Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O proibido despertou a curiosidade da Novinha

Autor: Andrews III
Categoria: Heterossexual
Data: 08/06/2011 04:35:25
Nota 7.00

Olá, pessoal meu nome é Andrews, tenho 28 anos, tenho namorada(porém ninfomaníaco, logo adepto do sexo casual seguro), alto, negro, malho em academia e apesar de não me considerar bonito, o meu jeito agrada a mulherada. Trabalho na area Técnica Administrativa de uma famosa empresa de ambito nacional e com filial aqui no RJ. No final do ano passado foi contratada uma Temporária que me deixou louco, de nome Giselle a tipica mulher quetinha, baixinha – 1,50m, magrinha, seus seios são salientes e pontudos, bundinha perfeita p/sua estatura e casada. Como sou do ultimo horario, pude sempre observá-la melhor. Até que um dia sai p/fazer um lanche, para minha surpresa ela em compahia de mais 2 conhecidos me pediu para comprar p/eles também. Conforme solicitado trouxe os pedidos, no que tive que entrega-la e lhe dizendo que esperava em nao ter errado. No que fui surpreendido com um "assim espero" atrelado a um sorriso maroto. No dia seguinte recebo um email de agradecimento por te acertado na escolha e tal. Respondi o email dizendo que tudo bem, nisso trocamos mais alguns emails referente ao que ela estava achando do trabalho. Ate que fui beber agua e ela apareceu, acabei nao a cumprimentando devido distracao pelas outras pessoas, no ao sairem do local fui abordado p/ela, perguntando se eu era sempre serio, ao ponto de aparentar ser antissocial em nao dar ao menos um oi, e ja que tinha ouvido algumas estorias de mim, achava um tanto contraditoria perante a minha forma de agir. Perguntei entao como poderia rever a situacao,no que ela apenas sorriu. Como é praticamente sagrado todas as 6"feiras sempre vou para Lapa(RJ), dessa forma a convidei para irmos, no que ela informou que não poderia ir, pois era a unica mulher e nao queria roubar atencao. Logo a perguntei se via haveria algum problema em irmos apenas nos 2 para um barzinho aqui em Botafogo. Como eu imaginei ela recusou,porém falou que podiamos conversa depois do trabalho no Domingo, no entanto era minha folga + de pronto me propus a busca-la, trocamos telefone e no domingo como combinado estava la a esperando. Ela ficou bastante surpresa, me chamando de louco p/aparecer debaixo daquela chuva. Disse que promessa era divida, ela no entanto disse que devido a chuva teríamos que remarcar o barzinho, pois a rua estava ficando cheia de agua, porem disse que poderiamos ir p/Lapa pois la tem vários bares. Embarcamos no metrô e seguimos conversando sobre sobre a sua vida de casada ja que era tão nova, no que comentou que seu namorido foi seu primeiro namorado e que casaram-se logo depois que ele tinha perdido os pais e coincidentemente ter passado p/ Marinha Mercante, logo buscava fazer amizades para suprir a ausência dele. Falei que adoraria fazer parte do seu seleto grupo,então ficámos conversando sobre amenidades, a hora passando até que ela me indaga sobre algumas estórias que tinha ouvido no radio corredor da empresa. Logo a pedi para ser+clara sobre o assunto, no que, me perguntou se realmente tinha feito surruba com uma colega de trabalho, apenas balancei a cabeça confirmando que sim, e ela insistindo pediu me para que contasse os detalhes. De forma, direta a disse que prefiri mudar de assunto uma que estava excitado, e que esse tipo de assunto eu preferia fazer a ter que conta o ocorrido e caso ela quisesse poderíamos conversar melhor. Parece que a minha indireta soou como algo forte a deixando sobria, fazendo-a. pensar em fugir, no entanto, nem deixei pensar dando lhe um beijo de tirar o fôlego e fazendo aquela ninfetinha se desfazer em meus braços. Logo tratei de pedir a conta e fazer sinal p/taxi assim nos conduzindo p/motel(Vin Del Mar)ali na Lapa mesmo, ja fui pedindo um quarto e la adentrei ja possuindo aquele corpo, do qual, tanto desejei e por muitas vezes bati varias punhetas, ela estava mais solta perante ao jeito timido que me seduziu. Tirei peca por peca, beijando sua boca macia, descendo pelo pescoço perfumado, logo alcançando seu belo par de seios rosados e com bicos de criança, cada um mais delicioso que o outro, com uma das mãos fui abrindo lentamente sua calça deixando-a so de calcinha, beijando sua barriga e quando cheguei na altura da cintura ela tentou me parar me perguntando o que estava fazendo, disse que iria lhe dar um beijo diferente, do qual, jamais se esqueceria. Botando a calcinha de lado comecei a laber o entorno da virilha, deixando ela louca e fazendo com que lançasse seu sexo na minha boca, que estava sedenta por aquela bucetinha totalmente lisinha, porem continuei provocando até que não teve jeito e abocanhei como uma animal com que recebe um pedaço de carne como recompensa. Inha garotinha se derretia toda em vários espamos ate que gozou deliciosamente me pedindo um momento de descanso, porem nao lhe dei ouvidos, ja fui virando-a de brucos e iniciando uma maravilhosa chupada no seu butaozinho rosado com alternadas na bucetinha, fazendo mudar o pedidos de pausa, por gemidos de prazer. Ela por sua vez resolveu retribuir e assim iniciamos um 69, porem faziam com maestria o boquete, me fazendo segurar o gozo e cada vez mais afundando minha lingua naquele cuzinho hora com a lingua hora com o dedo+ aquele butao ainda tinha o selinho(essa eu conto no outro),na verdade ja nao tava+ aguentando logo saquei uma camisinha da mochila e a pedi p/colocar, meio que se jeito e com a minha ajuda conseguiu e me pediu paciencia, pois nunca tinha transado com outro homem além do marido, muito menos com um negro ainda mais com um pênis como o meu. Putz, me senti o cara mais foda do mundo, e logo tratei de acalma-la dizendo que ela iria controlar a entrada, logo a coloquei sobre o meu colo e mandei descer lentamente e com uma das maos fui segurando meu pau e com a outra fui separando os lábios vaginais, porem a penetração era lenta como se estivesse tirando um cabaco, eu queria muito da uma socada forte+a cena de ver e sentir centímetro por centímetros adentrando aquela bucetinha era maravilhoso. Num misto de dor e tesão fui pego com a minha lindinha parando por um momento e logo começando a subir e descer com uma verocidade que até parecia que nao vinha um pau na xota a séculos, falando coisas sem nexo + muito louca e bastante tesuda. Aquela cena me deixou louco e logo tratei de coloca-la na minha posição preferida "Frango Assado",assim podendo ver sua carinha a a cada estocada e. assim me transformando no personagem, da qual, a mulherada adora o "Canalha". Nisso, comececei a dar leves tapas no seu rosto, chamando de putinha, dando leves puxadas e seu enorme cabelo,até acelerar todos esses passo a passo e ela adorando, logo coloquei de 4 e comecei dar linguadas no butaozinho e dedadas na xotinha, logo socando o pau novamente devido aos seus pedidos e suplicas. Como ninguem e de ferro ainda me segurei um pouco+e acelerei nas socadas com alternadas na siririca que batia p/ela ate que nao aguentando gosei como um louco,ainda dando tempode continuar e assim minha bonequinha também gozar, logo dizendo que nunca tinha transado daquela forma e que as estórias que tinha ouvindo eram realmente veridicas, que participar de mais um capitulo foi melhor ainda. Hoje somos amantes, amigos e colegas de trabalho e vivemos diversas aventuras. Na próxima vou contar como conquistei seu botaozinho rosado. Como todos sabem bumbum não se pede, se conquista...rsrsrs

Desculpas por tamanhos detalhes, na próxima serei mais direto e preciso. Dicas, sugestões ou críticas serão benvindas.

As ninfetas carentes, as crentes, as gordinha, as tímidas se quiser conversar pode deixar o email. Logo farei contato.

Comentários

02/06/2018 16:27:22
Nota 10. Quando puder, leia o meu tb. Bjs
02/06/2018 16:27:06
sensacional
16/10/2011 12:39:43
bom conto irmão!! mais eu acho q ao comentar meu conto vc confundiu-me com alguem pois em nenhum momento disse onde morava..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Gostosas de. Shortinho super detalhando a s partes intimas fotosmulher flaga sua amiga do rabao uma morena dando o cu para seu marido negao dotado com o penis de 030cm e da tambenwww sou enteada putinha e dou minha bucetinha pro meu padrasto que e tarado pelo meu corpo. compornopaumostrocontos eróticos esposa foi e*******' no comício do político e debebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticoscontos eróticos mulher dividindo o marido com gayXvideos grandes pauzudos enrrolaados na toalhas pernas abertasvideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duronovinha du grelao bitelomorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elavelhas festejando c negros cacetudosdeu para nao ser caguetada para o marido xvideosdengosa do maridinhoconto erotico amamentando velho negroporno. cazano muita no vinhaporno contos morando na casa do sogro bravovidios sexos incerto nas beiradinhas das bucetinhas novinhasenfiano anter o cotovelo no travestisComtos casadas fodidas na cadeiaporno contos negao da mandiocabucetaque tenham o monte pubiano volumosocomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterascontos de sentadinha com o cuzinhofilme de sexo pura selvageria de chupar e chupar agressivo mesmoirmão com insônia come irma pornoela me contou que tinha sentado na rola grossacuiadia de xortiu d dormi d regataposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularflagrei mamae com irmaoContos erótico a calsinha da cunhada noviha cheirava mixometendo na salgadeira bundudaConto erotico comi a dentista no consultorioconto com onze anos eu trepei com meu tio foi muito gostoso mais doeuSuper menininhas em contos eroticos 2017 da cidade de campinas gratisfilme porno home nergro sorca vara na imtiadabunda nervosa caralho gozoumeu cu geme pornoxvideos caseiro emfermera mindando banho eaiXvidio enfindo.o pecontos eroticoscuzinho sem pregasContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudicorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandovideos de garotas vendo bucetas em telao bem grande se masturbavelhopintudocontosincesto com meu vô contosconto nora chupando bucetad sograsikis iremmeContos.fonados porno de cornogaranhão paquerou a minha mulher e levou para o motel vídeo pornô cornosdoce nanda parte IV contos eroticosmeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosade calsinhamocafreira da a buceta pra pintudo no azilo contos.filhinha da a buceta para irmao e padrastoContos edoticos da.dk nbanho no meu filhogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticos"atolado no meu cuzinho"contos eroticos gays o principe roludoquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticomulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiasuruba em familia so sexoclitoris vantajososXVI de os foi estuprar a coroa mas ela gostou e gososou gostosoO vizinho safado do 205peituda ri ao ver pinto mole do cara mais aproveita quando ta duraogostaria que você mandasse primeira foto do Biel batendo punheta peladocontos chantagiei a filha do pastortrazei com minha vizinha d camizola na cozinha dela ponopornodoido.pai.aretando.filra.darmindovideo olhei peludo no banho deu vontade de chuparconto porno minha mulher e sua amiga enfio o dedo no meu culer contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhocontos sobre chantagiei minha tia e q comimulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidioContos eróticos titia chupa minha xaninhadoce nanda contos eroticoscacetudo comendo a buceta cabeluda da comdre porno doidox vidio comtos eroticos flaguei minha avóO vizinho safado do 205quero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidaspornodoido gato lembi bucetacontos eroticos titias putas sobrinhos roludoscunhada safada e a mulher alisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticoskid bengala buraco na paredemulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãomae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choraO vizinho safado do 205varias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetamarcelo strause aguilarconto erotico pau pequenonovinha aser estuprada com padrasto aser desvirginada enquanto dorme