Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A NAMORADA DO MEU FILHO

Autor: Gabriel
Categoria: Heterossexual
Data: 17/07/2011 00:12:36
Nota 9.70

Escrito por Gabriel - [email protected]

A primeira vez que vi Patrícia aconteceu o que eu denominei de 'tesão à primeira vista". Não que ela tivesse um corpão e fosse muito bonita, na verdade, era uma menina comum, magra, de seios pequenos e pernas lisas porém finas. O que me chamou a atenção nela foi o seu olhar de tesão.

Estava escrito no seu modo de olhar que gostava de sexo, que era muito tesuda e que era muito gostosa.

Não dá pra descrever o que senti. Foi muito intenso ..Dos seus olhos pareciam sair faíscas, de tanto tesão que parecia sentir. Eu também me sentia assim e tinha impressão de que se a gente se tocasse, ia pegar fogo. ;

Vocês devem conhecer gente assim, por quem a gente sente tesão imediatamente. O melhor é que pareceu que ela também sentiu tesão por mim.

Patrícia era namorada do meu filho mais novo e estava sendo apresentada pra família.

Deveria ter mais ou menos uns 18 anos, meu filho tinha 23. Não preciso dizer a minha idade, mas eu tinha idade suficiente pra ser pai dela.

Naquela noite, ela jantou conosco, foi muito simpática e cativante. De vez em quando nós trocavamos olhares, como se ela estivesse iniciando um jogo de sedução. Seu olhar e seu sorriso mostravam o que ela estava querendo, provocando tesão em mim.. Quando ela foi embora, dei um beijinho no rosto dela, sentindo sua pele macia.

Não consigo explicar o que aconteceu, mas desde esse dia não parava de pensar nela com tesão. Pensava nela o dia inteiro, quando fodia, era a imagem dela que vinha na minha frente. Me masturbava loucamente, fodendo ela de todas as maneiras na minha imaginação..

Uns 20 dias depois ela ligou no Banco e me perguntou se eu podia ajudá-Ia a escolher um presente para o meu filho ( estava próximo o aniversário dele). Não preciso dizer o quanto fiquei feliz e aceitei na hora. Marcamos para aquela mesma tarde.

Ela apareceu acompanhada da sua mãe, uma mulher também bonita e de sua irmã, até mais bonita que ela. Todas foram muito simpáticas e receptivas comigo, compramos o presente, lanchamos e tomamos sorvete,. Foi uma tarde muito agradável, mas eu fiquei um pouco decepcionado. Meu desejo era estar a sós com Patrícia.

Na hora de ir embora, já à tardinha, Patrícia me pediu para deixá-Ia na faculdade, já que era meu caminho enquanto sua mãe e irmã iam para casa .

Meu coração pulou de alegria. Fizemos o trajeto quase todo em silêncio, ouvindo música no rádio do carro. Parei na rua da faculdade, um pouco longe da entrada. .Instintivamente eu segurei seu rosto e a beijei na boca com todo o tesão e fui totalmente correspondido por ela. Desse beijo vieram outros e mais outros, gemidos, suspiros,promessas, carícias.

Logo estávamos em um motel e ela me puxou para a cama e nos abraçamos cheios de tesão,.

Sem falarmos uma só palavra, minhas mãos foram tomando posse de todo o seu corpo. Apalpei, alisei, chupei, mordi e lambi todas as partes do seu corpo, deixando-nos loucos, trêmulos, com febre, delirando e pedindo um ao outro mais,mais e mais.

Quando dei por mim ela já estava totalmente nua, suada e eu esfregava meu corpo sobre o dela, tarado. Parecia que nunca tinha sentido tanto tesão na vida. Ela abriu as coxas e eu me alojei entre ela, sentindo a quentura da sua pele com a rigidez da minha pica.

Minha boca chupava a sua e minhas mãos amassavam deliciosamente seus peitinhos, apertavam o biquinho durinho, nos deixando quase sem folego. Beijei o seu pescoço e desci a boca até alcançar seus seios macios. Enquanto chupava o seu mamilo, enfiei dois dedos bem no fundo da sua buceta. Pelos gemidos mais intensos, percebi que era isso que ela queria. Comecei a foder ela com dois dedos, indo fundo e tirando. Entrava e saia cada vez mais molhado. .Enfiei os dedos e ela foi se ajeitando, gemendo no meu ouvido, sentia sua bucetinha contrair e apertar meus dedos, enquanto isso eu alternava entre chupar os seios dela, cada vez mais durinhos e beijar sua boca guloso . Ela puxou minha mão e levou até seu grelinho durinho e com a mão sobre a minha usou os meus dedos para se masturbar. Era uma delicia, ela gemia baixinho de prazer. Seus gemidos se intensificaram e ela empurrou a minha cabeça para o meio de suas coxas, repetindo: " chupa, chupa!!". Comecei a lamber sua bucetinha, e seu grelinho e ela quase gritou" chupa, chupa gostoso". Meti a boca no seu grelinho, sugrando com força.

Enfiei o dedo na sua xaninha molhadinha de tesão enquanto ia sugando o grelinho duro como pedra. De repente, ela contraiu a buceta com força apertando meus dedos e seu gozo explodiu na minha cara;.. Ela ejaculava como um homem, seu gozo era uma água que vinha em profusão, como uma fonte. Eu nunca tinha visto uma mulher gozar assim, fiquei meio assustado com aquele mar no meu rosto. Ela gozava quase gritando. De pernas bem abertas, sem se tocar, sua buceta contraiu novamente e ela xingou bem alto" puta que o pariu vou gozar I!" e gozou novamente, expelindo liquido em profusão novamente..Então deitou-se sobre mim, me beijando, lambendo e beijando minha cara molhada do gozo dela. Encaixou a bucetinha quente na minha coxa e enquanto me beijava loucamente, ia se esfregando nela. Não demorou a gozar de novo nessa esfregação, molhando minha coxa. Então, cansada, deitou-se sobre mim, com o rosto afogueado.,ofegante.

Ficamos alguns minutos assim, só abraçados, mas pra mim era uma eternidade, porque eu não tinha gozado ainda e estava louco pra gozar.

Depois disso, ela me puxou pra cima dela, veio lambendo meu rosto, meu pescoço, enfiei a língua no meu ouvido e pediu" Gabriel" por favor, mete em mim, quero seu pau todo em mim". Eu estava louco de vontade de enfiar a pica nela.

Ela segurou meu cacete com firmeza e colocou a cabeça entre os lábios da sua xana e foi rebolando os quadris e sentindo a pica ir encontrando, lentamente o caminho que deveria percorrer.

Parei, porque ela pediu, já se abrindo toda, quando eu enfiei a cabeçona. .Me puxou para um beijo e ficamos nos beijando gulosamente, eu sentindo a sua bucetinha quente na cabeça do meu pau. Esfregava a cabeçona de vez em quando no seu grelinho, multiplicando as chupadas na sua língua. Enquanto a gente se beijava eu parava, chupava a pontinha da orelha dela, lentamente, lambia o pescoço e falava altas sacanagens ouvindo ela gemer. Apertava a cabeça no pau no seu grelinho com força e ia massageando toda a área em volta da xaninha.

Levantei sua pernas, colocando-as em meus ombros, uma de cada lado e fui abrindo ela toda para me receber na sua gruta inundada. Fazia pequenos movimentos de vai e vem, bem devagar, Sua buceta era apertadinha e era delicioso ir alargando, com jeito, pra receber meu pau. Ela já acompanhava meu ritmo,, compassadamente, dando tremendos apertos na minha vara, com a musculatura da sua coninha deliciosa. Fui penetrando gostosamente e a cada enfiada a minha pica entrava mais um pedaço. Patricia era uma delícia, e assim depois de um longo tempo sendo fudida, senti meus bagos batendo na sua bundinha, indicando que já estava quase tudo dentro dela. Ela rebolava loucamente e pedia pra eu meter mais e eu só parei de enfiar quando nossos quadris se juntaram.

Aí fiquei todo enfiado dentro dela, beijando ela e sentindo sua bucetinha se acabar de tanto gozar, Era ela dessas mulheres que gozam facilmente,dessa vez não senti seus líquidos.. Ela dava tantos apertos de buceta na minha vara que eu chegava a gemer de prazer E quando não aguentei e senti que ia gozar tirei o caceta de dentro da sua bucetinha e gozei abundantemente na sua barriguinha, .Ela reclamou docilmente no meu ouvido porque tinha tirado na hora que ia gozar.

Ficamos abraçados, nos beijando, tomamos banho nos acariciando, voltamos pra cama nos esfregando e ficamos nos beijando e nos amassando até ficarmos tesudos de novo ...

Então ela se virou e se posicionou de quatro à minha frente, com os joelhos na cama e de costas para mim, e enquanto eu beijava e lambia sua nuca, enfiei dois dedos na bucetinha e dois no cuzinho, ao mesmo tempo.Comecei a dar mordidas nas suas nádegas. Ela virava o rosto, me olhava e estendia os lábios,para ser beijada. Eu fiquei atrás dela e só passava o pau duro na entrada do seu cuzinho, adiando a penetração. Ela empurrava a bundinha prá trás e eu empurrava só a cabecinha. . Levou as duas mãos prá trás e abriu a bundinha,como se disesse :" quero que coma o meu cuzinho" .Mas não dizia nada, apenas gemia. Enfiei a cabeçona e então eu fui forçando o pau prá dentro dela. O cuzinho dela era apertadinho e quente, ela gemeu, Eu comecei a empurrar, para frente e para trás, tirava e colocava de novo, e e quando comecei a bombar com mais força, puxando-a pela cintura e acelerava cada vez mais...ela gemia ..., então ela pediu : " me bate..." Eu bati com força..ela pediu : "puxa o meu cabelo, puxa o meu cabelo".... "Isso, puxa com mais força!! Agora bate na minha bundinha, bate!"... . "Bate mais forte, dá uma palmada para estalar...Uiiiii, que bom!!...Que gostoso...Isso, agora bate mais forte ainda, com a palma da mão bem aberta que é para fazer bastante barulho...Aiiiiiii, que boooom!! Ai, eu vou gozaaaar!!!".... "Bate, bate, bate que eu vou goooozaarrr !!! " Eu parei de bombar o cuzinho dela e bati até as nadegas dela ficarem vermelhas...Então ela se esticou e gozou.....Gozou profusamente, aos gritos, de " puta que o pariu, to gozando..to gooozando ". Ejaculava fartamente, molhando as coxas e os lençois. Então murmurou : Gabriel, goza em mim...goza dentro " Eu voltei a enfiar meu pau nela. Segurei forte na sua cintura, puxei-a com força contra mim e senti meu pau latejar dentro da sua bundinha...fui bombando, bombando, cada vez mais rapido, chegou uma hora que eu não aguentei .o pau deu aquele tranco e gozei...gozei ..a esporra esguichava dentro dela como uma mangueira, .. enchi seu cu de porra, então soltei todo o meu peso em cima dela a obrigando a deitar na cama...a porra escorria pelas suas nadegas..E fiquei ali até sentir o pau ir lentamente diminuindo dentro do seu cuzinho ..

Saimos do motel já de madrugada, nos beijando, felizes...

Fomos amantes por mais uns tres meses, quando ela desmanchou do meu filho e foi estudar no exterior...

Comentários

30/05/2016 10:51:32
Gostei muito.
07/01/2013 04:56:07
E precisa comentar? sensacional
15/12/2011 00:08:55
K beleza,uma nora k sabe fazer gostoso e tarada,uma delicia,aprovado .
10/09/2011 01:45:51
achei muito bom
17/07/2011 21:32:53
muito bom adorei 1000
17/07/2011 13:30:03
Gostei,9
17/07/2011 11:01:42
sensacional
17/07/2011 07:42:30
Parabens professor Pasquale eu tive orgasmos por causa de sua ortografia,seus relatos me despertaram uma ejaculação fenomenal. Muito legal.
17/07/2011 07:07:39
Maneiro, vale um 10, sem dúvida!!! Se fosse mentira já ia falar que depois comeu a Mãe, a Irmã...
17/07/2011 02:08:13
Parabéns pela escrita, pelo bom léxico, pelo conhecimento da linguagem, e e principalmente pelo uso correto da pontuação e da paragrafação.Nota-se que neste conto a coesão se fez presente, e claro, a coerência também.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


o meu padrato meteume o caralho na maoFui encoxada e iniciada por um roludoir:ma virge fudendo com irmao do piru gigamtecasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacontos mulher encoxada na borrachariacontos eroticos d maridos q gostam d veh sua mulher fuder cm pirocudo dentro d ksacoroa chora pos uma foda cm garotao xxvideos menorentiadinha ficou babedol transeinovinhas safda.encheu a buceta.de sabao liquido.para se sartisfazerconto adoro ser cadelinhadois homens a baterem punheta fantaziando ate gozarnovinha com beloto do grelo grandeconto erotico com nora puta e gostosamullheres fodem tarado apulso como vingancaContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte3contos eroticos diaristaconto erotico mendiga novinhademorou mas minha esposa aceitou e aproveitouso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhaxvideo decks ja jantar filho come a mãe e pai come a filiapunheteiras vadias sujas socandomulheres brincando com penis so na portinhacoloquei duas bolinhas de golfe na bucetavideos porno fodendo mae emprensadaPenis flacido castrar contoscontos pai atolou tudo no cuzinho d filha.com fotoscontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o taloa egua me excitou e eu esporrei nela/contorelato quenquinha velha homens maduros de barba peladossexo com tapas na cara.puxau de cabelosto cagando nessa pica gozandovideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto durogato sarado transa com amiga gostosa ponodoidobrincando escanchada contos pornoporno com mae mae tentando risis tirconto gay cacetao tioContos eroticos entre padre e noviçacontos eroticos minha namorada medindo o pau do dotadocorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandosocando na enteada gravida de jundiaipastora bucetuda de fil dentalnovela tieta do agreste transando com sobrinhoa mulher e amante apertalas bolas pornocontos eroticos gay x negao 40cmesposa novinha do bundão grandão nua despeitocontos erotico cm irmacontos pequenina e punheteiraxvideos o chifre mais bem tomadochantagiei minha irma casada contosContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Ladovideo de sexo negao da rola de cinquenta citimetro com uma jeguapono coxada mulher tera cacinha dela metro so saia 2017mostrar despedida de solteira dentro do clube da p****** todo mundo pelado mais tarde vídeo pornô completoPeituda fasendo sexo pulando so e sexo no you tube sen brusa sen sutian correndovidio de mulheres mostran do a buceta eh conto faz xixicontos eroticos climax daputinha dando pros amigosXVídeos pornô mãe f****** com filho dos filhos f****** com mulher ingrataBrotheragem - Segunda Temporada - 8homens chupando gksputaria. propria para coroa intesa safada gosmenta na mansaocontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiosContos eroticos mamaeeee uii aiirelato quenquinha velha xvideos posição na rede de embalofoto de muie com bucetas largasasmeniasnovinhas.nuavideo porno a navinha criando corage a enfiar o pau do cavalo em sua bucetacontos eróticos mulher endividadamanual de corno manso gatobomcontos eróticos sinhozinho comendo negrasvideo porno padastro tomando cafe e entiada estidando pra prova de sainha mostrando a calcinha brancanovinha engole pau do paulaoContos reais de sodomiavideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetasorvetinho com vovo. incestopauzudo fode bucetamenorconto no cinepornocriando uma putinha contosmulher tira prega do cu do macho com straponpornopaumostroseminarista transa colega de quartocoroa novinha transando da put e da das tigresa da preguiça do pornô filme do Rio São Paulo