Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

No Cuzinho da Cunhadinha Magrinha

Autor: Anal Forever
Categoria: Heterossexual
Data: 04/08/2011 11:11:00
Nota 9.67
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá mais uma vez, pessoal. O que passo a contar aconteceu comigo há dois anos quando eu tentava um relacionamento mais sério com uma linda mulher que havia roubado meu coração. Eu havia resolvido morar junto com ela, juntar as coisas e por aí vai. Estava vivendo uma vida feliz de casado. No entando, como narrei em meu conto anterior, sou cara que não me dou bem em relacionamentos sérios porque sou tarado e sempre quero uma mulher diferente, mesmo estando com uma mulher perfeita ao meu lado. Vai entender? simplesmente acho mulher a coisa mais perfeita do mundo e queria todas elas para mim.

Pois bem, estava eu tentando levar uma vida séria, sendo homem de uma só mulher. Diga-se de passagem ela era linda, cabelos pretos lisos no ombro, pela branquinha, rosto perfeito, corpo desenhadinho. Fazíamos de tudo na cama sem restrição e eu pensei que realmente eu sairia do mercado. Mas acontece, que ela tinha uma irmã que, ao contrario dela, era magrinha, mas gostosinha, peitos pequenos, mas durinho, um rosto não tào bonito, e uma bunda não muito chamativa. Era uma mulher que eu nào tinha muito tesão nela de cara, mas aos poucos, quanto mais ela frequentava minha casa eu ia sentindo mais e mais vontade de enrabar aquela bundinha magra. Aquile desejo maluco de ver minha vara dentro de uma magrinha tipo modelo e ainda por cima sendo minha cunhada me perseguia. Toda vez que botava no cuzinho da minha mulher pensava na irmã dela e para piorar, na ânsia do tesão, acabava gozando rápido.

Minha cunhadinha não era santinha. Minha mulher contava histórias de que a irmã sempre foi safadinha. Eu ficava na minha. Dizia para minha esposa que a irmã dela era feia e que nenhum homem tinha tesão nela. Com isso, minha esposa passou a não ligar em me deixar sozinho com a irmã dela de vez em quando. E foi ficando cada vez mais frequente as vezes que minha cunhadinha vinha a minha casa e eu estava só. Ela dava a desculpa de usar a internet e outras conveniencias da minha casa.

Em um desses dias, ela chegou, falou comigo normalmente. Eu estava na sala somente de short vendo TV. Estava com maior tesão, pois minha esposa estava naqueles dias e eu estava na ânsia para comer uma mulher. Minha cunhada foi até a geladeira, pegou uma stella Artois e sentou no outro sofá. Eu pedi para ela pegar uma para mim. Quando ela levantou eu a olhei de costas, estava com um shortinho jeans, a marquinha da calcinha bem pequena marcando, não deu outra, meu pau subiu na hora. Fiquei sem graça pois eu estava só de short e coloquei uma almofada em cima para ela não ver o volume. Ela voltou, tomamos a cerveja e depois cada um bebeu mais duas e a conversa já estava mais alegre e solta.

Num dado momento comecei a perguntar dos namoros dela. Daí começamos a falar de quando foi a primeira vez e tal. Eu perguntei a ela se ela já tinha feito sexo anal e ela, para minha surpresa, disse que sim, mas que não gostava muito porque doía e ela sentia pouco prazer. Daí ela me perguntou se eu comia o cuzinho da irmã dela e eu disse que sim. Eu estou encurtando a conversa, mas até chegar nesse ponto conversamos bastante sobre muitas coisas da nossa vida sexual e amorosa.

Num determinado momento eu perguntei a ela se ela tinha alguma fantasia. Ela sem graça falou que tinha vontade de transar com a irmã dela e mais um homem junto. Eu quase caí pra trás. Daí ela perguntou: e qual a sua fantasia? E eu que não sou bobo eu falei: nem sei porque mais eu sou louco para transar com minha cunhada, isso me pertuba, me persegue, eu chego a transar com minha mulher pensando na minha cunhada...Ela meio chocada disse: mas agora eu sou sua cunhada. Eu olhei e falei: isso e estou louco de tesão em você. Ela falou: mas e se minha irmã descobrir? Eu disse: simplesmente tentamos realizar sua fantasia depois, eu iria adorar pegar você e sua irmã juntinhas... ela falou: você é maluco mesmo. Eu sei, eu disse, e levantei a almofada para mostrar o volume. Ela parou olhando e pela conversa já estava bem exitada e eu tirei o short e deixei minha vara grossa de 19 cm, com cabeça para fora, a mostra para ela. Ela sem pensar se aproximou segurou com as duas mãos e colocou na boca. Que mamada.

Ela mamava com vontade e tesão e eu segurava a cabeça dela mantendo a pica bem dentro da boca dela. Ela disse num momento: nossa, sua vara é grande e grossa, coitada da minha irmà já deve estar toda aberta. Ela continuou mamando e eu a levantei, tirei a camiseta branca dela e vi aqueles seios pequenos mais durinhos, segurei cada com uma mào e ela gemeu. Eu entào dei um beijo no pescoço dela. depois rosto e boca e fui descendo até chegar no short. Tirei e deixei ela só de calcinha. Era uma cacinha normal, preta, pequena. E apreciei aquele corpinho magro de modelo, sem uma barriguinha e acariciei todo e depois, com os dentes, tirei a calcinha, sentindo o delicioso cheio da bucetinha dela, que estava peludinha, mas era uma gracinha. Eu fiquei sentado no sofá e ela em pé na minha frente e eu fiquei meio que passando a cada na bucetinha dela e alisando a bunda e as coxas dela. Ela enlouquecia.

Eu então deitei ela no sofá de pernas abertas e comcei a chupar loucamente a buceta dela, ela demorou, mas gozou na minha boca. Eu então, deixei ela de lado, com a bunda pro lado de fora do sofá e flexinei uma das pernas dela para frente deixando aquela rachinha linda e ensopada a mostra. Posicinei o pau na bocetinha e fiquei pincelando, fingia que iria empurrar, mas voltava e ela louca. Até que ela pediu...come minha xana, come...por favor. Eu, então, empurrei e sem dificuldade a pica sumiu na bucetinha dela, que estava super molhada... e ela enlouqecida de tesào, virei ela de frente de quatro, botei ela deitada, juntei as duas penas dela no alto, deixando aquela bucetinha apertadinha entre as pernas e mandei ver. Uma loucura. Ela gozou mais umas duas vezes e eu me segurando, pois queria algo especial.

Ela já louca, bem louca,eu botei ela de quatro novamente e comecei a lamber o cuzinho dela. E diga-se de passagem, que cuzinho. Lindo, as preguinhas certinhas, um lindo botãozinho. Eu lambia e lambia e ela dizia: vc não vai fazer isso comigo, eu te disse que nào gosto muito. Eu falei: é meu prêmio, pois já te fiz gozar várias vezes, agora quero seu cuzinho. E eu lambendo e ela tentando se desculpas, mas se mantinha de quatro, com o cuzinho aberto na minha frente. Ela disse: mas seu pau é grande e grosso, eu nào vou aguentar... eu falei: sua irmã aguenta, eu sei fazer devagar e você vai gostar. Confia em mim, que vou te dar prazer. E eu lambia o cuzinho dela e descia até a xaninha no grelinho e ela foi no jogo e começou a dizer: come meu cuzinho, mas devagar. Eu então enterrei um dedo e ela gemia e dois dedos e ela gemendo e sempre uma mào no grelinho e ela tremia.Eu mandei ela esperar de quatro, foi até o quarto e peguei vaselina. Parece antigo, mas adoro comer cuzinho com vaselina.

Lambusei meu pau e o cuzinho dela com ela de quatro. Confesso de quatro não é a melhor posiçào para acostumar um cuzinho, prefiro botar deitada de costas, mas ela estava linda de quatro, aquela bundinha magra, aquele cuzinho desenhado. Eu enviei o dedo mais uma vez e ela pediu: pode comer, meu cuzinho é seu. Eu posicionei na entrada (adoro esse momento, onde quem esta dando sempre treme de tesao e expectativa) e fiquei fazendo movimentos circulares. Ela gemia ainda mais e então, segurei na cintura dela para ela não fugir e forcei devagarinho a entrada. O cuzinho, embora não virgem, era muito, mas muito apertado, mas foi entrando. Ela já tinha passado do germer para o grito, um misto de prazer e dor, ela pedia para parar, mas não se movia. Ela dizia: ai, meu cuzinho, tá doendo, tá doendo. Ai, ai, ai. E eu continuei invadindo, centímetro a centímetro, aquele cuzinho. Até que senti minhas bolas batendo na boceta dela. E parei, fiquei fazendo carinho na bunda dela, nas costas e disse: viu, você aguentou tudinho, meu pau está todo dentro de você. Ela disse: o que você fez comigo? arrombou meu cuzinho.

Eu continuei o carinho e levei uma mão ao grelinho sem tirar um centímetro do meu pau de dentro do cú dela. Ela começou a dar gemidos de prazer e eu lentamente comecei um vai e vem e ela dando apenas gemidos de prazer. Eu passei a tirar quase tudo e a colocar, por várias vezes, sempre que eu vazia isso ela dava um grito. Aumentei um pouco o ritmo e ela mesmo levou uma mão ao grelo e em pouco tempo gozou e eu quase junto enchi o cuzinho dela com leite, de vazar e escorrer pelas pernas e buceta. Fomos tomar um banho, e no banho lavei ela todinha e a beijei. Ela me chamou de safado e disse que eu acabei com o cuzinho dele e que estava doendo ainda, mas que ela havia adorado e estava esperando o momento de realizar a fantasia dela, de transar eu, ela e a irmã dela...

Comentários

19/04/2012 08:52:31
Gostei da parte onde voce diz: "quem esta dando sempre treme de tesao e expectativa". Verdade mesmo! Eu sinto até um friozinho na barriga.
26/08/2011 21:14:14
que delicia de conto, sempre tive vontade de comer uma magrinha mas nunca tive oportunidade, deve ser muito bom, mesmo.parabens
09/08/2011 19:57:55
Adorei! Vc sabe fazer uma mulher enlouquecer de tesão!!! Que delícia de homem! [email protected]
09/08/2011 19:54:57
Adorei seu conto! Vc sabe mesmo fazer uma mulher enlouquecer de tesão! Sortudas demais!!!
07/08/2011 14:03:56
stella Artois! Q chique!
05/08/2011 17:14:50
Nossa que tesão...
05/08/2011 12:18:59
Muito bom seu conto amigão. Essa de comer a cunhada dá muito tesão mesmo.Aguardo a continuação de como vc realizou a fantasia dela fazendo sexo junto com a irmã.
04/08/2011 14:29:53
Delicia de conto, adorei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


esposa se acanha com punheta corno sexopenis grosso e 30 ctm fazendo a menina novinha chora e caga.sangue apois colocar em seu anuaxsvideo relatos com fotos e filmes tio taradao de 30cm de rola arrombando subrinha safadaXvideo.meninas.nemor.violada.dormido.figidocontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaiCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficaRelatos Zoofilia qual melos cadela para sexoninfeta blinando vovôentregei uma pizza e mepagou com boquetecache:FXezWFwrF6IJ:zdorovsreda.ru/texto/2014021511 Coroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficabucetascontovelhocasadacornoas coxas da minha mâe contos eroticoscontos eroticos climax daputinha dando pros amigosTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestoExibicionismo em praia de nudismo lotafanovinhas.abrir.buzentacontos eroticos dei para um vizinho de iptingamontei um armario pra uma coroa ela me atacou e chupou meu pau tv bucetacachorro do nozão trelado no cu da gostosarelatos eróticos: minha esposa ficou grávida durante assaltobucetao de sotinho q capui de fucaxvideos caseiro emfermera mindando banho eaipilha de vestido deu bobera com papai e a pica gozou na pomba porno inosenteflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contoscoloquei duas bolinhas de golfe na bucetaSexo real moca falando olha isso seu pau muinto grosso aiai gostosa novinha virgem orgasminhostrapon sangue e bostapais prende filha no quarto com irmão ele mete e gosa dentro da bucetacontos eroticos de sogras 2017porno grátis cm gringa dando ate se amoleserlesbicas se vingando da rival12 mulheres se gozando muito asseste videocontos anais + caminhoneiro enrabador da jeba grandecontos eroticos , isso geme putinhaconto erotico com crentenegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elaBrotheragem - Segunda Temporada - 8ninfeta cismou comigoconto erotico gay colega de quartoxvideo Comendo a Mulher do Meu Tio Cielycontos eroticos fui seduzido pela vizinhacontos tia dando o cu pro sobrinhoxvideos cunhadinha nao resistiu amassagemo negão bem dotado comendo minha mãe contosincesto pai bota filha no colo e ficar bolinando elaconto de como come meu marido3 julho 2015 8445 paguei para deflorar a filha do caseiro casa dos contos eroticocoloquei duas bolinhas de golfe na bucetafazendo a filha chorar de dor sexo anal tv insentoUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contosestupro chupando grelo grande até ferirmorena de 58kg dando a bucetaefaç de pornContos eróticos teens pai vendo q a rola do filho estava bem grandinha conto gayirmalouca pra perdero cabaco pro irmarcontos de incesto maê pega filho roçar o pênis no grelo da maevideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maisfotos de pau duro cabeçudosexo oral e vavinal com a quelas danadinhascontos eroticos me comeram a forçanovinha loirinha de onzeanos bucetinha enxadinha transando com papaimarido .que gosta de ser corno xpirnxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundotalam e pene trAsandovideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhasmas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?Xvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelacontos de sexo depilada na praiaaenchi for anel sextem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celular