fazer nada além disso, e eu num instante de loucura, falei pra ele... ah.. pai.. já que estamos nessa..... ele entendeu direitinho o recado.

Parecia que dentro da minha barriga tinha um monte de borboletas voando. Era uma sensação que me arrepiava dos pés a cabeça. Nossa... e quando ele tirou aquele monumento pra fora e começou a abaixar meu shorts. Eu pensei, eu to perdida porque se ele for um cavalo pra penetrar (e as mulheres sabem do que eu estou falando) ele vai me machucar toda. Só pra ter uma idéia, o pinto qdo está completamente duro, chega a medir 22 cm e é muito grosso.

Mas, por incrível que pareça, foi muito fácil a penetração. Eu não tinha essa noção. Achava que muito grande, era quase impossível a penetração.

Com esse tamanho, a sensação que dá nas primeiras vezes é estranha, porque parece que tá sempre entrando cada vez mais na vagina e nunca dá pra sentir a vagina encostar no saco.

Foi muito tesão. Nunca tinha sentido algo assim. Meu ex namorado gozava em 30 segundos e isso é horrível pra mulher. Já, meu pai, podem não acreditar, mas ele agüentava quase uma hora e só depois gozava. Não sei se a experiência dos seus 47 anos na época contou muito pra ele fazer isso comigo.

Com ele foi a primeira vez sem camisinha e esse papo que com camisinha é mesma coisa é conversa furada. Sem camisinha é muito mais tesão. Não dá nem pra comparar, porque a mulher sente melhor o homem e principalmente qdo ele goza.

Eu perdi as contas de quantas vezes eu gozei no pinto dele naquela noite. Sinceramente, não sei de verdade. Quando a mulher dá a sorte de pegar um ‘homem de pegada’ que faz ela perder as contas das vezes que está gozando, simplesmente ela entra em transe e nessa hora ela não vê nada que acontece.

E quando ele gozou pela primeira vez.... eu sentia aquelas pulsadas daquele pinto enorme totalmente dentro da minha vagina. Olha.... podem não acredita no que eu falo, mas é a pura verdade. Só na hora que ele gozou, eu consegui dar umas duas gozadas também. Se tiver alguma mulher que já viveu isso, por favor confirme pra eu não sair de mentirosa.

Depois desse dia, ficamos uma semana sem olhar pra cara do outro de vergonha e tivemos uma conversa séria sobre isso e ele me falou que isso não era nada demais e por eu ser muito linda de corpo já era previsível isso rolar.

A vergonha um do outro foi passando e voltamos a transar. A gente transava todos os dias praticamente. A minha sorte era que ele era vasectomisado. Imagina se não fosse. Eu teria engravidado, porque ficamos transando durante quase três anos e nunca usamos camisinha.

Ele era desesperado pela minha vagina. Pedia pra eu andar sempre de camisola dentro de casa e sem calcinha e sutien. Ele era completamente louco. Eu ficava vendo novela sentada no sofá e ele mandava eu ficar no sofá com as pernas levantadas e enquanto passava a novela ele ficava chupando minha vagina. Não sei como ele agüentava, mas chupava a novela inteira.

Ele chegou até a tirar duas fotos minhas, do meu corpo. Tenho-as até hoje comigo, no meu pen drive.

Até que um dia conheci meu atual marido numa festinha que eu tinha ido. Começamos a namorar e eu estava vivendo uma situação bem complicada com isso, porque continuava transando com meu pai e namorando o meu marido.

Fiquei uns seis meses nessa situação (namorando aquele que hoje é meu marido e transando com meu pai) mas não ficava sossegada porque não achava certo dar prazer pro meu pai sem qualquer compromisso e sem obrigá-lo a usar camisinha e com meu namorado, obrigá-lo a usar camisinha. Achava isso muita sacanagem da minha parte.

E resolvi parar com isso. Mas só consegui porque eu fui morar com meu atual marido. Meu pai ficou putíssimo com essa minha atitude, mas achei o correto sair da casa dele, porque não queria passar a vida fazendo isso.

Hoje, visito meu pai numa boa, mas fazemos de conta que isso nunca aconteceu. As vezes penso em confessar esse meu passado pro meu marido, mas acho que ele nunca iria entender. Gostaria de opiniões de homens e mulheres a respeito, se puderem dá-las. Meu email é:

[email protected]

Criei esse email especialmente pra contar esse fato da minha vida e receber opiniões.

Comentários

14/03/2017 13:30:19
Só vou dar um 10 porque não tem como dar uma nota maior, parabéns excelente conto...
12/07/2016 16:09:02
garotas do litoral d São Paulo q curtem homens mais velhos e queiram realizar fantasias e so me chamar no email::: [email protected] posteriormente passo meu whats
31/03/2016 14:44:44
que delicia adorei o conto gata vc me deixou de pau duro louco pra meter gostoso na sua buceta me add [email protected]
22/11/2014 18:41:19
garotas q quiserem realizar suas fantasias e so me add: [email protected]
22/11/2014 18:40:34
delicia d conto..... vc não fez nada d errado como homem sei o q digo.. vc somente teve prazer e deu prazer para ele.... gostaria d falar mais com vc.... me escreva se puder...... [email protected] senti tesão sabia?
01/05/2014 11:09:26
Bom! gostei.. tbem pratico incesto com minha filha!! hoje acho normal, ja vivo com ela a 8 anos!! mto boas fodas.. nota 10 sucesso.. [email protected]
13/11/2013 23:57:57
Vã, sei bem do que fala no tocante ao gozar enquanto ejaculamos dentro da buceta, meu pau tem 20cm, e quando gozo parece dobrar de tamanho, a mulher nao aguenta e goza de verdade, sempre sinto a buceta apertar meu pau quando gozo. bjos, [email protected]
26/06/2012 20:19:19
que tezao minha keridaque tezao
20/04/2012 14:00:14
Adorei!!! Vale um 10!!! Veja meus contos clicando em meu nome (em azul) acima... Ou visite http://facebook.com/groups/contoseroticos ou http://facebook.com/groups/casaisliberais/ ou http://clube-de-casais.blogspot.com.br Abraço
01/04/2012 01:29:01
que conto mais exitante .. adorei .. muito bom mesmo'
29/03/2012 16:16:04
Oi malluquinha!!Você me deixou curioso e cheio de tesão prá saber como foi a sua experiência incestuosa!!não vai nos [email protected]
29/03/2012 14:58:27
Vanessa, só hj descobri seu relato, e que relato, hein..... Parabenizo por sua coragem, mais o acontecido, é mais comum do que se parece, foi uma linda história, com muita sedução e sexo, sem falar no amor existente entre vocês.... não acho necessário, que seu atual marido, venha tomar conhecimento do que vc viveu.... foram momentos só de vcs, que não pertencem a ninguém.... seja feliz e viva sua nova vida sexualmente.... tb tive meus momentos de incestos, na mida sexual, e hj em dia sou uma mulher, completa que vive das melhores recordações, e sem arrependimento algum.... adorei seu relato..... beijocas dessa nova fã.... nota 1000 pelo conto...
19/03/2012 08:23:32
amei.
19/03/2012 08:23:00
26/08/2011 19:35:50
15/07/2011 16:24:56
quero fuder vc todinha sua tesuda ms [email protected]
08/04/2011 20:33:10
Adorei,perdi meu cabacinho com meu pai,e ate hoje transo com ele. [email protected]
01/03/2011 13:12:19
Adorei!!! ja fiz com meu pai,com o avô de uma amiga,e com meu cunhado.Sou bem casada mas,ate hj ainda gozo pensando neles.
16/02/2011 04:30:53
Adorei seu conto, me add no msn [email protected] pra conversarmos
10/02/2011 21:57:12
ai não conta para seu marido não vc acaba com seu casamento o passado passou viver o presente e seja feliz...
09/02/2011 13:04:39
Excelente
01/02/2011 11:46:13
maravilhoso!!! 10!
31/01/2011 14:38:07
Muito bom o conto 10
28/01/2011 02:23:39
Não conte pro seu marido! Omissão é diferente d mentira e ele não precisa saber disso!!! Seu conto é maravilhoso!!! É 10!!!
27/01/2011 13:00:10
Muito bom, excelente seu conto, ou melhor sua História de vida. Sendo vc não contava, nossa sociedade é hipócrita, conservadora, machista, preconceituosa e acima de tudo ligada a conceitos religiosos do passado, onde se praticava o incesto abertamente e hoje nem se pode falar no assunto. Viva intensamente suas fantasias e realize-se com seu pai, derrube todos os seus tabus, pois o início é a parte mais difícil e vc já está introduzida no sexo com ele, vc nem se refere se está bem com seu marido, nem cita sua vida sexual, mais nas entre linhas entende-se que já gozou muito com seu marido pensando no seu pai, ou não? eu tenho uma relação tb com uma sobrinha, como disse o Théo acima, e de primeiro grau, e é a coisa mais fantástica que existe, é algo maravilhoso só quem já viveu sabe como é, bem, acho que vc não deve contar, seu marido não terá cabeça para entender e sempre irá lhe cobrar algo ou ciúmes dele, viva feliz sem os fantasmas do medo e goze muito com o Homem que te fez Mulher de verdade, meus contos tem o título de "TIO CACHORRÃO", seja feliz e nos relate mais vezes, bjs.
27/01/2011 12:33:17
Minha amiga...seu conto de longe é um dos melhores que já lí. É excitante por vários motivos, mas com especial atenção por ser seu próprio Pai quem te fodia e te fodeu todo esse tempo. É delicioso entrar dentro do seu relato e nos vestir de tudo isso que ele passou com você, fiquei de pau duro, me masturbei imaginando os detalhes do enorme pau entrando na sua bucetinha molhada, e por fim gozar muito sabendo que quem te fazia gozar era seu pai. Isso é tesão puro sem precedentes amiga...simplesmente tesudisso!!!! Minha esposa e eu metemos e gozamos muito após lermos seu conto. Conte pro seu marido somente se ele for safado e liberal abraços [email protected]
27/01/2011 12:32:07
Minha amiga...seu conto de longe é um dos melhores que já lí. É excitante por vários motivos, mas com especial atenção por ser seu próprio Pai quem te fodia e te fodeu todo esse tempo. É delicioso entrar dentro do seu relato e nos vestir de tudo isso que ele passou com você, fiquei de pau duro, me masturbei imaginando os detalhes do enorme pau entrando na sua bucetinha molhada, e por fim gozar muito sabendo que quem te fazia gozar era seu pai. Isso é tesão puro sem precedentes amiga...simplesmente tesudisso!!!! Minha esposa e eu metemos e gozamos muito após lermos seu conto. Conte pro seu marido somente se ele for safado e liberal abraços [email protected]!gmail.com
27/01/2011 11:39:24
nossa demais viu me addicione ai [email protected]
27/01/2011 10:26:59
Legal teu conto .
27/01/2011 07:13:10
Parabéns pelo seu conto, conseguiu prender a atenção, tbm sou a favor de voce nao contar nada para o seu marido e ainda voltar a sair com seu pai, pois afinal ele te ensinou direitinho, não foi? rsrsrsrs Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!
27/01/2011 05:04:38
Interessante essa nossa escritora. Aprontou todas no passado, deu à vontade para o pai, e, agora, pensa em contar para o atual marido. Vai dar besteira. Não acrescentará nada no seu relacionamento de casada, e, longe disso, vai caminhar para uma separação que poderá ser muito dolorida. Faça o seguinte, continue trepando com seu pai, dá o rabinho para ele, e deixe o velho contente. Afinal de contas, você estava até gostando, não é? E ninguém vai ficar sabendo dessas coisas. A menos que você, num desses momentos de idiotice, acabe contando. Vai lá, mete gostoso, e viva a vida metendo. Com tantas facilidades na mão, vai deixar tudo isso de lado? Tolinha....
27/01/2011 03:02:59
É melhor vc não contar nada para o seu marido. Ele não vai entender. Volte a transar com seu pai. Bejunda
27/01/2011 01:42:45
nossa que historia! É exitante mais é errado.bom se eu fosse vc naum contava pro seu marido naum,ele naum precisa saber é passado,esquece isso.bjus leia o meu conto
27/01/2011 01:24:25
em nosso apt. no centro de sao paulo nos reunimos todas as 4.a a noite para comer mulheres, sozinhas que querem machos de verdade, que gostam de dar na frente dos cornos, e carinhas, bichinhsa, viadinhos que gostam de mamar nossas picas. reuniao de machos liberais, afim de serem usados e devorados por femeas interessadas devem entrar no msn [email protected];;/ n n n n n n n m m m m m m m m m

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Porhb vovo porfavor nao fasa iso eu ainda sou mocinha eu nao quero contos eroticosMEU PRIMO COMEDOR ME OBRIGOU A MOSTRAR MINHA ESPOSA RABUDAfilme casal insurportavel pornodoido[email protected]Contos encontrei minha filha no puteirodeu o cuzinho pela primeira vez e pede poe devagar porque ta doendoidosa masturbano de saia escescritor lipe casadoscontosgrelinho branquinho dessa buceta virgem deliciacontos corno grupalXVídeos gay com truculênciafoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delamulheres casadas sarando melando a bucetasconto erótico não mexa nas calcinhas da mamãe part5relatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudagazando juntoxvcontos eroticos campingXVídeos coletânea de mulher sendo agarrada no serviçoenfiar mangueirá liguada no cu da guarotaespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delacontos bunduda do corno no pagode no sitiorabaonegroquero ver a xoxotinha da minha irmã de Lurdinhatransando cm amigo do namorado sem na morado peeceber sexo pornoo playboy e o menino da favela casa dos contosContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancaspenetração forçada do pistoludoContos sou casada e chupei dois caralhos ao mesmo tempoxivideo homem cumendo veaconto homem velho estrupa guri pequenohttp://gtavicity.ru/texto/2016101161Contos eroticos mamae gulosa mamando no pauzao do filho e dos amigos dele e depois fode com todos eles juntos em uma orgia na sala de casa.vidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhaCármen e a patroa contos eróticoscomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticoshomens jovens enfuando penis shortinho curto adidas anos 80vidios d senhora com corpo gostoso e seios parados e arebitadosXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertascontos eróticos gosei no pal do sogro taradobotei gozei tirei gozei soquei gozeicoroa mais safada q conhesocoroa e varoa safadaconto de insetos de rasgando o cu apertadopornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormirconfissoes incesto enteadofilme porno "a primeira vez ninguem esqueçe"Contos edoticos da.dk nbanho no meu filhoGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosacontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadosexo surpresa rapaz ch3ga pra conserta a pia e rola chupada na xota haMeu vampiro romance gay capitulo 21incesto amador no surdãocontos eroticos colega negão estuprando o novinho gayconto minha tia tesuda peladavelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadascasada se mostrano em casa pra corno e amigos juntos desfilando de fioconto erótico Dulce safadaas navia perdebi cabacotia da buceta modeladas fudendoseduzindo você a bater punhetada o cu causa doensa videos sangue sexo annalmulher tira prega do cu do macho com straponxvideo sexo na praia de nudismo abricoacontoseroticos encochando minha noraporno contosminha mulher eo estranho carrocache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 contos eróticos irmãsxvidio atolo a sobrinhamédico explicado chupar bucetas doença transmitiporno contosminha mulher eo estranho carrolevo muitas gosadas xvidiomotoqueiro gay passivo contonovinha shortinho finos pegando no pau do namoradocontosgosandodentrocontos eroticos diaristacontos de sexo depilada na praianegona dizendo no cu naocontos eróticos vovó transando com cavalo