Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Eu e Papai!

Autor: Roberto
Categoria: Heterossexual
Data: 18/05/2011 20:10:56
Última revisão: 24/05/2011 18:29:09
Nota 7.25

Alerto a todos que este conto não é plágio, o mesmo tem autorização de Anna para que eu o coloque juntamente com os meus relatos.

Eu e Papai...

Estava eu e papai, num belo passeio por Fortaleza, estava meio triste, pois havia reprovado em uma matéria na Faculdade, mas já havia combinado de ir me encontrar com ele, fui, mas sem muita vontade de ir, cheguei e ele me esperava no Aeroporto, me abraçou e me deu um beijinho na testa, quem olhou realmente pensou que era meu pai, mas senti sua mão apertando minha cintura com rigidez... Embora goste deste tipo de gesto... Não estava muito a fim de sexo...

Fomos em direção ao Hotel em que eu me hospedaria e certamente papai iria me visitar...

Chegamos, papi, jogou as malas no chão eu vim logo em seguida... Ele se virou me agarrou... Beijou-me, foi abrindo sua boca bem perto da minha foi enfiando sua língua e enrolando na minha... Isto se repetia entre apertões no meu peito e na minha bunda, não sei como não tinha botado o Juninho pra fora, porque desde que saímos do aeroporto e entramos no carro, além de dirigir ele só pensava em sexo, olhava minhas pernas e as despia com os olhos... fui com um vestidinho preto estampado pois sabia que papai iria me foder no primeiro lugar possível...

Enquanto estava com a mão no volante, a outra passeava pelas minhas pernas e pelos meus peitos, estava olhando pela janela com desinteresse, acho que isto irritou papai, ele conseguiu, com apenas uma mão levantou um pouco o meu vestido e enfiou sua mão por debaixo de minha bunda, é claro que facilitei dando uma levantadinha e colocou a mão por dentro da minha calcinha, seus dedos percorriam meu cu e minha xota, ás vezes ele se inclinava um pouco pra poder enfiar seu dedo na minha boceta e espalhar meu caldinho...

Até ai tudo bem, mas antes estava me fingindo de frígida... mas começou a ficar tão gostoso que comecei a me remexer... Me levantei, papai me olhou com um olhar sabendo exatamente o que eu ia fazer, tirei a calcinha que estava molhada, tão molhada quanto minha xaninha, que estava lisinha naquela data, tudo para papai poder entrar e sair, sem nenhum problema e eu ficar bem sensível... Tirei a calcinha, tirei as sandálias... levantei o vestido até em cima do umbigo, abri alguns botões, abaixei meu sutiã e botei meus peitos pra fora, comecei a me masturbar, abri o zíper da calça... Afastei a cueca... E tirei carinhosamente o Juninho, que saiu meio que no automático peguei e ele saltou, ficando igual há um mastro, enfiei a mão na minha boceta peguei meu caldo e passei no Juninho, comecei a punhetá-lo...

passei a mão na minha xota, botei na boca de papai e o beijei,lembrando que ele estava dirigindo, olhei pros olhos dele... Pedi que ele pegasse um caminho mais longo, pois queria brincar com ele ali... comecei a punhetálo com tanta força que ele logo gozou... Peguei seu sêmen comecei a esfregar na minha buceta, quando estava perto de gozar, bota o dedo na boca de papai ele chupava e começava a me masturbar de novo, agora com a saliva de papai... Até que gozei enfiando dois dedos inteiros na minha fendinha...

Estava exausta foi um gozo bem relaxante... Deitei em cima das pernas de papai... Atrapalhava um pouco a direção, mas ele não queria que eu saísse..., ficamos assim por um tempo, até que ele disse que já estava chegando, me dei uma arrumada, guardei os peitos, calcei minhas sandálias e ajeitei meu vestido... E fiz questão de guardar o Juninho, bem rápido pra ele não ir se animando... Chegamos... Ele parou no estacionamento... Saí do carro, peguei minha calcinha e joguei fora, isto seria a última coisa que precisaria com papai... Papai pegou minhas malas...

Entramos no quarto ele as jogou no chão... Nos beijamos... Estávamos cansados e suados por causa do carro e da putaria que fizemos no carro... Fui ligar pra minha namorada, que estava no Rio, pra avisar que tinha chegado bem (e muito bem)...

Desliguei o telefone... Papai já estava pelado... Fiquei olhando pra ele... Pedi que ele tirasse minha roupa... E assim o fez, soltou o cinto... Tirou meu vestido e meu sutiã... Beijou minha buceta e tirou minhas sandálias...

Me pegou no colo e me beijou, foi me beijando até chegarmos à banheira... ele me colocou lá dentro e depois entrou... Não queria tomar banho, queria era sentir o cacete de papai bem duro, dentro de min... Sentir suas veias entrando e saindo...

Queria finalmente conhecer o Juninho e tenho certeza, que ele também queria o mesmo...

Entrou na banheira ficando bem na minha frente, começamos a nos beijar e a nos chupar, eu chupava o seu pescoço e ele chupava meus seios e minha barriga, empurrei sua cabeça até minha boceta e sentiu o quanto eu estava molhada e excitada... Ele foi me chupando enfiando bem a sua língua dentro da minha xota... Disse quase chorando de tanto tesão que não queria gozar daquele jeito e sim com o seu pau dentro de min...

Estávamos desconfortáveis dentro da banheira, ele se levantou primeiro e me levantou pelos braços...

Foi me carregando até a cama ele sentou e eu sentei por cima, comecei batendo uma punhetinha só pra aquecer (embora não precisasse), passei minha mão bem dentro da minha boceta e deixei ela bem molhada passei um pouco do caldinho em seu pau e depois coloquei meus dedos em sua boca ele chupou meus dedos com muita vontade, enquanto ele fazia isto me ajeitei um pouco mais na cama, tirei minha mão de sua boca e botei em seu pau fui colocando a cabecinha devargazinho enquanto a outra mão segurava seu cabelo... Ele ficava me segurando pela minha cintura e me olhava com carinha de tesão...

Enquanto seu pau entrava, eu gemia mais alto e papai me apertava mais...

Já estava enfiando todo o seu pau na minha bocetinha enfiava ele todo e depois tirava repeti isto umas cinco vezes, ate que ele pegou nos meus dois braços e me prendeu e começou a me penetrar com muita vigor, não tirando ele como eu estava fazendo... Confesso que estava uma delícia e um pouco dolorido, mas isto não era problema... Ele ia enfiando cada vez mais rápido... Estava muito gostoso....

Até que gozei não. Não gozei, fui á êxtase... Estava completamente realizada na cama... Minha boceta derramava líquido e eu gritei alto por sinal, talvez pra mostrar aos vizinhos que estava sendo fodida... Depois do grito vieram os gemidos... E o cansaço do corpo exausto...

Enquanto estava deitada na cama suspirando e gemendo...

Papai ainda não estava satisfeito ate porque ele ainda não tinha gozado... Ele foi me colocando de costas (eu não conseguia me mexer direito) afastou minhas pernas e botou travesseiros em cima da minha barriga para que a minha bunda ficasse empina e claro ficasse mais fácil de me penetrar pelo cu...

Ele começou beijando meu pescoço depois minha nuca, minhas costas minha bunda e meu cuzinho ele chupou e foi enfiando sua língua estava muito gostoso... Colocou sua mão na minha xota a esfregou bastante deixando ate meio seca e passou meu caldinho no meu cu

Ele foi se masturbando depois passou a enfiar o dedo na minha bocetinha... E a colocar seu pau dentro de min desta vez na bunda... Começou a doer, e eu gritei bem alto acho que era isto o que ele queria, começou a enfiar mais forte...

Meus pedidos não adiantavam nada (ate por que não queria que ele parasse)

Ele usou mais força ainda... Tentei sair, mas não adiantou ele empurrou minha cabeça contra o colchão e segurou meus braços com as duas mãos... Seu pai agora saía e entrava... Estava doendo e não conseguia respirar direito...

Estava com dores ate mesmo nas costas por causa da posição que eu estava, parecia que estava sendo estuprada, abusada. No caso abusada pelo meu pai... Mas era isto que eu queria... Ser abusada sexualmente, humilhada, ficar com hematomas... De vez em quando levava umas tapas principalmente na bunda e na cabeça e a mão de papai era muito pesada...

Isto aconteceu muito rápido, mas parecia uma eternidade... Ate que ele gozou...

Gemeu e me soltou... Sentou e encostou suas costas na cabeceira... Eu tirei as almofadas e me sentei com um pouco de dificuldade, e me olhei no espelho que tinha na frente... me olhei e realmente estava em estado deplorável, meu cabelo bagunçado, meus seios estava vermelhos tinham algumas marcas roxas na minha bunda e nuca...

Meu corpo estava muito quente e um pouco ardido como se estivesse saído de uma briga...

Fui deitar em cima do peito de papai... Pedindo um pouco de carinho ele ficou esfregando meus cabelos... Adormeci...

Quando acordei já era de noite tinha uma brisa fria entrando no quarto... Só havia um lençol cobrindo meu corpo nu, enrolei meu corpo nele e fui procurá-lo... Estava arrumado e cheiroso falando ao telefone...

Me mandoueu tomar banho e me arrumar, pois iríamos sair... Fui tomar banho logo em seguida me arrumei...

O jantar foi normal tirando a parte em que ele ficava me masturbando debaixo da mesa, chegamos em casa, entrei arrastada, pois tinha tomado vinho demais...

Me joguei na cama e dormi...

Nem sei o que ele foi fazer... Quando acordei estava toda amassada e meu pai estava do meu lado usamos apenas uma cueca... Fiquei com vontade de transar, tentei acordá-lo, mas nada dava o sacudi várias vezes chamei ate pelo nome, mas a única coisa que fez foi virar na cama...

Resolvi tomar um banho, talvez resolver o problema sozinha resolvesse...

Fui pra banheira e fiquei brincando com a duchinhna... Ate que gozei, mas foi algo leve, sutil demais pra min...

Coloquei um roupão por cima do corpo... Fui ao quarto e ele continuava fui ate á cozinha... Bebi água e vi algo em cima da fruteira que me chamou a atenção...

Um pepino... Me lembrava até o Juninho, tirei o roupão e comecei a me masturbar, quando fiquei molhada comecei a introduzi-lo em minha chuva... Ia ficando cada vez mais gostoso... Já estava sentada em cima da pia com as pernas completamente abertas, com uma mão enfiava ele na minha boceta e na outra apertava meus peitos...

Estava gemendo mais alto... Até que meu pai chegou à cozinha com a cara toda amassada de sono... E disse:- Se quiser posso ficar com a parte de trás...

Como o eu amo o meu papai S2

[email protected]

Comentários

17/04/2012 06:45:09
Gente amiga,O que mais o pessoal estaria querendo? A moça vem, chega cansada da viagem, entra no carro e vai dando o maior trato no pau do pai. Chegam ao hotel, continuam fodendo à vontade. Eles se chupam o tempo todo, ela dá a bucetinha para ele, e, de quebra, dá o rabinho todo dolorido para que ele faça com ele o que quisesse. E o pai comeu tudo sem reclamar. Foderam gostoso, desde a chegada ao hotel, com requintes de muita sacanagem. Por tudo isso, gostei do conto mesmo, e espero que o autor nos premie com novas aventuras, com muitas comidas de rabo, para nossa alegria...
28/07/2011 09:55:20
28/07/2011 09:53:35
TESÃO DE CONTO... ENSOPEI...
25/05/2011 06:07:33
Mas eu gostei. E muito. Vamos colocar mais coisas no próximo conto. Esse rabinho da garota parece mesmo muito tentador e merece ser comido mais um pouco e em outras posições. Que tal um papai-mamãe, esfregando a bocetinha dela? Vai ser divino.
19/05/2011 17:55:16
Cabeleira, Era para ler, não para comer. Desculpa a brincadeira. Como descrito no início do relato, não foi eu quem o escreveu. O conto foi descrito pela própria Anna, não por mim. Roberto.
19/05/2011 12:33:28
Não gostei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eróticos família roludocontos veridicos com enteadasboquete da irmazinha casadoscontosfotos d mulheres so d calcinha box cm a buceta inchadamulher beijando a mulher na boca pelada no titubeardoce nanda contos eroticoscontos de esposa puta chupando varias rola na frente d cornoPornô homem músculosó fodendoContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadocontos de sexo depilando a sogravideo porno mae ve filho pelado e toma susto com tamanho do pauPadrasto dorado fodi enteadafilme porno "ligados pelo desejo""gozou na testa do meu corno"contos eroticos o costureirover vidio reau casada levou uma pica tao grande na buceta ela chorroucuckold adeptosfilha minha femea contotransei com uma senhora crentequero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhoporque o quando nomoramos os homens ficam pegando na bunda da mulherxvídeos 10 mamae fas cudoce mae efilhoconto erotico fiz chantagem e comi o cu da minha maeTio Fudeu minha buceta e eu gosteiHOMEM FUDENOCADELA em artof zooFamosos cafuçu no braco todo nu peladocontos de gozadas nas bundas grande de coroasvídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalfoto de muie com bucetas largasbaxinha cochuda casada vingando xvideosrelatos.picantes arebentou cabaco da novinha com muito choro pau grandeincesto ganhando chupada de aniversariocontos eroticos so no cuzinho da gordinhacontos domestica me viu to cando pueta em familiacontoseroticos de prima e seus primosmulherez de anjinho capetinha e de calcinha vermelhaconto de insetos de rasgando o cu apertadocomi a minha prima de onze anoscontos pornos estrupada pelo pai epela madrasta juntosdotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintodeu remeduo p/ mae dormi efode com elacache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho mulheres nojona de tanto tesaobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaContos de podolatria 2017puta no hoteldo bucetao loca de tesaovideo porno mamãe viuva saiu pra dar uma metidinhaConto porno virgem deflorada por traficante pauzudo da favelaxvideos minotauro tarado chupando tetasContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudiconto erotico boquete bokete mamadagts agaxada mostrando o bucetaoCasa dos Contos Eróticos sogra gritou chorou e pegou na pica do genrofodas narradas grannyvarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetaxvideo.ana desfarsado no quarto da novinhamulher gostosa dando para novinho cheia de tesao em sua casonaporno mulheres q bota sainhas curtinha para pega onibus lotado sopara ser fufidacontos eróticos mulher transando com negãomeu cachorro me fode todo diacorno e engolidor de rola contoincesto com meu vô contoscasal praticante de zoofiliaesposa da cu sangra e estremece porno caseirofilme potnou vide mategritei quando ele botou na minha bucetaputas brasileiras bucetas rasgadas zoofiliapornomulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cuCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.08videos porn daquelas mulheres enquanto fodem ela mete a mão na boca depois a mão que estava na boca vai a vagina no pornuhflaguei meu irmao comendo minha mae e entrei na festaporno a coroa gostosa gemendo e usando fantasia bem radiantesikis iremmepadrasto promete que vai colocar devagar quando a enteada abre as pernas ele enterra a picaquero ver vidio de homen caralhudo se depilando o sacohistoria dos k fizeram zoofila pela primeira veznabuceta vcaguentar amor