Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

O CASADO JANTOU MEU CUZINHO EM BH

Autor: putomoc
Categoria: Homossexual
Data: 27/03/2012 12:31:56
Nota 6.50

O CASADO JANTOU MEU CUZINHO EM BH

PESSOAL, ESTOU EM BH DESDESE ENCONTRAR UMA PROPOSTA INTERESSANTE TEREI DISPONIBILIDADE NA QUARTAÀ NOITE E IREI EMBORA NA QUINTA. CASO CONTRÁRIO, RETORNO NA QUARTA MESMO. CONTATOS POR MEIO DO E-MAIL [email protected]

Começarei, como sempre, me descrevendo. Sou mineiro, BISSEXUAL não assumido, loiro, alto, branco, pau de 16cm, rosado, grosso e cabeçudo, de onde sai muita porra cremosa. Não tenho nada de super, sou um cara normal, tenho barriguinha saliente, já que estou fora de forma. Porém, compenso tudo na cama, onde faço o que o tesão mandar, sendo bem safadinho e sem pudores. Fico e deixo o parceiro ou parceira louco de tesão. Estou sempre pronto pra arrombar um cuzinho ou uma bucetinha, nos quais meto forte e fundo, mas também com muito carinho, fazendo a putinha ou putinho gemerem, gritarem e gozarem bem gostoso. Meu rabo branco é muito volumoso, bem desenhado e afeminado, já que não tenho pêlos na bunda, que é bastante firme e com certeza o macho vai encher a mão com minha bunda gostosa e gulosa. Terei muito prazer em rebolar na cara do safado que quiser chupar meu cuzinho que é pequeno e apertado, visto que tenho estreitamento do esfíncter e portanto, apesar de meu cu já ter sido invadido, ele continua apertadinho, portanto o trate com carinho. Gosto de ser fodido bem de leve, com carinho, quero sentir a pica entrar e sair bem gostoso do meu cu. Quero sentir os pentelhos do macho roçarem meu rabo branco, sentir a barriga do safado bater contra meu bundão branco. Se me foder assim, vou gritar e gemer feito uma puta, como uma cadelinha no cio, como uma verdadeira vadiazinha, já que vou ser sua puta na cama.Meu cuzinho é muito guloso e anseia por recepcionar línguas ávidas, dedinhos exploradores e pirocas bem limpas, cheirosas, gostosas, com bastante leitinho pra jorrar no fundo do meu cu ou na minha garganta, já que tenho cede de leite-de-pau, o qual recebo entre meus lábios e engulo tudo, deixando o pau limpinho. Minha boca é bem desenhada, tenho lábios carnudos, volumosos e rosados, prontos para engolir cacete e chupar bucetinhas e cuzinhos. Mamo feito um bezerrinho, chupo os ovos, enfio o cacete todo na boca, até engasgar com a cabeça do pau batendo em minha garganta, amo fazer garganta profunda. Deixo o pau todo melado, pronto pra me fazer de fêmea, pronto pra entrar e sair do meu cuzinho, deixando-o arrombado, terei prazer em ser sua puta, sua cachorra vadia. A mesma boca que chupa pica chupa e lambe buceta. Enfio minha língua toda dentro de uma bucetinha, chupo o clitóris com força, até a vadia safada gozar na minha boca. Sorvo todo o gozo da putinha e deixo a xaninha pronta pra receber meu caralho. Também amo lamber cuzinhos e sentir o puto ou puta rebolando em minha cara, se contorcendo de tesão. Gosto de machos que gozam bastante, pois gosto de ficar meladinho de porra, senti-la escorrer por meu rosto. Gosto de sentir a porra encher minha boca e quando gozam no meu cu, gosto de senti-la escorrer pra fora, descendo por minhas pernas. Quero conhecer machos safados que queiram me foder bem gostoso e que me dêem seu leitinho quente em abundância. Quero conhecer fêmeas trepadeiras safadas que amem dar a bucetinha, na qual quero meter muito gostoso até a vadia gozar no meu pau e em minha boca. Quero conhecer casais safados pra foder a esposa ou a esposa e o marido e chupar a buceta da safada após o maridão ter gozado nela. Quero chupar a bucetinha da esposa enquanto o marido fode meu cu. São várias fantasias a realizar e espero a cooperação dos safados e safadas de plantão. Quem se interessou é só me adicionar no MSN ou mandar e-mail para [email protected] que terei o maior prazer em responder às mensagens e iniciar contato para, quem sabe, começar uma amizade bem gostosa. Meu pau está de pé e meu cu aberto a proposta de casais, machos e fêmeas safadas para amizade, curtição e prazer, sempre com sigilo, discrição, educação e muita putaria. Beijos do seu putinho - [email protected]

Viajei em uma excursão para Belo Horizonte. Já no ônibus conheci o Alex, corretor de imóveis residente em BH que estava em minha cidade a serviço. Ele é baixo, branco, olhos verdes, carequinha, 38 anos e muito simpático. Como ele viajou na poltrona ao lado fomos batendo muito papo e tomando cerveja, já que na primeira parada compramos algumas cervejas e colocamos no freezer do ônibus, pois estávamos nas últimas poltronas, próximos ao banheiro e ao freezer. A viagem dura aproximadamente 7 horas. Falamos de tudo em nossa vida. Ele é casado e tem três filhos. Viaja muito a trabalho e às vezes fica carente. Como estávamos íntimos eu brinquei com ele e disse que carência é coisa pra mulher ou viadinho. Ele sorriu de volta e disse que eu ficasse esperto se não ele ia me foder e eu veria quem é o viadinho. Olhei pra ele e sorrindo disse: “ai que delícia, huummm!!!”. Ele arregalou os olhos pra mim e eu disse: “já que estamos sendo muito sinceros um com o outro, acho que não tem problema eu revelar que sou bissexual”. Muito simpático ele disse que não havia problema algum, que inclusive vários dos melhores amigos dele são gays. Tomamos mais algumas cervejas e eu perguntei se ele já havia comido algum amigo gay dele. Ele olhou para os lados e disse que sim, mas que não tinha o costume de fazer isso sempre, foram só umas três vezes e há uns quatro anos. Sorri pra ele e perguntei se ele estava carente. Ele sorriu de volta e disse que sim. Já havia se passado umas três horas de viagem e portanto o pessoal estava dormindo. Como viajei de bermuda com elástico no cós, baixei a parte de trás dela e virando-me de lado para o Alex, que estava na poltrona da janela, mostrei minha bunda branca pra ele e perguntei: “isso aqui acaba com sua carência?”. Ele nem pestanejou, começou a apertar minha bunda e a alisar com o dedo meu cuzinho, o qual eu comecei a piscar. Ele dizia baixinho “ai, que bunda grande e gostosa”. Retirei a mão dele debaixo de minha bunda e olhei pra ter certeza de que ninguém via o que fazíamos, enfiei o seu dedo médio em minha boca e o direcionei de volta ao meu cu introduzindo-o no meu orifício, dei aquela gemidinha de putinha e disse: “ai que delícia! Ta sentindo meu cuzinho apertadinho seu safado, ele pode ser seu, você quer?”, o puto enfiou ainda mais o dedo, me fazendo gemer e disse: “quero ele todo pra mim!”. Retirei a mão dele de minha bunda e disse: “agora você vai o resto da viagem sentindo o cheirinho do meu cu no seu dedo, quando chegar em BH ele será todo seu!”. Ele apenas respondeu: “e você vai me deixar o resto da viagem de pau duro!?” apenas sorri pra ele, deixando uma dúvida no ar.

Na segunda parada fomos ao banheiro juntos. Esperamos todos saírem e entramos os dois em um Box. Coloquei papel higiênico sobre o sanitário e me sentei. O Alex colocou o pau pra fora, era um pau rosadinho, pequeno e grosso, cheio de veias e bastante peludo. Enfiei seu pau sem dificuldades na boca e me pus a mamá-los, eu babei naquele cacete, colocava-o todo na boca, lambia suas bolas, metia a ponta da língua no buraquinho da ureta, lambi todo o seu pau, o Alex se pôs a fazer movimentos de vai e vem em minha boca como se a fodesse, começou a fazer um barulho muito alto e tive que pedir pra ele parar. Ouvimos o barulho do ônibus e tivemos que sair do banheiro e seguir viagem. Nos sentamos e ele disse que seus ovos estavam doendo. Tinha dez dias que não fodia e eu o estava deixando louco de tesão. Sorri pra ele e seguimos viagem. Depois de mais ou menos uma hora, quando todos estavam dormindo de novo, desabotoei a calça do Alex e coloquei seu pau pra fora. Iniciei uma punheta para o safado que se contorcia na poltrona. Cuspia em minha mão e punhetava o safado alternando movimentos rápidos com lentos. Senti que o pau do puto estava começando a pulsar e pedi que o Alex se recostasse um pouco mais no encosto da poltrona. Direcionei seu pau para frente e continuei a punhetar. Quando vi que ele arfava e se contorcia, peguei o copo descartável que usava para tomar cerveja e coloquei junto a cabeça do seu pau. Senti aquele instrumento pulsar em minha mão e vi sair vários jatos que foram parar dentro do copo. Depois que o pau parou de pulsar apertei a cabeça dele para que a última gota caísse no copo. Olhando para o puto, virei o copo com porra em minha boca. Mostrei pra ele e engoli tudo, logo depois passei o dedo para recolher o que havia ficado no copo e chupei o dedo. Eu disse: “seu leitinho é uma delícia!” e realmente é delicioso, é agridoce, grosso, branco, huummm! Estou sentindo o gosto até agora. Seguimos viagem normalmente.

Chegando em BH me despedi do Alex e quando ia sair pra pegar um táxi ele segura meu braço e diz: “vamos jantar primeiro, eu pago!” sorri e disse que tudo bem. Fomos a um restaurante, comemos e bebemos e depois ele me acompanhou até meu hotel. Sempre fico hospedado no mesmo hotel e em quarto de casal, apesar de viajar sozinho. Como já conheço todos no hotel eles permitiram que o Alex fosse ao meu quarto, mas claro que nenhum deles sabia pra que. Chegando ao quarto fui tomar um banho e quando estava nu no banheiro o Alex entrou. Tomamos banho juntos. Ele queria beijar minha boca, mas não beijo homens já que meu negócio é com a rola deles. Mamei seu pau embaixo do chuveiro deixando-o duro. Ele apertava minha bunda dizendo que é linda. Saí do banho primeiro que ele e chegando á cama fiquei de quatro e me pus a passar gel no meu cuzinho enfiando um dedo, depois dois. Quando o Alex saiu do banheiro já me viu de quatro, com o cu pra cima, pois eu encostei meu rosto no colchão deixando meu cuzinho exposto. Ele nem pensou em nada, já veio enfiando o pau no meu rabo, me rasgando. Ele meteu tudo de uma vez, quase gritei, ele parou um pouco quando viu que doeu, mas continuou com tudo dentro. Depois voltou a meter em meu rabo, me segurando pela cintura e enfiando tudo em mim. Meu cu já ardia, minha bunda doía de tanto tapa que levei nela. Estava vermelha e ardendo. Sentia seu suor pingar em minhas costas, seu corpo suado batendo contra minha bunda. Ele me chamava de viado, de puto, de viadinho do cu gostoso. Eu apenas olhava pra trás com cara de putinha e dizia: “vai meu macho mete na sua puta”. Eu rebolei muito naquela pica, piscava meu cu, empurrava minha bunda pra trás pra o pau dele entrar todo no meu cu. Depois de muito tempo ouvi os gemidos do Alex aumentarem, seu pau pulsar e meu cu se inundar de porra. Que quentinho gostoso! Cada pulsar do seu pau me dava mais tesão, era um pulsar e um jorrar de porra. Que delícia! Ele caiu sobre mim e eu sobre a cama ainda com ele engatado em mim. Quando o pau dele começou a amolecer ele o retirou do meu rabo, trazendo junto uma boa quantidade de porra. Ficamos nos recuperando deitados na cama até que comecei a acariciar seu pau que cresceu de novo. Eu então fiquei na posição frango assado e disse: “vem seu puto, mete o espeto na sua galinha!”. O safado veio e introduziu tudo no meu cu e começou a fazer o vai e vem, me preenchendo de pica. Ele levantei as pernas ficando ainda mais arreganhado pra ele que metia cada vez mais. Eu me masturbava enquanto levava rola no cu. Gemia e fazia caras e bocas para o Alex que não se agüentou, tirou o pau do meu cu e jorrou porra em minha barriga e na minha rola, já que me masturbava. Também não me agüentei e comecei a gozar sobre minha barriga.

O Alex foi embora e me deixou todo fodido, com o cu ardendo, mas satisfeito. Espero um dia reencontrá-lo para que ele me deixe fodidinho de novo. Valeu tesão!

Se algum casal, mulher ou homem se interessar, é só fazer contato pelo e-mail [email protected]

Até mais galera!

Comentários

28/03/2012 08:44:03
Odeio sexo sem bj
27/03/2012 17:04:08
FANTÁSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSTICO

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


deu pro time todogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosxvidios outros purai favoritosV contos de mulheres sendo fodidas por cãoviu a fofinha dormindo pelada e arrombou ela pornoXVídeos caseiro eu te empurro com fosse eu não aguenteicontos meu genro tesudonariz de policial dando o priquito a outros policialvideos de bucetas intaladas na rola grossafilme porno "labios encharcados"Ver contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).Claudia souta nua mostrando a bucetabucetagosotosacontos menina chuponaMulher adulta. Criando pentelho. Na bucetacontos eroticos de trepadas com tias sacanasmulher cagando enquanto dava a bucetadei para um pauzudo e quase morricontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindocontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemporque os atores de porno ficam mais tempo enrijecidosporno mimnha filha e tao novimnha que nem petelho naceu aimdacontos erotico coroacasado comendo onovinhonovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhacomedo novınha a forcamalandro se asusta com o tamanho da buceta da novinha bebadaContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiasites porno contos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica com tesao com a buceta toda meladao playboy e o menino da favela casa dos contoscontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesconto no cinepornoContoeroticosobrinhonovinhocontos de homens casados e suas escapulidasmulheres da bunda grande dando cu de bruço pro kid bengalasexo mulheres 80klsxvideo Comendo a Mulher do Meu Tio Cielycontos gozar no cu da empregada e feiominha esposa dormindo toda gostosa todaolhadinhaBundinha lisinha da filhinhanovinha aser estuprada com padrasto aser desvirginada enquanto dormeloira e judiada levando com forca na boca e na bussetaContos eróticos de mães evangélicas e filhasbelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhacache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho conto crente com fogo na bucetaporno cunhanda provoca cunhando d xorti ate emtra na rolaCONTOS SEXO NO COLOirmão bem dotado tirando o c***** da sua Irmã Dulcegemendo e gozando gostosas espirrar esperma longe. porno atitudicontos sexo duas meninas.me xuparam acampamentogossno nu cu fa mulecabrincando escanchada contos pornocontos Fudidos De machucamento vaginal meu sobrinhocalçinha ate amarotada na bucetaa mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetaminha mae ficou furiosa conto incestohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherolha amor que jeba gostosadepilando a minha tia gravida contos eroticosmamae nao suporta rola do amante na bucetacontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacusao de crioula velhaxisvidio amadores de auguen metendo a forçaezibi vizinhas goistozapono 2017perdendo a virgimdadecontos erticos negão de pau gigante ragando cu de passivo sem doquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidascontos de sexo depilando a sogramulheres que nao aguentaram dar o rabo pra bem dotadoscontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividagozando.na.loirinha francyXVídeos novinhas brasileiras pegando pomada no xiriLukinhas contos eróticos gayscontos corno manso ineditocontos erotico vovô taradoconto erótico gêmeas lésbicasselinho no grelhocontos de novinhas iniciada na webcontos eróticos dei pra estranhos pelo buraco na paredesexo ruiva nu riu