Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

OS ALUNOS DA ONG – A NEGRA

Autor: valeriobh
Categoria: Grupal
Data: 30/11/2011 19:21:00
Nota 9.00
Assuntos: Grupal
Ler comentários (0) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Fazia tempo que não comia uma menina tão novinha e gostosa como a Regiane, a loirinha da ONG onde fui ministrar palestra. Fiquei tão eufórico, que mesmo tendo gozado duas vezes com ela (na boca e na xoxota), que assim que cheguei em casa tirei a roupa e ainda com a pica melada com os sumos da xoxota da Regiane, abaixei o pijama da minha esposa, que estava dormindo, e fui lentamente metendo em sua buceta. Ainda sonolenta minha esposa abriu um pouco as pernas e permitiu que eu cravasse a pica com força, metendo rápido até gozar dentro dela. Somente então me dei conta que ainda estava com o cheiro da outra fêmea que havia comigo há pouco tempo, tomando logo uma revigorante ducha. Minha esposa se levantou e foi limpar a xoxota no chuveirinho, dizendo que eu estava tarado, tendo dito que estava tarado por ela. Ela sorriu e voltou a dormir. Passei o dia afoito, esperando me encontrar novamente com a Regiane. Assim que cheguei a sala de aula, e me encontrei com o grupo, a negra Raquel se aproximou de mim e quase sussurrando perguntou se eu havia chegado bem em casa. Disse que sim, tendo ela dito que naquela noite seria ela quem iria me mostrar o caminho de volta. Olhei sem graça para a loirinha, tendo ela dado uma risada e dito que eu não iria me arrepender. O clima de sedução era explicito entre eu, a loirinha e a negra. No final da aula Dora, Regiane e Luis disseram que iriam a um pagode, onde se encontrariam com o noivo da Regiane e o namorado da Dora. Raquel disse que não estava afim de ir ao pagado e perguntou se eu poderia lhe dar carona. Como não havia bebido, ainda estava um pouco travado e indeciso, não sabendo ao certo o que fazer com aquela delicia negra no meu carro. Andei sem rumo por um bom tempo, até que Raquel perguntou se eu estava com pressa de voltar pra felizarda da minha esposa. Disse que não, tendo ela dito que conhecia um local legal onde poderiam conversar sem perigo, e logo me conduziu para um motel da região. Era demais pra mim. Iria comer a segunda gata do grupo. Assim que entramos na simples suíte, ela me agarrou a me beijou com volúpia, chegando a morder meus lábios e língua. Aos poucos foi retirando minha roupa, e quando me deixou nu me empurrou para a cama. Ao som da musica que tocava no rádio, Raquel passou a dançar e fazer um sensual streeptease, logo revelando sua depilada xoxota e os bicudos seios. Como uma felina, foi engatinhando até engolir de uma só vez toda a minha pica de 17 x 5, numa deliciosa boca profunda. Sei que não era grande, mas nunca haviam engolido inteiro minha pica. Como uma enguia foi se ajeitando por cima de mim, e logo me ofereceu a escancarada buceta negra, contrastando com os vermelhos lábios vaginais. Nunca havia comido uma neguinha, e para minha sorte a primeira foi perfeita. Cheirei e chupei sua xoxota e cu, metendo língua e dedos em ambos os buracos. Do outro lado Raquel lambia e chupava minha rola e cu, e quando ela finalmente lubrificou e iniciou uma lenta penetração em meu rabo, entrei em êxtase e logo lancei vários jatos de porra em sua boca. Ela recebeu a gala sem desperdiçar uma só gota, e quando dei por mim ela havia invertido a posição e colou seus lábios aos meus, me passando o resto da minha própria porra. Nunca havia experimentado isso, e para meu espanto deixei rolar e engolir um pouco do meu próprio sumo. O tesão era tamanho que meu pau tornou a endurecer a catucar a xoxota negra. Ela ajeitou com as mãos a pica na buceta e desceu lentamente, fazendo o falo sumir dentro de si. Passou a rebolar e quicar em cima do meu pau, ao mesmo tempo que apertava meus mamilos e os mordia de modo alternado. Quando a crioula sentiu meu pau inchar, levantou a pélvis e encaixou a cabeça da pica no orifício anal. Olhando lascivamente nos meus olhos e mordendo os grandes lábios a neguinha foi descendo a engolindo a pica com o cu, até sentar completamente sobre meu saco. Passou a rebolar ao mesmo tempo em que friccionava o clitóris com uma das mãos, e logo gozamos juntos, num sincronismo involuntário. Ela se levantou e voltou para a posição de 69, empurrando a xoxota e o cu até colá-los em minha boca, ao mesmo tempo que passou a lamber e limpar meu pau com a língua. Vendo o fio branco de porra que descia do seu cu dilatado, meti a língua e também solvi com a língua a porra que dali fluía. Só fomos interrompidos pelo telefonema da minha esposa dizendo para não me atrasar pro jantar que havíamos marcado com um casal amigo. Tomei um rápido banho para retirar o cheiro impregnante de porra e saímos, deixando a neguinha em casa. No trajeto pra sua casa ela disse que Regiane havia contado a transa que teve comigo no carro, e ficou com vontade de me experimentar também. Brinquei dizendo que pena que o curso havia terminado, porque senão também iria comer a morena Dora. Ela sorriu e falou que eu somente não a iria comer se não quisesse, me passando o celular dela, da Regiane e da Dora. ([email protected])

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto lesbico com luanajorjao roludo porno video mulhereres evanjelicas peludas porno caseigozando dentro da mignonzinhae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoracontos de sexo raspei minha bucetaMe manda o vídeo pornô Adão de armas sedosa só gosta de dar a homem bem dotadoessa coroa coloco varias calcinhas p meterpornocontoincestosPegou o pai de pinto duro quiz no cucontos a punheteira do papaimulher muito gostosa pedi varios para gozar no cuzinho muoto apetardox.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhossafado dando pirocudo vídeo xxvbbotando o joelhinho em cima da mesa xvideosconto erótico filha da madame sentou no meu colo e sentiu meu pau duroContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebasvideos de bucetas intaladas na rola grossadeu pro time todovideos porno varias duas amigas cagando juntas fala meu fioComendo a garotinha contos eriticoconto xota formigando paicontos de tia que mexeu com sobrinho jovemdesde novinha ja fudianossa to preocupado comeu a mulher do meu amigo e ela ingravidou vidio pornoLuana da nova temporada do quadro rola ou enrola em porno O vizinho safado do 205contos eroticos dei para um vizinho de iptingaa vida de um mauricinho apaixonadocomedo novınha a forcaXVídeosporno Malícia pareicunhado comendo o bucetao da cunhada de frango assadocontos uma delicia de vizinha 8aninhoscoroas. de shortinho mostrando os. beicinhos. da chanaviven cabaço foi brica de tranza com cachorro e levou uma rola bem grnde que ficou engatado na bucetavideos de meninas llevando fortes choques de fios de luz na buceta pelada ate hritarTeste de felisidade aparesendo opinto e a pererecaconto eróticos padrasto chupa a estiada de 8 anoscomebuceta irma outra irma prexacontos de cunhado que comeu a cunhada e ela nem percebeuvideo porno mamãe viuva saiu pra dar uma metidinhaincestocrenteconto gay "macho entendeu"conto cracudo noiado gay contoquero ver vídeo 2017 mulher pelada transando comigo numa na cama de box altonabucetao contoswww.contos eroticos cunhado caçula pauzudo come cu da cunhada gostosacomadre milhadinha dando pra ocumpadre pornovideo porno com Malumandehistoria de mulheres casadas que fazem dupla penetraçao e foram descobertasvídeo porno com uma negona de bunda grande recebendo três puconas no rabomulheres que sentem desejo sexual por cavalo zoofiliabuceta depilada na cera floripaver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadavou te arregaçar vagabunda, grita vadia, tô te arrombando cadelavideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudofui na urologista e acabei comendo seu cu xvideoColetania de foto de buceta peluda por baixo da saia.contos eroticos usando camisola pro meu filhoadolecente chorando no picao cuzinho virgem incestoxvidio patroa provoca so toalha rola nelafilhinha puta fazendo gang gang com os vizinhos taradoela deixando alisar o grelomulher não transa com pauzãoooonegona rindo com uma boconacuzinho apertadinho rosto lindinhosexo anal hAaaaaconto de rasgaro meu cuzinho virgem com a pica grandefudendo a auiliar da dentista no banheiro pornodoidocoisinha do pornô bumbum na nucaFotos de travesti novonho trazandocontos novinha corno gang putinha forçadacontos primeiro menage rolou ate dppornô grátis só contos eróticos sogra cozinhafasse%20x%20pornocontos erotico meu marido me flagrou de baixo de outro machosou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contos