Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A verdadeira história de Chapéuzinho Vermelho

Exsistem algumas versões infantis que retratam a história de uma garotinha inocente que anda pelas florestas usando um delicado chapéuzinho vermelho, ocultando até então a obscura e erótica história entre uma menina de 16 anos e um "lobo" faminto, que a persegue na floresta quando a mocinha está a caminho da casa de sua avó...Esta é a primeira versão da coleção "Histórinhas para dormir"...

Eu confesso que me sentir observada me deixava excitada, muito excitada...algumas manhãs em que eu andava sozinha pela mata a caminho da casa da vovó eu escutei barulhos na mata, que pra mim eram apenas animais silvestres...Eu não estava totalmente errada, pois se tratava de fato de um animal...Um animal faminto de sexo, de carne, de mulher...Confesso aínda que meus trajes eram convitativos; nada mais que um vestido fino de setim vermelho, onde era possível reparar nas minhas curvas diante da luz do sol que batia contra a fina camada de pano...eu não imaginava o que era que me rondava, que me perseguia mata a dentro, mas só de pensar que eu não estava sozinha na quela mata, e de imaginar alguem me observando, eu molhava a minha delicada e vermelha vagina...Com a minha veste vermelha se destacando na mata verde eu era uma presa fácil, fácil de ser encontrada e fácil de ser capturada...Mas um certo dia, acordei em uma manhã de sábado, bem cedinho já vi que o sol brilhava como nunca, e levantando da minha cama lembrei que era dia de levar frutas e doces para a vovó...me espreguicei bem gostoso e comecei a tirar meu pijaminha para tomar um delicioso banho...primeiro tirei meu shortinho branquinho de algodão, deixando nu meu bumbum grande e branquinho, e também a minha pequena vagina, completamente depilada e muito cheirosa, com cheiro de mocinha safada...Tomei um banho bem gostoso e, agora, limpinha e cheirosa eu estava pronta para partir...Vestindo um vestidinho vermelho bem curtinho com a minha capa também vermelha; meu chinelinho rasteiro; e meus cabelos loiros e curtos na altura do ombro saí da minha casa e adentrei a mata...Após 20 minutos de caminhada naquela mata fechada comecei a ouvir os barulhos, dessa vez mais intensos...vinham de toda parte, parecia algo correndo em meu redor...aquilo começou a me deixar com medo, e ao mesmo tempo excitada, ou melhor, maluca de tesão...minha xotinha me molhava enquanto minhas coxas tremiam, sons cada vez mais próximos de mim, eu comecei a ficar quase que hipnotizada, sentia os sons de algo pisando na mata longe de mim, mas ao mesmo tempo sentia seu vulto por trás, até que duas mãos me puxam pela cintura; nessa hora soltei a cesta e também meu corpo...as mãos me puxaram prá trás até que senti que o meu corpo se encostou em outro corpo, um corpo quente que me juntava forte contra ele...fechei meus olhos e tombei de lado meu pescoço, entregando ao animal meu delicado pescoço...Enquanto ele me beijava, mordia, lambia e me chupava no pescoço sua mão deslizou da minha cintura para a minha barriguinha, e com a outra mão ele removou e minha capa vermelha, restando apenas o o meu vestidinho curtinho e por baixo minha minúscula calcinha vermelha...com a mão na minha barriguinha ele deslizava livremente suas mãos enormes e grandes pelo meu corpo sobre o vestido de setim, quando de repente essa mão desceu até meu humbiguinho, aí eu gemi suavemente, ele me acariciava em movimentos circulares e com a outra mão ele me segurava pelo cabelo...do meu humbiguinho foi descendo, enquanto minha respiração ficava mais intensa e meus gemidos mais altos...mais alguns centímetros sua mão desceu, e com os dedos ele subiu meu vestidinho...nessa hora ele mordia minha orelha, sem dizer nada, segurava-me pelos cabelos e abusava do meu jovem corpo pálido...Com um movimento animal, ele puxou a minha calcinha, rasgando-a facilmente, e então desceu devagar a mão até a minha virilha, em momento algum encostando em minha xota, que nessa hora me molhava toda...Nessa hora tive um ligeiro pensamento: eu estava quase nua, sendo abusada por um animal faminto pelo meu corpo, sendo mordida por aquele cafageste e tendo cada pedaço de mim sendo testado por suas mãos fortes...E naquele mesmo instante senti ele se afastar um pouco de mim e começar a soltar meu vestido, que escorregou pelo meu corpo...Senti ele se abaixar atrás de mim esperando que eu erguesse um pé, para que ele removesse o vestido e o meu chinelinho, depois o outro...Ele se levantou novamente e me pegou por´trás, dessa vez suas mãos foram mais audaciosas, uma delas segurando uma de minhas tetinhas pequenas e com mamilos vermelhos, e com a outra mão passava o dedo médio suavemente em minha xota, me fazendo gemer mais alto...Eu mantinha meus olhos fechados, estava hipnotizada, aquele animal me dominava com uma força inexplicável, me deixando excitada enquanto eu era vulnerável a qualquer intensão que dele pudesse partir...Até que esse dedo apertou minha xaninha e escorregou pra entrada da minha grutinha...Isso mesmo, o dedo dele escorregou, pois a minha xota exalava o meu melzinho e o cheiro da minha carbe, que deixava o Lobo cada vez mais faminto...Enquanto ele me matava de tesão eu pude notar que seu pênis se contorcia de tesão, duro como uma rocha...E de um jeito muito selvagem ele me pegou facilmente e me colocou em seus ombros, correndo rápido por entre a mata, até que ele parou e me colocou em uma pequena moita, e abrindo as minhas pernas ele começou a me devorar...Ele chupava cada pedaço da minha xaninha, me devorava com aquela boca enorme enquanto eu tremia em suas mãos de tanto tesão, às vezes ele mordia um de meus lábios vaginais, que são bem carnudinhos...Enquanto me degustava com a boca, suas mãos apertavam as minhas coxas grossas e macias, como se quisesse abrir cada vez mais as minhas pernas, ele beijava a minha virilha, mordia minha coxa, minha panturrilha e chupava meu pezinho pequeno, vermelho e delicado...Me colocando de bruços ele abriu minhas nádegas e continuou a me chupar...Ai que delícia gente, ele devorando a minha bundinha enquanto eu já gozava me acariciando...Enquanto se lambuzava no meu corpinho agora ele apertava meu bumbum carnudo, de vez enquando mordia uma polpa...Mas agora ele parou, me deixou naquela posição, de bruços...segurou seu pênis enorme e colocou na minha entradinha molhada e suculenta, me segurou pelo quadris e foi forçando lentamente...Eu gritava de tesão, e as vezes de dor, porque a tora daquele animal rasgava minha xota apertada...Mas ele continuava a abrir espaço dentro de mim, e foi até meu fundinho...chegou em meu limite e empurrou mais até que eu desse um gritinho agudo...ele parou e começou a me foder freneticamente, a minha xana lubrificava cada vez mais aquele pintão e agora não sentia tnato a sua grossura exagerada...ele batia forte em mim o seu corpo, enquanto eu gemia feito uma doidinha...Aquele animal parecia incansável, insaciável, pois me fodia sem parar...de repente me abraçou por trás, comigo deitada mesmo, erguendo minha cintura e puxando para junto dele...se levantou e me colocou de quatro...ele era o cachorro e eu a cadela...ele me comia de um modo selvagem e delicioso, deixando meu bumbum todo vermelhinho...Até que tirou a vara de mim, me virou pra cima e me puxando pelo cabelo como uma vadia me fez engolir aquela cabeça enorme...Eu abocanhava e gemia, deixava ele ir até a minha gargantinha...eu engasgava, mas ele não se importava, e eu menos aínda, ele fodia minha boca e eu adorava, até que ele encheu a minha boca de leitinho...foi até na minha garganta, mas eu engoli tudo, e depois limpei seu pau...E na hora em que eu fui abrir meus olhos pela primeira vez, ele simplesmente desapareceu, nem seus passos eu não ouvia mais...Agora eu tinha que me recompor, me limpei toda com folhas...Voltei nua pela mata até o lugar onde a minha roupa havia ficado...Me veti, reco0lhi as frutas que ali caíram e segui até a casa da vovó...Depois de quase meia hora cheguei em sua casa e bati...e nada dela atender, bati novamente e ouvi sua voz, meio esquisita, me mandando entrar e trancar a porta...Assim feito, me aproximei da cama, ela estava ali, muito diferente do que eu conhecia...Deixei as frutas na mesa e me aproximei de sua cama dizendo: Nossa vovó, que olhos grandes...- É pra te enxergar melhor minha netinha...hehehe - Vovó, mas que boca grande...- É pra te encher de beijos minha netinha... - Vovó, que mãos enormes... - É pra fazer carinho gostoso na minha netinha hihihi...- Vovó, e o que é esse volume enorme bem aquiEis que um Lobo enorme sai das roupas da vovó e grita: Estava com saudades do seu lobo já??? Então eu associei tudo, agora descobri quem havia se apossado de mim na mata...E ali parada fiquei, vendo o lobo se aproximar de mim, eu dava pequenos passos pra tras e assustada eu não conseguia dizer nada...Nessa hora, ele chegou pertinho e rasgou meu vestidinho, deixando meu corpinho completamente nu denovo...Eu sorri e lembre dos momentos que acabara de ter com ele na mata...Não sei o que aconteceu com a Vovó, mas provavelmente o lobo matou sua fome de carne com ela, porque sua fome de sexo, agora ele mata todo dia comigo...rsrsrs

FIM

Comentários

24/02/2011 20:37:23
Seus Contos São Otimos
19/02/2011 12:20:08
Felipa,eu nao conheço a pessoa que escreveu esse conto mas quase nao existem erros de portugues,levando-se em consideraçao o nivel dos outros contos que lemos aqui no site.O que me leva a crer que voce é que nao entende nada de portugues.rsrs entao fica quieta!! Anita
19/02/2011 12:19:54
Felipa,eu nao conheço a pessoa que escreveu esse conto mas quase nao existem erros de portugues,levando-se em consideraçao o nivel dos outros contos que lemos aqui no site.O que me leva a crer que voce é que nao entende nada de portugues.rsrs entao fica quieta!! Anita
19/02/2011 01:45:17
tbm achei a ideia boa, + tem qe melhorar um pokinho.
18/02/2011 21:22:24
Precisa melhorar MUITO o portugues, embora a ideia seja boa. Continue escrevendo, mas leia tb!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos mulher casada bi sonia e suas amigascontos eroticos strip poker com minha namorada e cunhadabuçetacasadadei pro técnico pornoanal normalistacarlos chupando uma buceta com muito prazerpegou fogo no travesseiro da atrisporno mulher chamando o marido de corno chifrudo pinto mole falado palavrao nuamama no caralho quando conduzo video pornosexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciaadorei picao do papai na minha bucetinhacriola bumbum gg virgem primeiro anal com dotado gritaxvideo contos sexual espiando atras da portaanda vamos comer a tua mae paneleiro contos pornofotos de bufetas pibgando de tewaoporno gey peando priminho pre. adolesente e jovem tanbem xvidiosmarido corno procura homem para esposa puta em porto alegremae deita com filho ela nao resiste transaele goza na bucetaPeituda fasendo sexo pulando so e sexo no you tube sen brusa sen sutian correndobaiano chupando clitori e falando besteirascontos eroticos com padrasto estupro gosteicontos gay limpar a casaporno caseiro no vestiario da loja de.roupas da loja uma estranha olha muito pra o.meu.pautitio safadão mim encoxou dormindo contos gayboquete da minha prima no meio da lavourra de cafe pornobucetavideo porno de homen com fimosemassageando o picao gigantescomeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.porno tratantesviven cabaço foi brica de tranza com cachorro e levou uma rola bem grnde que ficou engatado na bucetaxvideo negao no branquinho esfolovídeo pornô de mulheres que não aguentaram levante 4 cenashome estrupo cu diverdapilates sacana com minha esposa contonabuceta vcaguentar amor Bom dia viadinhpsvídeo de homem sendo estuprado no quartel brechando a b*****melhores vídeos porno de primos que reduziram seus primosgarotimha aprendendo bate punheta no papaicontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebede Emoções d********* pornô gay pelado com o c* arreganhadoCONTOS EROTICOS DE JARDINEIRO PIROCUDO COM MAE E FILHAScontos eróticos de doutor advogado e clienteconto erotico bacanal bucetafudendo a matasrtacontos gay luiz virando mulherzinha na cadeiavi minha mãe gritar na vara do meu padrasto Eu gostei muitoconto porno provoquei meu filhoAutor do padre. Não é. Homem contos. Eróticosconto erótico se masturbando com calca legedeixo unegao desmarcado goza dentromulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadosmulher passar margarina ela pelada e no cu bem gostosoas duas bundinha para o macho contoporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelpornodoido entre irmao enteronpido por tia gostosaminha esposa e seus negoes comedores contoscasa do contos eróticos publicadosmartinha safadinhaContos eroticos sou obrigada a fazer nojerasContos.shortinho.curto.enlouquece.filhodelegada indo pega sua prisioneira pornodoidoconto erótico de mega pauzudo tirando a virgindade da crentizinha novinhaFotos d negao fudeno cazadavideo fazendo dp pra sartisfaze o maridofilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandomadrasta brasileira faz vídeo dando a b******** para o enterro de sua filhinha junto em casaAjudante de pedreiro dando a bunda grandefudendo com sobrinha apos um sono profundoninfeta blinando vovôrelato quenquinha velha sanba porno que espetaculo de vizinha queredo pau vou fude mais elavídeo pornô com novinha com peitinho parecendo uma laranja metendo muitomulheres mortas com a bucta scheia de porraZoofilia franco e belinhafudeno cadela de frango asado zoo filiaFamilia Sacana pornoMassagem acaba em fio terra ea mulher flagaXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picaConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhcontos de sexo depilando a sograestufando o cu da madrasta e da filhaincesto mae vovozinha com filhomanual de corno manso gatobomComo era as bucetas no tempo da minha avóx ezibisao de conas frescassafada de saia curta e vizinho olhandocalça legui caladinha na casada xvideomulher esculhanbando is outros no comentario do nariz thifanyhistoria-erotica de entiado bem dotado fudendo a entiadavi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticoscontos eroticos cheia de pentelhos horriveismenina novinha nao aqenta a pica e sangra a bucetinhaContos eroticos cunhada cdzinhacasada carente muito seria mais foi ceduzida pelo cadeirante contos