Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Diario de uma casada 4

Um conto erótico de katrine
Categoria: Grupal
Data: 20/09/2011 21:00:42
Nota 9.43

Diario de uma casada 4

Sou a Odete e esta é a 4ª de uma série de relatos em que conto aos meus leitores o caminho que percorri de esposa fiel a puta casada. Para quem não leu os primeiros capitulos digo que tenho 45 anos, casada, trabalho como enfermeira num serviço de cirurgia e esta é a minha "fotografia": cabelos louros até ao meio das costas, olhos azuis, lábios grossos, 1.70 \ 60 kilos, seios cheios ( 38D ) mas firmes, visto saia 38, pernas longas e cuzinho ligeiramente arrebidado

O domingo passou-se de forma calma, o meu querido maridinho acordou com tesão e acabámos por fazer amor, tendo como de costume simulado o orgasmo. Deitámo-nos cedo, iamos ambos trabalhar de manhã, mas eu demorei a adormecer pensando na forma como o Jorge me entregara a uma série de desconhecidos no restaurante e percebi que, embora pudesse continuar a alinhar com ele de vez em quando, já não precisava de me submeter para foder com vários machos, seria muito mais divertido procurar as situações sózinha. Fui trabalhar de manhã e o Jorge lá estava, disse-lhe que quando acabasse o turno precisávamos de falar, ficou curioso mas nada adiantei. Á saida fomos até um cafézinho discreto e pouco frequentado, aí fui muito clara com ele, adorara a forma como me ajudara a liberar sexualmente mas a partir de agora queria viver as minhas fantasias, não queria mais surpresas como a do restaurante e que se ele queria continuar a comer-me seria nos meus termos. Para minha surpresa foi muito receptico, dizendo que ficaria contente sempre que eu quisesse ser a sua putinha

A grande oportunidade apareceu 15 dias depois, o corninho ia estar 3 dias fora (sexta,sab e dom ) e por sorte eu saía de turno sabado de manhã e só voltava a trabalhar segunda de manhã, oJorge tentou combinar um programa mas eu recusei. Dormi um sono reparador e preparei-me para ir ver um filme porno a um cinema que os passa em sessões continuas;vesti um fio dental preto, uma saia branca comprida com botões á frente, como apenas abotoei os 4 primeiros o efeito era espetacular, por trás marcava perfeitamente o meu cuzinho e a sua semi transparência mostrava as nádegas quase nuas e á frente quando eu andava via-se perfeitamente o interior das coxas, para cima vesti uma blusa azul de seda, sem soutien, as mamas anteviam-se por baixo, os mamilos espetavam-se contra o tecido, o generoso decote permitia uma visão fabulosa e quando andava elas abanavam deliciosamente. Fui de metro os passageiros despiam-me com os olhos, chegada junto do cinema hesitei, queria ter umas fodas excitantes mas não dar uma "geral" e as coisas podiam sempre descontrolar-se ( mal sabia eu que o meu temor se ia realizar ), comprei o bilhete, o rapaz da bilheteira ficou embasbacado, entrei, na tela uma fulana era comida por vários homens, depois de me habituar á escuridão vi 10 ou 12 clientes, todos homens, espalhados pela sala, sentei-me numa fila do meio passando por um velho barrigudo que me saudou com um " passa boazona..."não liguei. Cruzei a perna deixando as coxas totalmente expostas e comecei a ver o filme, a fulana na tela estava a ser comida na cona por 2 grandes paus negros enquanto chupava um terceiro, ora aí está algo que nunca fiz pensei eu. O velho mudou-se para a cadeira ao meu lado direito e abrindo a calça começou a punhetar-se lentamente olhando-me de vez em quando, disse para mim mesmo "porra que velho asqueroso", 3 espectadores que estavam nas filas do fundo mudaram-se para trás de mim e as bocas começaram " andas perdida...não precisas de ver o filme a gente tem o que tu precisas...como-te toda...ela veio á procura de pau...a puta tem aliança...onde está o corno...", comecei a ficar excitada mas também um pouco assustada, entretanto entrou um novo espectador que vendo-me se veio sentar ao meu lado esquerdo, era um mulato alto e entroncado relativamente jovem ( 25 no máximo ), na tela duas fulanas lambiam-se mutuamente enquanto uma delas era enrabada por um ruivo bem dotado. O mulato pousou calmamente a mão na minha coxa, com não reagi descruzou-me as pernas e começou a apalpar-me lentamente até chegar ao fio dental que não foi obstáculo para os seus dedos " estás toda molhada putinha..." observou com voz rouca, limitei-me a gemer, abriu as calças e agarrou a minha mão pondo-a á volta do caralho, que estava duro e era de tamanho apreciável " isso mesmo branquela...", de subito senti a mão do velho na coxa direita, não me agradou mas achei melhor não resistir, como era de prever de sequida agarrou-me a mão e colocou-a na pichota. Ali estava eu uma respeitável senhora enfermeira e mulher casada a ver um filme porno ( na tela vários homens comiam as 2 fulanas em todos os buracos ) e a punhetar dois desconhecidos, dois dos fulanos que estavam atrás de mim levantaram-se e começaram a apalpar-me as mamas " que ricas tetas tem esta vaca..." gracejou um deles " vamos foder-te toda..." disse o outro lambendo-me a cara, começaram a desabotoar a blusa " ei vamos com calma..." pedi inutilmente " boca calada sua puta já sabias ao que vinhas...", ordenou um deles, um quarentão com ar duro, entretanto o velho esporrou-se na minha mão " toma querida...toma...AGH...", de imediato foi substituido pelo terceiro fulano da fila de trás que me agarrou a mão e começou a punhetar-se com ela., o mulato puchou-me para cima dele, desviou o fio dental, enterrou-me toda no caralho e agarrando-me pela cintura começou a foder-me furiosamente " sim ...que cona boa...sim" as minhas mamas libertas da blusa balançavam ao ritmo da foda, o tipo que estava ao meu lado espremeu-se todo e conseguindo colocar-se á minha frente agarrou-me as tetas e colocou o caralho entre elas começando uma cubana, o erotismo da situação apressou o meu gozo " AGH...AGH...AGH...sim...sim...fodam a vossa putinha...fodam..." os outros dois colocaram-se um de cada lado e iam-me fodendo alternadamente a boca.

O que eu temera, ter que dar uma geral, estava prestes a acontecer os outros espectadores apercebendo-se da situação tinham-se aproximado e de pau na mão aguardavam a vez, os comentários não enganavam " despachem-se que também queremos montar a puta...vou arrebentá-la toda...olha que tetonas tem esta vaca...etc..." entre urros de extase o mulato encheu a minha cona de esperma e o espectador que me fodia as mamas veio-se també enchendo o meio peito e a blusa de porra " toma o meu leite sua puta...toma...", por minha vez tive novo orgasmo "AGH...AGH...venho-me..." os meus gritos de extase foram abafados por um rio de esperma garganta abaixo, enquanto o segundo fulano que usava a minha boca encheu a minha cara e cabelo de porra. Levantei-me cambaleante 12 (entretanto tinham entrado mais clientes ) homens aproximaram-se " é a nossa vez putinha..." abanei a cabeça enquanto começava a abotoar a blusa " nem pensem o espectáculo acabou" desataram a rir " é assim putinha vais dar a todos ou por bem e és bem tratada ou por mal e..."disse um deles, olhei em volta não tinha saida e na verdade tinha que reconhecer que me pusera a geito " ok não é preciso serem brutos ..."levaram-me para o palco rodearam-me, despiram-me totalmente e o rodizio começou : um deitou-se no chão e fui forçada para cima do caralho erecto " vem putinha quente..." o pau entrou fácilmente comecei a cavalgar, era delicioso, outro colocou-se atrás e cuspindo do meu cuzinho penetrou-me de um golpe " AGH...seu cabrão isso doi..." gritei com raiva" TRAZ...TRAZ...cala-te e dá ao cu..." respondeu o patife dando-me dois estalos nas nádegas, como é evidente um terceito penetrou-me a boca. Não sei muito bem por quantos fui fodida mas creio que uns 20 ( entraram mais espectadores,e no fim o rapaz da bilheteira também me veio foder) nas 2 primeiras rodadas ainda gozei, mas depois o ardor na cona e a dor no cú e no maxilar sobrepuzeram-se ao prazer. Eram 23.30 quando o cinema fechou, lavei-me o melhor que pude na casa de banho, vesti-me, chamei um taxi e fui para casa. Ainda bem que o meu marido não me fode no cú porque se não topava tudo, está todo arrombado. Foi uma cena muito excitante e gozei imenso, mas para o fim foi doloroso, quando me meter noutra tem que ser bem pensada para não ter que dar outra geral.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/05/2012 21:52:23
Parabens, http://drmenage.blogspot.com.br/
01/05/2012 22:44:23
Gostei mto de seu conto: Parabens
kkb
30/04/2012 08:06:27
Muito boa esta historia.
25/10/2011 00:09:50
Hummmmm...o sonho de toda mulher ser fuxica por vários...!!!
21/09/2011 18:03:43
Adoro uma mulher safada. Daria tudo prá ter uma mulher assim ao meu lado! Como daria. Qq mulher interessada num cara liberal, de Belo Horizonte/MG, imune a ciúmes e amante de uma mulher que ande com a buceta fervendo de vontade de dar, faça contato. Adoro dividir uma mulher numa transa...rs...
21/09/2011 01:09:32
Os meus parabens, tenho acompanhado os seus contos e devo dizer que eles me fizeram postar o meu primeiro comentario! nao tenho como evitar! seus contos sao super excitantes, muito bem escritos, com portugues perfeito!! penso que voce e um excelente exemplo pelo qual os leitores deste site sao tao assiduos, adoro a forma como escreve!! adoro como voce uma mulher respeitada e profissionalmente bem sucedida consegue realizar as suas fantasias mais safadas... agora por iniciativa propria sem precisar mais do seu colega de trabalho... sente a liberdade de seguir o proprio rumo!! Sou o Bruno Rocha de Portugal este o meu mail adorava comunicar me consigo para receber as mais recentes aventuras em primeira mao! :) um beijinho e mais uma vez parabens....
21/09/2011 00:26:01
KKKKKKK bem feito kkkkk kem procura,acha hehe ne ñ?Adorei
20/09/2011 22:02:22
Parabens,fiquei adimirado com voçê




Online porn video at mobile phone


pai cheira a cueca do filho com gozoCONTOS ERÓTICOS DE MOTORISTA FANTÁSTICOSrelatos de chuva douradacantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgempilates sacana com minha esposa contoxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca delamulhe trazando com dois hemcontos eróticos escritos de lactofiliaentiadinha ficou babedol transeividio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora sogra gg chama cheiro para sexo anal pedro da filhameu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machopiranhona de espartilho e cintahttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701Vaqueiro fazendo sexo com a plaquinhabrincando escanchada contos pornosou viciada no pau do negraoXVídeos caseiro eu te empurro com fosse eu não aguenteiver contos eroticos de peao comendo o cu de empresariomarido goza batendo uma vendo mulher agarrada por outro machotirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoconto gay cacetao tiovidios de contos errotics pai arregaça a boceta da filhaConto/patroa e empregada na cama amandocontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachaContos eroticos gay emgrachante onfaminha esposa aninha novinha e meu tio roludo setima parte contos eoticos ai como doi pucona pornover vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiouFotos d cazada sendo fodida p roludocontos eroticos a bunda da minha esposairmã linda gostosa dando sua bucetinha virgem para o sermão do atadoirma normalista - contos eróticosmamei contoscoroas de fio dental tão cheia de tesão Cheguei cheguei escorregando pela sua b*****pornocontoincestosPai chupando e amassando os seios e vagina da filha e passando a mao na vagina dela ver video calcinha molhadavideos porno fodendo mae emprensadacontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemsexo expkicito gratis exibindo cacetaoquero vídeo pornô do viado trocando noscobabá da nuvem passageira filme pornôcrentinha no portao querendo darchantagiei a freira contofotos de irmanzinhas mais novas provocando seus irmaos e levando pica durmundobicha policial me revistando na estradacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetaprocurando várias fotos de menina da China de menor menina rasgando a vagina dela que sair sangue ela chora na Estrada da força e g****** uma mulhervelinhos tentando meter com netinhas novinhas e n aguenta xvidiosdesde novinha ja fudiavideo belmiro o caseiro caralhudovídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicacontos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelacontos roludo arregaçando recem casadinhacontos eronticos buraco na paredesòmente no cuzinho da esposavidio mae putona se assusta quanto ve que o filho gosou dentro sem camisinhacontos de mae.putona tarada pela rola do filhoxvidio decotes da braquinhaconto erotico pingando um gel no rabo da maeporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.doce nanda parte IV contos eroticoshome estrupo cu diverdamulher com grelo grande encara um big pau vejagueixa mijonaporno.com corninho faz surpresa pra sua gostosa deixando um jumento encher sua buceta de porracontos fudida por um caralho grande e grosso insertosbucetuda xoxota acucaradaeu fui encoxada pelo meu sobrinho tarqdomulher f sexo escanxada no palconto caralhudofesta buctao loucurasdei xoxota para meu pai pausado de manhã, contos incesto fotosconto xota formigando paipai a morosa w filha adorada porno doidovideos caseiros comendo esposa logo cedo videos para baixar escorrendo porranovinha dando para o garagistaAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeoconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorcomo chupar a buceta de uma testemunha de Jeovánovnha ganhando varada no niversario de 18 anos jorrando porraconhado se aproveitando da conhada porrezoofilando puta gostosa fudendo com cavalo ater sair sangue com porra da bucetaporno a mulhe na parede e o homem a tras e saindo gosmapornor doido batendo poleta na varanda homemxvideos mulher com manchinha no rosto chupandofilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticohttp://linkshrink.net/7coxzDsexo expkicito gratis exibindo cacetaocobtoseroticos uma pequena apostaamigos do meu noivo me arombaram na sua despedida de solteiro contos eroticoscurrado na borracharia de beira de estrada conto erótico gayvidio de novinha bricano de saia curta com a molecadaprovoquei meu irmao so de calcinha e ele me arrombou todinhaxvidios outros puraicontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidos