Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

minha irmã me abusou...eu gostei

Um conto erótico de Irmãozinho
Categoria: Heterossexual
Data: 12/05/2011 16:32:20
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Este conto é totalmente verídico,não vou colocar nomes porque serão falsos,vale pelo erotismo,que me marcou por toda minha vida,sei que para alguns não significará nada,mas para mim é tudo...penso nisso a cada dia....também sei que na época era natural este relacionamento,e também acredito que muitos homens e mulheres vão se identificar com este conto...mas vamos lá...

Na minha família somos em 5 irmãos e 1 irmã,sendo que eu sou o caçula,atualmente estou com 45 anos e sou casado,minha irmã com 49,meus pais sempre quiseram ter uma filha e foram tentando,até que após 5 tentativas nasceu ela,eu nasci após 4 anos...

Naquela época meu pai era muito rígido em relação a minha irmã,filha única,ele tinha medo que algum rapagão tirasse o selinho de sua amada filha,muitos foram os pretendentes que vieram em nossa casa pedir para namorar com ela,mas meu pai sempre não deixava...

Meu pai trabalhava 12h por dia,as vezes até mais,e minha mãe fazia almoço,janta e lavava as nossas roupas.

Eu e minha irmã estudava de manhã e a tarde ajudava em casa,nem em revista tinha visto uma mulher pelada,meus irmãos eram todos mais velhos,mas não existia revista de mulher pelada,só uns gibizinhos com desenhos de sacanagem em preto e branco chamado de catecismos...hehehe,por isso era muito ingênuo,e,se não me falha a memória nem punheta eu batia ainda...Eu com 13 anos e ela com 17...ela com o tesão a flor da pele...e eu nem sabia...tínhamos umas brincadeiras...de criança mesmo,onde eu entrava embaixo da cama e ela ia varrer a casa de vestidinho e vinha para meu lado e agachava para que eu conseguisse ver sua calcinha enquanto passava a vassoura no assoalho...poderia agarrar ela nesta hora,mas me faltava coragem...

Na época o chacrinha ainda era vivo e ele tinha uma brincadeira com as chacretes(não era nada bobo),em que ele vinha para perto delas e simulava que iria agarrá-las dando uns passinhos com os pés juntos para perto delas,elas ficavam paradinhas,e as vezes ele encostava....eu “brincava” disso com minha irmã e ela ao invés de ficar parada, correspondia dando os passinhos para meu lado também,o que ocasionava um encontrão,onde eu podia agarrá-la e colar meu pinto em sua buceta...não sabia se ela brincava ou estava no clima....eu era um pouquinho maior que ela,e também brincávamos dela subir com os pés nos meus e eu ia arrastando os pés pela casa,agarrado em sua cinturinha,sentindo todo o seu corpo colado ao meu...isso me dava um tesão danado e tinha certeza que ela sentia a dureza do meu pau...

Estas brincadeirinhas eram feitas rapidamente...com minha mãe em casa,geralmente cozinhando,enquanto minha irmã limpava a casa....

A coisa foi ficando mais séria quando ela fez 18 anos,acho que aflorou sua feminilidade...enquanto estava deitado no sofá,ela passava varrendo a casa e simulava um escorregão,onde ela vinha com tudo com a mão no meu pau...

Ela dizia que havia escorregado,mas não tirava a mão do meu pau,com isso ele ficava duro,e quando ela se virava para sair,eu puxava sua roupa e ela “caía” sentada em meu pau,me olhando com cara de safada,esfregando a bunda em meu pau duríssimo,eu puxava sua saia e o contato ficava shorts com calcinha,isso me dava um tesão enorme,pois já não era tão bobo...rapidamente ela saia com medo da nossa mãe ver...

Todos os dias deitava no sofá para ver se ela fingia cair,mas era sempre a vontade dela que prevalecia,quando ela não queria não adiantava forçar,tentava brincar com ela e sempre ouvia uma bronca que me deixava puto...

E as vezes até ficava conformado com a idéia destas brincadeirinhas não acontecerem mais...

Até um dia que ela estava com a macaca...doidona mesmo...nosso banheiro era fora de casa,e eu estava tomando banho,ela veio até a porta e bateu chamando meu nome baixinho,achei estranho,abri um pouquinho a porta só para meu rosto aparecer,aí ela me disse para mostrar meu pau,ela nunca tinha visto,só pegado por cima do shorts,me senti usado,e disse que não,que era para sair dalí senão eu gritava para mãe que estava na cozinha ao lado...ela saiu puta da vida...e eu me senti vitorioso,mas com o pau crescendo com a idéia de poder dar umas roçadas nela...

Acabei de tomar meu banho e encontrei-a no quarto,sentada na penteadeira,com raiva...fui até a cozinha e vi minha mãe lavando roupa no tanque fora de casa também...fui determinado ao quarto e enlacei meus braços em seu ombro,encostando minha pica em seu braço esquerdo,acabando de endurecer...Ela fez que não queria,tentou se esquivar,mas segurei com força e pedi para ela segurar minha rola...

Como disse mais acima ela estava doidona...face vermelha...toda quente...Não resistiu o contato e pegou com gosto,alisou,esfregou e tentou tirar pra fora...peguei na mão dela e disse que só iria ver se ela me mostrasse seus seios...Na hora ela disse que não,mas foi só insistir uma vez e ela saiu apressada para ver onde nossa mãe estava,voltou apressada dizendo que ela ainda lavava roupa e foi subindo a camiseta e desabotoando o sutien...ao tirar tudo fiquei doido,nunca tinha visto aquilo,aquela pele branca com os mamilos durinhos e rosados...Fui com tudo com a mão para tocá-los,mas ela não deixou,fazendo o mesmo que eu havia feito com ela,dizendo que era minha vez de mostrar alguma coisa...rapidamente abaixei o shorts e cueca junto...ela veio com tudo para pegar e eu peguei e apalpei seus seios macios...Ela se deliciava com minha rola,batendo uma de leve,como quem está descobrindo um brinquedo novo,não tirava os olhos e eu também apertando de leve seus mamilos...o instinto falou mais alto e levei a boca neles...a posição não ajudava,eu e ela encurvados para ter melhor acesso às nossas carícias...Nesta hora tivemos um susto enorme...nossa mãe já chamava ela dentro da cozinha se dirigindo para o quarto...só deu tempo para eu subir o shorts com a cueca e ela jogar o soutien por baixo da cama e vestir a camiseta...assim que ela entrou no quarto viu nós dois vermelhos e suados...perguntou que estávamos fazendo...dissemos que estávamos brincando de pega-pega,foi o que pintou na hora,ela meio desconfiada chamou minha irmã para ajudar a estender a roupa e fazer a janta...e eu fiquei a ver navios por vários dias...

Com medo de algum flagra,abaixamos nosso fogo e não acontecia mais nada,até que minha tia que morava próximo,cunhada da minha mãe,caiu e quebrou a perna,minha mãe sempre ia ajudá-la nas tarefas da casa e deixava minha irmã para fazer as da nossa casa,e foi nesse dia que minha irmã estava lavando louça encostada na pia,com aquele vestidinho e camiseta,que eu cheguei por trás sem ela perceber e dei uma encoxada nela...Com as mãos cheias de sabão tentou escapar,segurei com força e a cada mexida meu pau subia mais,aproveitei que ela não podia tirar as mãos da pia e subi seu vestido e abaixei com uma só mão meu shorts e cueca,meu pau ficou em contato direto com sua bunda,tendo só a calcinha impedindo...Ela se mexendo de um lado para outro “tentando escapar”e eu aproveitando e roçando gostoso...até que ficou quietinha,e eu aproveitando,enxaguou as mãos e virou para pegar em meu pau e puxar até sua cama...Na cama,ela se deitou de barriga para cima e eu com o pau duraço fui para cima dela,levantei sua saia e quando ia tirar a calcinha ela não deixou,com medo de perder a virgindade ou engravidar,e eu tive que me contentar com o contato do meu pau em sua calcinha...aquele esfrega esfrega estava muito gostoso e gozei todo em sua calcinha...ela ficou nervosa e correu para tirar e depois lavar,mas assim que ela tirou eu fui e novamente peguei-a por trás,agora sem calcinha para atrapalhar,na mesma hora meu pau começou a subir de novo,e pude esfregar meu pau em seu rabo sem nenhum impedimento...ela gostou,mas fingiu dizendo para parar que a mãe poderia voltar,e foi para janela da sala ficar olhando para ver se ela chegava,nesta hora ela encurvou um pouco o corpo e aí eu grudei com vontade,ela olhando e eu me esfregando,estava gostoso, não sabia da existência de sexo anal,mas ela sabia,talvez algum relato de uma colega de escola que já havia dado o rabo...eu louco para colocar em sua buceta por trás e ela se esquivando...até que pediu para pegar a margarina na geladeira...fiquei sem entender,mas fui,ela pegou um pouco e falou para eu fazer o mesmo,fiz sem questionar,pensando que eu iria comer sua buceta,mas ela começou a passar em sua bunda,abria as pernas,agachava um pouco e passava,eu fiquei olhando curioso e ela pediu para passar em minha rola,assim que a margarina teve contato com a cabeça do meu pau ela derreteu completamente,pois estava com muito fogo...Ela novamente se abaixou e ficou olhando a janela novamente,era bobinho,mas não tanto...comecei a me esfregar novamente,estava muito bom,agora deslizava fácil...mas assim que tentei penetrar sua buceta ela colocou a mão para trás e direcionou a cabeça da minha rola em seu cuzinho...quando vi aquilo fiquei a mil...pois eu queria enfiar em um buraco,não importava qual...segurei em sua cinturinha e fui empurrando...ela deu um tranco para frente e disse para ficar parado que ela iria se mexer...fiz o que ela disse,e aí quase tive um treco...ela começou a se agachar mais e levar sua bunda para trás,senti a pressão do seu anel e agüentei firme,sem se mexer um milímetro...a cabeça do meu pau foi entrando e vi seu cuzinho laceando,até hoje nunca vi algo mais bonito,aquele cuzinho foi enlaçando a cabeça e entrou no seu cú,nessa hora ela deu um grito,e minha vontade foi empurrar tudo pra dentro,mas me contive e deixei ela comandar os movimentos,ela,após seu cuzinho acostumar com o invasor,começou a ir para frente e para trás devagar,e eu fui também fazendo os movimentos em sentido inverso...com isso minha rola já estava até a metade dentro dela,teria gozado se eu não tivesse gozado minutos atrás...nesta hora ela vai para frente e retira minha rola de seu cú...fiquei puto e disse que não tinha gozado ainda,ela diz que estava doendo muito,que iria tentar mais tarde...Disse que não,pois a mãe poderia voltar a qualquer momento e aí não teria mais...Aí ela disse:

-Tá bom,vamos tentar de novo,mas se doer não quero mais...

Peguei mais margarina e lambuzei todo meu pau...ela também pegou mais e enfiou um dedo introduzindo margarina dentro do seu cú...aí tive uma idéia,com ela de costas,peguei uma cadeira e encostei em suas pernas sentei nela com as pernas abertas e a rola para cima,ao ver aquela rola toda lambuzada minha irmã pegou em meu pau,direcionou para seu cuzinho e foi sentando...nem acreditava que minha irmã estava me comendo com seu rabo gostoso...ela foi descendo devagar e minha pica ia penetrando em seu cú aquilo estava uma delícia,sentia minha rola entrar deslizando gostoso para dentro dela,quando quase tudo estava dentro ela começou a subir,pensei que ela iria sair novamente e agarrei pela cintura e puxei de encontro a minha rola,ela não teve força para segurar e entrou tudo em seu cú...ela deu um tapa em minha perna e disse que queria ir devagar...mas era tarde,já estava com toda pica em seu cú,ela começou a rebolar devagar e não conseguí segurar,comecei a gozar e abracei ela e apertei seus seios,ela como uma louca começou a subir e descer com rapidez e gozou pelo cú,sem tocar em sua buceta...ela gemia,se contorcia,e eu estava satisfeito...minha primeira mulher...minha irmã...a delicia da minha vida...afastei seu cabelo para beijar sua nuca...ela virou seu rosto e beijou minha boca...vcs podem não acreditar,mas meu pau que estava meia bomba começou a endurecer novamente em seu cuzinho,e mais uma vez entre beijos e sobe e desce gozamos novamente...ela se levantou e foi tomar um banho,me deixando com o pau todo melado de esperma,margarina e fezes...É meus amigos(as)...foi a última vez que transei com ela,pois logo após o acontecido meus pais fizeram 25 anos de casados e foi lá que ela encontrou o idiota do meu cunhado,apresentada pelo meu irmão mais velho,e está casada até hoje,sem nunca mais tocar neste assunto...cada vez que a vejo a lembrança vem a cabeça,sei que dela também,mas nunca mais falamos sobre isso...

Se alguma mulher viveu esta experiência entre em contato comigo,gostaria de saber o que passa na cabeça de minha irmã através de vcs.

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/01/2017 12:07:17
O melhor... Com uma irmã assim, até quem não curte a idéia, não perdoaria
20/06/2014 18:30:52
Noossaa.. ki delicia.. eu tbm ja tranzei com minha irmã.. td começou a 3 anos atraz, na epoca ela tinha de 11 pros 12 anos e eu tinha 14 pros 15. dormiamos no msmo quarto, ficavamos vendo videos de sexo e historias de incesto em sites porno quando foi uma noite eu percebir q ela tava mto ecitada, axo q ja tava começando a brincar com sua xãninha no banheiro, pois passava hrs durante o banho.. sim, day ela sentou no meu colo e começou esfregar a bundinha no meu pau, eu amassava os peitinhos dela, bem pequenhinhos naquele tempo, ela ficou lokinha remexendo e procurando a melhor posição pra q sua bucetinha ficasse encaixada no meu cacete.. quando vir q ela tava toda safadinha e disposta ao q eu quizesse, eu pedir pra q ela levantasse um pouco e botei meu penis pra fora, ela voltou a sentar em cima mais dessa vez levantou o camisão q vestia e arredou a calcinha pro lado, fazendo eu sentir a xota dela quentinha encaixada no meu pau.. e ficava deslizando a raxinha por todo meu cacete.. meu pau ja era bem grande nesse tempo, lembro q disse no ouvido dela q eu tava doido pra meter minha pica na bucetinha dela.. nessa hr ela deu um gemidinho e se arrepiou todinha.. ficou descontrolada.. ela era novinha mais já sentia desejos por sexo.. empurrava a bucetinha contra a cabeça do meu penis, eu puxava ela pela centura mais nao entrava.. sua xota era mto pequena, depois de alguns deliciosos minutos tentando, veio um peso na consciencia o q acabou me desmotivando.. mas o q nada empediu de minha maninha fixar na cabeça a ideia de ter meu pau todo dentro de sua xãninha virgem.. pelo jeito q ela me olhava e pelos sms q ela me enviava no dia seguinte, eu ja via q tinha q me preparar prq a noite o bixo ia pegar.. kkk dai na quando xegou a noite eu ja fui no banheiro e peguei um pouco de oleo para o corpo pra lubrificar a cabeça do meu penis.. depois q todos se aacomodaram em casa, eu tranquei a porta na xave, e esperei minha mana tomar iniciativa.. passando uns 10 minutos ela vem e deita na minha cama, toda xeirozinha e somente vestida com uma calcinha de renda.. ficamos abraçados de conxinhas nos esfregando, eu apertando os bicos dos peitinhoss dela, passava saliva em meus dedos e acariciava os seios dela e descia ate a xãna onde fiquei fazendo ela gemer baixinho com uma deliciosa siririca por meus dedos.. axo q ela nunca tinha sentido tanto prazer como da noite anterior e tbm naquele momento.. ela levou a mão no meu cacete q começou a amassar por cima do shorte.. eu baixei o shorte e ela agarrou na cabeçona de meu penis, o q causou um xóque de tesão em seu corpinho, tremia como vara verde.. kkk perguntei se ela tava disposta a continuar com aquela loukura prazerosa, ela com a vos tremula só disse 'humrhum'.. dai lambusei a minha pica toda com o oleo q tava na comoda ao lado da cama, melei a bucetinha dela tbm q ja estava pegando fofo de tão quentinha.. dai ela ja foi pedindo pra eu meter q ela queria sentir meu pau dentro da bucetinha dela.. deu trabalho mais ela abriu bem as pernas e me puxava pra cima dela forçando sua bucetinha contra a cabeçona do meu cacete, foi uma dlç.. de tanto nois forçar eu sentir aquela xãninha quentinha engolindo a cabeça do meu pau aos poucos, ela gemia e se contorcia de dor, mais pedia pra eu nao parar q ela ia aguentar. me pediu um bjo tbm mais preferir mamar em seus peitinhos.. meeo foi uma delicia quando vir a minha pica entrando cada vez mais dentro de minha maninha.. meu pau latejava de prazer.. depois disso passamos a tranzar todas as noites.. hj em dia ela tem 15 anos, já possue um corpo de mulher q eu a fiz virar :3 !! eu adoro conversar falar sobre incésto, sexo no geral.. se tiver alguma mina aqui q ja viveu essa experiencias ou curti sentir prazer pela net é só me adc no face pra conversarmos: na bucetinha :3
28/01/2013 09:47:45
adoro esfregar
27/01/2013 13:20:15
Adoro esse tipo de conto,você é muito bom em escrever contos,adorei os detalhes.
30/11/2011 17:32:19
cara muito bom seu conto,que delicia de relato.parabéns,uma pena não transou mais com ela
13/05/2011 05:17:31
É isso aí, garotão... Comeu o rabinho dela de forma muito prazerosa. Mas acho que, mesmo passado alguns anos, se você tentar novamente, ela volta e dá o rabinho de novo. Tenta, tenta! E, se conseguir, conta prá gente, com detalhes, tá?
13/05/2011 00:32:58
Muito bommmmmm...
12/05/2011 20:45:55
12/05/2011 16:55:33




Online porn video at mobile phone


vilmer pornocontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadocontos de homem que puxa e mama os mamilos enrijecidossogro casa dos.contosO dia em que fodi a detenta carente e tesudacasos de zoofiliacontos eroticos colega negão estuprando o novinho gayvidio de ponodoido tarado rasgando o cuzinho da maeporno com mãe e filha bucetudas de guaianazesirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhavelho tarsdaoconto erotico comendo rabo da dona da verdureiraconto erotico tirei o cabaco da patricinha na marrabaixar jogos de Ferrari deixando o rapaz tirar o sutiã dela para mamar nos peitosxvideo guardondo o pau nacuecaQuerido lavei a conaperdeno as prega saino bosta caseiropraticante de zoofiliamelhoor jeito para chupar um cuzinho pornosogra porno Eça a dormirpassa manteiga no corpo e na busetacontos eróticos gay faculdadequero abri uma janela parA o porno baiano com bucetasxxvidio em quadrinho mulher de primo caderante muito safadacontos eroticos de damon salvatorecontos eroticos. bi femininocasa dos contos zoofilia com viralatasxxxvideos gozandone buseta da ninfetaesposa fica apavorada com pau de 30 centimetro do negaoarrombando o cu da luzia contosseja ativo dia 27 estarei vídeo pornô adoro que você vai vir te dariaesfregando no busao quando ela descuidou entrou na xanaBaixar Videos Porno Mulheres Bem Gostosas da Bunda Grande Querondo rola e Loca de Tesao BaixarContos eroticos tia tirou afinidade do sobrinho contos eros chule do pintorsexporno so com as mulher corpudona e apertadinha bota choracomo descabaça minha sobrinharebola. simone. pra. mim. gosa. jatou. de. pau. durofilme porno onde um perfume despertava desejocontos erticos luferconto erotico descobri que o marido de minha irma e honosexual acabei comendo ele e minha gostosa irmahistória e foto de tia gostosa que gosta de fazer macarrão com sobrinho novinho e g****** na mão delaxvidios outros purai favoritosanita mulher do corno do maranhaobotei gozei tirei gozei soquei gozeibucetascontocontos buc branca cacete 40cm foto corno sadomasoquismo p*** relinchando analconto incesto sempre que vejp minha irmã fico de pau duro e ela cheia de tezaopai mamou minha rola sexocontoesposas q 25cm de picasex. video amarcaiawww.xvideos emprevisto pra foderadoro andar na rua c a cicinha enfiada rebolando contovideosxxx minha esposa comportada servindo es amigostrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponobigodinho do ritler videos pornocontos eroticos estuprada pelo meu cunhadocontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadorickcafajeste30.blograbuda na garupa da moto o vesdidinho sobi e mostra a caucinhaporno puta com o cu calejado dano pra varioscontos eroticos praia nudismo irma maelindo homemcoxa grossa dando pornocomtos exitantescontos fiquei com tesao flagano meu filho dano o cucontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundapornocontoincestoscontos eróticos mamãe deu o cu eu viContos casal achou um comedor topa tudob****** assaltou a casa e meteu a mão na boca da Neide da novinha e fez a transar com ele a força vídeo pornô