Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

FAZENDO A EMPREGADA CRENTE GOZAR

Autor: Sr. Fetiche
Categoria: Heterossexual
Data: 09/04/2011 08:53:14
Última revisão: 21/04/2011 16:35:50
Nota 9.27
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

O conto que passo a relatar para vocês quando veio trabalhar na casa de minha tia uma nova empregada.

Ela é morena, lábios carnudos (que foi o que despertou em mim o tesão), seios médios, baixa, é crente, não era nenhuma deusa, mas bem tesudinha e fiquei de olho. Vou chamá-la de Paty. Com o passar dos dias passei a puxar assunto com ela, principalmente quando estávamos sozinhos em casa.

Ela precisou resolver uns problemas e como não sabia onde era eu a acompanhei para lhe ensinar, e nesse dia enquanto conversávamos ela me contou que o seu namorado não era carinhoso com ela, era meio bruto, só pensava nele (ou seja só queria gozar e esquecia de fazer ela gozar, etc) e aquela conversa me deixou com mais tesão.

Eu passei a chegar mais perto dela quando estávamos sozinhos (antes eu já conversava com ela bem próximo), mas passei a alisar o seu braço, tocar em seus cabelos e também lhe dava umas encoxadas no ombro, braço quando ela estava sentada e em seu bumbum, quando ela estava em pé, perto de mim, tudo isso de forma discreta e com o seu consentimento. Ela passou a usar umas saias mais curtas, com cintura baixa (que deixava aparecer a calcinha) e também vestidos mais provocantes e blusas mais decotadas. E eu é claro gostando, aproveitava para elogiar, para dizer que gostaria de ver ela com tal roupa. Cheguei até a lhe presentear com uma calcinha.

E assim ficamos com essas nossas brincadeiras, quando eu ia por lá e ela estava só ou quando ninguém estava por perto eu dava umas encoxadas nela, umas alisadas, uns cheirinhos no pescoço e por ai vai.

Teve um dia que cheguei lá e ela estava com uma saia jeans de cintura baixa, calcinha braça e uma blusa decotada. Eu me aproximei dela encoxando-a, meu cacete ficou duro na hora e ela sentiu, ao mesmo tempo em que lhe encoxei passei a alisar a sua bunda por cima da saia, coloquei as mãos por dentro de sua saia e fiquei alisando o seu bumbum, depois levantei a sua saia e coloquei a calcinha enterrada na bunda, em seguida alisei a sua buceta por cima da calcinha, sentindo o calor e a umidade, ela estava muito excitada, molhadinha, estava ofegante, ela levantou a minha camisa e ficou alisando meu peito, me cheirando, enquanto eu afastei a sua calcinha e senti pela primeira vez a sua buceta, estava com pelinhos, macios e sedosos, uma delícia, fiquei massageando o grelinho, enfiando os dedos em sua buceta molhada, ela gemia baixinho, estava quase desfalecida, eu a puxei para o quintal e chegando lá coloquei o meu cacete para fora e ela ficou me masturbando, alisando o meu cacete, segurando com os dedinhos de sua mão pequena, ele já estava babando, de tanto tesão, mandei ela se abaixar e ela assim fez, se abaixou e fez um boquete muito gostoso colocava o cacete todo na boca, tirava, lambia a glande, percorria com a a sua língua toda a extensão de meu cacete, lambia as bolas, uma delícia, algo que eu havia sonhado desde a primeira vez que vi os seus lábios carnudos, e assim com esse boquete maravilhoso ele me faz gozar gostoso e inundar a sua boquinha de lábios carnudos com a minha porra quentinha.

Em seguida eu a coloquei em pé, ela ficou se segurando na grade da janela, afastei a sua calcinha e foi a minha vez de sentir o seu mel que escorria de sua buceta peludinha, de pelos negros, macios e sedosos, enfiava a língua, chupava e mordia com os lábios o seu grelinho, ela gemia e pedia para eu meter nela, mas eu queria sentir o seu mel em minha boca a assim o fiz, a fazendo gozar gostoso e se não se segurasse na grade da janela tinha caído de tanto gozar. Fiquei em pé a coloquei de costas levantei a sua saia e afastei a calcinha e a penetrei por trás, metendo com força em sua bucetinha quente ao mesmo tempo em que enfiava o dedo em seu cuzinho. Ela gemia, dizia palavras desconexas, estava toda arrepiada, tremia, e eu a chamando de minha putinha, de minha crentinha puta, e ela gemendo, me chamando de cachorro, safado. E assim com a sua buceta gulosa apertando o meu cacete e eu metendo com força, chegamos a um orgasmo delicioso, onde inundei a sua buceta com minha porra quentinha. Estávamos suados e poderia chegar alguém. Ela foi tomar um banho e eu fiquei aguardando. Depois que ela terminou eu esperei chegar alguém em casa e fui embora.

Essa foi a minha primeira transa com a empregada crentinha, espero que tenham gostado e façam contato. Meu MSN/e-mail é: [email protected]

Comentários

10/02/2017 11:29:18
Muito obrigado pelo conto tenho tara por mulher casada e empregada e crentes não importa a hora se tiver alguma que queira sentir um pau de 19 cm que se encontra neces requisitos entre em contato tenho 52anos só prazer [email protected]
L&P
26/08/2013 14:38:36
Excitante!!!
08/08/2012 19:27:19
legal noa dez mns pra gatas é [email protected]
02/09/2011 15:19:21
legal seu conto,mais essa ai esta muito assanhada para ser crente
01/09/2011 09:08:48
manda ela mi add ai po([email protected])
23/04/2011 02:12:05
ficou curtinho,mas foi legal,continue contando + hehe.
22/04/2011 23:18:09
Nossa cara 100 + comentarios...
22/04/2011 17:14:33
foi muito bom.conte mais oi sophie.meu msn([email protected])se vc quiser gosar muito entre em contato blz.
09/04/2011 11:14:47
Bem escrito, só uns poucos errinhos de digitação, nada absurdo. Gostei bastante e adoraria ser fodida desse jeito, exposta, rs. Se quiser, meu e-mail é [email protected] Nota 09.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos fui da o cu e cagueicontos eroticos os pezinhos da sogracorno sendo humilhado lambendo direitinho buceta cheia de gozocontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosmulhe trazando com dois hemvídeo pornô homem t***** possuído chupa b***** da mulher e filhos dele até virar uma chupetacontos de incesto estava com medo da chuva e dormir com a mamãeeu fico axanando que sou uma pessoa invejoso mais nao sou meus atos nao se dizem isso mais na minha cabeça eu pensso assim yahoopingola pantera selvagemporno dando a buceta noma tranza agresivapassando a mao no decote e chupando os peitosmadrinha coloca bumda buceta na cara da subrinha que ta de castigoFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASblogger comedorcasada gozando veja fotogato sarado transa com amiga gostosa ponodoidoanimopron.com lara umcavalopornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamconto erotico gay meu pai vendeu meu cu por 100 reais pro seu/amigocontos de casadas pedindo ao marido pra realizar suas fantasiashistoria-erotica de entiado bem dotado fudendo a entiadaContos eroticos cunhada cdzinhaDesabafo de uma mae cap Vhistorias eroticas com saúnas masculinasvídeo pornô de homem cavalo pênis grande empurra na xoxota da magrinha gostosaa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliavídeo de homem se masturbando e g****** no copo e mulher bebendo no café da manhãjuju fudedocafajeste chupando grelo grande avantajadoponodoido pasado um tempo com minha primaslevei a minha noite também nua da filha me trata nua mandando minha pelada nua e vizinha tá na loja com meu pequenoflagrei meu irmao comendo nossa mãecasa dos contos eroticos evangelicadoce nanda parte cinco contos eroticospriminhos na ferias do colejo fazem muita putariacontos erotico amamentei dois garotoscachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiaBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAcontos erotico minha esposa rabuda e meu tio 8mulher fazendo vídeo pornô na gritalhadaUm hétero machista e homofóbico apaixonado por um índio 4x vidio comtos eroticos flaguei minha avógosto de tomar leite de homemvideos caseiros de estrupos de vuneravrlpregas do cuzin virgenmarisa cm sede de pica grande chamo um negao para foder gostoso em conto o marido trabalhavelho tarsdaoConto na fazenda maninha viu meu pau molerabaonegrogangbang silvio santos porno doidoesposa gostosa e novinha e tio roludo parte seteporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidoscontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciadoidoporno vrlho fudendo filha gozando dentrofilha pega mae fodeno com 40cm de rolapinto muito mais muito grosso mulher nao aguenta epede aregozoogay 2016passando protetor solar na teenzinha meti no cuzinho gratisporno eu e minha cunhada ficamos sozinho em casa não resistir elade chortinho pensando no namorado pornconto corno diamanteconto incesto sempre que vejp minha irmã fico de pau duro e ela cheia de tezaorenatadominadoraadoro ser enrabada conto eroticovi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticoscontos de sexo depilada na praiaputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudogorda girando o cu na rola jigante videos caseirosvídeo de sexo de Osasco heloisa dando o cu para doiscontos eroticos gay inicio fui surpreendido por um adulto dando minha bundinha e fui xantageadonovinhas das bundás gandê xvdeosencoxando as meninas na baladaencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhoponodoido meu pai e minha babaincesto mãe devassa da xana famintaporno sombra brasileiro pauzudo so com vovo 60anosxvideo.amiga chupa.a buceta da a migalha dormindotravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamanovinha bududinha querendo um pintao