Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fui para a cozinha e comi o cuzinho

Autor: Poeta Safado
Categoria: Heterossexual
Data: 26/08/2012 00:48:46
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Conheci a Patrícia, que todos chamavam de Tita, numa festa. Estávamos em um grupo de amigos, e eu achei ela de cara um gata! Morena, seios grandes e uma bunda bem interessante, dançamos alguns pagodes e engatamos uma gostosa conversa. Ela tava de sandália e, num dado momento, alguém quebrou um copo, e um caco de vidro pegou no pé dela, sangrando um pouco. Rapidamente, fiz ela sentar, peguei gelo e comecei a passar delicadamente em seu pezinho. A cada passada de gelo, ela fazia uma cara de alívio e prazer, e nosso fogo foi aumentando, meu tesão estava a mil, e ela, sentindo meu pau duro, começou a passar o pé em cima dele, discretamente. Minha vontade era de passar aquele gelo no corpo dela, mas acho que ela percebeu que eu não tava mais agüentando e agradeceu o meu cuidado, tirou o pé do meu colo e decidiu ir embora com uma amiga. Antes de ir, contudo, ela me deu seu telefone e disse que era para eu ligar quando eu quisesse.

Algum tempo passou, e combinamos de ir juntos ao cinema. Já na fila para comprar os ingressos o primeiro de muitos beijos aconteceu, e óbvio que isso continuou dentro do cinema. O clima entre nós era decididamente quente, e logo imaginei que ficaríamos juntos após o cinema, mas ela estava jogando aquele joguinho das mulheres e disse que tinha que ir pra casa, mas que poderíamos combinar de sair novamente.

Para o nosso próximo encontro, estava programada uma noite romântica na minha casa, com direito a vinho e filme. Mas a minha vontade de comê-la era tamanha que nem me preocupei em alugar filme algum e muito menos comprar o vinho. Mal ela chegou na minha casa, e já comecei a agarrá-la. Ela perguntou pelo filme e pelo vinho e eu inventei uma desculpa esfarrapada e fui logo agarrando ela no sofá. Ela parou tudo e disse que não tava muito à vontade; eu, meio que sem paciência, coloquei uma música e voltei a agarrá-la. Ela retribuiu meus agarramentos, e logo a blusinha dela já estava abaixada e eu chupando aqueles peitões, que eram ainda mais lindos do que eu imaginava. Desabotoei a calça, coloquei a mão na bucetinha, bem molhadinha e peludinha, e tive a certeza de que iria comê-la. Mas para minha surpresa, antes que eu tirasse a sua calça, ela parou tudo e disse que desse jeito ela não queria, que era uma menina romântica e eu só tinha interesse em comer ela, o que não era mentira. Ela se recompôs e me pediu para levá-la em casa.

No caminho, fomos conversando e a Tita falou que se decepcionou muito com a minha atitude, que pensava que eu era diferente. Argumentei que havia me equivocado, mas que isso não era motivo para não sairmos novamente, ela disse que iria pensar e ficou nisso. Corri um pouco atrás dela depois disso, mas finalmente consegui marcar um novo encontro, novamente na minha casa. A princípio ela queria ir a um lugar público, mas com a promessa de que eu faria um jantar, ela aceitou.

Preparei um coquilles de queijo com molho vermelho, acompanhado por um bom vinho e um creme de papaya com cassis de sobremesa. Ela adorou tudo, e após a sobremesa fomos para o sofá assistir a um filme que eu havia alugado, uma comédia romântica. Já estávamos na segunda garrafa de vinho, e eu nem havia beijado ela direito ainda. Estávamos abraçados no sofá, eu fazia carinho no cabelo dela, e ela, em um determinado momento, perguntou o que eu tinha que eu nem havia dado um beijo nela. Respondi que nada, que estava curtindo a companhia dela e que pra mim aquilo bastava. Ela riu e disse que não acreditava nisso, eu reafirmei meu pensamento e continuei vendo o filme. Um tempo depois ela, sem dizer palavra, me deu um beijo de tirar o fôlego. E aí o bicho pegou. Ela já foi tirando a blusinha e sentando no meu colo, falando para continuarmos de onde havíamos parado da 1ª vez. Óbvio que não me fiz de rogado e mamei violentamente naqueles peitões, que ela adorava esfregar na minha cara e me mandar chupar com vontade. Ela tirou minha camiseta, começou a beijar meu peito, foi baixando e logo ela estava ajoelhada pagando um boquete. Chupava com gosto, me olhava e fazia cada de vadia, falando que tava adorando mamar no meu cacete.

Antes que eu gozasse, me levantei e a coloquei deitada no sofá e arranquei a sua calça e tirei a calcinha com os dentes, para delírio da Tita. Aquela bucetinha delícia de lábios grandes e levemente peludinha se revelou para mim e eu não tive dúvidas: chupei, mordi o grelinho, meti a língua na xoxota como se tivesse fodendo, colocava os dedos na buceta, dava para ela chupar e chupava também. Peguei uma camisinha estrategicamente colocada debaixo da almofada do sofá, coloquei no meu pau e meti nela sem dó nem piedade. Ela gritava, dizia que tava explodindo de tesão e pedia para eu fodê-la. Ali, de franguinho assado, foram precisos alguns poucos minutos para que ela desse a primeira gozada da noite.

Mas nem parecia que ela tinha gozado, porque logo já tava sentada na minha pica, cavalgando feito uma vadia, sempre berrando. Eu chupava as tetas, ajudava ela a mexer no meu pau, metendo o dedo no cuzinho dela, que rebolava a cada metida dupla, uma delícia!

Coloquei ela de quatro no sofá e, em pé, comecei a bombar violentamente até ela gozar de novo. Quando ela gozou, comecei a chupar o cuzinho, lambia freneticamente aquela bundinha delícia, e comecei a meter o dedo enquanto passava a língua no buraquinho. Ela gemia gostoso de prazer, e não demorou muito para urrar quando meu caralho entrou pela metade no rabo dela, após meu banho de língua.

Passado o susto inicial, ela começou a curtir e a rebolar com o meu pau, que a essas alturas do campeonato já estava todo cravado no cu, e com as bolas batendo. Xingava ela de puta, de vagabunda, de piranha, dava uns tapões da bunda, puxando o cabelo e dando umas mordidinhas no ombro e na nuca.

Ela disse que não agüentava mais dar de quatro e eu a coloquei de novo de franguinho assado, mas dessa vez pra meter no cuzinho. Enquanto eu arrebentava o cu dela, a Tita batia uma siririca gostosa, e em seguida ela gozou, me dando um pouco do seu liquidozinho para eu provar. Lambi tudo sem pudor e avisei que ela logo provaria o meu.

Bombei mais um pouco, alternando o cu e a buceta, até quase não agüentar mais, tirei a camisinha e sem pedir licença já fui jorrando porra na cara dela, que depois de um susto inicial entrou no jogo e lambeu tudinho também. Saímos mais algumas vezes, até ela arranjar um namorado, e tudo graças aos meus dotes culinários!

Do que você gosta na cozinha? Me conta: [email protected]

Comentários

22/03/2013 22:03:34
Acho que tb vou querer um jantar!! Parabéns!!!
15/02/2013 23:41:45
Doce [email protected]@@, quando quiser... Me add aí para conversarmos... Beijos
17/09/2012 20:55:43
Olá... Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto. Adoramos seu conto, nos deixou com muito tesão. Também publicamos um conto aqui. Se chama "A procura de um amante". Temos um blog com muitos assuntos e fotos relacionados a sexo e também com nossas aventuras sexuais. Visite... Com certeza irá gostar e ficar com muito tesão. O endereço é: rubiaebeto.comunidades.net
07/09/2012 19:29:55
humm delícia...quer fazer um jantarzinho pa mim? rs te dou a sobremesa...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


historias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherfilme de sexo com a minha sogra de remédio por meu sogro dormirentregei uma pizza e mepagou com boquetequero ver vídeo 2017 mulher pelada transando comigo numa na cama de box altonaConto incesto garota de 09 aninhos popozudaxevideo mulher dormido e rola entrandovideo porno papai leu a filha que estava de férias pro sitio e fudeo novinhavideo belmiro o caseiro caralhudocontos lukinhas22cmporno metendo de levinho atrasRelatos erotico curtinhos com detalhes sobre virgem penetrada a força violentamentevídeo de homem sendo estuprado no quartel brechando a b*****dei xoxota para meu pai pausado de manhã, contos incesto fotosPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadezoofilando puta gostosa fudendo com cavalo ater sair sangue com porra da bucetaVidio,de,yrma,de,quinzeano,bricano de,lutinha,com,yrmaoComtos casadas fodidas na cadeiabranquinho super big dotado enfiando o seu pinto até o talões no cuzao da novinha arrombadacontos sexo pecado incestuosoContos eróticos da minha noraputona sendo rasgado no cu pica gggcontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudocontos deu o cu para o cachorrafudendo a irma no sofá depois de chantagealasobrinha me provocando só de pijaminha porno brasilcomi a xana zeradaexperimentar sexo anal mesmo sendo heterossexual pode ser perigosocontos de sexo depilada na praiafilho secava tanto a mae que ela resolveu. provocar ele pornoConto erótico sololupusdormi com meus tios e levei dedada na bucetaContos de insesto. Irma gostosa e sua melhor amiga dando a buceta pro seu irmao roludo do pau grande e grosso e cabeçudo comer com vontade.ver vidios porno da xvidio mulher veste marido com langeri e deixa ele para o amante fuderas lesbicas maus fogozar do mesmo mundo fazendo sexy com cachorro ate ficar encantadomãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoprovoquei meu filho vestindo um fil dental video pornoContos eroticos sou obrigada a fazer nojerasprensada no colchão pornpornodoido gato lembi bucetacontos eroticos textosconto de incesto mae mulata de babydollesses irmaos tem uma ligacao muito forte pornodoidonegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorisxvidio mulher com dedo na buceta chamando jairocolecao lambendo a cabecinha gozada na boca pornodoidocalça legui caladinha na casada xvideominha mãe irmã vovó conto eróticoXVídeos gay com truculênciaBem novinhas apertadinhas fudendo com coroas dotados sentiu dor no zap zapcontos eroticos feminizaçao do garotinho maeme deliciei vendo minha mãe tomar banhodesejo o pai sair e comeu a madrastacontos eroticos sentei no colo do pirralhoConto herotico incerto completo mae i filhovideos eroticos da esposa vira cadela do marido eusa coleiracoroa pede paRa marido que quer rola de negao dotadojantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornovibrando paz e do negão no sexo anal f*** sobrecaldo de buceta sujafotos de pau duro cabeçudoconto pornpai comendo filha e a sobrinhacorno sendo humilhado lambendo direitinho buceta cheia de gozonovinho.geminho..de.pau.duroTitio gozando nas minhas tetinhas contos eróticosmulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornosexporno so com as mulher corpudona e apertadinha bota choravideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutamulequespauzudoContos eriticos .como virei escrava do vizinhonegaomulher baita gostosa retocando a maquiagem video pornôcomendo a coroa gostosa loira e barriguda e ela xingando palavrãowattpad enteado gay chupando o pau do padrasto musculosovideo dondoca e maridi bisexualContos eróticos teens pai vendo q a rola do filho estava bem grandinha conto gayvídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicacasada com raiva do marido so querer ir para o bar sai e da a buceta para estranho no motelso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozoucontos erotico cm irmahomenzão da porra xvideo gaydoce nanda parte cinco contos eroticosporno a mulhe na parede e o homem a tras e saindo gosmacontos aiíiiii hum aiaiavídeo de mulher pelada nua vídeo mulher pelada mostrando o pinto também amor quer vir aqui também é muito periquita Minha louca vida de mulher pelada nua