Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fui para a cozinha e comi o cuzinho

Autor: Poeta Safado
Categoria: Heterossexual
Data: 26/08/2012 00:48:46
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Conheci a Patrícia, que todos chamavam de Tita, numa festa. Estávamos em um grupo de amigos, e eu achei ela de cara um gata! Morena, seios grandes e uma bunda bem interessante, dançamos alguns pagodes e engatamos uma gostosa conversa. Ela tava de sandália e, num dado momento, alguém quebrou um copo, e um caco de vidro pegou no pé dela, sangrando um pouco. Rapidamente, fiz ela sentar, peguei gelo e comecei a passar delicadamente em seu pezinho. A cada passada de gelo, ela fazia uma cara de alívio e prazer, e nosso fogo foi aumentando, meu tesão estava a mil, e ela, sentindo meu pau duro, começou a passar o pé em cima dele, discretamente. Minha vontade era de passar aquele gelo no corpo dela, mas acho que ela percebeu que eu não tava mais agüentando e agradeceu o meu cuidado, tirou o pé do meu colo e decidiu ir embora com uma amiga. Antes de ir, contudo, ela me deu seu telefone e disse que era para eu ligar quando eu quisesse.

Algum tempo passou, e combinamos de ir juntos ao cinema. Já na fila para comprar os ingressos o primeiro de muitos beijos aconteceu, e óbvio que isso continuou dentro do cinema. O clima entre nós era decididamente quente, e logo imaginei que ficaríamos juntos após o cinema, mas ela estava jogando aquele joguinho das mulheres e disse que tinha que ir pra casa, mas que poderíamos combinar de sair novamente.

Para o nosso próximo encontro, estava programada uma noite romântica na minha casa, com direito a vinho e filme. Mas a minha vontade de comê-la era tamanha que nem me preocupei em alugar filme algum e muito menos comprar o vinho. Mal ela chegou na minha casa, e já comecei a agarrá-la. Ela perguntou pelo filme e pelo vinho e eu inventei uma desculpa esfarrapada e fui logo agarrando ela no sofá. Ela parou tudo e disse que não tava muito à vontade; eu, meio que sem paciência, coloquei uma música e voltei a agarrá-la. Ela retribuiu meus agarramentos, e logo a blusinha dela já estava abaixada e eu chupando aqueles peitões, que eram ainda mais lindos do que eu imaginava. Desabotoei a calça, coloquei a mão na bucetinha, bem molhadinha e peludinha, e tive a certeza de que iria comê-la. Mas para minha surpresa, antes que eu tirasse a sua calça, ela parou tudo e disse que desse jeito ela não queria, que era uma menina romântica e eu só tinha interesse em comer ela, o que não era mentira. Ela se recompôs e me pediu para levá-la em casa.

No caminho, fomos conversando e a Tita falou que se decepcionou muito com a minha atitude, que pensava que eu era diferente. Argumentei que havia me equivocado, mas que isso não era motivo para não sairmos novamente, ela disse que iria pensar e ficou nisso. Corri um pouco atrás dela depois disso, mas finalmente consegui marcar um novo encontro, novamente na minha casa. A princípio ela queria ir a um lugar público, mas com a promessa de que eu faria um jantar, ela aceitou.

Preparei um coquilles de queijo com molho vermelho, acompanhado por um bom vinho e um creme de papaya com cassis de sobremesa. Ela adorou tudo, e após a sobremesa fomos para o sofá assistir a um filme que eu havia alugado, uma comédia romântica. Já estávamos na segunda garrafa de vinho, e eu nem havia beijado ela direito ainda. Estávamos abraçados no sofá, eu fazia carinho no cabelo dela, e ela, em um determinado momento, perguntou o que eu tinha que eu nem havia dado um beijo nela. Respondi que nada, que estava curtindo a companhia dela e que pra mim aquilo bastava. Ela riu e disse que não acreditava nisso, eu reafirmei meu pensamento e continuei vendo o filme. Um tempo depois ela, sem dizer palavra, me deu um beijo de tirar o fôlego. E aí o bicho pegou. Ela já foi tirando a blusinha e sentando no meu colo, falando para continuarmos de onde havíamos parado da 1ª vez. Óbvio que não me fiz de rogado e mamei violentamente naqueles peitões, que ela adorava esfregar na minha cara e me mandar chupar com vontade. Ela tirou minha camiseta, começou a beijar meu peito, foi baixando e logo ela estava ajoelhada pagando um boquete. Chupava com gosto, me olhava e fazia cada de vadia, falando que tava adorando mamar no meu cacete.

Antes que eu gozasse, me levantei e a coloquei deitada no sofá e arranquei a sua calça e tirei a calcinha com os dentes, para delírio da Tita. Aquela bucetinha delícia de lábios grandes e levemente peludinha se revelou para mim e eu não tive dúvidas: chupei, mordi o grelinho, meti a língua na xoxota como se tivesse fodendo, colocava os dedos na buceta, dava para ela chupar e chupava também. Peguei uma camisinha estrategicamente colocada debaixo da almofada do sofá, coloquei no meu pau e meti nela sem dó nem piedade. Ela gritava, dizia que tava explodindo de tesão e pedia para eu fodê-la. Ali, de franguinho assado, foram precisos alguns poucos minutos para que ela desse a primeira gozada da noite.

Mas nem parecia que ela tinha gozado, porque logo já tava sentada na minha pica, cavalgando feito uma vadia, sempre berrando. Eu chupava as tetas, ajudava ela a mexer no meu pau, metendo o dedo no cuzinho dela, que rebolava a cada metida dupla, uma delícia!

Coloquei ela de quatro no sofá e, em pé, comecei a bombar violentamente até ela gozar de novo. Quando ela gozou, comecei a chupar o cuzinho, lambia freneticamente aquela bundinha delícia, e comecei a meter o dedo enquanto passava a língua no buraquinho. Ela gemia gostoso de prazer, e não demorou muito para urrar quando meu caralho entrou pela metade no rabo dela, após meu banho de língua.

Passado o susto inicial, ela começou a curtir e a rebolar com o meu pau, que a essas alturas do campeonato já estava todo cravado no cu, e com as bolas batendo. Xingava ela de puta, de vagabunda, de piranha, dava uns tapões da bunda, puxando o cabelo e dando umas mordidinhas no ombro e na nuca.

Ela disse que não agüentava mais dar de quatro e eu a coloquei de novo de franguinho assado, mas dessa vez pra meter no cuzinho. Enquanto eu arrebentava o cu dela, a Tita batia uma siririca gostosa, e em seguida ela gozou, me dando um pouco do seu liquidozinho para eu provar. Lambi tudo sem pudor e avisei que ela logo provaria o meu.

Bombei mais um pouco, alternando o cu e a buceta, até quase não agüentar mais, tirei a camisinha e sem pedir licença já fui jorrando porra na cara dela, que depois de um susto inicial entrou no jogo e lambeu tudinho também. Saímos mais algumas vezes, até ela arranjar um namorado, e tudo graças aos meus dotes culinários!

Do que você gosta na cozinha? Me conta: [email protected]

Comentários

22/03/2013 22:03:34
Acho que tb vou querer um jantar!! Parabéns!!!
15/02/2013 23:41:45
Doce [email protected]@@, quando quiser... Me add aí para conversarmos... Beijos
17/09/2012 20:55:43
Olá... Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto. Adoramos seu conto, nos deixou com muito tesão. Também publicamos um conto aqui. Se chama "A procura de um amante". Temos um blog com muitos assuntos e fotos relacionados a sexo e também com nossas aventuras sexuais. Visite... Com certeza irá gostar e ficar com muito tesão. O endereço é: rubiaebeto.comunidades.net
07/09/2012 19:29:55
humm delícia...quer fazer um jantarzinho pa mim? rs te dou a sobremesa...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


com bumbum mais bate com bumbum mais burro tem as loira morena branquinha e a ruiva a loira morena branquinha e a ruiva bate com a bunda pula pulagarotimha aprendendo bate punheta no papaiminhas condiçoes imposta para o corno contos eroticoenteada madura mamou rola do padrasto contosadoro ser enrabada conto eroticopornô mãe dando o cuzão dando para o filho de regaço combinação pelo cão carinhoassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.pornosacana traindo o marido com entregadoreu vir a minha meia irmã tranzando e eu nao aquenteicontos eroticos titio flacou eu e meu primo na infanciaapalpando o roludo no rodeio sexopadastro come a enteada loirinha e faz ela gosar varias vesesxvidio mulheris gostosas trocando obiquinho de banho no banheiroconfissoes incesto enteadopornopaumostroincesto com meu vô contosZoofilia franco e belinhaprocurando várias fotos de cão fêmea vários animais fêmeas fazendo sexo anal e vaginal com homem da pomba grande e grossa no prato ele goza na vagina no ânus que a galera correcontos eroticos menino esfolo minha esposaconto erotico a irmandade da anacondaestrupocontoseroticosenfiou a sonda contos eróticosincesto com meu vô contosquando seu.comamigo nao te.comrespondonovinga da favela fazendo menagem depois da aulafodendo o putynho gaygretchen mua chopano 2007nariz de policial dando o priquito a outros policialcontos/vendi meu cu virgemSanto Anjo conto eroticoContos eróticos gay comi meu tioempresários do pau grande transando com homens mais lindo do mundo e musculosos e gostosos na pisina mete o pau grande que sai sangue misturado com gala gostosascontos eróticos família roludocasada qui aforao pauzudoporno virge mentiu ter ido pra escola pra mae acabou comendo sua irmasuruba em familia so sexoconto erotico novinho safado 05,03,2017pornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********cornolandia barbara costa bucetacontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulherCasa dos contos minha mulher falou que todos a comeram que eu sou cornodoidinha pra meter com velhovideo de velho tarado depois de tomar unas azulzinhasmithlee pron vido"padre não é homem"contos eróticos reais nnnbaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elahotmail muletodacontos de pau preto e grossonovinha dando pauzudi com cazelinaleitinho do papai contos inocentenovinhas lindas brincadeira incestoa de ciriricaasisti filme de porno de graca e sem se escreververquero ver a xoxotinha da minha irmã de LurdinhaXxxxxxVidio porno o negrao virado em mangabucetaô. jgmgordo tenta escapar do negão mais ele pega ela na pose frango assado faz grita XVídeoscontos eróticos de casadas rabudas traindo com pauzudostransando com cachorro e vizinhocontocontos eróticos fodendo o cu de Julinho incesto com meu vô contoscontos eroticos gay x negao 40cmporno minha esposa chupou o pinto do agiota pra pagar minha dividaContos eroticos com donas de casa que foi arrombada pelo cunhado pirocudoincesto gay papai me fez de putinhamadrasta levanta deixa o Maria dormindo e vai entrar na roleta 20 anos novinhoelementarians casa dos contos eroticosde calsinhamocaloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexualassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornotia da buceta modeladas fudendomenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outras