Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Cuzinho apertado x Pica grossa! Uma combinação perfeita! (Conto do TETE)

Autor: TETE
Categoria: Homossexual
Data: 22/12/2012 00:34:38
Última revisão: 05/01/2018 09:22:15
Nota 8.82

Desde a infância me chamam de Carlinhos e hj com 22 anos resolvi contar as aventuras repletas de safadezas que foram acontecendo em minha vida quase que normalmente.

Desde meus 16 anos percebi que o sexo iria ser muito importante em quase tudo e descobri isso mais por brincadeira dos meus colegas.

Depois de um jogo de futebol fomos todos tomar banho juntos, tinha vários chuveiros, e quando tirei o short percebi que eu tinha um pinto bem diferente dos outros. Era bem maior e mais grosso e logo vi que isso sempre iria chamar a atenção. Logo passei a ter vários apelidos tipo tripé, pé de mesa, cavalão e alguns outros adjetivos.

Isso causava admiração de alguns garotos e invejas em outros, mas a vida seguia em frente, nessa idade de 16 anos o tesão vivia a mil e praticamente todo dia batia varias punhetas.

Depois do futebol no campinho do bairro, alguns garotos se juntavam pra bater punheta atrás de umas árvores. Era quase um campeonato de punheta, pra ver quem gozava mais rápido, quem tinha mais porra e outras tolices, mas não rolava nada entre nós. Até tinha umas insinuações de troca-troca, mas até aquela data nunca acontecera nada, e ainda me zoavam dizendo que troca-troca comigo ira ser difícil algum garoto topar... só se fosse louco... ia ficar com o cuzinho ardendo um bom tempo.

Mas, sempre tem uns fofoqueiros de plantão que um dia comentaram na rodinha que Celinho um garoto loirinho que estudava na mesma escola havia sido flagrado dando a bundinha na lagoa onde no calor muitos iam nadar. A principio não dei muito importância à fofoca mas depois de uns 3 dias resolvi ir nadar um pouco na lagoa e então vi que o tal de Celinho estava la também nadando com um amiguinho.

Notei que ele tinha uma bundinha bem redonda e empinada, parecia bunda de menina. Fiquei prestando atenção nos dois e logo depois os vi caminhando pra um pequeno bosque que havia ao lado da lagoa. Os segui sorrateiramente e logo os encontrei. Celinho já havia tirado o short e colocado pra secar ao lado e o outro garoto que nem sabia o nome também já estava nu e com o pinto duro.

A bunda nua redonda e empinada do Celinho era muito bonita, só de olhar já fiquei de pau duro. O pinto do garoto era pequeno perto do meu, mas logo ele já estava engatado atrás do Celinho e metia com rapidez e logo gozou. Ele vestiu o short e já foi saindo dizendo que ia na frente pra ninguém desconfiar.

Meu pau estava duro que nem aço e além de grande tinha outra particularidade, do meio pra trás ele ficava mais grosso ainda. Eu batia punheta pegando do meio pra ponta. Em segundo pensei em uma sacanagem e decidi que iria realizá-la de qualquer maneira.

Celinho continuava peladinho torcendo o short pra tirar o excesso de água e cheguei bem devagar pra ele não perceber e quando me viu ficou todo assustado e tentou se cobrir com o short e então falei sério:

-gosta de dar a bundinha...né viadinho?

Ele todo nervoso ficou gaguejando:

-eu... eu... não... eu... meu amigo... eu... vc... viu ...

Tínhamos a mesma idade, mas eu era bem mais forte, vivia jogando futebol e natação e então resolvi que não ia perder a chance de substituir minha punheta por aquela bundinha branquinha linda e gostosa e puxei o short molhado da mão dele e disse bem firme:

-já que vc gosta de dar a bundinha...quero te comer também...senão vou sair daqui e vou contar pra todo mundo que vc é viadinho... vou à tua casa... conto pra tua mãe e vou à casa do teu amiguinho também!

Ele começou a querer chorar... ao invés de ficar com dó... fiquei com mais tesão... senti que ele não ia escapar da minha pica... já pegava nela sentindo-a mais dura ainda... e ele balbuciou dizendo:

-eu... não... faz isso... por favor... eu... eu... minha mãe... vai me matar... eu...eu ...

Continuei apavorando o garoto dizendo:

-deixa de frescura viadinho... vc tava dando pro teu amiguinho... agora vira essa bundinha e dá gostoso pra mim também ... vira logo... dá o cuzinho pra mim senão vou sair daqui e fazer o que falei... vira!

Ele soluçando baixinho timidamente virou a bundinha pra mim... minha pica dava até pulos de tesão... seria a primeira vez que eu ia comer um cuzinho... tirei o short e já fui passando cuspe na cabeça pra lubrificar!

Passei a mão na bundinha dele... ele tentou sair... mas segurei-o pelo quadril... enfiei o dedo no seu cuzinho... era quentinho e tava melado pelas gotas de sêmen que o outro garoto tinha deixado la... encostei-o em um tronco que havia ali do lado... passei mais cuspe na cabeça da minha pica... ele soluçava de medo e aquilo me deixava mais tesudo e disse todo macho:

-para de chorar viadinho... tava dando a bundinha até agora a pouco pra outro... vai dar gostoso pra mim também... agora... empina essa bundinha... que vou meter minha pica... bem gostoso!

Ele se inclinou... abri a bundinha dele... encaixei a cabeça bem na portinha do cuzinho do viadinho e segurando-o pelos quadris enfiei sem dó... quando ele percebeu o tamanho da minha pica ele tentou fugir... mas como era bem mais forte que ele e segurei-o firme... e fui metendo com vontade... que sensação maravilhosa... sentir aquele cuzinho apertadinho na minha pica... ele gritou de dor e tentou escapar... isso me atiçou ainda mais e meti até o fim... dei umas bombadas fortes e gozei que nem louco... enchi o cuzinho do viadinho de porra!

Celinho gritava e aproveitei que minha porra tinha lubrificado seu cuzinho e dei um monte de bombadas deliciosas dizendo todo tarado:

-pode gritar viadinho... que cuzinho gostoso... delicioso... vou querer te comer de novo... que delicia!

Soltei o garoto... ele pegou o short e saiu correndo chorando... eu fiquei ali com a pica toda melada de porra e com um filete de sangue... as pregas do cuzinho do Celinho tinha ido embora.

Voltei pra lagoa e me banhei sem me preocupar com o que tinha feito...foi muito gostoso.

Só fiquei pensando que aquele garoto nunca mais iria dar pra mim... tinha saído sangue do cuzinho dele... e além disso tinha sido forçado... na marra... pelo tamanho da minha pica... quase um estupro.

Depois do acontecido, durante duas semanas, cruzei com Celinho duas vezes no pátio da escola, quando ele me via, abaixava o rosto e seguia seu caminho sem me encarar.

Foi então que por causa do calor que fazia, numa segunda a tarde, resolvi ir nadar na lagoa e depois de alguns minutos vi Celinho chegando com um shortinho justinho e pulou na água. Como estava distante ele não havia me visto ali e depois de um tempinho se banhando ele se deitou de bruços na areia na beira d’água e ai me deu um estalo e resolvi ir conversar com o garoto.

Cheguei e me sentei ao seu lado, ele me olhou preocupado mas dessa vez seria gentil com ele e disse:

-oi... Celinho, tá tudo bem com vc?

-eu... eu... sim... eu... tá... sim... tá... tá... tudo bem... sim.

-espero que vc não tenha ficado com muita raiva de mim... por causa daquele dia... me desculpa... mas... não consegui resistir... eu vi vc dando gostoso... pra aquele garoto... e fiquei com muito tesão!

-eu... eu... vc me machucou... saiu sangue... fiquei com medo... mas já sarou... teu pinto é... muito grande... nossa... fiquei dois dias... que não aguentava nem... sentar direito... tive que dormir de bruços!

-mas... não fica com raiva de mim... tá... desculpa... não queria te machucar... mas vc quis escapar... e eu... com tesão que tava ...nossa... minha pica tava dura demais... eu queria te comer... de todo jeito... prometo que não faço mais... assim com vc... tá bom!

-legal...Carlinhos... eu tava com medo de vc... vc foi muito violento... aquele dia... agora... vc falando desse jeito... acho que não preciso ficar mais com medo de vc... que bom.

-então ta bem... eu queria mesmo conversar com vc... pedir desculpas... mas vc também é culpado... quem mandou vc ter uma bunda gostosa... parece de menina. RSS. Deixa eu ir nadar mais um pouco!

De dentro d’água de vez em quando olhava de relance para a bunda empinada do Celinho que continuava deitado de bruços do mesmo jeito... de vez em quando ele olhava pra água e por duas vezes sorriu.

Meu pau cresceu dentro do short... lembrando da enrabada que dei naquela bundinha gostosa... mas fiquei na minha nadando... então resolvi deitar na areia... mas fui ao lado de uma pedra grande que havia ali no canto da lagoa.

Dava até pra bater uma punheta gostosa sem ninguém ver... pois tinha poucas pessoas na lagoa e estavam um pouco distante dali e depois de alguns minutos escutei a voz de Celinho:

-oi... Carlinhos... por que vc veio pra cá... pensei que vc ia voltar lá onde eu tava... pra conversar mais.

-é... até pensei... mas eu gosto daqui... de vez em quando fico aqui atrás dessa pedra observando os outros

... mas já que vc veio... fica aqui comigo... tá tudo bem... vamos conversar mais.

Ele se deitou de frente pra mim de bruços com os pés dentro d’água... eu deitei de barriga pra cima e me apoiei nos cotovelos... percebi que o volume da minha pica no short era grande... ela não estava completamente dura... mas armava uma barraca considerável.

Começamos a trocar idéias sobre a escola... mas percebi que a todo o momento Celinho dava uma olhada no volume do meu short... e então só de safadeza dei uma passada de mão no pau e disse:

-posso te perguntar... uma coisa Celinho... por curiosidade? Se não quiser... não precisa responder... tá?

-sim... claro... que sim... pode perguntar... Carlinhos.

-com quantos meninos... vc já fez?

-bem... eu... eu... ta bem... eu fico meio envergonhado de falar sobre isso... mas vou te falar ...já aconteceu com 3 normais... e depois com vc aquele dia... só.

Me levantei dizendo que ia molhar o corpo... tava muito quente... mas era mais de safadeza mesmo... eu já sentia que o garoto já me olhava todo cheio de tesão... o medo dele já tinha passado e eu iria atiçar ainda mais o viadinho. Voltei da água e fiquei de pé atrás dele e disse todo carinhoso:

-vou jogar água em vc...pra refrescar sua costas...pode?

-claro... que pode... eu até ia entrar na água com vc... mas aqui tava tão gostoso... resolvi esperar vc voltar.

Meu pau já estava quase completamente duro...e depois de jogar água nas costas e na bunda empinada dele, me ajoelhei diante dele e meu short ficou colado no meu pau se mostrando por completo.

Deitei-me ao seu lado... bem pertinho dele... apoiando-me nos cotovelos... seus olhos se fixaram entre minhas coxas... e todo safado... alisei meu pau... e disse todo sensual:

-Celinho... o calor me dá tesão... mesmo na água fria... ele fica duro... mas... acho... que a culpa maior pelo meu pau ficar duro assim... é vc ficar de bruços... com essa bundinha empinada pra cima... mas... não se preocupe... não vou agarrar vc... na marra não... prometo.

Ele deu um sorriso malandro e disse:

-nossa Carlinhos... vc é muito safado... mesmo... assim... eu fico encabulado... eu...

Agora eu alisava sem pudor meu pau...duro como aço...e Celinho se entregava por completo.

Ele nem piscava olhando fixo eu alisando minha pica por cima do short e então todo sensual disse:

-to vendo que vc tá louco pra ver ele... pegar na mão... né... quer pegar Celinho... eu deixo... quer sentir na mão... a pica que deixou... seu cuzinho ardendo gostoso? Pode pegar!

Abaixei o short e meu pau pulou pra fora completamente duro... Celinho ficou boquiaberto olhando pra ele e então resolvi ajudá-lo... e peguei sua mão e coloquei nele... pegou timidamente e eu disse:

-pega... com vontade... vc quer... vc tá babando olhando pra ele... mexe... nele... gostoso...

Ele logo me punhetava sem medo e então ele disse todo dengoso:

-nossa... como é grande... grosso... não acredito que vc enfiou tudo isso... dentro do meu cuzinho... por isso que doeu tanto... nossa... os três meninos que eu dei... eram bem pequenos... vc tem pinto enorme!

-isso... continua Celinho... pega forte... punheta ele... vira ao contrário... me deixa passar a mão na tua bunda.

Rapidamente ele colocou a bundinha ao alcance da minha mão e em segundos eu enfiava o dedo no cuzinho guloso do viadinho... ele mordia a ponta do meu dedo todo tesudo... e se mexia todo... e aproveitei pra deixá-lo mais tarado dizendo:

-to vendo que vc... tá gostando de pegar na minha pica né viadinho... acabou o medo né... tá louco pra sentir ela de novo na bundinha... né safadinho... continua... não para de punhetar... minha pica...

-eu... eu... é tão grande... gostoso de pegar... sim... eu... acho... que... quero... sim... eu...

Tinha visto em uma revista pornô uma mulher chupando o pau de um homem... aproveitei o momento e disse:

-Celinho... faz uma coisa... viadinho... põe meu pau na boca... faz... gostoso... chupa ele...

Ele tentou recusar dizendo:

-Eu... nunca... fiz isso... eu não sei... acho que não quero... eu...

Vi que tinha que ser mais duro e então parei de mexer o dedo do cuzinho dele e tirei meu pau da mão dele e disse:

-então vamos parar... já que vc não quer fazer o que to pedindo... pensei que vc... queria ser meu viadinho.

Ele ficou sem saber o que fazer... mexi o dedo no cuzinho dele e então escutei sua voz dengosa dizendo:

-ta bom... eu faço... sim... eu... não sei... mas eu faço... vamos... continuar então... não para...

Que delicia sentir o garoto todo submisso... ele já rebolava no meu dedo... e então peguei a cabeça dele e levei até minha pica... e disse todo sensual:

-enfia... meu pau... na tua boquinha... viadinho... vc sabe o que tem que fazer... chupa a cabeça... lambe ele!.

Ele timidamente começou a passar a língua mas, logo chupava deliciosamente... eu enfiava minha pica no fundo da garganta... ele dava umas engasgadas... mas continuava com vontade... dentro do cuzinho guloso dele já tinha 2 dedos enterrados... Logo senti que ia gozar e segurei a cabeça dele e disse todo tesudo:

-vou gozar... viadinho...não para... toma meu leitinho... engole tudo... vou gozar... ahhhh...

Ele até tentou refugar ao sentir o gosto da porra no fundo da garganta mas já dava pra perceber que o safado gostava de ser mandado... era um viadinho submisso... que precisava de ordens de um macho... e então enchi a boquinha do meu viadinho... gozei um monte... ele chupou tudo... limpou minha pica... e também gozou com os dedos enfiados no cuzinho... saíram algumas gotinhas de sêmen do seu pintinho duro.

Em seguida escutamos conversas de pessoas que estavam vindo pra onde estávamos. Nos recompomos

e pulamos na lagoa... e ficamos brincando de jogar água um no outro... e logo resolvemos ir embora.

Celinho então mostrou que queria ser meu viadinho de verdade, quando estávamos indo embora juntos.

-Carlinhos... eu... eu queria... tentar dar pra vc de novo... doeu muito daquela vez... mas quando lembro... eu...

-Eu também quero te comer... bem gostoso... eu já sei como vamos fazer... amanhã... depois das aulas... minha mãe vai levar minha avó no medico... já ta marcado... vai la em casa... vamos poder ficar a vontade.

No outro dia como tínhamos combinado ele chegou em casa e logo fomos pro meu quarto e ele já foi tirando à roupa e fiz o mesmo. Sem que eu falasse nada... ele se ajoelhou entre minhas pernas e colocou meu pau na boca e começou a chupar...e então eu disse todo safado:

-humm... o viadinho aprendeu rápido... gostou de chupar o pau que vai te comer... assim... chupa gostoso... deixa ele bem duro... hj vc vai poder dar gostoso pra mim... e aqui em casa é bom... não tem vizinho...

Celinho chupava com vontade... nem dava pra acreditar que ele dizia que nunca tinha feito isso... mas isso não importava... tudo que tinha visto em algumas revistas de sacanagens eu queria experimentar... até as frases que eu lia nos “catecismos” passei a usar... e então fiz uma coisa que deixou o viadinho completamente tesudo... coloquei-o de quatro na beira da cama e lambi o cuzinho rosado dele... ele gemeu e rebolou como louco... isso o deixou todo molhadinho e então coloquei um travesseiro debaixo dele... sentei nas coxas dele e comecei a deslizar minha pica no reguinho daquela bunda redonda e deliciosa.

Quando a cabeça da minha pica tocava o cuzinho rosado dele dava pra ver e sentir ele se contraindo... eu estava adorando ver aquele viadinho todo submisso com aquela bunda ainda mais empinada pelo travesseiro debaixo dele e disse todo safado:

-que bundinha gostosa... vc tem Celinho... vou adorar te comer de verdade... hj...eu sei que vc tá louco de tesão pra dar pra mim... quer sentir minha pica grossa de novo nesse cuzinho apertadinho né... fala viadinho! Hj vc vai poder mostrar que ta doido pra sentir teu macho de novo... daqui pra frente... se vc fizer tudo que eu mandar... vou te comer... sempre... e vou ser o teu macho... viadinho!

-eu... sim... só fiquei com raiva... de vc... uns dois dias... depois... a toda hr... eu pensava no calor do teu pintão no meu cuzinho... eu... eu... queria... dar pra vc... de novo...

Minha pica até doía de tão dura... e coloquei a cabeça no cuzinho dele... e enfiei a cabeça... Celinho deu um gritinho e eu sussurrei em seus ouvidos:

-Calma...viadinho... só foi a cabeça... calma... que já já vai ta inteirinho dentro de vc... e vc vai rebolar na minha pica... bem gostoso... relaxa... hj vc vai ser comido de verdade... viadinho gostoso.

Ele todo tesudo já rebolava devagar só com a cabeça da pica dentro dele... o viadinho estava sedento de vontade de ser enrabado... então enfiei até a metade... eu olhava minha pica entrando naquele cuzinho... me dava um prazer louco... saber que aquela bundinha linda era toda minha... e dizia todo safado:

-rebola viadinho... rebola na minha pica... rebola gostoso... já tá metade dentro do teu cuzinho... teu macho já tá te comendo... rebola... viado... dá gostoso pra mim.

Ele gemia loucamente de prazer... e rebolava como uma putinha... e então faltava a metade mais grossa da minha pica... o que realmente ia deixar aquele cuzinho todo arrombado e então me deitei nas costas dele e cravei minha pica até o fim... de uma só vez!

Dessa vez o viadinho deu um grito alto e eu sussurrava todo macho em seus ouvidos:

-grita... viadinho... pode gritar... o pau do teu macho... tá inteiro dentro do teu cuzinho... agora... deixa de onda... e dá gostoso pra mim... vc já deu uma vez... já sabe que dói mas vc gosta... rebola viado... rebola...

Como mágica o viadinho gemendo alto de dor e de prazer começou timidamente a rebolar e logo passei a meter nele com força e ele correspondeu ao meu tesão e passou a rebolar sem parar e logo dei um gemido

e enchi o cuzinho do viadinho de porra... ele deu um gritinho e se contorcendo todo... gozou na minha pica.

Fiquei deitado em cima dele durante alguns minutos... me recuperando do prazer... quando meu pau deu uma amolecida sai de cima do viadinho... e fomos tomar banho. Ele foi na frente rebolando aquela bundinha empinada e brinquei com ele dizendo que ele já estava rebolando como menina. Celinho sorriu e disse que era o tamanho da minha pica que tinha feito isso com ele.

Durante o banho examinei o cuzinho do viadinho... pra minha surpresa... tava fechadinho de novo... só um pouco inchado... realmente ele tinha nascido pra ser enrabado. Sem contar que quando voltamos pro meu quarto o viadinho quis me chupar de novo... queria que eu gozasse na boca dele... igual no dia anterior... ele me confessou que adorou o gosto da minha porra... logicamente que não iria contrariar meu viadinho e enchi a boquinha do putinho novamente.

Celinho viciou na minha pica grossa e constantemente aparecia ali em casa, já tinha feito amizade com minha mãe e com minha avó... dizia que vinha estudar comigo. O viadinho safado nem bem entrava no meu quarto já ia pegando no meu pau e enfiava na boca... logo depois sentava nele... e rebolava como uma putinha tarada.

Como o pai do Celinho tinha uma grande padaria no bairro... ele sempre dava um jeito de trazer muitas coisas gostosas pra mim. Nunca mais faltaram chocolates, doces e outras guloseimas... percebi que minha pica grossa me proporcionava alem de muito prazer...também muitos “presentinhos”.

Até o bolo do meu aniversário ele conseguiu trazer de presente pra mim. RSS.

Depois que iniciei minha vida sexual com Celinho, notei que tudo pareceu acontecer com muito mais rapidez. E foi depois de algum tempo foi através de Celinho que comi outro viadinho.

Um dia ele comentou comigo que na escola onde estudava inglês conhecera um amiguinho que era igual a ele... também gostava de dar a bundinha. Só que ele disse que só tinha transado com carinhas com pintos pequenos e quando Celinho comentou que adorava dar pra um cara que tinha um pau enorme e grosso, notou que o garoto ficou todo curioso e sempre que podiam conversar vivia perguntando a respeito.

Logo me interessei em saber mais sobre Fabio o “amiguinho” bichinha de Celinho... e ele logo me passou a ficha do garoto dizendo que tinha era loirinho igual ele e tinha uma bunda bem grande. E foi então que “sugeri” que Celinho convidasse ele pra ir tomar banho na lagoa junto com a gente. RSS.

Celinho percebeu que eu queria comer o tal de Fabio também e ficou com um pouco de ciúmes, mas logo dei uma dura no viado dizendo que enquanto ele não trouxesse o “amiguinho”... também não ia enrabá-lo.

Não demorou pra estarmos os 3 na lagoa. Fabio, ou Fabinho como gostava de ser chamado era um garoto todo delicado... já desmunhecava todo... nem conseguia disfarçar sua feminilidade.

E depois de brincarmos um pouco na água... fomos ficar atrás da pedra onde dava pra fazer umas safadezas sem ninguém notar. Naquele dia, pra ajudar ainda mais, só tinha 2 casais de namorados que só queriam saber de se beijar... nem queria saber de nós.

Nos deitamos ali e meu pau já tava bem duro... todo armado no short molhado... eu sabia que minha pica enorme exercia um fascínio incrível aos olhos dos viadinhos... e então todo safado eu tirei o short dizendo:

-vou deixar o short aqui do lado... pra secar... não tem ninguém hj... se quiserem...podem ficar pelados...

Fabinho olhou extasiado pro meu pau enorme e depois olhou pro Celinho pra saber o que fazer e eu disse:

-Celinho... tira... quero que fique pelado... manda teu amiguinho tirar também... tenho certeza que ele quer...

Os dois rapidinho ficaram nus e então vi que a bunda do Fabinho era bem grande e redonda... o pintinho era pequeno igual do Celinho e então eu disse todo safado:

-Vem Celinho... chupa a pica do teu macho.. como vc sempre faz... chupa viadinho... bem gostoso...

Ele ficou meio sem jeito mas em segundos mamava na minha pica com vontade...Fabinho estava meio de lado olhando maravilhado minha pica enorme e grossa e aproveitei e deslizei a mão pelas suas coxas e apertei aquela bunda branca e volumosa. Ele até chegou mais perto pra facilitar meus carinhos e mais que depressa, deslizei um dedo pelo reguinho dele e quando encontrei seu cuzinho enfiei profundamente...ele gemeu com uma voz toda dengosa e eu continuei dizendo:

-Celinho... deixa o Fabinho chupar minha pica... junto com vc... quero os dois viadinhos chupando juntos...

Celinho ficou por instantes sem saber o que fazer... mas logo deixou Fabinho mamar na minha pica... ele demorou um pouco pra se acostumar com a grossura da pica... mas logo chupava com vontade... Celinho lambia meu saco e disputava com Fabinho quem chupava com mais fervor... eu estava quase gozando na boca daqueles dois viadinhos... mas antes precisava enrabar aquele loirinho da bunda grande. E então coloquei-o de quatro e lambi o cuzinho da bichinha... que rebolava e gemia como uma putinha... a voz era quase feminina. Quando senti que o viadinho estava preparado... encaixei a cabeça na portinha daquele cuzinho rosado e enfiei firme e com vontade até o fim. Ele gritou... mas tapei a boca dele com a mão e então todo macho e sensual disse:

-é assim mesmo... Fabinho... pra ser menina tem que aguentar pica grossa do macho... já já vc vai adorar ser comido... por mim... agora... seja um viadinho bem gostoso... e rebola no meu pau... teu macho vai te comer bem gostoso... pode gemer... gostoso... teu cuzinho vai adorar minha pica... Celinho também adora...

Em instantes eu metia que nem louco no cuzinho do safado que também se entregava aos prazeres de ter uma pica grossa enterrada no rabo. Celinho ao lado assistia a tudo completamente hipnotizado pela cena.

Fabinho deu um gemido mais alto... e começou a gozar intensamente... seu cuzinho mordia minha pica com vontade... e então dei o que o viadinho desejava...despejei minha porra fervente no fundo do cuzinho dele.

Ele tremia que nem vara verde de tanto tesão incontido... e deitou na areia todo ofegante pra se recuperar.

Depois de nos banharmos na lagoa voltamos pra casa... brincando todo sorridentes e felizes.

No outro dia Celinho foi em casa e logo que entrou no quarto já foi reclamando que eu tinha sido muito safado de ter comido o amigo na frente dele... o viadinho estava “bravinho” e então percebi que precisava mostrar novamente a ele que quem mandava e como sabia que não tinha ninguém em casa... peguei-o firme pelo braço joguei-o na cama... e em seguida dei dois tapas no rosto dele e disse:

-cala a boca viadinho... quem manda sou eu... viado tem que obedecer o macho dele... tem que fazer tudo...

que mando... sua bichinha safada... se acha que não tá bom... pode ir embora... nunca mais vai dar pra mim.

Ele começou a chorar e resolvi ser um pouco mais “cruel” e deixar claro que tinha que me obedecer.

-e tem outra coisa... para de chorar viado... senão vou te bater de verdade... bichinha chorona... não é assim que vc tem que tratar teu macho... pensei que já tinha aprendido... se quiser pode ir embora... viadinho.

Ele se deitou de bruços na cama e soluçando baixinho e então cheguei ao lado e dei dois tapas fortes na bunda empinada dele e continuei todo macho:

-já disse pra parar de chorar... viadinho... se quiser chorar vai chorar na tua casa... aqui vc tem que ser o viadinho gostoso de sempre... tem que chegar pegar o pau do teu macho... e chupar gostoso... pra me fazer gozar... agora... se não for pra fazer isso... pode ir... viadinho...

Foi ai que me senti mais poderoso ainda... ele se levantou da cama... e se abraçou todo submisso dizendo:

-eu não quero.. .ir embora... me desculpa... eu... eu... fiquei com medo... de vc querer me trocar pelo Fabinho...

eu... prometo que não vou mais reclamar... de vc... juro... não me manda embora... por favor...

Minha pica tava dura como aço ouvindo aquela bichinha implorando por mim... e então eu disse sensual:

-assim que eu gosto... viadinho bem obediente... não precisa ir embora... não... quer dar pra mim... bem gostoso... quer... meu putinho...

-sim... quero... muito... ontem vc só comeu o Fabinho... fiquei com vontade... vc foi muito ruim comigo...

Ele já foi tirando meu pau pra fora do short e me chupando como nunca... enfiava no fundo da garganta e então resolvi por em pratica mais uma coisa que tinha visto nas revistas de sexo europeias e que me deixara mais tarado. Coloquei Celinho de 4 na beira da cama e repeti com ele o que tinha feito com o amiguinho na lagoa... lambi seu cuzinho deixando-o todo molhado... ele rebolava e gemia alto... acho que queria demonstrar que podia ser mais viadinho que o amigo... mas não sabia que eu iria aprontar uma surpresa um pouco dolorida pro safadinho.

Depois de deixá-lo completamente entregue com minhas linguadas coloquei a cabeça da minha pica bem encaixada na portinha do cuzinho dele e disse todo safado:

-quer minha pica... viadinho... fala pra mim... quer que eu te coma gostoso... igual seu amiguinho é?

-sim... sim... quero... mete... Carlinhos... me come... por favor...

-meu viadinho... ficou com ciúmes do macho dele é?

-eu fiquei sim... quase chorei... vendo vc meter nele... bem gostoso...

-é?... e ele o que falou depois que vcs foram embora... fala pra mim... o que ele disse sobre mim...

-ah... bastante coisas... mas me come... enfia teu pauzão no meu cuzinho... to louco pra dar pra vc... mete...

Dei um tapinha de leve na bunda dele e continuei:

-calma viadinho... não to com pressa de te enrabar... vc vai ter que implorar... vai ter que ser do meu jeito e a hr que eu quiser... vou enfiar minha pica no teu cuzinho... por enquanto só a cabecinha... pra vc aprender a deixar de ser fresco... mas me fala... o que o viadinho teu amigo disse... me conta tudo... senão não vou te comer...

-vc é mau... Carlinhos... mas... já que vc quer saber.... vou falar... ele foi embora completamente louco por vc...

disse que nunca gozou tanto na vida... que adorou teu pau grosso... quase morreu de prazer... e me pediu pra o deixar vir aqui de novo.. .ele estava doido de vontade de sentir teu pauzão.

E então enfiei minha pica com força e profundamente no cuzinho do Celinho que não esperava. Ele gritou bem alto... e comecei a meter forte e dar uns tapas fortes na bunda dele dizendo todo macho:

-rebola viado... rebola na pica do teu macho... hj vc vai dar apanhando na bunda... pra respeitar teu macho...

rebola viado... rebola que nem teu amiguinho... mostra que consegue dar mais gostoso...

Me empolguei e enchi a bunda dele de tapas... deixando-a completamente vermelha... ele gritava de dor... mas não parou nem por um instante de rebolar... e quando eu esguichei o primeiro jato de porra fervente dentro do cuzinho dele ele gozou junto comigo... gemendo e dando gritinhos de prazer...

Gozei deliciosamente... adorei ter feito igual tinha visto nas revistas... dando tapas na bunda do viadinho.

Fomos nos banhar e então ele disse que sua bundinha tava toda ardendo que eu tinha sido ruim.

Todo safado disse que da próxima vez que me contrariasse ia ser muito pior.

E depois de apenas 3 dias Fabinho o viadinho da bunda grande apareceu em casa pra “estudar”. Como Celinho não pode vir junto porque estava de castigo por ter tirado nota ruim ele ensinou o caminho de minha casa direitinho. RSS. O viadinho tinha aprendido a lição.

Como minha mãe estava em casa... tudo tinha que ser feito sem barulho... eu até gostava mais... porque podia meter a pica sem dó... era gostoso sentir a bunda do viadinho tremer quando meu ventre batia com força. Minha mãe nem se preocupava quando ficava no quarto com Celinho e com meu novo “amiguinho” não seria diferente. Ela deixava o radio ligado na estação preferida dela e ficava costurando praticamente o dia inteiro... e minha avó apesar de velhinha ajudava nos acabamentos.

Quando Fabinho entrou no quarto fez uma coisa que me deixou super contente... e que me deixou a certeza que iria acontecer mais vezes. Ele tirou umas notas de dinheiro do bolso e disse que era pra eu comprar um presente legal. Quando ele me entregou notei que suas mãos tremiam... ele estava todo nervoso... percebi que era tesão por estar sozinho comigo e então decidi que ia brincar um pouco com o viadinho e sorri dizendo:

-obrigado Fabinho... pela grana... sempre é bom... mas e teu pai e tua mãe... não tem problema vc trazer grana... e dar pra mim?

-não... claro que não... meu pai e minha mãe... são ricos... Celinho não te contou? Eles sempre me dão dinheiro... é só eu pedir... não tem problema não... até pensei em comprar um presente pra vc... mas achei que seria melhor te dar... e vc mesmo comprar... do teu gosto...

-então tá bom... quando quiser... pode dar... vou gostar... mas me fala uma coisa... e ai... sentiu saudades de mim... é? Achei que talvez tivesse ficado um pouco dolorido... ia demorar um pouco mais pra voltar!

-eu... eu... vou te falar a verdade... no outro dia do que aconteceu... eu já queria voltar pra te ver... nossa... foi muito bom... foi... nem sei dizer.

-então tá bem... não diz nada... eu sei o que quer vindo aqui... tira a roupa... e vem dar para mim... vc quer minha pica...de novo...dentro do teu cuzinho né viadinho?

-sim... sim... quero... tenho sonhado toda noite... com vc... lembrando-me do que vc fez comigo na lagoa... me come... de novo... quero essa pau grosso... dentro de mim...

-to vendo que vc gostou de ser minha menina... né... vc adorou que eu seja teu macho né... viadinho...

-sim... sim... eu adorei vc me comendo... eu queria ser comido assim... quero de novo...

Levei o viadinho até minha cama... coloquei o travesseiro debaixo do ventre dele...aquela bunda ficou mais

linda ainda toda exposta e dei umas linguadas no cuzinho pra deixar molhadinho... me deitei em cima dele e fiquei deslizando minha pica no reguinho dele... quando tocava o anelzinho ele até empinava a bunda tentando se encaixar no meu pau e então eu sussurrei todo tesudo no ouvido dele:

-assim... que eu gosto... mexe putinha... mexe minha menina gostosa... teu macho vai te comer bem gostoso de novo... mais gostoso que aquele dia... rebola na pica do teu macho... putinha... não vai poder gritar hj... vai ter que engolir a pica do teu macho quietinho... minha mãe... tá na sala... agora... vou te comer... menina...

Encaixei no anelzinho do viadinho e sem frescura meti minha pica de uma vez... até o talo... ele mordeu o travesseiro pra não gritar... nem me importei com isso... sabia que ele gostava assim... igual tinha feito na primeira vez...e continuei dizendo bem sensual e dando umas mordidinhas em sua nuca:

-rebola... putinha... mostra por teu macho... que vc gosta de pica grossa metendo forte... dentro de vc... rebola viadinho... dá bem gostoso... rebola... e goza na pica do teu macho... goza putinha...

Senti o cuzinho do viadinho piscar que nem louco e gozar copiosamente... ele tremia deliciosamente...

Deixei ele ali ofegante e fui dar uma lavada no pau e voltei e então eu disse:

-Agora que vc gozou gostoso no pau do teu macho... é sua vez de fazer teu macho gozar bem gostoso minha menina... chupa até eu gozar... bem gostoso... vem putinha...

Ele se ajoelhou na beira da cama e em segundos mamava como um bebe e rapidinho enchi a boca do viadinho... que engoliu tudo com prazer...

Logo depois sai e levei-o de volta até a casa de Celinho... pra que ele pudesse ir embora... e durante o trajeto ele me confessou que o que mais gostava em mim é quando o chamava de menina quando metia nele... isso o deixava louco de tesão. Foi então que brinquei dizendo que já que ele gostava de ser tratado como menina quando ele voltasse ali novamente poderia vir com uma calcinha. Percebi que o viadinho adorou a sugestão e disse que ia fazer isso sim... iria pegar da irmã ou da mãe... a menor que encontrasse. RSS.

Os dois viadinhos se revezam tentando me agradar cada vez mais... satisfazendo todas minhas taras.

Eu tratava Celinho com bastante rigor, adorava dar uns tapas nele e fazê-lo chorar, isso me deixava totalmente tesudo, agora com Fabinho era mais carinhoso, tratava ele como um menina bem putinha, e era assim que ele se sentia... uma menina. Mas o que era mais incrível é que sempre ele me trazia mais dinheiro e também comentava que a irmã tava louca de tesão querendo perder o cabaço e eu todo safado dizia que ele podia trazer a irmãzinha tarada junto com ele.

Ela sabia que ele era viadinho desde a adolescência e a safada deixava ele usar as calcinhas dela numa boa.

quem sabe eu conto pra vcs o que aconteceu depois na continuação desse relato...

Outros contos do TETE acessem meu perfil: http://sharoland-nn.ru/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

sssssssssss555x

Comentários

20/12/2017 15:51:18
muito legal'
16/12/2016 23:25:31
Olha, essas reticências, além de estarem erradas, ainda enchem o saco! Tudo o que é demais torra o pacoval!!!
17/11/2015 07:57:44
10
12/11/2015 15:12:55
Muito bom. Adoro viadinhos submissos.
09/11/2015 13:50:14
Gostei do contoGosto dum cuzinho apertado... Estou em Belém do Pará... [email protected]
07/11/2015 01:03:22
Arrrr o conto começa legal, mas toda essa submissão de gays passivos me enoja.
02/11/2015 00:43:42
26/10/2015 12:10:42
muito legal' se deu bem e 2 meia meninas pro seu prazer,rrrr
22/12/2012 11:16:29
Nossa! Que conto foda! Excitante pra CARALHO! acho muito interessante a vida de um garoto de programa.
22/12/2012 02:20:31
dez 10
22/12/2012 02:19:05
Hum... parabens gostosão!nota 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


eu fico axanando que sou uma pessoa invejoso mais nao sou meus atos nao se dizem isso mais na minha cabeça eu pensso assim yahoovideos de sexo filhas gemiase paiincesto com meu vô contosmeu namorado botou o dedo minha vagina e sanfrei nao sou mas virgem videowattpad enteado gay adora chupar a rola do padrasto musculosoConto erotico arrombei minhA tia 25cm grosso no acampamentosexo com homens islan aforçando mulher gostosatravesti super roluda pega a mulher casada que goza so de ver o tamanho ahhhhContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadofazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticosContos eróticos de gay comi o filho do amigo do meu paidomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticoscache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho mijador mijo 2017 tesãopeguei meu padrasto transando com meu vizinho e fiquei com tesaoeu e minha filha fomos encochada adoramosMulher fasendo croche e dano cu pornocasada fode chamando corno falando obscenidadescachorro com o focinho dentro da bucetacontos bunduda do corno no pagode no sitioxvidios os dias era asimviu a irma de fiu dentau e fucuo de pau duroasxxxxxcommulher sendo mastrubada no honibos pro um estranhovideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidocontos eroticos de motorista pirocudo de madameBabá velha finge dormir e e emrrabada pelo novinho contos eróticosmae gozou loucamente no pau de 25cm dp filho dotadpesposa descaderada pelo negãomulher novinha transando com jumento jumento emocionada com cocoPica cabeçudas encaixando espertinho na xanao qui faco pra demorar enjacularCONTOS GAYS ACABEI DANDO O CU PRO MEU INIMIGOporno contosminha mulher eo estranho carrofudida por um tio pirocudo contocontos roludo arregaçando recem casadinhaafrouxou fundo um cucontos mulheres cinquentona nao aguenta pau com super cabecafilha enventa de dormir na cama do pai ele nao aguenta gosa dentro da buceta delainistiu e comeu a gata ba moto ela gemia muito e posto na netSo fotos de picas de 20 centímetros enfiado na bucetaxvıdeo novınha gozando muıtoporno. tor. muita careitiquero ver zoofilia cachorro comendo a coroa cabeluda bem gostoso organiza que tesãonnncontoscontos saunas velhos chubbys gaysconto corno obrigadominha mae e a travestis contosmasturbados na camgey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyfotos de mulheres com camksinhas nas bucetascontos defloraçao analX video comendo ninazinha menor 18casadas fudendo dentro de Casa com parentesquero ver lindas travestis entrando em enormes rolas ate gozarem nelas videos boas fidasvídeo da Sarinha do homem lambendo pequena mulher a mulher lambendo o pau do homemver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadaela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafovídeos de veias tirando a caucinha dando o cu pra velhomae.minto.safada.e.bunduda.fodendohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branqueloIncesto do cu desde pequenovideos pornos de genros depilando sogra e n resiste fode elaposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularcoroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaGostosas peladas com silicone na bumda que fazen os guri bate punhetasexocunetechateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile xvideo so tesuda zaradaai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitobelo sexo sobrinho dormiu na casa da tia de conchinha com ela na mesma camamulher se decepciona por pegar o marido d********* pro negãosobrinha me provocando só de pijaminha porno brasilporno engoliu a porra e catinou mamanovizinha do intestino curto fodendoencoxei minha tia peituda (contos).xvidio homem velhoe mulher bem velha tranzandosobrinha e tia com pai potaria brasileiroxvidio decotes da braquinhadescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosposo enchuga o meu priquitosexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandoconto comi a tia coroa peidorreiragozando na entrada da bucetinha minúsculas de frango assado bem devagargatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrumorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhavídeo pornô a novinha tomando banho com gosma e sanguemeu sogro e seu irmao me funderam juntos contos eroticosCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on linebelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhaconto erotico macho dominador convida amigos pra foder viadinho submissorairodigoquero ver mulher g****** gostoso monografia g****** gostoso XVídeosele a enrabala e ela a cagar.se porno