Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A professorinha safada!

Categoria: Heterossexual
Data: 17/05/2011 14:39:53
Nota 8.67
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Morena e gostosa, Marisa sempre que passava deixava os alunos mais afoitos de pescoço virado, com seus quase 40 anos estava no auge da gostosura, morena das coxas grossas e uma bunda bem gostosa, grande e redonda, e uma cara de safada uma boquinha de quem gosta de chupar uma pica...

Cursamos a mesma faculdade, cursos diferente, e por coincidência ou fruto do destino acabei vindo trabalhar no mesmo colégio em que essa putinha gostosa da aula. Já na facul eu a comia com os olhos e não foram poucas as punhetas que bati em sua homenagem, me imaginava com a boca colada naquele pacotão de buceta que ela tem, quando ia pra facul com suas calças coladas via bem o volume e batia com gosto. Imaginava aquela bunda grande com suas calcinhas pequenas, dava pra ver o desenho do fio dental sumindo no meio de seu rabo gostoso.

Apesar de estudar no mesmo local, nunca nos falamos, ela nem sabia que eu existia, mais eu a desejava demais. Esbarrava nela nos corredores e me desculpava, no onibus por algumas vzs eu passava por traz dela e sentia aquela bunda macia empinada e meu pau subia na hora, em casa mais punheta pra ela.

Enfim nos formamos, e cada um seguiu seu rumo, três anos depois sai de um emprego e mandei alguns currículos, após varios telefonemas escolhi por este colégio, pra minha adoravel surpresa, quando da apresentação aos professores lá estava ela, linda, cara de safada como sempre, meu pau deu sinal que também a reconheceu.

Olá, eu sou marcelo, sou o novo secretario, vou ajudar na administração aqui no colégio, todos disseram seus nomes mais eu só ouvi o dela, oi marcelo, sou marisa, bem vindo a turma. Porra que tesão ela falando meu nome, no colégio as turmas eram de adolescentes, ensino médio. mais havia alguns marmanjos atrasados. Marisa dava aula de historia, e comecei a perceber que ela se engraçava por um aluno do terceiro ano, um desses atrasados que mencionei, o cara devia ter uns 23 ou 25 anos, alto e forte, negro metido a bailarino, andava dançando no meio do colégio, devia comer todas as menininhas dali pois elas eram loucas por ele.

Comecei a ver que ela dava maior atenção a ele que aos outros, em reuniões falava sempre bem do rapaz, então prestei mais atenção e vi que vez por outra ela aceitava sua carona, quando o marido dela não ia busca-la. Ele oferecia a carona e ela dizia. Acho que vou aceitar hoje estou sem carona mesmo, e estou com pressa, sempre a mesma frase. entravam no carro sempre rindo, e saiam, Certa vez estava indo ao banheiro masculino dos alunos pois o da secretaria estava ocupado, era meio de aula e não havia alunos nos corredores, estava entrando quando houvi algo. Parei e fiquei escutando, eram vozes, uma feminina e outra de homem. Vai logo dizia a feminina, não temos todo tempo. entrei mais um pouco bem devagar e me deparei com a cena, marisa agachada, e Fernando o rapaz com a pica de fora, dura esfregando a cabeça da rola no rosto de marisa que se lambia toda, logo ela abocanhou o cacete e começou a chupar, chupava tão gostoso que parecia que era em mim, meu pau doia de tesão.

Marisa subia e descia com a lingua no cacete do rapaz, ele de olhos fechados segurava sua cabeça enfiando e tirando o caralho da boca dela, ela chupava suas bolas com maestria, não aguentei e tirei meu pau pra fora e me masturbava olhando a cena, queria muito estar ali e participar, ganhar aquela boca no meu pau. Gozei logo tamanho era o meu tesão, e em seguida ele gozou em sua boca, marisa batia rapido e a porra espirrou longe, mais ela bebeu o que ficou, limpou o pau todinho e se lambeu, Pronto, guarda, e vamos pode chegar alguém, e não me peça mais isso aqui no colégio! O rapaz a virou de costas, levantou seu vestido e pude ver a calcinha socada no rabo, ele deu um tapinha em sua bunda e disse. Vai me chupar sempre minha fessorinha safada. sai correndo para não ser visto, e voltei ao trabalho.

Não conseguia me concentrar, estava tesudo meu pau duro demais, só pensava nela, na putinha na professora marisa, teria que meter naquela putinha, porra que safada, e eu pensando que ela por ser casada era quietinha, que nada uma devassa, gostava de chupar rola, ahhh vai ter que chupar a minha! Pensei numa maneira de pegar aquela safada da bunda grande!

Numa bela sexta feira, teria excursão com metade da escola para um parque distante da cidade, sairiam pela manhã e só retornariam ao final da tarde! Ficariam alguns professores eu na secretaria já que a direção iria junto e o pessoal da limpeza.

Após o almoço, fiquei esperando pela oportunidade, e ela chegou. Após o almoço estava na secretaria quando vejo o Fernando passar apressado, pensei comigo ai tem coisa, fui atraz me escondendo, e logo ele entrou em uma sala, mais era uma das salas que não havia ninguém estavam todos no passeio! Como a porta foi fechada, dei a volta e fiquei abaixo da janela, dava para ouvir o dialogo, mais não podia me levantar para não ser visto.

- Falei que aqui no colegio é perigoso, não podemos. Dizia uma voz conhecida, era a da professora Marisa. Não posso me conter fessora, olha só como esta meu pau, vc me provoca sua puta, anda rebolando esse bundão pelos corredores e eu não aguento, quero te foder agora! - Vc esta louco, não mesmo, nada disso, e eu não provoco ninguém! De repente um silencio e decidi me levantar para ver, logo ouvi ela gemendo, quando consegui enxergar vi marisa de pé com uma das pernas sobre uma cadeira, com as mãos ela segurava o vestido, o rapaz estava de cocoras debaixo de suas coxas, puxava a calcinha de lado a lambia sua buceta feito um cãozinho faminto, ela lambia os labios e fechava os olhos.

Logo ele se levanta e mete não sei se dois ou tres dedos na buceta de marisa que da um gritinho, ele faz movimentos de entra e sai na xota da safada, que geme feito uma loba no cio. - Aiiiii Fernando, não faz assim, para eu não aguento, aiii minha xaninha, seu tarado, quer me comer é? Não vai não, aiiiiii que tesão seu puto. Fernando não para de foder a xoxota com os dedos, e agora a baija a boca ela parece que vai desmaiar, esta gozando, que safada, gozando na mão de um moleque, que putinha. Eus já estava melado, queria gozar mais não ia ser na punheta não! Ia ser naquela bucetuda gostosa!

A professora marisa gozou feito louca tremeu, e gemeu gostoso, fernando lambeu os dedos e deu para ela lamber também, tirou o pau pra fora e punhetou, punhetou com força, gritou baixo que ia gozar, ela juntou as mãos e recebeu a porra quente, todinha, no canto da sala ele pegou algumas toalhas de papel e entregou a ela para limpar-se. A safada arrumou a calcinha e o vestido, balançou os cabelos e sairam um por vez, voltei para a secretaria e fiquei esperando ela passar, - Professora Marisa, posso lhe falar um instante? - Claro Sr. Marcelo, o que foi? - Preciso de um favor seu, pode me mostrar um dos armarios que ficam nas salas de aula, preciso pegar as medidas para pedir que façam alguns novos! - Mais Sr. Marcelo tem varias salas vazias devido ao passeio, pode ir a qualquer uma e tirar as medidas! - Sim mais não quero ficar nas salas sozinho, sabe sou novo e tenho esse receio, será que me entende? Ok, vamos lá, mais não vai demorar não né? - Não será rapido!

Fomos então em direção das salas no final do corredor, onde a pouco ela foi chupada pelo safado daquele aluno, indiquei a propria sala, dizendo. Pode ser essa Professora, ela abriu a porta e entrou, eu de olho naquela bunda grande rebolando a minha frente, dava pra ver o contorno da calcinha sumindo no rego daquele bundão gostoso. Me dirigi então com a fita métrica até um dos armarios com a desculpa de medi-lo, ela me acompanhava, medi a largura, a extensão e ia medir a altura quando com minha altura não era suficiente, teria que subir em algo, uma cadeira. - Professora pode segurar uma das cadeira por favor, vou subir para medir a altura, a Sra, segura a fita rente ao chão, por favor? Claro pode deixar. mais como teria que segurar a cadeira e a fita se atrapalhou um pouco, então eu disse. - Professora Marisa, se não se importar eu seguro e a senhora sobe e coloca a ponta da fita no limite do armario, eu seguro pode deixar!

Ela subiu na cadeira e tentou alcançar o final do armário mais não conseguiu, faltava braço, - poxa, não deu, espere professora já dou um jeito. - Sr marcelo, isso esta demorando, tenho que voltar aos meu afazeres! - Já iremos terminar, é só eu trocar a cadeira por essa mesa aqui e... Pronto, pode subir eu lhe ajudo, agora vai der certo. Marisa subiu na mesa e pude ver o quanto boa ela era, suas coxas ali, proximo a mim, lindas pernas, nas pontas dos péz, empinou a bundinha, não aguentei e olhei por baixo, a calcinha fio dental com desenhos de onça, enfiada no meio daquela bunda linda, fui a loucura, não me segurei e agarrei em suas coxas, subindo com as duas mãos uma em cada perna, até chegar na bunda, ela deu um salto e disse. - Sr. marcelo o que significa isso, tome seu lugar, por favor, me solte, me respeite, sou casada e exijo respeito!

Nem dei atenção, pelo contrario, enfiei a cara no meio daquela bunda, o cheiro de buceta melada entrou em minhas narinas me deixando mais louco ainda, com meu naris enfiado proximo ao seu cuzinho, cheiroso, passeia a lamber sua buceta molhadinha enquanto a segurava pelas coxas, a professora passou a me bater com as mãos mais eu não parava, até que soltei a mão direita e levei a sua xota, já cheguei com o dedo firme e ele entrou buceta adentro tamanha era a lubrificação daquela femea, - foi assim que o fabio z fez gozar foi? Vc gosta de ser fodida assim sua puta? - Do que esta falando, pare com isso, vou me queixar a direção do colégio!

Pode espernear, vou foder essa buceta melada, e vc é quem vai me dar, ou todos vão saber a safada que vc é, vi por duas vzs vc e o mulato, na putaria, vi vc com a pica reta dele na boca e a pouco a vi gozar na boca dele! Vai querer que seu marido fique sabendo a putinha que ele se casou? Ou vai me dar essa xoxota e gozar gostoso junto comigo. Ela se acalmou e disse que estava envergonhada, que só fazia aquilo pq o aluno chantageava, que ele a havia pego dando a buceta para um dos professores e ameaçou contar a todos! - Vc então é mais um que vai se aproveitar de mim? Terei que ficar a merce de suas vontades? Até quando? Dizendo isso se sentou e levou as mãos ao rosto como se chorasse, tirei meu pau pra fora, muito duro e melado, e esfreguei em seu rosto, ela levantou o olhar e com um sorriso sacana lambeu os labios, - Eu gosto, eu adoro essa situação, gosto de provocar e de ser desejada, gosto de ver o volume se formando dentro de suas calças, vc quer minha buceta, quer? quer foder comigo seu puto, então va ter que pedir, pede, pede pra eu dar e se vc me convenser vai ter meu bucetão e se foder gostoso come de quebra meu cuzinho que só meu maridinho come.

Ela estava me deixando louco com aquelas palavras, comecei a pedir, - Me dá a buceta dá sua puta, quero sim quero te foder, te comer com gosto. - Não assim não vai comer, pede direito filho da puta! Agora eu estava pra gozar sem meter naquela putinha, do jeito que ela falava, no momento era dona da situação, me ajoelhei e implorei. - por favor Marisa me da esse bucetão, não aguento mais!!!

Me deu um tapa na cara, - Me chame de professora seu puto, sou sua professora e vou te ensinar como é que se fode uma xoxota, arreganhou as pernas, - Vem safado chupa minha xaninha, me deixa tesuda pra eu te ensinar como meter! Cai de boca na xoxota da professorinha, muito molhada, lambia pra baixo e pra cima, chupava no grelo, mordia os labios da buceta e ela só gemendo, empurrava minha cabeça de encontro a sua vulva, me apertou a cabeça com as coxas e senti um liquido quente me encher a boca, engolia tudo ela gemeu alto- Aiiii caralho gozei na sua boca marcelo. Me puxou pelo cabelo e me beijou a boca, meteu a lingua boca adentro e me lambeu o ceu da boca, não estava aguentando tanta putaria, pegou meu cacete duro e apertou com uma das mãos, apertava a cabeça com o polegar e com a outra mão, melhor com as unhas apertava minhas bolas, me olhava com cara de safada, lambeu a cabecinha e abocanhou engoliu tudo, com a caceta toda dentro da boca senti sua lingua batendo em meu saco, caralho que putona safada.

Babou meu pau todinho, punhetou, beijou e com um tapa forte no bruto disse. - Vem, agora vai me comer, mais se não fizer direito pode parar. Pensei, essa safada vai ver o que é bom, de costas pra mim, coloquei a danada com uma perna sobre a cadeira, bati em sua bunda com força arrancando um gritinho, a calcinha já estava de lado, e dentro da buceta, mirei e encostei a cabeça na entrada da xota. - Ei caralho, cade a camisinha? Camisinha o cacete, vai assim quero sentir sua carne rasgando quando eu entrar em vc cadela! E meti a rola pra dentro ela se contraiu e eu a segurei e meti o resto até as bolas encostarem na xota. - Filho da puta, sou casada, não me come assim, sem camisinha, aiiii caralho gostoso, assim não, tira, tira, tira o pau de minha xaninha, tira, aiiiii porra soca vai seu puro me come com força, assim, bate essas bolas em mim, eu gosto.

Soquei com força enquanto meu pau entrava e saia, eu com a mão direita esfregava seu grelo, ela gemia e rebolava a bunda, estava me matando de tesão, tanto que esperei e estava fodendo aquela safada, sua bunda balançando que visão, ia gozar, mais não queria, queria foder mais, muito mais, tirei o pau e a virei, mandei chupar, demorou e bati em sua cara, ela sorriu. - Esta aprendendo rapido. Chupou a caceta me olhando, a baba escorria no canto da boca, que tesão de mulher!

Mandei ficar de quatro, se apoiou em uma mesa e empinou a bunda. caralho que bunda a calcinha toda molhada, puxei mais uma vez de lado e cuspi no meio de seu rabo, ela olhou pelo lado e já sabia que iria tomar no cu, empinou mais e com as duas mãos abriu a bunda, empurrei a pica, a cabeça demorou entrar, mais com cuidado passou e o resto ia devagar. - Aiiiii meu cuzinho marcelo, poe devagar, aiii que gostoso no cu, esse pau duro no meu rabo, come gostoso come, só meu maridinho comeu meu rabinho agora ele é seu também...

O cacete entrou todo, comecei devagar e aumentando as estocadas, logo as bolas estalavam no seu grelo, ela com a mão na xota se masturbava, tocava uma siririca, gemia e pedia pica, eu não ia aguentar muito, ela era muito safada, quando disse que ia gozar ela me pediu. - Goza safado, mais goza dentro de minha buceta, quero sua porra quente batendo no meu utero! Me enche de porra vai, vou pedir pro maridinho me chupar e beber sua porra! Não aguentei, isso já era demais, tirei o pau do cu e meti na buceta, entro facil, dava pra ver o buraco do cu se fechando, todo arrombado, que tesão porra, gozei feito um cavalo numa égua, ela ao sentir o jato de porra bater nas paredes da buceta se contraiu e gozou juntinho, me chingando. - aiiiiiiii seu puto, tarado, cavalo safado, comendo mulher casada, safado me fodeu o cu, estou gozando filho da puta, aiiiii como é bom!

Não conseguia ficar em pé, as pernas bambas, me arrumei encostado numa das paredes, mais ela, se ajeitou, só tirou a calcinha, arrumou os cabelos, antes de sair esfregou a calcinha na buceta limpou o que deu, passou no rabo e me deu. - É sua, pra vc bater punheta, eu só dou uma vez, vc foi com muita sede, agora é só apreciar e se acabar na punheta. - Mais e o fernando, eu a vi duas vzs com ele! - Foi o que eu disse só dou uma vez, se não vcs viciam, ele só me chupa e eu o faço gozar, gosto do pau daquele negro safado, quando eu não aguentar de desejo deixo ele me foder, assim fico taradinha e vou pra casa foder com meu maridinho, que pensa que sou uma santa, que de vz enquando vira uma putinha na cama. Hoje ele vai ganhar sua putinha, mais arrombada, e cheirando a porra, acho até que ele gosta!

Comentários

FT
04/01/2014 16:12:03
Quero comer o cuzinho e a boceta dessa professora Marisa na frente de seu marido e colegas de trabalho, enchê-la com minha porra e ter meu caralho limpo pela boquinha dela. Essa morena gostosa merece.
18/07/2013 15:52:25
quero comer seu cu sua morena gostosa
17/05/2011 20:03:24
muito bom meu camarada, se não fosse uns errinhos levaria 10 mas entendo o descontrole ao chegar nas partes mais fodas
17/05/2011 19:36:25
delicia, verdadeiro ou não foi muito gostoso?p! Adoreeeeeei!
17/05/2011 17:29:33
ahhh, segurança, não liga para esse tipo de comentário invejoso, não vale a pena! beijos.
17/05/2011 17:28:15
Amei, a tempos não lia algo tão gostoso, minha xotinha esta piscando de tesão, e como a professora espero por meu marido pra apagar meu fogo!
17/05/2011 17:17:03
Powww Bazuka, aqui é para postar CONTOS ERÓTICOS, VERÍDICOS, MEIO VERÍDICOS OU FANTASIOSOS, Se não foi do seu gosto cara, paciência. Eu leio muitos aqui e quando não são do meu gosto paro na metade e vou para outro, mais não posto para desfazer de ninguém. mais é um direito seu!
17/05/2011 16:25:15
Porra Bicho, tu é muito mentiroso. Fica contando seus sonhos fazendo os outros acreditarem. vai e chupa uma piroca e depois conta aqui como foi.
17/05/2011 16:10:31
delicia de conto nota dez maximus0357
17/05/2011 16:00:08
Como queria ser essa professora!!! Tô toda meladinha aqui...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Brincando com as primas novinhas, tirei o cabacinho delasComo devo uza vazelina navagina para lubrifica?ceta e bunda 205 só as gostosasvideo porno velho mamando e mordendo e puxando o peitomorena com os pentelhos enroladinhos trepando gostosoputaria brasileira padrastro pegado a força a intiada virgem numca namoroucontos eróticos de doutor advogado e clientesexo com mae vadia potuguesa fuder com filhoxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhover mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirodoce nanda parte cinco contos eroticoscontos eróticos de entregador de agua como dona de casafui enrabada/contosContos sogra safada e fogoza seduz e se apaixona por seu genro e trasa eleconto erotico de urso motoqueiro aregaçando o novinho saradinhopornodoido travesti do brasil dano leite fartoXsvideos primo se masturba no quarto na frente da primaenfiar mangueirá liguada no cu da guarotaNegao come rapaiz novo e gozou dentro porno abaixarfelipe e guilherme - amor em londres 4videos porno amador fiz minha prima dos labios carnudos mim mamarContos eróticos gay comi meu tiocontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranasou puta do meu tioContos trai meu marido com encanador roludocontos eroticos pegando minha tia gravidabucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudanao resiste as investidas do meu genro contoContos eroticos com sogra bucetuda que foi arrombada pelo genro piricudopadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadaMulher auto e gosano gostosocontos erotico meu bebe com fimosecontos contos meu marido me arrumou um novinhoconto gay apaixonado por um traficanteninfetinha de saia comprida provoca dog zoofiliaConto erotico meu cabaco arronvado pelo velho do pauzaoconto erotico pegador popular da escola heteroFui encoxada e iniciada por um roludocontoprimeirafodanovinha engole pau do paulaovideos de cunhada se esfregando no marido da irmasucos ontem pego comendo o cu a buceta bem gostosoconto papai nao rejeita sua filha tesudaxvideos as vigindades das mendigasvídeo pornô novinha chupando p***** grande peituda gostosa patriciane nome delayoutubebucetadTudo grandão youtubepornovizinho a aline contos eroticossexo anal hAaaaacoroas. de shortinho mostrando os. beicinhos. da chanacuzao areganhado p cavaloxvidio porno comendo a cunhada de fio dental rocho no banhocontos eroticos climax daputinha dando pros amigosContos novinha cuzinho depósitoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarprensada no colchão pornsubornei meu primo gay pra comer eleConto porno ui ui ui metetem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularbucetaque tenham o monte pubiano volumosoNovinho virgem+ descabaçado sem camisinha+sem lubrificação+contos gayspassou a mão na rola do padrastodormindonovinha gretano de tanto goza com u paia mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetaFelipe e Guilherme- Amor em Londrednovinha de sai deincha ver a bucetase voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexacontos eu meti meu picao nela sem pena incestocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaZoofilia franco e belinhaconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexoNovinha excitidaposo enchuga o meu priquitokid bengala buraco na paredeencanador pasado arola na mulher de vetidinho vermelhozdorovsreda.ru