Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

CAMILA – VIRANDO PUTINHA 1

Autor: valeriobh
Categoria: Heterossexual
Data: 23/11/2012 18:52:07
Nota 10.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Camila. Passei toda a infância e parte da juventude levando a vida quase reclusa. Minha mãe Vera era uma evangélica daquelas bem bitoladas, e não me permitia sair, usar minissaia, miniblusa, shortinhos, biquínis,etc, o look básico de toda garota adolescente. Meu pai Ricardo era mais tolerante, e minhas poucas roupas mais moderninhas foi presente dele, que ganhava a vida cuidando da pizzaria que tínhamos na frente de nossa casa. Por tudo isso, eu achava que fui a única menina da rua e do colégio a chegar aos 15 anos BBBV (boca, buceta e bunda virgem), já que sequer havia ficado com algum menino. Pra minha alegria, meses antes da minha festa de debutante, se mudou pra casa vizinha a família Ferreira, formada pelo pai Adalto, a mulher Sofia, o filho Fábio e a caçula Olívia, que logo se tornou minha melhor amiga e confidente. Minha mãe não gostava muito, mas permitiu que Olívia tivesse livre acesso a nossa casa, inclusive dormindo no meu quarto (o inverso não era permitido, por causa do irmão dela). Foi Olívia que me presenteou com minha primeira calcinha fio dental, sugerindo que eu a vestisse por baixo do vestido de debutante. A calcinha se resumia a um pequeno tapasexo e uma tirinha que entrava no rego da bunda. Como não estava acostumada, logo fiquei assada, tendo a safada da Olívia sugerido que eu a retirasse e ficasse sem calcinha, o que acabou ocorrendo, para meu alivio e aflição, porque pensava que todos iriam perceber que a filha da dona Vera estava sem calcinha. Olívia era um ano mais velha que eu, e parecia que tinha o dobro da minha idade, tamanho sua experiência de vida, inclusive sexual. Contou que havia perdido o cabaço aos 13 anos, e transado com mais de 10 homens diferentes, dando a xota, o cu e engolindo porra. No começo a repreendia por ser assim tão safada, mas aos poucos passei a me imaginar no lugar dela, dando inicio as minhas rotineiras sessões de siririca. Olívia mantinha a xoxota depilada, ao contrario da minha peludinha, porque mamãe dizia que aquilo era coisa de puta. O grande divisor de águas, entre meu passado pudico e o futuro promiscuo, foi quando mamãe passou num concurso público e teve que morar fora por aproximadamente 3 anos, tempo suficiente para que eu me tornasse a putinha que sou hoje. Papai pediu que um primo dele tomasse conta da pizzaria durante os 30 dias em que permaneceu fora, ajudando mamãe em sua nova morada. Roberto era um sessentão, aposentado, barrigudo, careca, muito diferente do papai, que no auge dos 45 anos era bonitão e mantinha um corpo de atleta, fruto de muito atividade física. Ficou combinado que Roberto abriria e fecharia a pizzaria, e como nas quintas, sextas e sábados a pizzaria fechava mais tarde, ele dormiria no meu quarto eu dormiria na casa da Olívia. Logo na primeira semana a coisa começou a mudar de figura. Olívia, ao contrário da minha, tinha uma família bem liberal, os homens com cuecas samba canção e as mulheres com camisolas, que de tão curtas e transparentes, deixava ver nitidamente a calcinha e os peitos. Como quem está na chuva é pra se molhar, decidi me adaptar a rotina daquela família, e também passei a andar com minha camisola, que perto delas era grande. Olívia tinha computador no quarto e foi nele que comecei a entrar no mundo da pornagrafia virtual. A putinha me apresentou o verdadeiro sexo entre homens e mulheres, e inclusive entres mulheres. Fiquei tão fascinada que mesmo após ela ter dormido, passei a madrugada interira acessando diferentes sites, e no dia seguinte cheguei a cochilar no colégio. Passamos acordadas a madrugada de sexta pra sábado, onde a vi se exibindo peladinha pra um homem desconhecido pela webcam. Não mostrou o rosto, mas arreganhou a xoxota ao máximo, quase engolindo a câmera. No sábado saímos com seu irmão que me apresentou a turma dele. Fui a minha primeira boite, dei o primeiro beijo de língua (com o irmão dela) e experimentei meu primeiro pileque. O safado do Fábio, percebendo que eu estava facinha, me levou pra fora e dentro do carro passou a me dar um tremendo amasso, chegando a chupar meus seios e enfiar o dedo por dentro da calcinha, brincando com meu grelo. Ao voltarmos pra casa deles, Fábio cochicou alguma coisa com Olívia, e pra meu espanto ela saiu do quarto e me deixou sozinha com ele. O safado voltou a me agarrar e logo me deixou peladinha na cama, passando a lamber e chupar meus seios e pela primeira vez tive uma língua na xoxota. Gozei tão intensamente que ela teve que voltar a me beijar pra me silenciar. Depois me colocou sentada e lentamente passou a esfregar o pau na minha boca. Já sabendo o que deveria fazer, abri e abocanhei a rola. O safado segurou minha cabeça e passou a lentamente socar. Meio desajeitada comecei a chupar a rola esfregando os dentes na cabeça. Fábio tirou rispidamente a pica e me colocou de quatro na beirada da cama e voltou a chupar minha xoxota e cuzinho. Eu rebolava como uma gata no cio, mas quando senti a cabeça da rola se ajeitando entre meus lábios vaginais, tive o único momento de lucidez daquela noite e pedi que não fizesse aquilo porque ainda era virgem. Fábio sorriu e deixou cair um grande cuspe na minha olhota anal e firmemente foi enfiando a rola no meu rabo. Por sorte a pica dele não era grossa, mas mesmo assim doeu muito, mas tentando parecer uma garota mais descolada, mordi o travesseiro e com lágrimas nos olhos agüentei firmemente a invasão anal. Após romper minhas pregas, ele passou a lentamente socar a rola, e logo a dor deu lugar ao prazer, e praticamente juntos gozamos. Fábio saiu e me deixou deitada na cama. Olívia entrou e ao ver um filete de porra descendo pelo meu cu, se agachou atrás de mim, abriu as duas bandas da bunda e encostou a língua no meu cu recolhendo a porra que seu irmão havia despejado em mim. Fiquei aflita com a atitude dela. Sem saber o que fazer, e ainda embriagada pelo álcool e tesão, apenas relaxei e empinei um pouco mais a bunda, facilitando o trabalho da putinha, que percebendo minha aceitação, passou a também lamber minha xoxota. Estava tão prazeroso que me virei de costas e praticamente me ofereci pra ser novamente chupada por ela. Olívia olhou nos meus olhos, sorriu e retirou totalmente a roupa antes de voltar a chupar minha buceta. Aos poucos ela foi se virando e se ajeitando num 69, oferecendo sua buceta pra mim. Como havia visto vários filmes com mulheres, sabia o que fazer e fiz, e sem pensar nas conseqüências também passei a chupar a xoxota depilada dela, e juntas gozamos uma na língua da outra. Por fim, nos beijamos de língua, uma provando o próprio gosto da buceta. Dormimos peladas e abraçadas.

([email protected])

Comentários

25/11/2012 11:37:43
quero uma novinha na regiao do abc bonita e gostosa eu sou moreno 1m74 78kg sarado faço academia bonito e gostoso vc novinha vai adorar meu tel é bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


vai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetabucetinha novinha estralandoxvideoscontos da minha sogra me pedindo pra cheirar sua calcinhaxvideo so tesuda zaradacontos levei minha mulher pra fuder com o kid bengalame comeram com meu irmao pauzudopornozinho.irmao.da.pica.gigante.mente.na.irmaxvideos posição na rede de embalogravida com a buceta gosmentaquadradinho erotico incesto COM HUMORcontos eroticos colega negão estuprando o novinho gayksalswing2011contos eróticos publicadosxvideo guardondo o pau nacuecaquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandocomendo traveco na casa abandonadaContos eroticos gay o engraxateDespertando O Amor em um Brutamontesparte 2: casa dos Contoscristina loirinha sem juizosou puta do meu tioxisvideo.pragas.do.cu.de.casadasCANTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOxvidios outros puraixvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotagey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geygay cunete otima visao pornomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticoslevantou o vestido da coroa evagelica e passou a rola.comfilme de sexo pura selvageria de chupar e chupar agressivo mesmofotos menina de 15anoa mostrando agozada na busetazoofilia cachorro fica engatado na nistanora safadas descobri que sogro tem a pica enormedesde novinha ja fudiaouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosporno penis grotesco baixar video curtoconto novinha vigen perdeu o cabaco da buceta e do cu no mesmo dia pro pitudoassistindo filme com a tia e perder pra dica abraçadinho xvideoscontos eróticos xingando quando era enrabadadesde novinha ja fudiawww.xvideos- gaysinho gosta de chupar seu peniz comprido e mole chupa para passar o tempo chupando seu penis igual um bambu gigante.comColetania de foto de buceta peluda por baixo da saia.elacareca contos eroticos de mullheres carecasvideo mulher peito duro lavano carro pornocasada com raiva do marido so querer ir para o bar sai e da a buceta para estranho no motelBundinha lisinha da filhinhazoofilia no Congo pesadatem lebica olaine 2017 pra comigo outra mulher por celularCONTOS SEXO NO COLOmeu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.bucetao contosContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetaocontos eroticos diaristacontos e historias de sexo de meninas de 8 a 12 aninhos reaisum uisque depois de um cigarro pornoevangelicas na zoofilia com cachorrorapasjovem pao grande groso gozandopornô anal com mulheres dando rabão gostoso tesouro com perna tá tendo mais daqueles bem quente mesmocontos eroticos desejo de uma mulher tomar porra de negros na frente do parceiroquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasx vidio porno pegui a mulhe casada de saia na festa puchei a calsinha comicanalha tirou sangue da bucetinha virgemvidio menina batendo uma siririca vendo padastro tomando baioContos eu e mamae somos putas do pai e amigos deleO vizinho safado do 205dois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadacontos esfolei o anus da mamae bebadavideos de sexo Dono de imóvel comendo o cu da inquilinaPornor sobrinho passando ferias na fazenda da tia viuvafilha a reda causilha e pai empura rolajumento racudo comendo xota da mulher zoofiliaXxvideosVizinha gostosa de shortinhoesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornoEroticoscontos.com /casadas 25cm duplatacada em estrada deserta pornodoidoconto de insetos de rasgando o cu apertadode sirgir blog comda sikis indirpornomulher so de fio dental fininhaSUPERDOTADO ARROMBANDO FALSA MAGRA NEGRA DO BUNDAO DORMIDO DE SHORTINHOnovįnha do sexo anal tuflagrei a novinha metendo no matinho e chantagiei contosfilme porno home reprodutoxvideos paacas.com.peconvenci minha irmã fuder comigo e gozei dentroContos gangbang com tios e primoscontos eroticos. bi femininopeguei na cinturinha e soquei tudo sem ela perceber no cuzinho ai amor nao quero mais vc me maxhucou xvideosxxx vídeo Pai percebe qui sua filha ta virando mulher e sente vontade de comer -youtube -site:youtube.comcontos eroticos dominada na frente do meugozando dentro elas brigamgrelinho branquinho dessa buceta virgem deliciaolhando a vizinha gostosa de shortinho depois pula o muro e mete a piroca na vizinhafilmes de diabo comendo ninfetas da belosexoContos eroticos : transei com a cavalona loura da xotona peluda"virei mulherzinha" cadeiavidios pornô homem de .moto come a gostosa que passa na rua