Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

O INCESTO SALVO MEU FILHO DO CRIME 2

Categoria: Homossexual
Data: 03/04/2011 20:53:27
Nota 9.08
Assuntos: Incesto, Mãe, Filho
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

No relato anterior (O incesto salvo meu filho do crime 1)... Meu filho me encontrou em seu quarto seminua e mostrando para ele que havia descoberto o fruto de seus crimes de assalto e estupro. Então prosseguindo...

Naquele momento notei que além do susto, meu filho teve duas outras reações; a primeira: já era previsível, eu já esperava por sua reação por isso não me alterei quando ele ficou bastante nervoso e começou a me agredir com palavras... – “Mais que porra! Essas coisas são minhas! Eu não disse para não entrar no meu quarto! Que caralho! Sua intrometida! Puta que pariu! Você não tinha o direito de vim xeretar as minhas coisas!” – a segunda, foi silenciosa, mas bastante evidente e comprovava a minha suspeita... Mesmo nervoso meu filho não tirava seus olhos do meu corpo e seu pau endurecido formava uma protuberância cada vez mais evidente sob o jeans de sua calça. Eu estava certa o taradinho estava excitado e querendo me comer de verdade e não só com os olhos como estava fazendo. Eu só não contava com a terceira reação dele, que foi jogar a mochila com livros e cadernos num canto dar meia volta e sair quase correndo do seu quarto...

Filho espere... – gritei e sei correndo atrás dele, só indo alcançá-lo na sala de estar no andar térreo da casa. Eu o segurei pelo braço e ele exclamou...

- Não fode! – meu filho deu um puxão forte livrando seu braço da minha mão.

- Espera! Temos que falar...

- Não tenho nada para falar com você! Me deixa em paz!... – ele me segurou firme pelos ombros me deu umas fortes chacoalhadas de um lado para o outro, com uma força incomum para um rapazinho da sua idade, tenho certeza que ele pretendia me jogar para longe dele, mas ele só fez diminuir a força que me balançava e ficou olhando para os meus seios que iam e vinham, subiam e desciam quase saindo pelo decote do baby-doll...

- Filho... Meu bebe... Eu já sei de tudo, eu não estou zangada com você, eu sei que você se tornou um tarado... Que você só rouba essas mulheres porque precisa muito acalmar seus desejos... Eu sei que não faz isso por maldade, você é um bom rapaz, só esta passando por uma fase difícil... Mas se descobrirem o que você tem feito ou te pegarem não vão pensar dessa forma, mesmo você ainda sendo de menor. Filho sou sua mãe e só quero te proteger.

Meu filho então parou de me chacoalhar, mas sem me soltar ficou ali com uma expressão, que não era exatamente tranqüila, mais já não era raivosa como instantes atrás... Eu aproveitei e continuei falando...

- Filho, eu quero te pedir desculpas, eu não entrei hoje cedo no seu quarto por mal... eu entrei só para te chamar para tomar café e porque tinha feito aquelas panquecas que você sempre gostou... E se mais tarde voltei a entrar lá foi para arruma seu quarto como sempre fiz, por ser minha obrigação de mãe te dar conforto... Eu te juro que não mexi nas suas coisas para xeretar, mas como se diz: “Tem males que vem para o bem!” – e agora eu tenho duas noticias para te dar, uma má e outra boa... – nesse instante eu já me portava de forma mais lasciva e sensual...

- Que noticias?! – senti as mãos fortes dele apertarem mais meus ombros e seus olhos se estreitarem ameaçadores.

- Como eu já disse sei que está numa idade difícil. A má noticia é que não quero mais que roube e nem estupre nenhuma mulher! Você não pode continuar fazer o que esta fazendo! Eu não quero que você se torne um ladrão e um estuprador!

- Ah! Você não quer?! E o que vai fazer para me impedir?! Vai me dedurar para o frouxo do meu pai ou esta pensando em me delatar para a polícia?!

A boa noticia é isto... – eu tirei as mãos dele dos meus ombros, me afastei dele uns passos e num gesto bem teatral eu desfiz os laços que sustentavam o baby-doll sobre o meu corpo. A peça de tecido leve deslizou pelas curvas do meu corpo até parar aos meus pés. Durante todo o breve trajeto que o baby-doll fez por meu corpo, meu filho o acompanhou com olhos esbugalhados... E tudo que ele conseguiu balbuciar nesse momento foi...

- Mãe?!... – o tremendo volume do seu do seu pau dentro da calça era prova incontestável que meu plano estava dando certo, então me fazendo ainda mais sensual fui lhe dizendo...

- Filho, eu farei tudo o que puder para acalmar os seus desejos... Farei tudo o que você quiser... Mas sob a condição que você abandone de vez essa vida de delinqüências!...

- Não pode ser?!... – descrente do que via e ouvia meu filho continuava balbuciando frases desconexas...

- Calma filho... Confie em sua mãe... – voltei a me aproximar dele e carinhosamente abri a fivela do seu cinto, desabotoei a calça e comecei a baixar o zíper...

- Ei! Espere!... – ele exclamou querendo recua.

Eu insisti enquanto falava no tom mais suave que consegui...

- Não resista ao que esta evidente que você precisa muito filho...

Eu não acredito!... Você deve ter ficado louca!...

É... Eu devo mesmo estar louca filho... Mas louquinha de amor por você... Meu amor é tanto que se você jurar que nunca mais vai cometer nenhum delito vai poder acalmar seus desejos comigo sempre e como você quiser filho... E então filho, o que você me diz?... – para tornar minhas palavras mais enfáticas eu enfiei a mão dentro da sua cueca, peguei seu pau grande, grosso e duro dei uma leve apertadinha e o libertei de dentro da calça do meu filho...

- Oh! Mãe...

- Sim?...

- Mais!... Mais!... Mais!... Continue!...

- Você jura que não vai mais fazer o que estava fazendo filho?...

- Eu juro!... Juro! Não faço mais!... Mas continue!...

- Você quer que mamãe coloque esse pau do meu filho lindo na boca?... Quer que ele seja chupado?... – eu o tinha literalmente em minhas mãos.

Mais do que depressa meu filho se livros das suas roupas, meias, tênis e me fez ficar de joelhos diante dele bem no meio da nossa sala! Eu podia me recusa a fazermos sexo ali, pois corríamos o risco de sermos pegos pelo meu marido, caso ele chegasse de repente mais cedo do trabalho, mas ao mesmo tempo em que fiquei com medo de quebrar o clima de amor e sedução que estabeleci entre eu e meu filho e acabar estragando todo o meu plano, a sensação de perigo misturada a de transgressão me causou uma excitação que eu não me lembrava de já ter sentido antes em toda a minha vida! Mesmo sabendo que o pau que eu tinha em minhas mãos e diante do meu rosto e lábios era o pau do meu filho, também era como se não fosse o do meu filho... Fosse o pau do tarado estuprador de mulheres!...

- Oh!... – ter esses pensamentos lascivos me fizeram dar um gemido e em seguida abocanhar o pau do meu filho!...

Ah! Que delicia!... – ele exclamou se tremendo inteiro de prazer com seu pau em minha boca.

- Hum!... Hum!... Hum!... – eu me deliciava chupando seu pau enquanto pensava: “Nossa! Parece feito de ferro! É muito um pau duro!... É muito grosso!... É muito maior e melhor do que o do próprio pai! – exasperado de tanto tesão meu filho me segurou pelos cabelos e começou a fuder minha boca como se fosse uma vagina! Seus motos eram brutos, até mesmo violentos, o que ao invés de me causar incomodo, só me deixou mais excitada ao ponto de sentir o liquido quente da minha xana escorrer pelas minhas coxas...

- Mãe!... Que boca!... Engole meu pau!... Engole ele todo!... Você agora é minha puta!... Engole meu pau!... Toma safada!... Vou encher sua boquinha deliciosa com minha porra!... Ah! Que delicia!...

- Hum!... Hum!... Hum!... – meu filho realmente deu uma tremenda ejaculada dentro da minha boca!

Os primeiros jatos me fizeram engasga um pouco, meus olhos se encheram de lagrimas, deixando a minha visão turvada e respirar ficou um pouco difícil, mas com ele segurando firme a minha cabeça contra seu pau eu nada podia fazer além de engoli os jatos seguintes de esperma do meu filho... Mais então eu levei uma das mãos a minha xana que estava além de encharcada e quente pulsando forte! E freneticamente passei a esfregar meu clitóris até ser completamente tomada e sacudida por um orgasmo maravilhoso! Eu só não caí ali no chão porque meu filho me sustentava pelos cabelos com suas mãos. Quando ele terminou de gozar eu ainda sentia os últimos tremores gozosos a percorrerem meu corpo, então ele retirou o seu pau da minha boca e me mandou chupar até deixá-lo bem limpinho... Submissamente eu o obedeci e foi surpresa que então eu verifiquei que seu pau não amoleceu nem um tantinho se quer! Foi quando pensei: “Não é a toa que ele é um estuprador tarado!”... (Continua).

Comentários

04/06/2017 02:21:49
Nossa muito bom continua!
03/05/2016 14:00:26
Cadê a continuação?
04/10/2012 07:51:07
fio fantastico nao posso esperar para ler final desda estoria linda
04/11/2011 17:24:54
agora ja melhorou,merece uma nota maior,eta mãe safada e gostosa
27/04/2011 19:00:07
muito tesudo, gostoso. 10
22/04/2011 23:08:09
Categoria errada...
06/04/2011 02:31:34
nossa adorei os doi aguardo a continuação....meu se eu fosse uma produtora de filmes porno, ia pegar sua historia, nota 10...bjs
Kev
04/04/2011 17:03:04
gostei !!!
04/04/2011 04:13:54
Gostei. Aguardemos a continuação e que ela seja logo publicada. Continua assim, pois, pelo jeito, você tem muita coisa boa para dar...
04/04/2011 00:18:58
Po uma e ruim,dois e pessimo,tres ai ja abusou rssss,vç tambem virou mo safada,ate nos contos,esta tudo picado,agora k estava ficando bom,parou de novo,espero k o proximo seja bom.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos surpenatural incestogranny de 69 chuoando cokc grandeenfiar mangueirá liguada no cu da guarotavideos gay pissing dominação humilhaçãorevista private relatosme fode seu desgraçadoPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camamae e filha adoram q irmao gose dentro seus cuPeludao gostoso conto gaycontos eroticos os gang bang entre irmasloirinha tentou correr do negao pra ele num te comer mais num deufilme de zoofilia sofia nozo eterradoconto erotico boa noite cinderelaXXVIDIO.COMEU.ASUACUNHADAjoponezinha dormindo e entra um cara e comi elaContos eroticos negao fudendo gostoso com a viuvana cama o lençol manchado revela o fato consumado fizemos um amor gostoso transando sexo faladoliteralmente engatada com dogXxvidii ela vai toma ni cuContos eroticos dona de casa, coroa, casada evangélica pega novinho cacetudomulheres que nao aguentaram dar o rabo pra homens bem dotadosgozei na pica do cunhado do meu marido contosrelato quenquinha velha xvidios vidios homem goza no cu da puta e ela comtinua chupando ate ele goza dinobodou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaoconfissoes incesto enteadotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabonegao infiando na guela da safadacontos eroticos. bi femininoestrupicio .pornoporno gay com vendedor de porte e portana hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeistrapon sangue e bostabem novinhas e rolaças xxvideoscontos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viusó mulher pelada a chegada com a b******* bem grandona daquelas BH b******* grande pinguelo grande cheio de galaporno contos pelo zpContos de marido fazendo esposa cadela confessar traiçãoincesto ganhando chupada de aniversarioporno casada adorando ao senti um estranho te alizando e esfre o pau nela no onibos na frente de seu maridonegao pasado opau na bumda da kasadapai mamou minha rola sexocontocontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o greloesposa casadas bunda ggg pertinho gostosoconto porno minha mulher foi ao cabeleireiro depilar a buceta e o cucontos de sexo depilando a sograquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contoscuzinho+delicioso contosadoro andar na rua c a cicinha enfiada rebolando contoSo fotos de picas de 20 centímetros enfiado na bucetaconto gay cacetao tioWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picacontos meu tio pauzaohistória e fotos sogra bêbada queria presente de aniversário dar o c* a vida amigos do genroXsvideos bem dotado masturbando no carrocontos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentoscontos filha rabuda ninfomaniaca vídeo pornô intrigada e padrastomulher transando com convidado do marido por baixo da mesasogra en siste para o geiro comele em vidio pronoconto erótico o meu cunhado me tornou sua putafilme meu irmao me deseja fudergay jogando video game pelado sozinhoadoro ser enrabada conto eroticocontos eroticos sentei no colo do pirralhoesposa bunda ggg conto com negaonovinhos na academia recebendo massagem fudendo chupando levando gozada na boca e no cu pra porra ficar escorrendocontos eroticos feminizaçao do garotinho maeMeu vampiro romance gay capitulo 21squirt alucinador pornele a enrabala e ela a cagar.se pornover e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitovideos porno e sensuais de mãe de Santos que dizem que as pomba giras gostosas mais gostosasdescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosfotos de mulher com pinto e buceta crudandoscunhada e cunhado beberan e acabaran fasexo sexoFui encoxada e iniciada por um roludoencoxadamulhercrenteloira e judiada levando com forca na boca e na bussetaporno loira quadriu grade americana pornoas navia perdebi cabacoContos eroticos de mulheres com grelo grandes gratiscontos eroticos textosmeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.Contos eróticos tarados na madrugadatirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoele a enrabala e ela a cagar.se pornocontos eróticos de mulheres que foram f***** por bem dotados na grossura de caramba sua b***** arrombadaEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shorticontos gay viadinho aproveitando do molequecontos eróticos meu maridoviado corno na zoofiliaex cunhado cacetudocontos/comi a mae e tirei o cabaco da filha