Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

A SOBRINHA QUE TODO TIO QUERIA

Autor: VALERIOBH
Categoria: Heterossexual
Data: 09/07/2012 19:55:19
Nota 9.56
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Mesmo sendo minha sobrinha, já secava Lorena desde seus 15 anos, época em que encorpou e começou a se tornar a cavala aos 18 anos, uma morena de grandes olhos verdes, com 1,75 e 65kg, seios 42 e manequim 40. Enfim, uma delicia da garota. Logo que ela começou a namorar sério, aos 14 anos, descobri que minha cunhada passou a lhe fornecer pílula anticoncepcional, acreditando que era para regular a cólica menstrual. Mas meu faro para putaria dizia quer era para facilitar a vida do sortudo do namoradinho que lhe rompeu o cabaço. Várias vezes os flagrei num rala e rola bem sensual, com as mãos dele apalpando os seios e a bulinando por baixo da saia, enquanto ela apertava a rola dura por cima da calça. Por ser a sobrinha mais velha, a família a tratava de tudo que era forma, não a deixando que saísse sozinha, usasse roupas sensuais, e ela, esperta, via em mim, seu o fiel escudeiro, fazendo charme típico das adolescentes. E os mais difíceis de serem atendidos somente eram pedidos quando me encontrava sozinho, quase sempre com ela sentada no meu colo e beijando meu rosto como forma de convencimento. Não pedi segredo, mas formamos uma espécie de cumplicidade, com pedidos de dinheiro “emprestado” escondido ou leva-la a casa do namorado enquanto matava aula. Ela nunca negou nem confirmou, mas sabia que era pra meter. Aos 17 entrou pra faculdade, e pra facilitar a vida dela, consegui um estágio remunerado na área. A coisa começou a mudar de figura quando ela completou 18 anos e numa carona pra faculdade ela sutilmente me pediu dinheiro para bancar o curso de direção, dizendo que o salário do estágio era insuficiente pra seus compromissos. Não sei se por sorte minha ou azar dela, estava num daqueles dias em que falamos a primeira coisa que vem na cabeça, e sem pensar falei que ela já era adulta e que agora a coisa iria mudar de figura, e que tudo tinha um preço na vida. Após um breve silencio, ela se virou pra mim e perguntou qual seria o preço da carteira de habilitação. Meio atordoado com a pergunta, disse que uma garota bonita e gostosa como ela não teria dificuldades para encontrar um homem que a bancasse. Fechando a cara, ela disse que não era piranha pra se vender. Antes que perdesse a autoridade sobre ela, falei que piranha era quem se vendia para estranhos e que meninas gostosas como ela apenas deveriam ser valorizadas por seus atributos. Já estávamos chegando ao destino quando ela perguntou “Quanto?”. “Quanto o que?” perguntei já tendo entendido a pergunta. Com a voz rouca e tremula ela perguntou quando seus atributos valiam. Já senhor da situação disse que dependia do que fosse combinado, e eu que já sabia que o valor total da carteira de habilitação, falei que um pacote completo poderia valer mil dólares. Ela arregalou os olhos e perguntou o que teria que fazer por mil dólares. Com o pau totalmente duro, abri o zíper e liberei o falo sob o olhar atento da sobrinha, e sem dar-lhe tempo pra pensar, puxei sua cabeça e de forma autoritária mandei que chupasse. Após uma leve resistência, ela de olhos fechados passou a discretamente lamber a cabeça do pau. Como havia se inclinado, sua minissaia subiu deixando a calcinha branda bem a vista. Dei-lhe um forte tapa nas nádegas e a mandei chupar direito, como uma boa puta boqueteira. Acho que o tapa e o xingamento acabaram te tirar a última resistência moral da sobrinha, e logo ela encontrava chupando e engolindo saco e boas como uma profissional, enquanto tinha a buceta bolinada pelos meus dedos. Gozamos praticamente juntos. Assim que vi que ela mantinha a porra guardada em sua boca, mandei que engolisse bem lentamente, o que foi atendido, já entrando no primeiro motel que encontrei no caminho. Alias, era o primeiro motel que Lorena entrava, tendo ficado desconcertada ao ser solicitado sua identidade. Assim que fechei a porta da garagem, mandei que subisse na frente e me aguardasse. Abri o porta luvas e engoli um viagra, já que meus 45 anos poderiam comprometer minha primeira transa com a sobrinha de 18 anos. A encontrei sentada na beirada da cama. Servi-lhe uma garrafa de Ice pra relaxar enquanto procurava um filme pornográfico. Ela bebia a Ice e assistia o filme de modo passivo, apenas curtindo meus carinhos nos seus cabelos, seios, coxas e quando me encontrava beijando sua nuca, ela se virou e me beijou na boca de forma carinhosa. Enquanto a despia beijava seu corpo até deixa-la peladinha na cama. Uma xoxota bem depiladinha, quase lisinha sorria pra mim, e logo passei a chupar até leva-la a um ruidoso orgasmos. Mesmo a tendo feita gozar, continuei chupando a buceta enquanto lentamente me livrava da minha roupa e quando ela já se encontrava na iminência do segundo orgasmo, ajeitei a cabeça da rola e lentamente empurrei até colar meu saco em suas coxas. Meti forte e profundo até gozarmos juntos, despejando uma boa quantidade de gala em seu interior. Deixei a sobrinha peladinha na cama e foi encher a hidromassagem, e quando retornei com outra garrafa de Ice a encontrei brincando com a xota enquanto assistia um filme de sacanagem onde um homem maduro transava com duas garotas, metendo na xota da que estava por cima enquanto elas faziam um 69. Me ajeitei ao lado dela e de conchinha voltei a meter na xoxota bem lubrificada e quando vi que o sujeito havia retirado a pica da buceta e começava a ajeitar no cu da puta, fiz o mesmo e sem que Lorena oferecesse resistência, recebeu passivamente a rola no rabo, Após uma inicial residência, o esfíncter relaxou e o falo sumiu dentro do reto apertado da sobrinha, passando a meter cadenciado com a masturbação que eu tocava em sua xoxota, até gozarmos juntos pela segunda vez naquela noite. Ao ver que meu pau havia saído sujo de merda do rabo dela, Lorena abaixou o olhar e perguntou porque eu não havia usado camisinha, tendo respondido que sabia que ela tomava pílula e que uma gostosura como ela deveria ser comida sem camisinha. Após um rápido banho fomos pra hidromassagem onde ela confessou que já transava desde os 13 anos, que havia transado com 3 namorados diferentes, e que também havia transado com outro homem casado, seu professor de matemática do segundo ano, quando tinha 16 anos, aceitando o conselho de sua amiga Flávia, outra ninfeta que eu conhecia, e ali fiquei sabendo que Flávia havia dito pra Lorena que tinha vontade de ficar comigo. Lorena ficou ainda mais apegada comigo, que além de tio preferido, passamos a ser amantes, e mesmo após ter pago o exame de habilitação, continuamos nossa relação secreta por muito tempo, mesmo ela estando noiva. Além disso, Lorena me deu a Flávia de presente, e depois que a comi elas confessaram que já haviam transado entre si, passando a ser o dono de duas putinhas safadas. ([email protected]

Comentários

16/03/2014 10:51:14
Perfeito!
18/01/2013 13:33:26
Bela sobrinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
10/07/2012 21:59:43
09/07/2012 22:12:53
Me apresenta a Flavia
09/07/2012 21:07:50
cuide bem da lorena, pois ter uma putinha assim é um presente dos deuses.
09/07/2012 20:14:47
otimo conto, você é um homem de sorte em kkkk

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Coroas louco por sexo tique roludomoreno sarado de sunga de bombeirovídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhoconto erotico gay na saida do bar de madrugada um travesti me estuproucuzao da tia vim nao aquentei mobile pornfesta de cdzinhas no cine porno 2017cache:I20bmnqm678J:gtavicity.ru/texto/2016115 Taradinha louca pra pega no pau do tiu contosvideo porno velho mamando e mordendo e puxando o peitohigor safado xvidiopornô em famíliaxxvmulenapicacache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 porno pagando dívida com a mulher e a mae5 contoconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaomoças todas cagadas e meladascontos eróticos no YouTube deixei meu filho me comerMais carentes enrabadas por filhoContoeroticonovinhosafadosexo novos banho conhadas nuasloira linda com mastro monstruosocontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcosfiume porno garoto senti tezao pela crentinhaporno familha sacana opai bravo e afilhar virgemConto flagrei com bananavídeo pornô menina branquinha não se Intimida com tamanho do pau no Galegãovideo de sexo negao da rola de cinquenta citimetro com uma jeguafamilia sacana tufosCona gulosa relatosWxvidios velha trepando com seu trazeiraofilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outraCONtos minha mae de calça legue com a buceta repartida ao meioarrombando o cu da luzia contosgarotinhas bem novinhas descubrino otezaoReta do Pedreiro Hétero PeladoCovidei meu amigo pra toma uma cerveja em casa depois comemos minha esposa casa dos contoscaiu na net contos reais de genro flagra a sogra nua engravida elaescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidoduas lebiaca se beijando devangarsites historias e contos eroticos de incesto mae amante do filho marido ausentetomando piricada no riocontos eróticos mulher transando com negãocrenye de verdade é aquele crente sabiocontossou safado como minha maeconto erotico gay gury chupador de dedovideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitovídeo de Kid Bengala transando com mulher brigona XVídeos12 mulheres se gozando muito asseste videocontos eroticos como eu virei puta de um velhoporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividaxvídeos i****** filho tenta fudera mãe e ela não quer dar mas acaba conseguindoo qui faco pra demorar enjacularporno novinha foi cariciada na escola contosver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sangeconto corno diamantexvideo afilhado fala quevai fazer massagem na madrinha e acaba comendo o cu delaconto de novinha tomando nas coxasfode em terreiro de umbanda xvideo davs contos eróticoshotwife e marido contoscontos erticos negão de pau gigante ragando cu de passivo sem doxvidio novinha cesú contos eroticos fui seduzido pela vizinhacontos uma delicia de vizinha 8aninhosvídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeoscontos de sexo raspei minha bucetaporno gay pai malhado e i filhoContos chantagiei minha irmazinhaconto erotico viado novinho arrombado por dois coroas dominadorescontos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiaquero ver um filme pornô porreta Mel com muita mulher gostosa tomando no c* de calcinha de ladinhoconto siririca na despedida de solteirapassando a mao na ninfetinha godtosa sem defesa pornovideo cooelho mamano no homemm zoofilia