Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Janice, a evangélica, parte 2: “Para me manter virgem dava o cú para meu professor”

Autor: Janice
Categoria: Heterossexual
Data: 02/05/2011 20:16:34
Nota 8.79
Ler comentários (17) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, Chamo-me Janice, relatarei detalhes que aconteceram em minha vida, que as pessoas que me conhecem nem imaginam, veem uma respeitada esposa evangélica, exemplar e moralista, porém secretamente tenho fantasias e guardo recordações de vida de uma verdadeira putinha.

Hoje vou relatar o que aconteceu comigo há alguns anos, e cerca de três meses depois do que ocorreu em meu primeiro relato. Após retornar das férias no sítio com minha família, as coisas que acontecerem comigo me deixaram um pouco distante dos estudos, os pensamentos sobre a pica de meu primo dura, diante de meus olhos, o sabor de sua porra quente, o cheiro daquele pau, eu não conseguia pensar em outra coisa, eu me via nua em pelo em frente ao espelho, imaginava tendo bucetinha chupada, penetrada, passei a conservá-la sempre raspadinha, adorava vê-la escorrendo quando eu me excitava, no banho me masturbava frequentemente imaginando sendo fudida de formas bem ordinária.

Diante do meu péssimo desempenho escolar, meu pai contratou um professor. Afonso era moreno claro, atlético, deveria ter um pouco mais de 20 anos, ela fazia faculdade e dava aulas particulares de matemática.

A primeira vez que ele foi a minha casa não consegui disfarçar meu interesse, as aulas eram às sextas pela tarde, sempre arranjava um jeito de provocá-lo, mas ele fazia de desentendido pois já havia percebido como meu pais eram rígidos. Como meus seios eram bem desenvolvidos me posicionava de forma a mostrá-los, eu sentada e Afonso por trás de mim esclarecia minhas dívidas apreciando meus seios.

Numa quinta à tarde, eu e minha amiga Aline, saímos com a desculpa de fazermos uma pesquisa de aula, na verdade minha amiga precisava sair com o namorado, após nos encontramos disse a eles que veria outra amiga, e marcamos um horário para nos reencontramos. Liguei para Afonso com o pretexto que precisava de um livro, se eu poderia ir até sua casa buscar, sempre gentil ele me passou o endereço. Em meia hora eu estava em frente a casa de Afonso, meu coração disparava, varias coisas passavam pela minha cabeça, fantasiava loucuras, eu estava louca pelo meu professor e com muito desejo.

Afonso contou-me que morava com um irmão, que estava viajando fazendo um estágio, ficamos na sala, a televisão estava ligada, ele ficou conversando comigo no sofá, falando sobre o trabalho, confessei que fui apenas para vê-lo . Em pouco tempo estávamos nos beijando, abraçados e loucos de desejo, suas mãos subiram minhas coxas em direção a minha bucetinha, interrompi, pedi calma, pois era virgem, queria deixar claro que me manteria assim, principalmente por minha religião. Reclamei que minha roupa estava amassada, Afonso sugeriu para que eu tirasse o vestido, que confiasse nele e que não ia me desobedecer, que respeitava minha opinião, o safado me elogiava, e aos poucos me convenceu, ele me deu um lençol e fiquei sentada no sofá coberta usando apenas de sutiã e calcinha por baixo. Foi minha vez de provocá-lo disse a ele que era fácil me pedir para tirar a roupa, pedi para que ele ficasse só de cueca, muito encabulado ele me obedeceu porém sempre colocando a mão na direção do pau, para esconder o volume, dei com um sorriso malicioso e falei: - Ele tá assim por minha causa? Ele apenas sorriu e tirou a mão, olhei em direção da pica que duríssima, mal cabia na cueca, ele sentou-se no sofá e eu me ajoelhei a sua frente, passei a mão sobre a cueca, Afonso suspirava, ele baixou a cueca, deixando aquele mastro ereto bem diante dos meus olhos, segurei aquele membro pulsante, Afonso era muito picudo, sua rola era bem grosa, institivamente passei a lambê-lo, com muito sacrifício abocanhei aquela vara mas não consegui nem por a metade na minha boca, a pica de Afonso pulsava na minha boca, ele mexia-se lentamente como se minha boca fosse uma buceta, e eu massageava as bolas, e mamava como uma verdadeira putinha. Afonso estava prestes a gozar, mas me interrompeu, disse que queria uma coisa, que ia ser gostoso, e que poderia confiar que eu continuaria virgem, ele baixou minha calcinha, me colocou de quatro apoiada no sofá, de repente senti sua língua na minha buceta, já encharcada e desejo, porém sua língua foi delicadamente em direção ao meu cuzinho, a sensação foi estranha, mais gostosa, sua língua fazia movimentos circulares bem na entradinha do meu cuzinho que piscava de desejo, ele foi buscar o óleo de massagem passou na pica, e começou a passar o pau lentamente na entrada de meu cuzinho, com óleo na pica, senti como uma massagem no meu furinho, ele abriu minhas nádegas e encostou a cabeça bem na entradinha, tudo era novo pra mim, mas seria difícil aquela picona penetrar meu rabinho, Afonso forçou, o suficiente pra entrar só a cabeça, mas a dor horrível me dominou, dei um grito de dor, ele tirou, pediu desculpas, eu disse que doía muito, que eu não aguentaria, ainda namoramos um pouco e nos despedimos, eu fui embora um pouco frustrada, sabia ele queria muito comer minha bundinha.

Voltamos a nos encontrar, ele pediu novamente desculpas pelo acontecido, eu disse tudo bem, que eu também queria, mas que eu não estava acostumada, ele disse que seria diferente, que ele me faria uma massagem para que eu relaxasse e aos poucos fosse me acostumando, depois de uns amassos, Afonso pediu para que eu tirasse toda a roupa e deitasse de bruços em sua cama, pediu para que eu fechasse os olhos, colocou um travesseiro debaixo de minha barriga, de modo que minha bundinha ficasse um pouco empinada, ele começou a passar óleo de massagem no meu bumbum, de forma que afastava minhas nádegas deixando meu cuzinho a mostra, depois seu dedo começou a circular bem na entradinha do meu furinho, era uma sensação muito gostosa, com uma mão ele massageava meu pinguelo, e com outra ele massageava entradinha do meu cú, os movimentos no meu grelinho aceleraram, eu comecei a gemer mais alto, Afonso aproveitou pra enfiar o dedo no meu cú, eu estava relaxada e entrou sem problemas, foi uma sensação muito gostosa, gozei logo, meu cuzinho praticamente mordiscava o dedinho de meu professor. Após me recompor retribui o carinho pagando um boquete para Afonso, chupei sua rola com muito desejo até receber toda sua porra na minha boca, ele urrava, enquanto aquele líquido quente invadia minha garganta.

Nos encontros seguintes Afonso se mostrava muito carinhoso, ele sempre massageava meu bumbum, e brincava com meu cuzinho, porém certo dia cheguei decidida, nos abraçamos em sua casa peguei seu pau sobre a calça e falei: -Hoje eu quero ele na minha bundinha, fomos para cama, e fizemos um 69, enquanto eu chupava a rola de Afonso, ele lambia minha buceta e enfiava o dedo no meu cú, gozei logo. Ele me colocou de bruços e começou aquela massagem gostosa, porém agora já havia dois dedos no meu furinho, fiquei de ladinho, afastei as nádegas, e ele começou a pincelar na entradinha, senti aquele pau forçando a entrada, aos poucos senti a penetração, doía, Afonso colocou a cabeça e parou, ficou massageando meu pinguelo sem empurrar mais, pediu para que eu empurrasse para trás quando estivesse preparada. Aquela rola parecia que ia me rasgar toda, devagar fui empurrando meu corpo pra trás, eu gemia baixinho, num último gritinho, recebi o restante da rola que faltava entrar no meu cú. Fiquei alguns minutos paradinha me acostumando com aquele intruso dentro de mim, sentia sua pica latejando dentro do meu reto, uma sensação gostosa, de está completamente preenchida, Afonso gemia dizia que meu cuzinho era muito apertado e gostoso, aos poucos ele começou a "bombar", enquanto lentamente massageava meu pinguelo, doía bastante, mais eu não queria tirar aquela vara do meu cu, os movimentos foram acelerando, e me sentia como uma verdadeira putinha, rebolava e gemia bem gostoso, estava adorando ser enrabada, Afonso segurava pela minha cintura, brincava com meus seios, enquanto sua picona entrava e saía do meu cuzinho que pela primeira vez recebia uma rola, ele começou a gemer mais alto, e aumentar mais a velocidade, gritou e enfiou tudinho que podia no meu cú gozando intensamente, senti aquele jato quente dentro de mim, ficamos parados nos recuperando daquele momento, aos poucos o pau de Afonso foi saindo de dentro de mim, fui ao banheiro me lavar e ao sentar no vaso pude ver a grande quantidade de porra que saia do meu cuzinho misturada com um pouco de sangue, Afonso havia me arrombado, e eu havia gostado.

Aquele foi início de muitas tardes que passei com Afonso, que ficou viciado no minha bundinha, às vezes eu chegava em casa tentando disfarçar a dor de tanto dar a bunda, viramos cúmplices, eu podia ser com ele uma pessoa que eu desejava ser, contrariando as regras de obediência impostas pela minha família. De fato Afonso cumpriu a promessa, nos encontramos por quase um ano, me mantive virgem, pois só fazia sexo anal e oral, porém me viciei em levar pica no cú. Meu marido atual não sabe e não gosta dessas coisas, mas isso não me impede de realizar minhas fantasias, é o que vou contar no meu terceiro conto: Janice, a Evangélica parte 3: O pastor descobriu que eu era uma puta e me comeu também. Até a próxima

Comentários

19/05/2016 11:40:37
Ahh Janice me apaixonei por vc e sua bunda guloza 😊😉
19/05/2016 08:23:54
Boa Tarde. Podem me chamar de Aventureiro. Sou moreno, 1,75 de altura e 75kg. Sou casado e por causa disso nossos casos serão em total sigilo. Sou leitor frequente do site e depois de varias historias lidas e relidas estou afim de participar. Porem não quero apenas contar uma historia antiga minha. Quero algo novo, emocionante e acima de tudo prazeroso. Estou a procura de mulheres de de Belo horizonte e região ou que passem por aqui a passeio para uma nova aventura. tudo com responsabilidade. Estou com tesão acumulado e louco para varias horas de sexo, aquela rapidinha louca. ou apenas uma boa conversa, uma troca de ideias. Adoro mulheres de vários tipo. Não tenho preconceito nem limites quando o assunto é prazer. Adoro dar e receber prazer das mais diversas formas. Nada melhor que sair de um encontro com a parceira realizada. Adoro mulheres de mente aberta, escandalosas, ousadas e fogosas. Procuro o meu primeiro menage com duas garotas. ( sonho de qualquer homem. ) caso vc se sinta interessada ou gostaria de conversar por favor entrem em contato com a maior liberdade. Bjs a todas. Meu email é o [email protected] . BYE.
19/05/2016 00:33:00
Janice, que vontade de comer o teu CUZINHO.. Ótimo conto.. Mande fotos GOSTOSONA.. [email protected]
18/02/2014 15:51:02
me add no face,[email protected]
03/10/2012 07:29:52
muito bom...... excitante.. garotas como a janice q morem no litoral d são paulo e quiserem ter orgasmos sem perder a virgindade e so me add no msn sou super discreto e sigiloso: [email protected]
26/06/2011 15:50:47
tm tesao vc e seu conto adorei [email protected]
15/05/2011 01:13:05
Muito bom putinha deliciosa, nota 10, me add no msn [email protected]
04/05/2011 12:37:14
Adorei teu conto notase quiser me conhecer e só me adds no MSN adoro uma evangelica putinha. Meu MSN: [email protected]
03/05/2011 16:01:32
Cada revelação fantástica!!!
03/05/2011 14:36:12
Muito bom seu conto, eu curto muito sexo anal.
03/05/2011 14:33:40
03/05/2011 14:16:01
da hora parabéns meu msn é([email protected])nota 10
03/05/2011 10:14:04
Muito bom
03/05/2011 02:22:22
03/05/2011 01:38:50
Muito bom, mesmo! Primeiro conto seu que leio e gostei muito. Já virei seu fã. Vou ler todos os que vierem. Pode mandar ver. Parabéns!
02/05/2011 22:55:29
Tb adoro anal. Gostei
02/05/2011 21:17:55
muita fantasia ...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhoConto erotico arombei minha enteada novinha magrinhmelhore estrupa amiga chupandoa a forsa porno fasil asesogato sarado transa com amiga gostosa ponodoidocontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciapasando a mào na buçta da gostosafotos padrasto come cu da emteada pau gigantexvidio casada chupano o amigo do filho escondidoconto bundonacutucando buceta de cadela com dedo zoofiliaminha esposa e seus negoes comedores contosver mulhe chutando bocetareginaMulher enfregrando a rola do jumento na bucetame perdi no mato eles me encontraram e me fuderam pornowww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brcontos eroticos minha mae com aminesiacontos pornos estrupada pelo pai epela madrasta juntospostei vídeo da minha namorada pelada montado numa jumenta O bicho é gostosa e boapodolatria contos professora gustavonovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhaencoxada mau cobertasurpresa+no+banheiro+pornofilmes pormo irmar prima irmor bracilerobucetas gosmadasnariz de policial dando o priquito a outros policialvideos provocado meu cunhado do pau grande setei em cimacontos eroticos sem querer maeAonde tu não me debruço no tapete XVídeosx video caralhomuitogrande mulher não aguentoporno muito beidona no paupadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadatufos familia favela #8conto lesbico com luanaA garota acaba de colocar o vibrador e chega a irmã caçula na hora errada e faz ela ter seu momento de prazer contido e calado xvideosmuiler da buseta ixada levamo vara14aninhos xotas lizinhamãe tentando resistir as artimanhas do filho pornovídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grandehigor safado xvidiocontos gozar no cu da empregada e feiove porno co ome cumeno amante e a filha da amanteContos eroticos com o dono da verdureirotathy ellen contoscontos novinha corno gang putinha forçadaEu e meu namorado fizemos sexo na salasinhazinha estrupada por escravos pornogay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoPadrasto dorado fodi enteadaporno no cinema cine operair:ma virge fudendo com irmao do piru gigamteContos jovem faz anal varios homens e cuzinho fica dilatado e dilaceradokero.buctaeu quero ver as fotos da morena que dançava o Créu ela nua pelada porque sabendo que eras no site que ela ficou feio uma foto de pornô homem para a gente ver aquicontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e deContos encesto mae cu sangranobaiano chupando clitori e falando besteirascontos eroticos opostos que se atraemneguei sexo ao meu marido e ele me pegou a força sexofotos de pau duro cabeçudoa vida de um mauricinho apaixonadoconto gay meu amor psicopatarelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudaconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oracasada santinho e seu corninhoContos gays passeando de carro vestida de crossdresscontos eroticos enxendo a crentinha de porraperdi a virgindade pq quiz conto incetomenina mãeporno da parra doi caravideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadaxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogasVer garotos com 16 cm de picacasos de zoofiliamulher derramando enfiando um copo de cachaça na bucetasexobrasileirocavalofull hd xxx videos of cologiravideo olhei peludo no banho deu vontade de chupar