Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Uma noite na mata

Um conto erótico de Michy
Categoria: Heterossexual
Data: 16/07/2012 13:05:11
Nota 9.31

Meu nome é Marcelo tenho 37 anos, 1,65, branquinho, magro,cabelos negros, divorciado, vivo só atualmente, sempre fui muito certinho, pacato, uma vez ouvi de uma amiga, que os mais quietinhos são os piores, ela ter me dito isso me fez refletir, sobre coisas em minha vida, sempre tive pensamentos insanos e improváveis, sempre gostei de ser dominado, mais a ideia de dominar alguém me excita, nunca achei que teria de fazer nada daquilo que pensava, mais a oportunidade surgiu...

Moro em uma cidade montanhosa, com trilhas e muitos lugares pra acampar, então resolvi acampar em uma certa noite, marquei com uns amigos, cervejas, conversa fora, mais eles acabaram desmarcando, como estava com vontade fui só, armei minha barraca, a fogueira esquentava e iluminava a noite, pensei diversas coisas, a noite estava longa e fria, demorou muito pra passar, resolvi andar um pouco, e vi um grupo grande de pessoas.. homens e mulheres acampando, fiquei observando eles, uma da meninas se afastou um pouco do local e acabou me vendo, ela tinha um olhar marcante, sensual, isso me atraiu, estava de vestidinho, botas, casaquinho, cabelos longos ao vento, morena linda cor de jambo.

Apresentamos-nos e ela me perguntou se eu estava só, disse q sim, então ela me perguntou se eu ñ gostaria de me juntar a eles, disse q ñ me despedi e saí. Percebi que ela estava me seguindo, mais fingi q não estava vendo, chegando próximo de minha barraca, coloquei uma cadeira fora, mais paus na fogueira, cerveja na mão, eu olhava de lado e a via me observando, entre as árvores, então coloquei meu pau pra fora.. perto de uma arvore, como se fosse urinar, olhei pro lado e fixei meu olhar nela, me aproximei dela e perguntei o que ela esta fazendo me espionando? A peguei por trás nos cabelos, forte e grosseiramente, e disse q ela sofreria fortes consequências por ter me seguido, o olhar dela inocente, me deixou louco, amarrei ela em uma arvore, ela implorava pra que eu a deixasse ir, mais em vão, rasguei o vestido q ela usava, a safada nem de sutiã estava, seus seios ficaram expostos, segurei fortemente em seus seios, disse que ela era uma putinha gostosa, e que aquela noite ela seria minha vadia, minha cachorra, passei minha língua em seu rosto, chupei fortemente seu pescoço, ela tentou gritar.. mais dei-lhe um tapa e xinguei ela de vagabunda, disse que era um lixo, uma puta safada e disse que ela poderia gritar que ninguém a ouviria mesmo, dei beijo longo, devorei seus lábios, ela se contorcia como se tentasse se soltar, segurei seu queixo fortemente, e disse a ela em seu ouvido que seus gestos só estavam aumentando meu tesão, minhas mãos geladas em seus seios, deixaram os bicos durinhos, não resisti, chupei, mordi, rasguei mais seu vestido, ela usava uma calcinha de algodão, tamanho normal, estava linda, perfeita, frágil, com frio, medo, e a minha inteira disposição, coloquei sua calcinha de lado, afastei, seus pés com meus pés, enfiei o dedo em sua buceta com força, ela tava lisinha, quente, úmida, macia, sua respiração ficou mais forte, ofegante, seus olhos, dentro dos meus, peguei um canivete, seu olhar quando viu foi de medo, cortei um pouco sua calcinha, dividi em bandas, senti suas pernas tremulas, seu olhar perdido, coloquei meu pau pra fora, e encostei em sua buceta, ela pode sentir ele quente e duro louco pra entrar dentro daquela xoxota, chupei seu pescoço, seus seios, segurei forte seu rosto o colocando de lado, me deliciei com ela linda e frágil e só minha, eu a agarrei forte, minhas mãos percorria e apalpava todo o seu corpo, eu agora era seu dono, coloquei meu cacete na entrada de sua buceta, e fiquei friccionando ele nela, a sensação é muito gostosa, fiquei pincelando ele, bati com força no seu grelinho com ele, brinquei muito antes de suspender uma de suas pernas, e introduzir meu pênis todo de uma só vez nela, a cada estocada que eu dava ela soltava um gemido, segurei em seu pescoço, aumentando mais ainda os movimentos, dei um tapa em seu rosto, e a soltei, ela relutava como se tentasse sair, coloquei ela no chão, e continuei a penetra-la cada vez mais profundo, suas unhas me arranhavam as costa fortemente, me empurravam, seu gemidos me enlouqueciam, ela segurou fortemente em meu quadril como se quisesse me tirar de cima dela, segurei em seu braços, e aumentei mais ainda as estocadas, fui fundo em sua vagina, pude senti-la se contraindo, meu pau deslizava dentro dela, estava molhada, levantei meu tronco, segurei em seu pescoço olhei dentro de seus olhos, ela gemia, ñ de medo e sim de prazer, tinha se entregado, seu olhar de apreensão agora era de tesão, enquanto eu fudia gostoso aquela putinha gostosa, comecei a dar tapas em seu rosto, vi uma lagrima escorrendo de seu rosto, e ela gemendo, chorando, ela segurou os seus seios e gozou gostoso no meu pau, a cena era tão deliciosa que meu gozo veio, tirei meu pau de dentro dela, e abri sua boquinha e comecei a gozar dentro da boca dela e fazendo ela engolir tudo, percebi então que aquela puta gostou de ser fudida daquele jeito, fiquei em pé com ela deitada no chão, olhando aquela puta toda esfolada do me pau, com a buceta arreganhada, então comecei a urinar em cima dela, no corpo, no rosto, dizendo toma sua vagabunda,sua safada, é isso que merece....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/06/2015 07:32:06
Anjo Prateado postei um novo conto..... Vc me incentivou, obrigada pela leitura e pelos comentários... Beijoss
10/08/2013 04:24:02
Sensacional! Que tezão ...
09/05/2013 15:03:07
Embora eu seja mais romântico que insano, sou tarado e fiquei excitadíssimo... vc tem o dom de me enlouquecer Michy!!! Bjs delicia!
13/02/2013 19:59:41
Fodástico!!!
20/01/2013 16:49:54
Interessante proposta. Bondage e Golden Rain...
26/07/2012 15:00:10
Amei.. leia o meu flor
16/07/2012 17:47:53
Parabens, http://drmenage.blogspot.com.br
16/07/2012 13:38:56
porra michy vc sempre me deixa de piroca dura com seus contos voce quer ser tratada desse jeito ???????? deixa o e-mail
16/07/2012 13:25:53
rss... obrigada pela nota,,, então fiz esse conto pra um amigo, como ele mesmo disse, tem um desejo insano e improvavel... Mais se ele realiza-lo prometo postar aqui! beijos
16/07/2012 13:23:44
ai, vc acordou, ñ foi???kkkkkkkkk




Online porn video at mobile phone


contos eroticos injeçaoconto relatando como nao resisti ao pausud e fez sexoconto homem levando a primeira vez a sua mulher pro protibulo pra se fodidavídeos porno braseiro putona brasileira lavado ropa no cintal e fude com seu cunhado bem dotadocontos eroticos picantes camioneiros estuprando putas na estradanegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elavideo de porno gay fui estrupado pero mel primoquero ver um filme pornô com anão com a patroa dele debaixo da saia dela e o cara cheio charuto no c* deleminha irma chorou quando tirei seu cabacinhoquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosSobrinhas safadas relatos atuaisEu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contosdei meu leite materno para ele contos eroticos.coroa e varoa safadacontos eróticos técnica de enfermagem pegando carona com colegaincesto com meu vô contoscontos eróticos de meninos novinhos sendo dopados e estrupadoszoofilia no Congo pesadamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornoconto de padrasto socando a punhetapornodoido tecnico esfola novinhaxvideo menina de meno gosano e tremeno as penafime porno pai infindo a mão no cu da filhacontos eroticos de mullheres que aman barbeariavideos de coroas homens procurando coroas de zendo taduedoContos eroticos adestrando o viadohttp://esposas perdendo a virgindade com seus maridos: contos eróticosconto porno gay. bullyingesposa prostituta bunda flaçida e mole cuzao contosContos eróticos cumendo minha mãe e irmãconto sou crente casada carente provocando os pedreiromarcelo strause aguilarporno. cazano muita no vinhaconto erotico molestada usando leggingdotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintopassou a mão na rola do padrastodormindorelatos de minha sogra e muinto greluda e pentelhudacontos eu e meu sogro estuprano minha maecontoseroticos/nicoleavelin/autoraContos eroticos a gozada incetuosa e mais gostoza que quaque outra gozando dentro da irma cem camisinhavídeo dos anjos guerreiros vídeos pornô sem jeito malvedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedofotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetanovinhas de bayby doll e com a mao na bucetaouvi um barulho estranho de noite fui olhar era meus pais trasando video pornoflagrei minha filhinha mamando o irmao com um mastro enorme contos eróticosVideo de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazercontos eróticos cantada na rua não resisti e traícontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcosconto erótico minha empregadinha novinhacontos de putaria sou puta do marido negro da minha cumadrepornô amador conto erótico de mãe divorciadaabraçando por trás incesto relatocache:GlXfqrAlcOoJ:zdorovsreda.ru/perfil/52488 peões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysvarias imagens de bucetas e cu aregaadoshttp://migre.me/w4IgEnovinha xeia de pintas na bct na siriricaestava batendo punheta e os dois viu passei a rola neles porno gaybonecadoprazeporno meninas cortido asferias brasilconto erótico eu minha esposa na cachoeiracontos eroticos colega negão estuprando o novinho gaypai e filho pelado conto erotico exercitover videode mulher. gozando nno pinto bem grossofeminização forçada contosminha nora de baby dool me exitabucetinhas e cuzinhos lisosContos eroticos de mulheres de manauscontos porno com padre gaybelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaloiras gostosas com abuçeta bigodinhobucetamelecamarisa chupando meu pauSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrocontos eroticos filho adotivo pe de mesaficamos nuas e sastifeitasgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticos