Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha belíssima cunhada

Autor: xaneiro
Categoria: Heterossexual
Data: 15/03/2011 01:38:30
Última revisão: 18/08/2011 20:39:31
Nota 9.29
Ler comentários (13) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Comer uma mulher bonita e gostosa é muito bom. Comer uma cunhada bonita e gostosa é sensacional. Preparem-se punheteiros, vocês vão afinar o pau com esta hitória que me aconteceu há alguns anos.

Eu estava casado há dois anos quando um dia ladrões entraram em nossa casa, na verdade eram um monte de moleques, eles deixaram eu e minha mulher presos no banheiro e fizeram a limpa na casa. Depois disso a minha mulher ficou apavorada e não conseguia mais dormir em nossa casa, exigindo que eu alugasse um apartamento.

Enquanto procurávamos um apartamento que pudéssemos pagar pois não ganhávamos muito, passávamos as noites na casa da mãe dela. Minha mulher tinha duas irmãs muito lindas, uma delas de 23 anos era namorada do meu melhor amigo e a outra, a Mariana, morena, 24 anos, rosto lindo, pernas torneadas, seios nem muito grandes e nem muito pequenos e bundinha perfeita e que namorava um carinha meio xarope, metido a ensinar pobre a fazer filho.

Todas as noites ficávamos conversando na varanda eu, minha mulher e Mariana, até que por volta das 11 horas o namorado dela passava, vindo da faculdade. Eles ficavam namorando e nós entrávamos para dormir. As vezes apenas eu ficava sozinho com minha cunhada, mas o papo não fluía legal. Mesmo assim, foi surgindo em mim uma atração incrível por ela, a ponto de eu transar com minha mulher pensando nela. Falando assim vocês podem pensar que a minha mulher era feia se comparada a minha cunhada. Não, minha mulher era tão bonita quanto Mariana, mas cunhada é cunhada. E ela era linda.

Uma vez, em uma de nossas conversas a sós ela disse que algumas vezes ouvia quando eu e minha mulher estávamos transando. Perguntei se ela se excitava com isso e ela disse que aquilo a incomodava mas que não excitava. Murchei um pouco com as palavras dela, que pareceu querer me colocar em meu devido lugar.

É claro que o meu tesão por minha cunhadinha só aumentava e eu não sabia o que fazer, pois ela não era acessível. O engraçado é que com a outra cunhada, a namorada do meu amigo, por quem eu não me sentia atraído – apesar de linda, eu abraçava a hora que queria sem nenhum constrangimento, mas parecia-me que com Mariana, se eu fizesse isso todos iriam achar que eu estava dando em cima dela. Então eu me mantinha afastado, contentando-me apenas em olhá-la. E como eu olhava. Cheguei até a mandar fazer uns óculos escuro de grau (eu uso óculos) para olhá-la quando tomava sol no quintal com seus biquininhos minúsculos.

Um dia, num domingo, ela estava tomando sol junto com minha mulher, lado a lado em duas cadeiras de praia e eu me sentei em frente a elas com um livro e os meu óculos escuros e, fingindo que estava lendo, fiquei olhando para ela, que estava de olhos fechados. Em um dado momento ela abriu os olhos, me olhou e foi abrindo as pernas lentamente. Meus óculos, muito escuros, não permitiam que ela visse para onde eu estava olhando, mas parecia que ela sabia que eu não tirava os olhos da sua buceta por baixo do biquíni.

A imagem era tão deliciosa que eu tive que parar de fingir que lia e colocar o livro por sobre a minha sunga para que não vissem que eu estava de pau duro. A filha da puta parecia estar se deliciando com aquela situação, pois continuou me provocando por um bom tempo.

Mas ela poderia fazer isso para o resto da vida que eu jamais tentaria qualquer coisa. Por duas razões: a primeira é que se eu estivesse enganado ia dar merda e da grande com a família toda; a segunda, é que ela tinha muita classe e não se pode dizer a uma mulher de classe que você simplesmente quer dar uma trepada com ela. Por isso eu me contentava com as olhadas. Mas, o que aconteceu no dia seguinte ainda me serve de inspiração todas as vezes que estou com a auto-estima em baixa.

Na segunda-feira, todos saíram cedo para trabalhar, com exceção de mim que só saio às nove e da minha cunhada que só trabalharia à tarde. Até aí tudo normal, pois toda segunda-feira é a mesma coisa e eu raramente a via antes de sair. Neste dia porém, por volta de oito e meia, uma senhora veio deixar duas sacolas de roupas que a dona de uma boutique onde ela era cliente mandou para ela experimentar e ver se ficaria com algo. Recebi as sacolas, a mulher foi embora e eu fui chamar a minha cunhada em seu quarto para entregar a encomenda.

Bati na porta do quarto e ela mandou eu entrar. Quando eu disse o que era, pediu que eu colocasse em cima da cama e agradeceu. Eu mal cheguei a vê-la pois ela estava se maquiando em seu banheiro. Saí e fiquei fazendo hora na sala, pois estava quase na hora de eu sair para trabalhar.

Passado alguns minutos ela apareceu na sala, belíssima em um vestidinho preto e com sapatos de saltos muito altos – Que tal?

- Muito bonito! – falei sorrindo e surpreso, pois ela nunca antes havia me perguntado algo assim.

- Não sai daí que vou te mostrar os outros e você me ajudar a escolher um. – pediu ela.

A minha cunhada geralmente não falava muito comigo e àquela importância que ela estava me dando naquele momento era totalmente novo para mim e é claro que eu esperei.

Ela voltou daí a pouco com outro preto ainda mais bonito e novamente eu elogiei.

Mais alguns minutos e ela voltou em um vestido bege, de um tecido bem fino e que a deixava ainda mais bela. – e esse, que tal?

- Lindo, mas...

Ela me olhou esperando que eu concluisse eu resolvi assumir os riscos.

- Este não é um vestido para se usar com calcinha, pois ela marca e não fica legal. – falei com a maior naturalidade que pude imprimir a minha voz.

- É mesmo né? A marca da calcinha fica muito evidente. – ela falou e entrou novamente corredor adentro em direção ao seu quarto.

Quinze segundos depois ela volta – Ficou melhor agora?

Já não havia mais a marca da calcinha. A sacana estava sem calcinha a menos de dois metros de mim e o meu pau começou a doer de tão duro dentro da calça.

- Agora sim – respondi – tem muito mais classe.

- Então espera que tem mais.

Nem precisava pedir. Eu ficaria ali o dia todo enquanto ela experimentava todos os vestidos do mundo.

Eu procurava não demontrar o quanto aquela situação me afetava, pois eu sabia que daquele mato nunca ia sair um coelhinho sequer para mim e eutenho amor próprio e por isso, enquanto ela foi vestir a próxima roupa eu fiquei folheando uma revista, para parecer que não tava nem aí para os vestidos dela.

- Que tal esse agora? – perguntou ela entrando novamente na sala.

Meus amigos, existem coisas nesta vida que para as quais precisamos ser preparados antes, avisados mesmo, pois o coração pode não agüentar.

Eu levantei a cabeça e olhei na direção dela para ver o próximo vestido, mas a minha linda cunhadinha estava completamente nua sobre os sapatos de salto alto.

Eu fiquei totalmente mudo por uns segundos que pareceram séculos. Não conseguia tirar os olhos da sua bocetinha linda dentro da marquinha de sol conseguida no dia anterior. Quando finalmente consegui olhar para o rosto dela, notei que estava vermelho como uma brasa e se eu não falasse alguma coisa logo ela iria voltar correndo arrependida para o quarto.

- Lindo demais, como a roupa do rei. – sei que foi idiota, mas foi tudo que consegui falar naquele momento.

- Ela riu e disse – ontem você me olhou tanto que resolvi me mostrar pra valer agora. Eu não sei o que deu em mim, pois eu estou morrendo de vergonha.

Eu estendi o braço e peguei na mão dela. Nós dois estávamos trêmulos e eu percebi naquele instante que o desejo sempre foi mútuo. Levantei, segurei com as duas mãos os seus ombros e falei – eu não sei se é certo ou errado, mas em toda minha vida eu nunca desejei tanto alguém quanto desejei você.

- Então me mostra.

Puxei a minha cunhada e começamos a nos beijar com uma paixão incontrolável. Ela passava a mão no meu pau por cima da calça enquanto eu ia descendo para os peitinhos que sonhei tantas vezes. Eles eram duríssimos e estavam muito excitados. Eu beijava hora o direito, hora o esquerdo, hora a sua boca.

Ela literalmente arrancou os botões da minha camisa e começou a beijar o meu corpo enquanto ia descendo. Pegou o cinto com as duas mãos, abriu-o, abriu a minha calça e puxou o meu pau para fora enfiando-o na boca. O meu pau não é muito grande, tem pouco mais que dezesseis centímetros, mas naquela hora parecia que tinha meio metro. Ela chupou, lambeu, puxou as minhas bolas para fora e começou a lambê-las. Era uma delicia. Aquela filha da mãe sempre me pareceu tão comportada que era surpreendente vê-la agora praticamente me violentando.

Sentei-a no sofá e ajoelhei-me entre as suas pernas para realizar o grande sonho da minha vida, pelo menos nos últimos meses – chupar aquela boceta. Eu confesso que chupar uma boceta para mim é muito mais prazerosodo que a penetração em si, pois é um momento em que apenas o prazer da outra pessoa importa. E em especial aquela boceta, que foi tão desejada, tão sonhada e que era mais linda ainda do que eu imaginara. Tinha pouquíssimos pentelhos e o clitóris ligeiramente saliente e estava completamente encharcada e eu chupei, mas chupei tanto aquela boceta naquele dia que a parte inferior da minha língua ficou dolorida por uma semana, e ela gozou tanto e tantas vezes que até parecia que há muito tempo não transava.

Eu me sentei no sofá e ela sentou por cima, de frente para mim e foi encaixando a sua linda bocetinha (cara como era linda) em meu pau que foi entrando muito lentamente como se fosse uma sessão de tortura. Foi uma sensação indescritivelmente deliciosa e devido a excitação não demoramos a gozar, ela pela quarta vez.

Fomos para o banheiro do quarto dela e ficamos por lá transando até o completo esgotamento.

Nós ainda chegamos a repetir algumas manhãs de segunda, mas logo ela se casou e foi morar em outra cidade.

Meu casamento acabou dois anos depois, eu me mudei para o sudeste e a Mariana é hoje apenas uma gostosa lembrança em minha vida e a imagem dela nua, na minha frente pela primeira vez, está gravada a fogo em minha memória.

Votem por favor.

PS.

Localizei minha ex-cunhada pelo facebook quatro meses depois de publicar minha hitoria com ela. Ela atualmente mora em Fortaleza e me convidou a visitá-la. Não tive coragem de mandar o link desse conto para ela... mas vou visitá-la um dia desses, ah se vou.

Comentários

23/02/2017 11:40:36
Nota 10 muito bom mesmo, cunhada e tudo de bom pelada então nem se fala ne...muito excitante e bem escrito, cheio de detalhes.
16/03/2012 08:23:29
18/08/2011 20:31:24
Eu adoro chupar, Jaque_licia. E elas adoram quando faço isso.
CK
18/07/2011 13:19:27
Bem escrito! Parabéns!
24/05/2011 10:38:01
que ddelicia pelo que vc diz deve chupar bem gostoso!!!
23/04/2011 20:37:58
tenho o mesmo tesão por minha cunhada e meu sonho é um dia transcr com ela mas está cada vez mais difícil. Ela tem uma xana linda e carnuda. Descobri isso quando ela tinga 17 anos. Eu estava na casa de minha esposa, na época namorando- e estava na sala. Ela chegou com uma caneca de doce na mão e sentou no sofá com as pernas encima de quase encostando no queixo. Ela estava com um short de licra e quando olhei na buceta dela vi aqueles lábios carnudos e separados pelo short. Meu pau ficou duro na hora.desse dia em diante nunca mais tirei ela da minha cabeça.já a vi de biquíni e vocês não tem noção da bunda dela o fenômeno que é.um dia fiquei com ela sozinho em uma sauna em caldas novas. Meu pau virou uma pedra de tanto tesão. Mas não tive coragem de fazer nada. Só bati umas cinco punhetas pra ela depois que sai da sauna. Parabéns pelo conto.adoro isso.
29/03/2011 10:28:43
Meu amigo vc é o cara rsss. Essa história parece com a minha, porém, infelizmente ainda ñ aconteceu. Mas um dia vai acontecer, pode ter certeza q vou publicar . Kra PARABÉNS vc é o cara mas sortudo do mundo.Vai atras dela pô.abraço
16/03/2011 09:47:31
realmente nao existe nenhum mortal que nao tenha uma cunhada gostosa e que nunca tenha trepada com a esposa imaginando tá fudendo a cunhada,e podem me add,podem ser noivas ou casadas.. [email protected]
15/03/2011 14:57:59
cara de sorte, quem nao quer comer uma cunhada gostosa, parabens pelo conto .....
15/03/2011 09:41:41
Muito excitante! Realmente tem transas que ficam guardadas na memória!!! Quando reencontrá-la publique novamente!Continue tentando no facebook, orkut,google,comunidades, etc..rs
15/03/2011 09:25:17
Cara conto com cunhada pra min não tem melhor...Parabéns
15/03/2011 07:50:16
Vai entender rs...sexo com cunhado..cunhada rs..é tao bom imaginar. Ainda mais fazer rs..parabens.
vm
15/03/2011 03:40:23
Cara....muito bom.....parabéns!!! além de ser uma historia muito excitante, está mt bem escrita.......

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


fodie cusao da minha irma incesto brasil cem camisinha porno Bom dia viadinhpspauzudo fode bucetamenorconto eróticos comendoa mulher doamigo a forçacomi uma egua dentro de casa contoefaç de pornXVídeos gay com truculênciaTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comervídeo de mulher pelada mostrando a b***** tomando banho arreganhando e ficando de quatro fazendo altas posições massaporno casada nao agreto oprimo domaridobaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaair tira o pau do cu dela , ela vai caga pornocontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016papai penetrou a minha buçetinha virgem e sem pelinhoscontos sobre chantagiei minha tia e q comivó que confessa que adora chupar o pau do seu netocontus estupro de novinhasqero vido de transafamiliarpunheta apos encoxada em onibuspornocontoincestosvideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhasfodendo gestantesnovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradaContos eroticos adestrando o viadobigodinho do ritler videos pornomãe ensina a chupar um negro picudotomou comprimidos de tesao e ele tesou forte mulher pornocutucou a menininha sem penetrarXVídeos gay com truculênciatentando meter com pinto inchadovideos gay pissing dominação humilhaçãosexo anal hAaaaax video mobili com mulher gostoza colocando chifre no marido com o amantevidio porno de mulheris piquenas de 120 sentano ni rolas de 44 centimetrovideos de mulheres ficando toda impinadinha ao perceber a encoxadaContos de comedores de Mendiga novinhas de 10 a 12 aninhose já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadorafotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leiteņovinhas metendo com play boycontos aiiiii hum aiaiagarota q foi fudida no fundo d casa por um cachorro pastor alemaoconto erotico chantageando filha prostitutavideo de porno .que nuher mão quanta que.cagaXVídeos vídeo nacional e caseiro mulher dormindo sendo acariciada por saismeninas que gota de gozada na boca pornovideo de sex com pauzaoassistir agorabelas coroas fazendo oral e metendoum uisque depois de um cigarro pornoflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contoscontos eroticos de mullheres que aman barbeariaFredzoo pornotalam e pene trAsandotransas em araruamaseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozcontos eróticos minhas amiguinhas de infanciacontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docesvidio porno de uma mulher tirando aroupa bem relaadamente para faz xexocontos eróticos a irmã de minha espoza bunduda e coxudameu cu é todinho teucontos eróticos mamãe deixa novinha com padrastocasetudo comendo cadela no cioTudo grandão youtubepornoseduzida por um estranho contos pornovidios de contos errotics pai arregaça a boceta da filhaConto gay policial fodido pelo marginalConto erotico gay o bom filho a casa torna capitulo 10belas coroas fazendo oral e metendocontos eroticos fudeno a novinha de 17aninhosContos eroticos entre padre e noviçacontos aiíiiii hum aiaiaconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexoboxeeroticoputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularnao era pra enfiar no meu cuzinho virgem