Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Contos Interraciais volume 10 - Separei, realizei minha fantasia, e reatei o casamento

Autor: Mariana
Categoria: Heterossexual
Data: 02/09/2011 21:13:52
Nota 9.40
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou loira, 26 anos de idade, dois filhos e divorciada. Durante o período que fui casada, deixei muito a desejar no que dizia respeito a sexo. Meu ex-marido era daqueles homens que só ficavam no papai-mamãe. Quase todas as vezes que eu fazia uma boquete, ele gozava rápido demais.

Mas depois que me separei, resolvi realizar duas de minhas maiores fantasias. A primeira era fazer sexo anal, pois o trouxa do meu ex nunca havia fudido meu cuzinho. Eu era literalmente virgem atrás com 26 anos de idade.

A segunda fantasia era fazer sexo com um homem negro. Sempre tive muito tesão em negão, mas nunca tinha feito sexo com um. Como fiquei casada, deixei de realizar essas fantasias pois nunca trai meu marido. mas agora, divorciada, podia fazer essas duas coisas.

Comecei a sair, deixando meus filhos com minha mãe, e passei a frequentar pagodes e shows de funk. Logo encontrei homens negros deliciosos que poderiam dar o que eu queria, mas nenhum deles me interessou realmente.

Foi quase 3 meses depois de divorciada que finalmente arranjei um namorado negão como eu queria. minha mãe ficou assombrada e meus filhos tiveram ciúmes, mas eu não deixaria que eles atrapalhassem meus desejos.

O negro se chamava Jonas, era muito preto, quase chegava a ser azul. Com um lábio grande e uma careca brilhosa, fazia eu pensar no tamanho que devia ser aquele pau.

É claro que não demorou uma semana para eu ir para a casa daquele preto gostoso, afinal queria dar gostoso, pois havia 4 meses que eu não dava. Apesar de ter 2 filhos ainda era um tanto gostosa, com as idas a academia ajudando a me manter em forma.

O Jonas logo que chegamos a casa dele, me beijou tanto que eu já estava toda molhada por baixo da roupa. Ele me mordeu a orelha e perguntou:

- Por que seu marido te largou, gostosa?

- Ele arrumou outra, aquele safado. - menti descaradamente - Ele disse que eu não era gostosa.

- Rapaz, não é gostosa? Deixa pra mim então, corno manso.

- Então, eu sou gostosa? - perguntei, levantando um pouco a saia, deixando as coxas a mostra.

A reposta foi ele se ajoelhar em frente ao sofá, e passar a beijar minhas pernas. Sua pele era tão escura, e a minha tão branquinha. Aquilo me deixava louca de tesão.

Logo ele arrancou minha saia e minha calçinha, e passou a me chupar gostosamente. Havia tanto tempo que eu estava sem sexo, que acabei gozando rápidamente e quase mijei na boca dele, de tanto tesão.

Ele me levou pro quarto e eu fiquei na cama de quatro, enquanto ele tirou a roupa. Que homem era aquele negro. Coxas grossas, corpo musculoso, muito negro que chegava a brilhar. Seu pau devia ter uns 20cm ( mas eu não sou fita métrica ) bem preto e com a cabeça meio vermelha. O saco era durinho, com duas bolas firmes.

Ele ficou de pé ao lado da cama, e eu chupei sua piroca preta com gosto. Engoli a cabeçinha, mamei as bolas, lambi o pau todo, enquanto ele punhetava na minha boca.

Quando parecia que ele ia gozar, ele me puxou, deitando na cama, e me sentando por cima dele. Meu cú foi parar na sua cara e ele passava a lingua pelo cú e pela buceta. Eu passei a mamar as bolas dele, para que ele não gozasse muito rápido.

Logo levei a buceta até aquele pau gostoso e cavalguei com gosto. Subia e descia, enquanto ele segurava minha cintura. Como fazia muito tempo que eu não fudia acabei gozando de novo feito louca. Ele me deitou abriu minhas pernas e se ajoelhou no meio delas. Meteu com gosto na minha buceta. Ele brincava com o grelo, e beijava minhas pernas abertas.

Ele acabou gozando, melando minha buceta, minha barriga e meus peitos. Tomamos um banho, e voltamos para a cama. A intenção era dormir, mas eu ainda tinha em mente o meu segundo desejo, minha segunda fantasia. Queria dar meu cuzinho pela primeira vez. Contei para ele, que logo adorou a idéia.

- Não acredito que seu marido não te fudeu esse rabo gostoso.

- EX-marido.

Ele pegou uma camisinha, e eu chupei seu cacete para ficar duro. Ele encapou o cacete, e eu fui por cima dele. Ele me apoiou segurando meus peitos e eu desci no cacete até que entrou gostoso. Doeu muito no início, mas meu músculo foi cedendo e logo passei a sentir um prazer indescritível. Era como se ele estivesse me possuindo por inteira.

- Ai, que delícia, negão!

Foi uma cavalgada anal maravilhosa. Era a melhor sensação da minha vida. Só que ele queria me deixar mais louca ainda. Ele me tirou de cima dele, e me deixou de quatro. Arrancou a camisinha, e cuspiu na entrada do cú.

- Não vai doer?

- Vocâ vai adorar dar assim, gostosa.

Ele meteu sua vara preta em meu cú, e eu me senti totalmente indefesa. Nunca pude imaginar que dar o cú, fosse tão maravilhoso. A mulher fica totalmente entregue ao homem, de uma forma quase animal. E eu, mãe de 2 filhos, recém-divorciada, alí naquele quarto, de quatro para aquele negro, com seu cacete atolado em meu rabo, era a visão do proibido. Na minha cabeça, deixo claro.

Eu peguei meu celular, e pedi para ele tirar uma foto só para eu ver como era. Ele riu, mas tirou. Aí, pedi para ele tirar outra que pudesse ver que era eu. Ele tirou.

Quando eu já estava com o rabo dormente, e mordendo o travesseiro, com as pernas bambas, ele gozou.

Foi num urro abafado, e senti o jato quente da sua porra dentro do meu cú. Quase desmaiei de prazer. Ele não tirou enquanto o pau não começou a ficar mole.

Ficamos nessa putaria por uns dois meses. até que dei um jeito de mostrar as fotos pro Carlos ( me ex ).

- Que palhaçada é essa, Mariana?

- Uma trepada, ué.

- E os meninos? Que putaria é essa?

- Eu não fudi na frente deles, né, Carlos.

- E quem é esse cara?

- Um negão, amigo meu. Nem lembro o nome.

Por duas semanas ele ficou raivoso, mas depois passou a me procurar quase todos os dias. Acabamos voltando, mas eu continuei me encontrando com o negro Jonas sem que ele soubesse, uns 3 meses.

Depois o Jonas foi para Manaus, e eu fiquei sem amante. Isso já tem dois anos, e nesse meio tempo, dei só para mais dois caras, sem que Carlos sonhasse.

Um era aluno lá da academia, o outro um negão que eu conheci no meu serviço. Duas fodas gostosas, devidamente fotografadas.

Afinal, se o carlos começasse a ficar gracioso de novo, era só eu mostrar as fotos para ele, que logo ele abaixaria o tom de voz.

Afinal, homem é assim, adora ser corno, e enquanto não leva uma chifrada, não sossega o facho.

Comentários

03/09/2011 14:36:33
Muito bom conto.parabéns [email protected] se possível me mande as fotos.
03/09/2011 11:02:04
Com um cara igual eu, que adora uma mulher sem neuras ou frescuras para sexo, vc teria um parceiro e tanto prá te ajudar nessas fantasias e picas eram o que não lhe faltariam sempre que quisesse. Uma delas, claro, seria a minha, pois adoro dividir uma mulher numa transa e o que mais sonho é ter uma esposa puta como vc aqui em Belo Horizonte/MG, ao meu lado. [email protected]
03/09/2011 06:47:59
Estimada Mariana, A coisa não é bem desse jeito. Tem homens que realmente gostam de ser cornos. Mas tem muitos que jamais deixariam de comer, por inteiro, uma mulher gostosa como você. Aquele tempo, em que os homens faziam fora de casa alguma coisa que jamais fariam com a esposa, acabou, viu? Hoje, a mulherada topa tudo. O marido tem que começar a comer a esposinha por completo desde cedo. Não tem essa de dizer que vai doer, que isso é proibico, coisa e tal. A foda tem que ser completa. E se começa assim, desde o princípio, daí para frente vai ser sempre uma delícia. Uma hora é um boquete, outra hora a bocetinha, depois vem o rabinho, e, sempre que possível, come-se tudo de uma vez, no mesmo dia, ou na mesma hora, se isso der certo. Mas tem que comer. Não se pode deixar de lado uma sobremesa como essa do sexo anal. Que, aliás, caminha firme e forte para virar o prato principal. Ele tem e vai ter sempre o gostinho da novidade, da metida funda e excitante. Onde sempre os dois vão aproveitar o máximo da perversão e da sacanagem. Gozemos, pois...
02/09/2011 21:32:59
Tesão de conto, Mariana! Absolutamente inspirador! Beijos
02/09/2011 21:29:26
Adorei vc e seu conto,maravilhoso,beijos!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


porno contos cunhado novinhonegona dizendo no cu naopassei o pau na bunda da minha mae e ela pediu pra eu comer elaforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastoporno sacana mao na bucetta no cu nojento ao vivoVideos de sexo brasileiro nem naceu cabelo na bucetinha virgem e ja ta metendo com pauzaocontus estupro de novinhasgarotimha aprendendo bate punheta no papaisexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaogay sexo no meio do mato novinho transando com 5 homens no Mato levando pica no c* no mato na favela e Leo apartamento pela primeira vez na beira do marvideos de porno doido com coisas indessemtebelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outrogatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrucontos eróticos gay cunete entre molequescontos de sentadinha com o cuzinhohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhertarada xividiosvelho insiste até rapaz com mussarela no pornôContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaomeniina lavano abuctaeu qeuro vidio di sexofotos decasadinhas boqueteiras do corninhoporno levantado a saiao pauzao preto fortecontos eroticos virei vadia novinhavįdeos porno com prętas atraves da paredeencocho a irmanzinhamulher cor de jambo anal classicoBAIXA VIDEO PORNO APROFESSORA ELIZABETI DA ESCOLA NANDEJAFeitichi d evangelica c homemdei a buceta pro borracheiro contos eroticosxvidios betinhos lindovizinho safado do 205fodendo o putynho gayRuıva fudendomamãe quis ir na praia de nudismo contos de incestovideos caseiros de estrupos de vuneravrltravesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamaporne com malheiContos gays vestido de mulher para o negro dotadopeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetaxvideos as vigindades das mendigasgostosas chupando barman na festamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornogueixa mijonaContos perdendo o cabaço com negao tripé"atolado no meu cuzinho"novinha bonziado n picapornodoidocalçinhasContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoCármen e a patroa contos eróticospadrasto promete que vai colocar devagar quando a enteada abre as pernas ele enterra a picaevangélica Sáfadinha mostrando a bucetaCuidando das amiguinhas da minha irma contosconto erotico a pequenininhaso cu fudidos de diaristasminha mãe me surpreendeu contos de incestocontoseroticos de prima e seus primosrevistinha porno mulher vos sexy co cachorrobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhacontos eroticos pagando a dívida a forçavideos porno mulher tentando escapa. do pau do outro na frente do marido mas nao comsegue e corno dechaincesto com meu vô contoscontos enrabei um cuzinho gostosocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 mae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodefilha a reda causilha e pai empura rolaconto dupla penetracaocontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docesfotos de bucetas beiçudas pono doidoporno filme grande que demore😉😉piriquita britadeira evangelicagarota ciclista bermufa socada na xanaprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera correxxvideos vídeos porno doido entre cunhadanovinhas so gost de negraopornovideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadacontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebeVer garotos com 16 cm de picaporno caseiro amiga não acredito q o pau do meu marido é grande e pago pra vercasa precizando de cazeiroconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaofilha fica brava ao levar gosada dentrohttp://esposas perdendo a virgindade com seus maridos: contos eróticos