Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Brincadeira no Drive-In

Autor: fcosta
Categoria: Heterossexual
Data: 13/04/2011 16:05:44
Nota 9.86

BRINCADEIRA NO DRIVE-IN

DESDE O INÍCIO DO MEU CASAMENTO COM A MAG, QUE SEMPRE PROCUREI CRIAR SITUAÇÕES INUSITADAS COM ELA, COMO POR EXEMPLO, NAMORAR EM LUGARES PÚBLICOS, EM PRAIAS DESERTAS E OUTROS LUGARES APRAZÍVEIS PARA UM NAMORO MAIS LIBERAL. MUITAS VÊZES, PARÁVAMOS EM ALGUMA RUA POUCO ILUMINADA PARA TRANSARMOS DENTRO DO CARRO COM PESSOAS PASSANDO AO LADO. ERA MUITO BOM, MUITO EXCITANTE, MAS À MEDIDA QUE FOI AUMENTANDO O NÚMERO DE ASSALTOS, COM A CRESCENTE INSEGURANÇA NAS GRANDES CIDADES, APROXIMADAMENTE POR VOLTA DE 1990, DESCOBRIMOS UM LOCAL IDEAL, E BEM PRÓXIMO DE ONDE MORÁVAMOS NA ÉPOCA, QUE ERA UM CINE DRIVE-IN.

NESTA ÉPOCA, NEM IMAGINÁVAMOS QUE TEMPOS DEPOIS SERÍAMOS ADÉPTOS DE MENAGES E OUTRAS AVENTURAS!

NA PRIMEIRA VEZ QUE FOMOS PARA LÁ, A MAG A PRINCÍPIO, ESTAVA MUITO TENSA, MAS AOS POUCOS, VENDO O MOVIMENTO DENTRO DOS OUTROS CARROS ESTACIONADOS PRÓXIMOS AO NOSSO, FOI SE LIBERANDO, E DEPOIS DE ALGUNS AMASSOS, GOSTOU DO LOCAL.

CONFORME NOS FOI INFORMADO NA ENTRADA, ACENDENDO AS LANTERNAS DO CARRO, UM RAPAZ VINHA ATÉ À NOSSA JANELA, PARA QUE FIZÉSSEMOS O PEDIDO DE BEBIDAS E DE LANCHES, QUE ERAM SERVIDOS ALI MESMO. DEPOIS DE ATENDIDOS, LANCHÁVAMOS E VOLTÁVAMOS A NOS AMASSAR, ATÉ O FIM DA SEÇÃO! DEPOIS DESTA PRIMEIRA VEZ, QUANDO SAÍMOS, ESTÁVAMOS DISPOSTOS A VOLTAR SEMPRE.

NA SEMANA SEGUINTE, VOLTAMOS AO CINE, E A MAG, JÁ BEM DESINIBIDA, LOGO QUE ESTACIONEI, JÁ FOI SE DESPINDO, FICANDO PELADA, EM QUE EU A ACOMPANHEI, PARTINDO PARA CIMA DELA NUMA CHUPAÇÃO GERAL, FAZENDO UM DELICIOSO 69 DEITADOS NOS BANCOS RECLINADOS DA NOSSA QUANTUM, EVOLUINDO DEPOIS PARA UMA BELÍSSIMA FODA, COM ELA POR CIMA, CAVALGANDO NO MEU PAU, NEM MESMO SE IMPORTANDO SE ALGUEM PUDESSE VER A SUA BUNDA SUBINDO E DESCENDO, ENQUANTO O PAU ENTRAVA E SAIA DA SUA XOXOTA, TAL A SUA TESÃO! POUCO DEPOIS, DEMOS AQUELA GOZADA DELICIOSA. EU ENTÃO PERGUNTEI-LHE SE PODIA PEDIR O NOSSO LANCHE, MAS ELA SÓ O PERMITIU, DEPOIS DE SE RECOMPOR, VESTINDO TODA A ROUPA.

ESTE TORNOU-SE O NOSSO PROGRAMA FAVORITO, REPETIDO SEMANALMENTE, E ALGUMAS VÊZES, DUAS VEZES NA SEMANA, MAS SEMPRE COM ELA SE VESTINDO NA HORA DE CHAMAR O GARÇON, AINDA QUE EU INSISTISSE PARA QUE FICASSE MAIS À VONTADE. COM O TEMPO, MAIS DESCONTRAIDA, ELA ATÉ CONCORDAVA EM VESTIR APENAS UMA BLUSA ENTREABERTA NOS SEIOS E A CALCINHA, MAS NA PENUMBRA, NÃO DAVA PARA NINGUEM VER NADA MESMO.

CERTO DIA, QUE EU ESTAVA MAIS INSPIRADO, RESOLVI APRONTAR UMA BRINCADEIRA COM A MAG. ASSIM QUE CHEGAMOS E ELA TIROU A ROUPA, PASSEI A FAZER-LHE CARINHOS NA BUNDA, O QUE ELA ADORA E LHE CAUSA UM EFEITO HIPNÓTICO, FAZENDO-A ATÉ ADORMECER, E DURANTE ESTE TRANSE, FUI JOGANDO TODAS AS NOSSAS ROUPAS NO PORTA MALAS SEM QUE ELA NOTASSE.

A SEGUIR, ACENDI A LUZ DAS LANTERNAS DO CARRO, ATRAINDO O RAPAZ, QUE AO APROXIMAR-SE, FIZ SINAL PARA QUE FOSSE PARA 0 LADO DO CARONA. QUANDO ELE COLOCOU A CARA NA JANELA, LIGUEI A LUZ INTERNA, ILUMINANDO AQUELE CORPO NU À SUA FRENTE. O RAPAZ NÃO SABIA PARA ONDE OLHAVA. A MAG, NOTANDO A PRESENÇA DELE, SEM NADA PODER FAZER, LIMITOU-SE A ESCONDER O ROSTO, PERMANECENDO DEITADA DE BRUÇOS. EU, APESAR DE UM CERTO NERVOSISMO, FIZ O PEDIDO DO NOSSO LANCHE E BEBIDAS, COLOCANDO O DINHEIRO SOBRE A BUNDA DA MAG, PARA QUE ELE O RECOLHESSE, INCLUSIVE COM ALGUMAS MOEDAS QUE PROPOSITADAMENTE DEIXEI CORRER PELO REGUINHO, PARA QUE SEUS DEDOS TOCASSEM NA SUA XOXOTA POR TRÁS. DEPOIS DE CATAR TUDO, ELE DEU UM SORRISO PARA MIM, COMO SE ESTIVESSE AGRADECENDO, ENTÃO EU LHE DISSE QUE SE QUISESSE PASSAR A MÃO OUTRA VEZ PARA VER QUE NÃO ERA SONHO, ASSIM ELE O FEZ, PASSANDO SOBRE AS NÁDEGAS QUE NÃO PARAVAM DE SE CONTRAIR, E SE AFASTOU.

APAGUEI A LUZ INTERNA, E SÓ ENTÃO A MAG LEVANTOU-SE, RECLAMANDO E PROCURANDO AS ROUPAS, MAS EU INTERROMPI A BRONCA, AO MOSTRAR-LHE QUE NA VERDADE ELA HAVIA GOSTADO TANTO, QUE CHEGOU A GOZAR, ENCHARCANDO O BANCO ONDE ESTAVA DEITADA. LOGO DEPOIS O NOSSO LANCHE CHEGOU, MAS NENHUM DOS DOIS TEVE CORAGEM NEM DE SE OLHAR. LANCHAMOS SILENCIOSAMENTE, PARA DEPOIS TRANSARMOS UMA DAS NOSSAS MELHORES TRANSAS JÁ DADAS, GOZAMOS DELICIOSAMENTE LA NO DRIVE-IN, E COMO A EXCITAÇÃO ERA MUITA, TRANSAMOS AINDA UMA OUTRA VEZ AO CHEGARMOS DE VOLTA EM CASA.

Comentários

29/10/2017 02:04:14
Uau! Quanta ousadia. Muito excitante! Conto delicioso. Ah! Lindas fotos da Mag, principalmente aquelas com fio dental vermelho. Abraços, [email protected]
14/03/2016 09:19:37
Me indicaram contos seus que eu já havia lido e comentado. E acabei descobrindo esta delícia de relato, Costa. Original, diferente e de deixar molhadinha, imaginando a moeda no reguinho e o rapaz pegando ela ali. Rs. Como a tua Mag, também adoro garotões. Estou com um novo relato, sobre o filho de uma amiga. Se puder, me visite outra vez. Bjs.
16/11/2014 12:19:38
Muito bom! Adorei. Nota 10
20/01/2014 14:02:54
Seus contos.sao sempre nota.10,e dr dar agua na boca
04/11/2013 13:59:53
Como sempre não lhe falta inspiração quando o assunto e proporcionar um prazer mutuo, de muita cumplicidade e satisfação. Voce nos surpreende a cada conto que como comentei antes tem uma narrativa excitante, com muito tesão e sem vulgaridade. Estou louco de tesão pela sua Mag, como invejo o garçom. Beleza de conto. Me diga uma coisa, voce não vai escrever mais?
k97
06/04/2012 13:11:37
com ou sem o valter voces dão um espetaculo a parte de exitação. a mag ficou exitada de molhar o banco é muito 10. imagina uma chupadinha nessa bucetinha enxarcada. seus contos parecem apuração de escola de samba do rio de janeiro é um 10 depois do outro.
23/10/2011 06:55:59
Q tesão! Adorei a ideia de colocar o dinheiro na bunda da Mag para o rapaz passar a mao na bunda e na xota dela. Certa vez combinei com minha esposa de quando o entregador de pizza chegar ela ficaria deitada de bruços so de calcinha no sofa da sala.so q não deu certo pois o idiota se perdeu e entao eu tive q ir busca-lo na rua. Q raiva! Parabens pela criatividade [email protected]
01/08/2011 18:20:10
Po, amigo, esses seus contos são de matar de tesão. Assim eu não aguento, vou ter que ir ao banheiro bater uma em homenagem a sua MAG... Que saudade dos "drive in", que vontade de conhecer sua MAG... Parabéns.
12/06/2011 09:54:55
É realmente hoje os tempos são outros, mais temos sempre que usar nossa criatividade.
21/05/2011 17:31:54
Bons tempos quando se podia namorar e transar dentro de um carro, sem essa violência de hoje. Gostei do conto, pois me trouxe recordações.
15/05/2011 06:26:13
Porque parou com o conto sobre sua esposa e o Valter, e outros como você mesmo contou? Estamos no aguardo. Nota

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Gay afeminado virou mulher na mao do coroa negro contos eroticos os melhoreswww sou enteada putinha e dou minha bucetinha pro meu padrasto que e tarado pelo meu corpo. comcontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amormulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãopunhetabr.vai laxvideo comendo a escrava fujona no troncocompetição de nudismo pintudos mais cabeçudoconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexoConto erotico filha apanha pq estourou o cartãoflagga de mulheres deficiente fisica se mastubandofilme porno esposa gosta de varios na frende do marido corno ela goza ate desmaia de tanto gozapedreiro fode menina em cima do andaime pornôcontos eróticos reais nnnconto erótico se masturbando com calca legevídeo vídeo da Mônica e balançando a bundinha com toalhaporno gay caralhos enterrados na bouca mundobichakuero.ve.lorinha.mahiha.nupornovizinha lactante contosmulher passa margarina ela pelada e no cu bem gostosoimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicasvideos nacional gritos e gemidps de homens passivos embaixo dos machos caralhudosiniciando meu marido experiência inversão videosxxxcomendo a mulher mais gostooooosaaa do mundo!!!contos eróticos bolinando e fudendo com minha cunhadinha novinha novinha e virgem encinando ela fuder gostosovídeos de pornô com homem com homem o homem chamando shampoo no pinto do outro e lambuzando de xixiconto anal orfanatohistorias eroticas a pretinha magrinhasexo deixando mae com bunda doendo contoContos eróticos gay iniciação sexual na infânciaconto gay apaixonado por um traficantemaei depilando pau do filho e nao aguenta baicha aboca chupando e setando abuseta ensimaporno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelacontos eróticos mamãe deixa novinha com padrastoxv minha tia tem abusetas graandedei a xoxota para irmaodeseeo amanentando o filho contos sexxvideos rolas chapuletadas gozandosexo conto erotico semem embuchadaNegrinho do cabelo ruim bem pretinha metendo muito com muito fogo na periquita no pornô brasileirocontos eroticoscuzinho sem pregasCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contossafada de saia curta e vizinho olhandogey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyContas de incesto mãe tarada descabacando filho a força com fotocontos eróticos escritos de lactofiliagostosas minisaia enos debaixodelasdeu para nao ser caguetada para o marido xvideosjenivan porno gay xvideosNecsEexcontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladacontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundabucitnhacontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paiinsesto de filho beijando aboca da mae e fode elacontos eroticos vania minha meia irma 2loira e judiada levando com forca na boca e na bussetaela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cucontos erótico com subriaMenina querendii dar a buceta xvideoscontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranaporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadasflagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elacontos/perdi o cabaco muito tardebundas enormes aberdaanegras da fo pra pirocudo e chorao xvidio.comnovinha g****** pelo c****** o carbono tudo no c* dela e ela gritaai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitopornô em famíliaxxvConto tirei o biquine no quarto do meu paicontos eroticos sentei no colo do pirralhoto cagando nessa pica gozando