Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A NOIVA DO MEU FILHO É MINHA PUTA 1

Autor: valeriobh
Categoria: Heterossexual
Data: 01/09/2011 19:55:06
Nota 9.77
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (13) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quando entrei na sala e vi a namorada do meu filho, pelada e ajoelhada no meio da sala, recebendo uma pica na xota e outra na boca, não sabia que a raiva inicial se transformaria na maior da fantasia sexuais que um homem poderia ter. Antes tenho que informar que possuo 4 amigos há mais de 30 anos. Somos tão unidos, que um é padrinho de casamento do outro. Na adolescência gostávamos de trocar namoradinhas, e na fase da vida adulta gostávamos de trocar as mulheres que comíamos, principalmente as putinhas que pegávamos nos carnavais e festas. Institucionalizados a putaria quando organizamos a primeira despedida de solteiro do grupo. Cada um contribuiu com algo em torno de R$ 500,00, dinheiro suficiente para pagar 4 putas, churrasco e bebidas. Mesmo estando todos casados mantivemos essa confraternização, e toda primeira semana do mês de dezembro fazíamos uma gostosa suruba, só que agora com mais conforto e putas (2 para cada), e na chácara de um do grupo, onde passávamos dois dias metendo. Nossas esposas pensam que a festa do bolinha é só para comer, beber e jogar truco. Vamos ao conto. Sabia apenas que meu filho Iran estava namorando uma menina que havia conhecido no curso de inglês. Meses depois ele a apresentou pra família, e somente então vi que meu filho tinha bom gosto. Com 17 anos, Karen era uma menina era linda, educada e meiga, cativando a todos. Ela era de família humilde, mas demonstrava muita vontade de crescer, tanto que trabalhava como recepcionista no curso do inglês do meu filho desde seus 16 anos. Não serei hipócrita de dizer que não olhava com volúpia pro gostoso corpo dela, principalmente quando a via de biquíni. Imagine uma menina loira, com cabelos até a cintura, de olhos azuis, com 1,70 e 60 kg, com seios 42 e manequim 40. Percebia que praticamente quase todos os homens comiam a menina com os olhos, mas assim como eu, todos tinham respeito por ela. Esse respeito acabou no dia em que a vi dando pra um bando de homens, alias, meus amigos. Como disse, anualmente marcávamos uma grande suruba com 4 homens e 6 a 8 mulheres, regada a muito churrasco e bebida. Normalmente contratávamos putas pelo jornal, mas como o nível já estava caindo, um dos amigos disse que conhecia um viado da empresa dele que uma vez havia insinuado que conhecia várias meninas de família que gostavam de uma boa sacanagem em troca de um dindim. Pedimos que selecionasse umas meninas, tendo o próprio viado levado 6 meninas, além de assumir a churrasqueira. Por questões particulares fui o último a chegar, aliás, cheguei umas 4 horas depois, e como tinha chave da casa, deixei meu carro na garagem e passei antes no freezer para pegar uma cerveja. Entrei pela cozinha e fiquei parado num canto apreciando a putaria que já rolava solta. No sofá vi o Renato sentado sendo cavalgado por uma menina, e no canto oposto o Rui chupando duas mulheres que se beijavam, deitadas uma ao lado da outra. No felpudo tapete tinham duas mulheres se pegando num extasiante 69, e no lado oposto Gil e Fernando metendo na mesma loirinha, com o primeiro metendo a pica na xota e o segundo tendo a pica chupada. Tirei a roupa, tomei um viagra e fiquei assistindo a orgia. Já bem excitado, me aproximei das duas que se pegavam no 69 e já fui logo metendo a pica na buceta que estava por cima. De tão melada aquela xota, meu pau sumiu numa só estocada e fiquei concentrado nas minha duas putinhas. Logo estava deitado com uma me cavalgando e a outra de cócoras, como minha língua lambendo a buceta dela. De relance vi que Gil e Fernando haviam trocado de posição, e que dessa vez a loirinha cavalgava Fernando e Gil ao mesmo tempo que dava o cu pro Fernando. Eles gozaram e foram se lavar no banheiro. Quando retornaram eu ainda estava com a cabeça encoberta pelas coxas da outra puta e quando finalmente me levantei a loirinha estava de quatro na beirada do sofá, dessa vez chupando a buceta de uma mulata deliciosa. Como ainda não havia gozado (efeito do viagra), agachei atrás dela, abri as nádegas e enterrei violentamente o pau na racha depilada. Socava o pau na xota ao mesmo tempo que enfiava o polegar no cu, e quando pressenti que iria gozar, tirei o pau da xota e atolei no rabo da loirinha, metendo com força até finalmente gozar. Quando tirei o pau do rabo dela é que percebi que a camisinha havia estourado, e quando a menina colocou a mão na bunda e constatou que eu havia ejaculado dentro dela, ela rapidamente se levantou e se virou pra falar algo comigo. Foi um susto mútuo. Havia gozado no cu da namorada do meu filho. Ela olhou assustada e correu pro banheiro. Sem saber o que fazer, segui a norinha e me tranquei no banheiro junto a ela. Estavamos os dois errados. Eu traindo minha esposa e ela traindo meu filho. E como diz o sábio ditado popular “chumbo trocado não doi”, resolvi tomar as rédeas da situação, até porque eu tinha mais que o dobro da idade dela. Pedi que parasse de chorar e não comentasse com ninguém que já nos conhecíamos antes. Ela disse que iria embora e que iria devolver os R$ 500,00 que havia recebido para está ali. Disse que ela havia feito jus ao pagamento, já que havia transado como combinado. Comecei a acariciar seus firmes seios e logo estavamos dando um ardente beijo. Percebendo que meu pau já havia endurecido, Karen se abaixou e passou a me chupar com volúpia até o ponto do pré-gozo. Tirei abruptamente o pau de sua boca e a coloquei apoiada na pia, para logo enterrar-lhe a pica na xota. Meti com tanto tesão que em poucos minutos tornei a inundar com porra suas entranhas. Mal ejaculei e a norinha de abaixou, passando a chupar e lamber a porra que estava sobre meu pau, deixando-o limpo. Nem percebemos o tempo em que passamos no banheiro, mas assim que saímos recebemos uma sonora vaia dos amigos, dizendo que estavamos namorando (pior que era verdade). Falei no ouvido dela que continuasse a fazer o que havia sido combinado, e que depois iríamos conversar. Com certo ciúme tive que agüentar e ver minha querida norinha meter com os demais amigos, sendo que ela, turbinada com a bebida e por saber que o pai do seu namorado lhe via fuder, demonstrou possuir um furor uterino superior as demais putas, encarando tudo e todos, tanto que no final ainda foi presenteada com uma grana extra. Quando bateu 20h disse que tinha que ir embora, recebendo nova vaia dos amigos. Karen aproveitou e perguntou se eu não lhe poderia dar carona, se virando para a prima e pro viado que o pai do seu namorado precisava conversar urgente com ela. Mal saímos e passamos a nos beijar, entrando no primeiro motel que avistamos. Após uma nova transa animal, ela disse que era a terceira vez que fazia programa a convite do viado, que conheceu o viado por intermédio de sua prima Rute (uma outra delicia que comi naquele dia), e que o dinheiro era para pagar a mensalidade da sua faculdade. O cachê que ela recebeu por um dia de putaria era quase o valor do seu salário mensal. Disse que amava meu filho, mas que ele era muito parado na cama, só a comendo na posição papai/mamãe, que nunca lhe comeu o cu e poucas vezes lhe chupava a buceta, e como ela era muito fogosa, se masturbando quase que diariamente, viu na nova atividade uma possibilidade de unir o útil ao agradável. Ela ligou pro meu filho e disse que o chá de panela ainda não havia terminado, e que iria dormir na casa de uma amiga. Dormimos como marido e mulher. ([email protected])

Comentários

12/11/2013 03:20:56
Excelente conto! Parabéns! Gostaria muito de receber o conto com fotos e vídeo. [email protected]
12/11/2013 03:17:50
Excelente!!!
30/01/2013 09:29:04
Excelente conto Valerio. Parabéns e nota 10. A Fantasy Island editou teu conto com fotos e com um vídeo, portanto quem quiser receber o conto com fotos e vídeo, totalmente de graça, é só nos pedir pelo nosso email: [email protected]
poe
25/10/2011 08:06:36
belo conto
02/10/2011 15:16:48
vc realizou minha maior fantasia. Eu era louca p dar p meu ex sogro! Parabens
02/10/2011 15:15:27
20/09/2011 07:22:01
maravilha!
03/09/2011 11:09:09
Com um cara igual eu, que adora uma mulher sem neuras ou frescuras para sexo, vc teria um parceiro e tanto prá te ajudar nessas fantasias e picas eram o que não lhe faltariam sempre que quisesse. Uma delas, claro, seria a minha, pois adoro dividir uma mulher numa transa e o que mais sonho é ter uma esposa puta como vc aqui em Belo Horizonte/MG, ao meu lado. [email protected]
03/09/2011 01:04:29
EITAAA PORRAA!!!!!
02/09/2011 13:10:01
Amei,adoraria estar no lugar dela.
02/09/2011 02:04:12
Meu caro Valerio!! Encontraste a norinha perfeita!!! 10 pra vc e seu conto!!
01/09/2011 20:26:57
Muito excitante!!!! Tem muitos maridos que merecem ser corniados pelo proprio pai!!!!
01/09/2011 20:16:56
legal

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


delegada indo pega sua prisioneira pornodoidovelhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadasporno comendo cu de homêm de bùnda grandeVelhos que mamam seios de sua neta contos eróticosconto sou rabuda e fui encoxadaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafocontos corno beija pés humilhadocontos lésbicas brigando reconciliaçãoporno sobria vai vizitar tio e esrrupadaMinha esposa perdeu a virgindade do cuzinho com 2 negros picudos contos e relatos eroticosseduzida por um estranho contos pornoporno.incesto.filha se asusta.com o.tamanha do pau do.negraocontos recentes de mulheres que descobriram que o marido queria ser corno e ainda gosta de um fio terrablogs velho seboso pauzudoporno comeu a etiada que fazia pirasa so de chortinhobumda grande fodendo caindo com perdas bambaVirgem chora na cama com velho taradofiume porno garoto senti tezao pela crentinhachinesa rabuda de cuecaa tia zoofilia pegada no caocontos de sexo as novinhas e os padrinhos picudos com jumentoscdzinha gostosa para programa sp capitalporno sombra brasileiro pauzudo so com vovo 60anoscasadas fudendo dentro de Casa com parentesconto erotico motorista do uberprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulherxexeca mais gtz e peludinhaContos eróticos a gordinha e personal trainerxvideos vermebrancoxvideos primo cheira po mas prima e nao resistiamo meu corninhoseita crossdressernao era pra enfiar no meu cuzinho virgemporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.Xsvideos bem dotado masturbando no carrobuçetacasadaconto gay "todas as formas de amor"contos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelacontos eroticos provocando meu cunhadotransendo cominha conhada dospeitaoporno duas amiga core do pau cabesudosquirt alucinador pornCONTOS SEXO NO COLOcontos eroticos entre irmas e irmaos de montes claros mgMais carentes enrabadas por filhoContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeucunhada ajuelha na frente do cunhado e engole rolagosada dentro da buceta de surpresa.sexo em famíliaContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Ladocontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finovideos de sexo nora provoca sogro na praia de nudismowwwxxvideo filhinha meche o bumbummasturbando na cama serrando com travesseiro pornodoidocontos eroticos pastor comedor de mulher casadasexp.conto.mae.filho.compauzudo fode bucetamenormorena de 58kg dando a bucetafudendo so o cu delazinhaconto erótico de novinha q transou em acampamento evangélicocontos de podolatria com sandalia de salto finocontos eroticos diaristanovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornobucetas inchcadas na calcinhascontoseróticos invasão anal 3contos trai com o inquilinopornoxvideos levo a gostosa anda de moto e comeu ela no matovideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutaputohomem damdo o cu e rebolandohomem empurra na vara na jumenta até gozarquando seu.comamigo nao te.comrespondofodendo o putynho gayContos padrasto fode filha novinha enchentecontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo contos erotico sobrinho pausudo so de sungasendo lascada por maquina do caralhisdoce nanda parte IV contos eroticoscontos de tia que mexeu com sobrinho jovemEroticoscontos.com /casadas 23cm dupla contos erocos apenasxxxxxvideo mulher gosando wue nem louca e estralando a bucertacontos eroticos urei de tanto gozar minha buceta inchadavídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalsou puta e cadela do meu cachorro e corno adorasogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoporno casa xeio de passarinhoshappy love casa dos contos paradigmas de uma paixaosou puta e pratico zoofiliaPorno contos incesto maes ensinam suas meninas como chuopar bucetas paus dos pais dar os cuzinhios