Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Contos Interraciais volume 11 - Dois negros no meu lar

Autor: Yasmin
Categoria: Heterossexual
Data: 03/11/2011 01:09:00
Última revisão: 04/12/2011 12:45:02
Nota 8.40
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Logo que entrei no quarto, senti um frio na barriga. Afinal, estar alí com dois homens era uma coisa meio louca. Dois negros que havia conhecido em um pagode que eu passei a frequentar com minhas amigas.

Isso só estava acontecendo porque eu fui pela cabeça delas. Meu casamento estava morno, e o meu marido ( um caminhoneiro ), tinha uma mulher em cada cidade. Eu passava quase o mês inteirinho sozinha. Foi aí que elas me convenceram a começar a frequentar um pagode que havia na cidade.

Resultado: aqueles machos se esfregando em mim, me deram muito tesão.

E todo mundo sabe como um negro gosta de loira. Foi eu começar a frequentar o lugar, choveu negro na minha horta. No início eu não queria nada, só dançar e curtir, mas aí apareceu o Marcelo, negro gostoso demais.

Nas duas primeiras vezes que fiquei com ele, foram só uns amassos, mas aí, acabei passando a noite com ele. Foi uma foda deliciosa, nunca tinha dado para um negro, e a primeira vez deu uma sensação gostosa.

Passei a fuder com ele algumas vezes, e quando meu marido estava na cidade, avisava ele para não aparecer. Ficamos nessa putaria uns dois meses, foi quando chegou a cidade um primo dele.

Pagodeiro como o primo, Gustavo logo passou a dançar muito comigo. Dava em cima de mim o tempo todo. Eu, claro, evitava intimidades, pois gostava do Marcelo, e afinal ainda era casada. Não era só porque tinha começado a transar com outro homem, que passaria a ser uma puta.

Mas, o tempo foi passando, e Marcelo acabou abrindo brecha para Gustavo. Eu, caí direitinho no plano deles. Tanto que estava naquela hora com os dois na minha própria casa.

- Nossa, então é aqui que seu maridinho te fode?

- Que nada, deita pro lado e dorme...

- Então, vem cá. - Gustavo me abraçou, e me deu um beijo.

Marcelo foi pro banheiro do corredor tomar um banho, enquanto eu e Gustavo fomos para o banheiro do meu quarto, tomar banho juntos. Foi delicioso ser banhada por aquele macho, enquanto eu também o banhava.

Voltamos para o quarto, eu fiquei peladinha de quatro na cama, e ele se ajoelhou na minha frente. Beijei aquele peito negro musculoso, baixei a lingua pela barriga, pelas coxas pretas firmes, e finalmente cheguei a seu enorme pau preto.

Chupei muito aquele cacete, mamei as bolas, lambí a cabeçinha, passei a língua pelo pau, e engulí fundo. Ele segurava meus cabelos, e dava uns tapinhas na minha cara.

Marcelo chegou no quarto, tomando uma das cervejas de meu marido. Fiquei pensando o que aconteceria, se ele chegasse e pegasse aqueles dois pretos andando pelados pela casa dele. Será que algum vizinho comentaria que eu estive em casa com aqueles dois homens? Aquilo me deu medo, mas me excitou ainda mais.

- Nossa, nem me esperaram?- falou Marcelo.

Ele veio pro lado do Gustavo, com a piroca meio molenga, e passei a chupar seu pau também. Ia de um pau para o outro. Que nem naqueles pornôs. Os dois negros me davam tapinhas na cara, e me chamavam de safada, cadelinha, chamavam meu marido de corno, e muitas outras coisas.

Finalmente, Marcelo me deitou na cama e meteu em minha bucetinha, enquanto Gustavo literalmente sentou na minha cara. O saco dentro da minha boca, o pau caido sobre meu olho. Ele ficou meio de lado, ajeitou o pau na minha boca e passou a meter fundo, me sufocando.

Aquele pau me sufocando na boca, e as metidas do outro negão, me levaram a um gozo desesperado. Trocaram de posição, e Gustavo deitou me puxando sobre seu pau, Marcelo veio colocar seu pau na minha boca.

A meteção foi de várias formas, ora um metia na buceta, ora outro metia na minha boca. Acabei gozando denovo, muito gostoso naqueles paus pretos.

- Quer comer o cuzinho dela, Gustavo? - perguntou Marcelo - Ela dá o cú como ninguém.

Me arrepiei ao ouvir aquilo, pois apenas Marcelo havia fodido meu cú até aquele dia, nem meu marido tinha feito isso. Mas como resistir a um negão gostoso daqueles de cacete duro na sua frente?

Fiquei de quatro toda aberta, e ele lambeu meu cú, enquanto Marcelo metia na minha boca, como se fosse uma buceta. Logo senti aquele negrão metendo sua vara preta em minha bundinha. Abri bem o rabo para que o negro me fudesse gostoso.

- Isso, mete. Mete no cú dessa safada que ela adora! - falava Marcelo.

O tesão de me ver sendo currada na sua frente, fez com que Marcelo gozasse, dentro da minha boca. Já eu de tanto tesão, nem liguei de receber porra na boca e na garganta.

Senti o gozo de Gustavo dentro de meu rabo, quente, e em jatos fortes. Fiquei toda melada no rabo, como nunca tinha ficado.

Marcelo foi a cozinha e trouxe outras cervejas, bebemos deitados mesmo. Fui me lavar, e Marcelo perguntou se também fuderia meu cuzinho. Disse que se Gustavo fizesse o favor de gozar na minha boca também, daria o cuzinho para ele.

- Nossa, Marcelo, essa mulher é demais! - assustou-se Gustavo.

Voltei toda molhada para a cama e fui para cima de Gustavo que deitado, apenas deixou que eu o chupasse. marcelo entendeu o recado, e meteu em meu cú sua vara preta.

O filme se repetiu, só que foi Marcelo quem gozou primeiro no meu rabo, para depois Gustavo mijar em minha boca.

Os dois negros deitaram exaustos, e eu fui para outro banho satisfeita. Sempre pensei que não daria conta de dois homens na cama, mas depois de acabar com aqueles dois negrões, passei a ver o sexo a três uma delicia.

Se meu marido tinha suas amantes nas cidades por onde passava, não me importava. O que importava é que sempre que ele ia para a casa de uma dessas vadias, eu tinha dois negros no meu lar, prontos a me fuder gostoso.

Comentários

15/12/2012 13:59:05
Legal
poe
03/11/2011 12:44:13
bom conto

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


sua puta ou seu viado o celular e meu e se quero asisti video porno tenho que asiste por que.paguei pra ter minha escolha desgraçavideo de homemmorde vaginacontos eróticos de homens que gostam que suas esposas transem com outrosminha mãe irmã vovó conto eróticomeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguestiara do cu ta doendo pornofui encoxada neste carnaval 2017 contoSexoloucoanimalhostorinha emquadrio porno mai tranza com seu filhocomo passar a pomada azulzinha na buçetaContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouContos eroticos gay o engraxatevideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiacontos de sexo no carro com um cara aiii metiii maisliberalina vadia traído foi filmadaPorhb vovo porfavor nao fasa iso eu ainda sou mocinha eu nao quero contos eroticoscontos eróticos minha mãe greludamulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhoflagrei meu irmao comendo nossa mãeconto erotico tirei o cabaco da pateicinha no matoxvideo guardondo o pau nacuecasubrinha olhando seu tiu nubuseta.daclaudia.ranharContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestozoofilia homem fode potra recém nascidameu padrasto me comeu e minha mãe participoucontos eroticos sexo oralporno tirei o pau veio bosta bizarroestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauchegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornopsicologia enfrento hiv minha filha e guei ajudaContos estrupada no ginasio da escolaGeisy Arruda mostrando a buceta alteradavendeos Ian pega sogra nua no quartonao saio de casa e um plugno cuzinhobuceta nua com pintei moicanoMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetavideos pornoinsetos filho fodendo mae prensadafode violento o cu da vo gorda humilhandotufos videoConto na fazenda maninha viu meu pau moledoce nanda contos eroticoszoogay 2016mulhre pelada rezei ponoconto eu so tinha dez aninhos e meu tio ja chupava minha xoxota que era carnudinha eu ia a loucurainsesto istorias eroticas pai filas novinastexto lindo pro namorado que patessa que foi eu que fizTudo grandão youtubepornocontos de mae vadia viciada na rola do filhovelho insiste até rapaz com mussarela no pornôconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelacontos eroticos meu padastro tirou meu cabacinho e alem de fuder minha bucetinha novinha agora ele tambem fode o cuzinho do meu irmaozinho bem novonhofilha adotiva safada com mae e pai contosFOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASTonhão transa com sua cadelaincesto amador no surdãovideo viuva custou a dar a bucetacomendo cu da sogra da minha sobrinha contoschantageei e comi minha avo contocontos eroticos provocando meu cunhadoestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauSou a cadelinha do cão labrador contosContos eróticos de incesto mãe tarada descabacando filho dotada com fotostendo prazer filhinha youngxividio filho fala mae deixa eu gozar dentro de vcFoto picudo estotando a bucetinha da casadamagrinha e a amiga desputando o mesmo homem dotado analxvidio confusão em família pai gosou dentro da bucetavídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicababá da nuvem passageira filme pornôcasa dos contos eróticos dei para meu filho