Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Meu Negão Safado Socando Tudo de Novo.........

Autor: Dani
Categoria: Heterossexual
Data: 26/12/2011 09:55:26
Última revisão: 26/12/2011 17:18:43
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu ainda estava tímida para pedir o que o meu corpo estava precisando. Mas Dono, safado que só ele, sabia ler o que meu corpo pedia. Suas mãos me seguravam pelas nádegas. Com as mãos, ele agarra minha bunda e levanta-a deixando-me completamente exposta e entregue aos caprichos ele, sem poder escapar, mesmo que quisesse. Não que eu quisesse, claro… mas estava ansiosa demais para senti-lo. Com a cabeça presa senti a cabeça de seu pau pincelando o meu rego… senti a sua rigidez e o seu calor… estava em brasa… pulsando… deixando-me ainda mais ansiosa. Tentei olhar para trás, mas ele não me deixou… imobilizando-me. Senti a cabeça percorrendo a minha xaninha… consegui notar que estava imensa. Mordi os lábios… contendo a vontade de lhe pedir para meter logo em mim. Senti uma forçada da cabeça… me penetrando lentamente… deslizou fácil para dentro, pois eu estava ensopada de prazer. Ele controlava a situação… colocava a cabeça e tirava… lentamente… me torturando… me fazendo desejar senti-lo todo lá dentro, mas ao mesmo tempo adorando aquela tortura lenta.

Ao mesmo tempo em que Dono elevou minha cintura para frente eu fui abaixando a bunda sobre o pau empinado. Minhas pregas foram esticadas e arderam muito, mas o pau deu um solavanco e se encaixou com a cabeça dentro do rabo. Soltei uma espécie de suspiro e gemido. No meu desespero, abri mais as pernas e empurrei-me para trás… apanhando-o de surpresa… até o seu saco bater em minhas nádegas. Ele agarrou-me pelos cabelos e colou a boca no meu ouvido, sussurrando:

- Puta safada. Loira vadia, vagabunda...tú gosta mesmo de um pau preto na bunda,não é cachorra?

Comecei a contrair os meus músculos no seu pau… espremendo-o dentro de mim… apertando-o e largando-o… fazendo-o gemer junto comigo. Sentindo-o aliviar a pressão, começo a rebolar contra ele, deixando o meu macho alucinado. Ele tenta me impedir, mas se rende ao meu rebolado

Eu ia gemer, mas Dono deu outra estocada e o pau entrou mais um pouco. Ai não gemi, gritei e gritei bem alto. Eu ofegava com a ardência, mas a sensação de ter o pau do Dono dentro do meu rabo me deixava tesuda demais. Eu rebolei um pouco as cadeiras e Dono deu umas enfiadas e recuadas. Comecei a sentir um prazer maior do que a dor que se dissipava. Meu rabo havia se acostumado com a piroca. Eu ofegava e sem perceber comecei a pedir:

- Vai, mete gostoso! Fode meu cu e me faz gozar que eu estou muito tarada.

É como se agora meu corpo tivesse aprendido a se preparar para receber seu pau todo socado dentro de mim, para suportar horas bombando lentamente, depois mais rápido e intensamente. Para que possa sentir toda a sua volúpia dentro de mim. ... aaaaahhhhhh ... só de lembrar meu corpo fica mole ....

Durante todo tempo que estivemos juntos me senti uma verdadeira cadelinha.

Não agüentava mais. Estava com tanto tesão que me tornava vulnerável e submissa ao meu Mestre, louca para ser tomada e tratada como uma verdadeira putinha.

Sinto suas mãos explorando meu corpo, me segurando forte, me agarrando pelos cabelos, sua boca mordendo minha orelha, mordendo meus lábios, mordendo meus seios...Sinto a língua intrépida e atrevida de meu Dono invadir minha boca . Ouço sua voz em meu ouvido me chamando de cadela safada...

- Você hoje vai ser minha do jeito que eu mais gosto, à força… mas sei que você será minha de livre e espontânea vontade… e você quer isto tanto como eu!

Ofegante e excitada, apenas balancei a cabeça em sinal de aprovação. Ao mesmo tempo, sinto a sua boca em minha nuca… dando-me umas chupadas e umas mordidas que começaram por fazer o meu corpo amolecer. A sua mão segurava-me pela barriga… pressionando-me para trás contra a sua ereção… enquanto ele continuava espalhando chupões em meu pescoço e ombros. Os meus instintos estavam á superfície…

Dono de mim me deu seu pau com tanta intensidade, cada vez mais abrindo minha bundinha para receber todinho dentro de mim, pois seria um desperdício deixar um pouquinho daquele pinto tão gostoso fora do meu cuzinho.

Fecho os olhos e pensamentos libidinosos tomam conta de mim. Minha cabeça fica povoada por pensamentos libidinosos, lembranças de momentos de pura luxúria vividos aos pés do Dono, desejos obscenos, vontade de dar até ficar com a buceta toda larga, de ser sua Estes pensamentos me arrepiam, me deixam molhada, respiração ofegante...me deixam cheia de tesão e vontades do meu Dono .

De repente ele enterrou tudo com muita força, quase tirando meus pés do chão, senti seu pau vibrando, soltando diversos jatos de porra quente dentro da minha bunda enquanto apertava meus seios, gozei como nunca, chorava de tesão e lambia sua cara e beijava-o desesperadamente. Ficamos parados, ele atolado no meu cuzinho por mais um bom tempo. Senti seu pau amolecer lentamente de dentro de mim. Dono me beijou e com o cu ardendo e melado, dormimos abraçadinhos

Dono acordou antes de mim e foi trabalhar. Quando era umas dez horas, meu celular toca

- Bom dia minha puta. Sonhou com seu SENHOR ?

- Cachorrão FDP. .A xoxota tá como você se delicia com a boca e seu pau

O tesão fdp que você me deixa. Estou tarada melada de tesão

- E porque você está assim, cadela vadia?

- Voce é um, cachorro que me tesa toda. O delicia....adorei tudo.....apanhar na bunda, na cara, bebeer teu gozo, suas chupadas enlouquecedoras..... adorei mamar em você e fazer aquela gulosa. Hummmm que delicia ser pega por meu Senhor, sentir suas pegadas meu animal

- hummm...Vou fazer você chorar qdo te pegar viu cachorra?

- Faça tudo, SENHOR. Como o SENHOR desejar, sempre.

- Quero dar outra surra na tua bunda, deixar ela vermelhinha e teus pelos todos arrepiados.

Fico tesudo demais

- Aiiii, eu quero. Quero muito sentir você assim, bem animal.

- Farei tudo isso e muito mais você não vai esquecer jamais

- Nossa adoro você bem animal, safado, cachorro, puto, devorando-me inteira sentir todo seu tesão sentir sua tara. Meu animal delicioso você é uma delicia ... minha tara poder te chupar te morder te beijar cavalgar em você. hummmmmm nossa

- Adoro você assim bem gulosa, bem faminta de vontade, tarada pelas minhas pegadas

se dando toda, sendo minha menininha putinha gostosa e safada fazendo aquelas gulosas que só você

sabe fazer

- Eu quero tudo isto e muito mais cachorro fdp....

- Tá meladinha é cachorra?

- Fdp..tou melada sempreo. Que vontade de sentir você em mim

- Diz que você é minha puta e que eu posso tudo com você

- Sou sua puta . Voce sabe que sou sua puta cachorra safada

- Diz pra eu te bater na cara e te comer o cuzinho diz

- Cachorro, fdp vou te servir de todas as formas. Te tesar muito deixar você explodindo

- Sou tua puta vadia que adora ser fudida por você e adora o animal que tem ai

- Este animal tá louco pra te pegar de novo

- Pega

- Dar uma trepada bem dada

- Sou sua. Estou aqui sempre pronta a te servir

- Trepa, me põe de quatro. Me enche a buceta com tua porra. Soca tudo, me banha com seu leite

- Quero você falando assim: é pica que você quer? E assim que você gosta? Então, toma agora cachorra!!!

- Manda sua cachorra empinar a bunda e soca tudo no fundo, jorra teu leite, mela meu cu

- Eu quero sentir escorrer por minhas entranhas, pernas ter seu gozo em mim, sentir escorrer de

dentro de mim pelos meus buracos, cu, xoxota, boca

- uauuuu nossa do jeito que estou de tesão acho que hoje completo o estupro

- aiii, delicia.......vem estrupa arregaça seu loirão. Me escraviza todinha como você gosta

- Pqp, eu quero. Que vontade. Nossa .já estou acesa de vontade. Ia trepar, socar gozar, escravizar, bater, morder, chupar

- Sente minha boca quente em você estou te lambendo todo passando minha língua por seu corpo

falando em seu ouvido sua putinha ta aqui pra te servir te satisfazer em tudo que o Senhor quiser

e vou passando minha boca, língua em seu corpo e descendo passo a língua nas bolas

engulo todas depois vou lambendo seu cu passando a língua nele e volto pro seu pau e vou subindo começo a passar a língua na cabecinha dele e engulo ele todinho numa bocada só e seguro ele até o talo em minha boca vou te mamando ele duro latejando dentro dela você empurrando minha cabeça pra engolir td e mais um pouco me dando uns tapas na cara dizendo isso cachorra engole tudo faz seu dono gozar. É assim que ele gosta sua puta safada aprendeu tudo. Sabe como seu Senhor gosta tesa todinho.

Depois subo em cima de você e enterro seu pau na minha xoxota. E cavalgo louco nele, dizendo :

É assim, meu Senhor, que voce gosta? E você socando forte, gritando cadela safada

vou acabar com você. Te comer toda

- E eu vem, soca, fode sua puta . Enterra tudo em mim sou tua meu animal. hummmmeu to precisando disto tudo. Descarregar todo meu tesao minha tara em você

- Vem minha loba, minha cachorra te quero bem puta, bem disposta, com muito tesão e vontade pra

tudo . Não vejo a hora de te pegar e realizar o que falamos. Amor pegado com força, rasgado, gemido, gritado mordido, estapeado, xingado, humilhado, mijado, tesudo, bem fdp

- Nossa, que deliciaaaaaaaaaaaaaa......to amando a ideia só de imaginar.

- Você è meu senhor,Amo,Cachorrão; vem pra mim que pra você e por você sou mais que facin delicia

- Sabe quando você me diz que so quer me usar? Isso que quero com você neste momento usar você todinho

- Vou usar mesmo nunca senti este desejo de te usar assim mas estou assim hoje

- Você tá demais que mulherque delicia ....você está expondo toda a sua feminilidade, todo seu erotismo e poder de sedução

- Estou falando o que sinto....o que quero....enlouqueci.....tesão subiu que nem sei mais onde esta

- Te quero bem puta, bem tarada mesmote quero insaciaveltotalmente devassa e

depravada te quero femea como você nunca foi. que tesao fdp que to de você o delicia

- Bem tesudão de mim adorooooooooo. Nunca pensei que faria nada disso. De verdade, vida, faço por você. Pra sentir todo seu desejo, prazer, tara que sente por mim e pra demonstrar a você o quanto sou toda sua e isso eu quero, e te darei tudinho. Ai você resolve o que fará comigo ja te falei será a maior prova que posso te dar que sou totalmente sua e você resolve o que fazer.

- Você não diz que sou sua puta, safada cachorra, escrava?

- Que você é meu DONO e SENHOR ? então....., é assim que eu estou me sentindo e querendo

deixar você maluco sem noção total, me entregar toda para o que der e vier

- Delicia. Tesei. Me aguarde hoje a noite, peladinha que vou dar o trato que você merece. Agora tenho que trabalhar, beijos.

- beijos molhados tesão. Bom trabalho.

Passei o resto do dia imaginando o momento de Dono chegar no apartamento e fechar a porta. Ele me pegando com força, me virando com facilidade. Me encostando na parede, pressionando seu corpo sobre o meu e pude sentir o volume do seu pau na minha bunda. Começa a puxar minha calcinha com força, ela entra na minha bunda . Ele puxa mais e começa a dar puxões fortes para rasgá-la.Chega a me machucar o ânus

ele força pra rasgar ela, quando consegue fica o resto dela enfiado na minha bunda. Ele puxa e ela vem rasgando, cortando, estourando a minha calcinha com as mãos. Nem ligo. Eu queria era mais. Adoro quando ele faz isto! Quero apenas servir, me entregar, me abrir, recebê-lo todo dentro de mim...

Ele encosta seu pau em minha xaninha completamente encharcada e pude sentir aquela chapeleta deslizando sobre o melado da minha buceta. Não aguentei e virei, já me agachando para abocanhar aquele pinto melado, mas ele foi mais ágil e me pegou pelos cabelos me impedindo.

- Calma minha cadelinha vou deixar você se deliciar com o pau do seu Dono, mas quando eu mandar...

Mal terminou de falar isso e me deu um tapa muito forte na bunda e me ordenou para levantar o rabo que ele queria socar com vontade. Ele enfiou seu caralho em minha bundinha e começamos a gemer em sincronia.

Nunca um homem tinha entrado tão fundo em mim. Nunca tinha sentido um pau me tocar tão profundamente e me fazer ter um sentimento de plenitude tão grande. Sou sua cadela, totalmente realizada por ser desejada intensamente, por meu Dono e por poder satisfazer todos os seus desejos.

O Dono de mim ficou por muitos minutos usando meu rabinho, me alargando. Às vezes me fodia muito rápido, sem se importar se eu estava gemendo de dor ou de prazer. Noutros momentos, metia até o fundo e tirava muito lentamente. Nunca tinha imaginado como era bom e gostoso ser usada daquele jeito.

Minha xoxota estava em chamas, louca de tesão, implorando pra que ele derramasse seu leite todo dentro dela. Quando eu estava prestes a gozar, ele me puxou mais uma vez pelo cabelo, deu um tapa violento na minha cara e ordenou:

- Tá na hora de mamar, putinha..

Ordenou com uma voz forte, que jamais tinha usado antes. Antes que pudesse pensar em mais alguma coisa já estava bebendo meu Dono e me tornando ainda mais sua escrava

- Muito bem minha putinha .. muito bem... Isto mesmo, beba tudo! Limpa tudo, safada!

Enfia o pau na minha boca, e segura minha cabeça com as duas mãos, coloca o pau nos meus lábios e força pra dentro me obrigando a abrir a boca. Ele enfia os dedos na minha boca e começa a forçar meu corpo com a mão na minha boca metendo forte. Ele tira de uma vez e enfia o pau melado na minha boca de novo, para eu sentir o meu próprio gosto. Ele enfia mais quase me matando engasgada,não consigo respirar direito, mas ele nem se importa enfia tudo e segura lá dentro como se quisesse me castigar por algo que não sei o que é. Estou engasgada, salivando e babando muito

Abre minha boca coloca quatro dedos dentro dela e puxa meu corpo. Fica me puxando pela boca socando seu pau fundo, me chamando de cadela, de puta. Ele força muito, começa a meter forte num vai e vem frenético muito rápido, eu babando, escorrendo tudo pelo meu rosto. Sinto minha baba entrar nos meus ouvidos. Estou engasgada Estou molhada de tesão, a vontade de me entregar é tanta que me molho toda vez que penso no quanto eu gosto de obedecer suas ordens e sentir todo o prazer que me proporciona mim

Dono enterra o pau na minha boca e depois tira de uma vez, viro para tossir, para respirar de novo, ele aproveita minha posição e me vira de costas. Prende minhas pernas com as dele, pega uma camiseta no chão e a rasga e amarra minhas mãos e prende no pé da cama. Abre minha bunda, cospe no meu cu. Sinto aquela coisa gosmenta na minha bunda. Ele bate com força na minha bunda bate de novo cospe outra vez. Eu presa nas pernas dele. Ele espalha o cuspe dele na minha bunda com o pau dele. Percebo o que ele vai fazer . Ele puxa minhas pernas e amarra a ponta da camiseta no pé de outro móvel do quarto. Meu corpo fica todo esticado. Eu grito e ele me bate com a cinta na bunda. Sinto o vergão se formar, arde....

Ele se abaixa de novo e outra vez cospe na minha bunda. Coloca a cabeça bem na porta e enfia no meu cu só a cabeça e enfia de uma vez eu grito. Não agüento a dor. Ele segura o pau lá no fundo, socado.

Diz que eu sou uma cadela, e devo ser comida como tal. Ele deita seu corpo nas minhas costas e começa a fazer vai e vem bem forte. Ele não para vai mais rápido de repente enfia tudo com muita força o pau no meu cu e mão na goela, eu engasgo feio, ele segura mais forte minha cabeça, até que sinto a porra dele quente jorrar no meu cu. Eu mal consigo respirar direito, ele então ele tira sua mão de minha boca cospe na minha cara, me bate chama de cadela, de vagabunda. Diz que sabe que eu gostei que sou sua cadelinha, me humilha. Minha buceta incha,insufla. Se mela toda, me entregando.

Após um breve descanso, ele começa a procurar minhas coxas, ele prende minhas pernas, me da um tapa enorme na cara, me bate na cara de novo, lambe meu rosto que está vermelho do tapa, segura meu cabelo e puxa meu rosto morde meus lábios, me prende com as pernas na altura da minha cintura, começa a passar as mãos com força nos meus seios, agora bate nos meus seios e depois aperta os mamilos. Dói. Dói muito. Dono fica teso, posso ver seu pau endurecendo de novo.

Me agarrou de novo pelos cabelos, beliscou com a outra mão fortemente um dos meus peitos, seguido de uma tapa no peito. Gritando enterrou a pica em minha boca, quase sem me deixar respirar. Metia e tirava como se estivesse fodendo minha boca, em uma das investidas cheguei a notar como sua glande roçava o final de minha garganta, quase causando náuseas, mesmo assim continuei chupando.

Quando Dono já não agüentava mais gozou em minha boca, e me mandou engolir tudo, tudo! Eu bem que tentei, mas claro que um pouco de sêmen escapou pelo canto dos meus lábios. Foi o suficiente para servir de desculpa para que ele me desse um castigo ainda pior, por não haver feito do jeito que ele queria. Então voltou a me amarrar, desta vez de bruços, agarrou minhas pernas sem que eu pudesse me mover, abriu minhas pernas e cuspiu no meu cu, e começou a meter um dedo para abri-lo, fazendo pouco caso dos meus gritos, continuou metendo os dedos, e dando-me tapas, até que conseguiu meter quatro ou talvez todos, quando chegou a este ponto eu já não sabia o que estava metendo em meu cuzinho dolorido.

Eu gritava e ele não parava de me insultar

- Está gostando putinha?...

Eu só escutava seus gemidos, então de repente introduziu sua enorme pica em meu cu e começou a foder. Parecia que ia me partir em duas... Meu Deus estava sendo estuprada e queria que ele continuasse me humilhando e me usando.

Ao terminar eu ficava jogada na cama, com todos os meus buracos cheios de seu sêmen, morta de cansaço pela surra gostosa que acabara de levar. Dono, merecidamente, virou para o lado e dormiu.

Dormiu profundamente, com um sorriso de satisfação nos lábios. Enquanto isto, fiquei um pouco mais acordada, divagando pensamentos dispersos.

Agora, com tanto tempo que estamos juntos, me dei conta que sou uma mulher submissa que gosta de apanhar. Meu Dono, me ensinou a gostar de sentir dor e prazer ao mesmo tempo. Sempre de forma consensual, me deixei enveredar por esta tara de meu DONO. Para mim era um desafio, que aceitei, aprendi a gostar e me viciei. O que começou como uma brincadeira apimentada, se transformou numa necessidade de meu corpo, receber o toque forte do meu Dono.

Nunca imaginei que me sentiria tão realizada como mulher sendo uma fêmea completa e sento tratada dessa forma. Hoje, porém, adoro quando ele me ordena pois não me sinto dominada, mas sim protegida. Sinto que a cada comando me entrego com mais prazer. Fico tão molhada, pois ele demonstra muita vontade de me possuir e isso me faz querer mais e mais me entregar ao seu domínio/proteção.

Os prazeres do meu DONO são sempre um encantamento para mim, sua escrava. Assim, quando ele me manda ver os vídeos que envia, sei que pensa em mim, e que deseja fazer comigo o que está refletido nos filmes. Só de imaginar-me servindo meu dono, acabo me molhando toda.

Não raramente me pego pensando em ser torturada, nos seios, na bunda, na buceta, na cara depois foder bem forte até me gozar entre gemidos e lágrimas.

Meu DONO sabe bem a escrava que tem. ELE sabe que eu adoro todas as torturas e as dores que provoca em meu corpo. . E que dou a ELE tudo que há em mim. Em mim ELE tudo pode e em mim ELE tudo tem.

Dono e Senhor, me possua sempre, me faça tua escrava sempre. Mais que nunca sinto esta vontade de ser SUA. SUA menina, que te olha inocente e sorri maliciosamente. SUA cadelinha, que te lambe os pés se entregando completamente. SUA puta safada, que se abre e se molha abundantemente. SUA vadia, que lhe devora gulosamente. SUA escrava, que te serve apaixonadamente.SUA submissa, que te obedece incondicionalmente. SUA masoquista, que em suas mãos goza dolorosamente. SUA, em todas as formas e maneiras. SUA para o que você quiser fazer comigo

Dono eu te agradeço por me usar, por me fazer tua puta, tua cadela sempre que me desejar

Uma escrava existe apenas para dar prazeres ao seu Dono. É esta escrava que eu quero ser. Uma mulher vadia que provoca o gozo de todas as formas.

Eu sou esta mulher. É esta a servidão que me fascina. A de estar ajoelhada para aliviar os pés do meu DONO quando eles estiverem cansados de andar. Beijá-los em meio a uma sessão, descalçá-lo e, com a língua, aliviá-lo totalmente, fazer com que ELE mergulhe em algo macio, feche os olhos e descanse . Eu desejo este servir completo.

É maravilhoso ser esta puta, adoro ser a puta do meu DONO. É delicioso estimular sua perversão. Eu gostava do ato de servir por completo.

"Aos leitores, sempre que lerem algum conto aqui, dêem uma nota, este é o maior incentivo para que os escritores continuem a fazê-lo. Se a nota for ruim, ele vai procurar melhorar no próximo conto, se a nota for boa ele vai se sentir responsável por escrever um conto melhor ainda. NUNCA DEIXE UM CONTO SEM NOTA. Contribua para que tenhamos sempre bons contos aqui

Grata

Comentários

22/01/2012 21:58:36
Ai, um Macho como esse é tudo de maravilhoso!!! Essa entrega é natural para uma putinha. Parabéns!! Adoro os seus contos...
27/12/2011 06:36:35
Gostei. Você é muito tarada. Para conseguir fazer tudo isso que seu Dono faz com você, o cara tem que ter uma energia brutal, pois o seu fogo é demais da conta. Parabéns. Vai meter gostoso assim lá longe... Volta logo com novos contos, viu?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


papai e maninho me fuderao com seus pauzaos contoscontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramXsvideos timida depilando o super dotadominha esposasuruba relatogaby de touros-rn transandoporno filho Engravidar mae dormidofilme porno onde um perfume despertava desejobaixar filme pornográfico de coroas transando buceta com buceta liberado para assistir e já funcionandoDesabafo de uma mae cap XImulher casada se exibindo para o encanador enguiçado e ele sem calcinha só de saiacontos eeroticos gay meu amigo se declarou pra minvideos de sexo fodi ela de ladinho ela fechava as pernas e gemia muitoconto anal orfanatovideos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaquando ajudei minha mae a manter a forma 2 conto eroticoconto no cinepornoComo era as bucetas no tempo da minha avómulher trasando cem saber com oltrocoroas grisalhos que come a bunda de homens em campos dos goitacazesfotos de profesor japonesa tamno abucetavideo de idosa abrindo video de gemido no meio do mercado "apaga isso"contos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradaconto garotinho de sorte tranza com vizinhapicudod/contoscontos paimete so no cuZinho da filha de quatro anos a menina gritou muito de dorbuctao tod c gazandninfeta de fio atolada no fundilbaixa xvideo coroa venhia nao gueto pica dsobrou muita pica pra fora da xavasca da crioulacontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhagta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetafiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosvideo porno rapidinha com amigo do namorado enquanto ele banhaBaixinhas tesudas d 4morena linda tampa a boca do irmao e senta em sua rola enlouquecidaSexoloucoanimalporno muito beidona no pauContos erotico iseto tia e subrinhozoofilia com animais iniciaçaoguia de como fuder cadelaso caralho era tao grande e grosso que quase desmaiei com ele dentro do cumeu amigo me punehtouporno mãe possuir segredo fudendo escondido do maridoConto erotico: o playboy e o malandrocontos eróticos d alguém q adorava ser molestaporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarcontos velho cacetudo corno fotos[email protected]conto adoro ser cadelinhahttp://conto me punhetaram a noite todapastora bucetuda de fil dentalistoria da netinha qui o banhava lavando su cuContos eroticos de casada puta dos vizinho roludo corno duplamorena de 58kg dando a bucetaconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betoquadradinho erotico incesto COM HUMORnovinha arregaca buceta doendo muitonovinha com pouco pentelho contosContos erticos irmas gulosas mamando na pirocona dos seus irmaos em uma orgia na piscina de casaGay afeminado virou mulher na mao do coroa negro contos eroticos os melhorescontos pornos estrupada pelo pai epela madrasta juntosxvideos zoofilia cavalo e cachorro virado em ticomiguel tesudoRelatos de zoofilia cao estrupavídeo pono tento fugi do negao mais se treme toda de tanto gozátexto de mulher quatro mulheres e quatro mulheres se for do mundo assim podendo em uma chupando o pau da ou julgamos o xiri da outradando com dorbuceta pro pai irmaoasxxxxxcomVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).aninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçahomemsexo homen em esteio rsninfomaníaca viciada em zoofiliapai pegou eu e meu irmao gay no sexo e entrol no sexoquero bate papo com casada fogozaXVídeo pornô a mulher se masturbando na rua andando no meio da rua Rosada molhadinha nenhuma Bruno metrô de todo canto g***** molhadinhapassando oleo sabor morango e fazendo boquetifotos enfermeira gostosa pega rola pascientesexoalvescontos eroticos a amiga da minha irma rabuda