Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Comi minha cunhada novinha no sofá da sala!

Autor: TETE
Categoria: Heterossexual
Data: 27/12/2012 00:05:10
Última revisão: 11/01/2016 09:27:59
Nota 9.30
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Por causa de uma gravidez inesperada, fui obrigado a me casar ainda muito jovem.

Até então tive uma vida sem m uitas preocupações, depois fui obrigado a trabalhar pra poder cumprir com as novas obrigações após o nascimento de minha filha.

Felizmente levei sorte e consegu4i um bom emprego de vendedor em uma fabrica de roupas.

Ganhava razoavelmente e logo depois de minha esposa ter a criança, deixamos de morar na casa da sogra e pude alugar uma casa muito boa.

Minha esposa Suzy era uma mulher muito bonita e bem fogosa antes da gravidez, mas depois do nascimento deu uma esfriada, talvez em virtude das preocupações com nossa filha.

Ela tinha uma irmã mais nova, Sandra, de 17 anos que a ajudava de vez em quando a cuidar da casa e de nossa filha. Minha cunhadinha era uma garota bem desenvolvida e se parecia demais com a minha esposa Suzy principalmente por trás, ambas tinham bunda grande e pernas grossas, os cabelos eram loiros e na altura dos ombros.

O que as diferenciavam eram a boca e o nariz em pequenos detalhes.

Como sempre conseguia roupas praticamente de graça por causa das mudanças de modelos sempre levava roupas novas pra minha esposa, que por gostar muito da irmã sempre repassava várias pra ela.

Minha cunhada apesar de apenas 17 anos era uma garota muito fogosa, por diversas vezes peguei-a beijando e levando uns amassos bem quentes no jardim de casa.

Ela arrumou um namoradinho que morava ali perto e depois de ajudar minha esposa nos afazeres domésticos a safadinha ficava namorando até tarde da noite. Minha esposa logicamente deixava que a irmã namorasse tranquila porque antes de casarmos a irmãzinha dava cobertura pra gente. Rss.

Como minha sogra era muito brava sempre ficava pegando no pé filha mais nova e logicamente ela adorava ficar em minha casa, pois ninguém ficava controlando suas escapadinhas pra namorar.

Eu brincava com minha esposa dizendo que logo iríamos ter um sobrinho.

Ela dizia que já tinha avisado a irmã pra tomar pílula anticoncepcional se começasse a transar.

Apesar de ganhar várias roupas de mim a minha cunhadinha era dedo duro. Uma vez ela me viu dando carona pra uma vizinha e logo foi contar pra irmã, que não deu muita importância e então brinquei dizendo quando visse minha sogra ia contar que a filhinha caçula dela estava se esfregando nos garotos no jardim de casa. Ela então pediu desculpas e prometeu que não ia mais fazer isso... que tinha ficado com raiva... porque não gostava da vizinha que dei carona.

Teve um dia que cheguei em casa de viagem, e como o som da TV estava um pouco alto ninguém percebeu minha chegada e quando vi aquela bunda quase toda de fora debruçada no encosto do sofá tentando pegar algum objeto que deveria ter caído atrás e enfiei a mão com vontade alisando aquela buceta gordinha dizendo que logo ia meter minha rola nela.

Foi então que ouvi um grito assustado e logo vi não era minha esposa.

Era minha cunhadinha com um vestido curtinho que tinha dado pra minha esposa uma semana antes e era a irmã que estava usando.

Minha esposa estava nos fundos da casa e quando ouviu o grito entrou e eu meio constrangido tentei explicar o que tinha acontecido. Minha esposa riu e minha cunhadinha também da confusão.

Depois disso de vez em quando só de safadeza, quando Sandrinha estava com alguma roupa que eu tinha dado pra ela... sempre dava uma alisada ou apertava de leve aquela bunda grande e gostosa. Ela reclamava sem muita convicção... e toda vez que tinha uma chance bolinava de leve minha cunhada safadinha.

Teve um dia que Sandrinha saiu dizendo que iria encontrar o namoradinho... minha filhinha estava dormindo tranquila... minha esposa saiu do banho com uma toalha enrolada no corpo e quando ela foi na sala onde eu assistia TV pegar alguma coisa... puxei-a pelo braço... arranquei a toalha de começamos a nos beijar... eu estava com muito tesão... rapidinho minha esposa sentou no meu colo e enfiei minha pica grossa na bucetinha dela. Quando Suzy pegava fogo era uma mulher deliciosa... cavalgava com vontade minha pica... estava uma delicia...ela gemia... e de vez em quando eu dava uns tapinhas de leve naquela bunda grande e branca... foi ai que percebi que minha cunhadinha estava assistindo escondida na janela da sala... eu e minha esposa... metendo gostoso. Como minha esposa estava sentada no meu colo de costas pra minha cunhada... não tinha como perceber nada. Aquilo aumentou o meu tesão e comecei a meter com mais vontade... minha esposa gemeu forte e quando percebi que ela estava gozando... gozei junto... urrando de prazer... como eu só via o rosto da minha cunhadinha pela janela não podia saber se ela estava batendo uma siririca... mas adorava imaginar que sim.

Minha esposa voltou pro banho e fui atrás.

Logo depois minha cunhada voltou dizendo que o namorado tinha dado um bolo nela e foi dormir.

Passado uma semana depois disso, quando voltei de viagem trouxe uma remessa de lingerie bem sexy, de amarrar dos lados, na época não existia ainda fio dental, as garotas davam um jeito de enfiar as calcinhas no reguinho pra ficarem mais atraentes.

Dei algumas para minha esposa e ela pediu que desse também umas pra irmãzinha dela.

Brinquei dizendo que estas eram boas pra namorar... soltava um lado... metia gostoso... depois amarrava de novo... nem precisava tirar. Rss.

Foi então que minha esposa me contou que a irmãzinha tinha perdido o virgindade com o namoradinho fazia 3 dias. Também tinha confidenciado a ela que não tinha gostado muito... que o carinha era ligeiro... gozava rápido demais.

Depois de saber que Sandrinha minha cunhada gostosa tinha perdido o cabacinho... com certeza não iria deixar de aumentar minhas brincadeiras safadas com ela.

Como minha sogra estava com visita de uns parentes, Sandra tinha ido pra lá pra ajudar não tinha visto a safadinha depois que voltei porem no outro dia à tarde quando cheguei em casa, minha filha estava dormindo tranquila no berço, minha esposa com certeza devia ter ido fazer alguma coisa e minha cunhadinha estava deitada no sofá, de bruços tirando um cochilo.

Ela estava com uma saia de pregas um pouco curta com as popinhas brancas da banda toda a mostra. Uma calcinha rosa enfiada no meio das nádegas realçavam aquele rabo fantástico. Com certeza não havia percebido minha chegada e mais que depressa entrei no quarto. tirei a roupa, me enrolei em uma toalha de banho e devagarzinho me ajoelhei ao lado do sofá.

Apos admirar aquela bunda linda quase toda a mostra, notei que suas coxas estavam um pouco entreabertas, a bucetinha toda estufada na calcinha enfiada no rego... sem pensar muito enfiei minha mão entre as coxas dela e meti os dedos na buceta dela e bolinei seu grelinho... que era outra diferença da irmã... o grelinho da minha cunhadinha era bem grande.

Ela demorou um pouquinho pra cair à ficha do que tava acontecendo mas, quando reclamou parecendo ficar brava... eu me deitei em cima e segurando seus braços e seu corpo junto ao sofá, dei uns beijos no pescoço e disse bem safado:

-Não reclama não... minha cunhadinha safada... quem mandou ficar com esta bunda gostosa se mostrando... não aguentei... vc é uma gostosa... uma delicia de gatinha.

Ela se debatia embaixo de mim... mas eu era bem mais forte que ela.... continuei segurando-a e arretando-a e dizendo:

-Se vc se mexer muito... vai me deixar com mais tesão...minha pica já estava duro só de ver sua bunda... e fiquei sabendo que vc já deu tua bucetinha pro namoradinho... tua irmã me falou... vc já era safadinha... agora vai ficar mais ainda...né?

Ela continuava sem mexendo tentando sair debaixo de mim... minha pica grossa estava super dura... dei um jeito de soltar a toalha ficando nu.... minha pica se alojou certeira nos meios das coxas pressionado a bucetinha dela por cima da calcinha... e eu fazia movimentos como se estivesse metendo com força... beijava seu pescoço, suas orelhas dizendo todo safado:

-hum... que delicia... isso... minha cunhadinha gostosa... rebola mais... assim... do jeito que vc tá fazendo... não para... sinta minha pica na tua bucetinha... sente como tá dura... vou enfiar ela inteirinha dentro da tua bucetinha gostosa... daqui a pouquinho... rebola gostoso... mais... não para... faz de conta que vc quer fugir... debaixo de mim... mexe... minha putinha deliciosa... que tesão vc é... vou te comer bem gostoso!

Ela continuava a reclamar... sem muita convicção... mas... continuava a se mexer debaixo de meu corpo... eu pressionava meu corpo de encontro ao dela... tive certeza que ela já estava dominada pelo tesão... e quando soltei seus braços ela não tentou se levantar... seus quadris se mexiam... mas era pra sentir mais ainda minha pica se esfregando na bucetinha e então eu sussurrei em seus ouvidos enquanto beijava seu pescoço:

-isso... assim... rebola meu tesão.... vc não quer mais fugir... de mim... né... faz um coisa agora... abaixa tua calcinha... pra vc sentir minha pica...todinha... vai... tira tua calcinha... sua gostosa safada... dá pra mim!

Ela tentou um ultimo argumento pra parecer um pouquinho menos safada dizendo:

-não... não... quero... para... e minha irmã... o que vai pensar... de mim... se souber... eu... eu...

Eu então continuei:

-Sandrinha... vc é uma putinha safada... aquele dia que vc tava me vendo meter na tua irmã aqui neste sofá... tenho certeza que vc queria estar no lugar dela... larga de ser fresca e tira a calcinha sua putinha... quero de foder todinha... dá pra mim... sua safadinha gostosa... vou te fazer gozar gostoso... vou te foder do jeito que vc vai adorar!

Quando ela timidamente começou a abaixar a calcinha...senti que ela era toda minha agora... sai de cima dela e disse:

-tira tudo... putinha... quero te ver toda peladinha... vou te comer todinha... faz tempo que quero vc... sua putinha safada.

Até pensei que ela ia tentar falar alguma coisa... mas ela em segundos ficou todinha nua... e quando olhei aquela bucetinha com aquele grelinho enorme e duro... cai de boca e comecei a chupá-la com fervor... ela gemia forte... eu sugava aquele grelo com meus lábios fazendo com que ficasse ainda maior... enfiei dois dedos enfiados naquela bucetinha apertadinha... ela então gritou e gozou na minha boca se convulsionando toda... seu corpo tremia todinho... sentei no sofá e a fiz sentar no meu colo... minha pica começou a entrar na buceta apertadinha da minha cunhadinha que sussurrou:

-ai... que pintão grande... vc tem... vai me machucar... é muito grande... devagar... o do meu namorado é bem menor... aiiii!

Não tive dó não... puxei o corpo da minha cunhadinha pra baixo... enterrando minha pica grossa na bucetinha daquela vadia e meti com vontade... ela deu uns gritinhos de dor... mas logo rebolava como uma puta de verdade... a vadia tinha uma bucetinha super apertadinha... aquele grelo esfregando com força no meu púbis... logo ela voltou a tremer e gozar loucamente.

Eu sentia escorrer pela minha pica e pelo meu saco, líquidos que jorravam daquela bucetinha greluda.

Ela parecia um homem gozando... era fantástico... mas eu ainda queria mais... levantei-a e coloquei-a de quatro no sofá... queria meter nela olhando aquela bunda gostosa que me fascinava... comecei a meter com força... meu saco batia nas coxas fazendo um barulho delicioso de ouvir... ela rebolava sem parar... a vadia não fazia nem dez dias que tinha perdido o cabaço e se portava como uma puta de verdade... enchi aquela bunda branca de tapas... deixando-a toda vermelha... ela gritava dizendo que estava doendo... mas rebolava mais e mais... enfiei minha pica bem fundo naquela bucetinha deliciosa e esguichei minha porra quente, inundando-a por completo.

Ficamos engatados até minha pica escapar de dentro da bucetinha greluda da minha cunhadinha vadia.

Fomos tomar banho juntos e fiz a safada chupar meu pau até eu encher aquela boquinha de porra fazendo-a engasgar!

Depois disso... minha cunhadinha ficou viciada na minha pica grossa...ela casou com o namorado... mas, como ela sempre dizia o pinto dele era pequeno pro tesão dela... quando ela sentia falta de ser totalmente preenchida... ela me procurava. Logicamente que satisfazia a vadia da minha cunhadinha... isso era bom demais.

Isso durou um longo tempo... que delicia comer as duas irmãs...

Outros contos do TETE acessem meu perfil: http://sharoland-nn.ru/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

e-mail: [email protected]

Comentários

14/11/2015 06:12:22
Lua virgem,tentei te mandar um email mais nao consigo,entra em contato [email protected]
14/11/2015 06:07:54
Caralho de conto gostoso, impossível não ler e não ficar editado,parabéns, mto bem escrito nota 10
29/10/2015 17:09:38
Muito bom! Está convidado a ler os meus tbm. É 10 💋💋
25/10/2015 12:14:56
Excelente conto, se possível da uma lida nos meus também, os seus são ótimos!
11/10/2015 19:47:17
Adorei, também queria uma cunhada assim
11/10/2015 15:06:12
delicinha rsrsrs [email protected]
29/09/2015 12:21:09
Sortudo em? rrrrrrr
18/12/2013 15:37:11
eu tambem ja comi minha cunhada
20/04/2013 06:38:52
Muito bom
dmm
27/12/2012 13:56:57
Podia nos contar mais
27/12/2012 02:11:39
muito bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


judea. abuceta em estrupovelho tarsdaoxvideos primo cheira po mas prima e nao resistiresolvi pornô da Ludmilaminha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileiroporno de mulheres tentando fiji de pica grandeDeixou varios gozar dentro frutapornoconto de farra de casadaanythingconto erotico mendiga novinhanovinho.geminho..de.pau.durovideo de homemmorde vaginaconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticontos gay baby doll rosaMinha comadre disse para minha afilhada minha filha voce que mesmo dar sua buceta virgem pro seu padrinho minha afilhada disse eu quero mae minha comadre disse filha chupa o pau do seu padrinho conto eroticoCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou mulhe de saia curta esfregano ante fude emcoxano na cozia no xvidioad bucetad mais petfeitas do mundovideos sexo incesto filha reda calcinha pro papai fude elaesposa fica brava amate gosa dentro xvidiosexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposacontos eróticos meu genro me pegou traindo meu maridocasa do contos eróticos publicadosConto no interior vi mamae pelada ela disse vou te capa cacetudocasada aquenta a pica do negao que parece um jumento e corno asisteencocho a irmanzinhapatricia vizinha casada safada gemendonovinhas so gost de negraopornoirma ver a outra de calcinha e quer chupar elagaroto sapeca .pornogrelao entrando contosVideos de zoocadela no cio piroca nelaconto erotico gay minha tia me transformou em meninacasada.comcrente dando pro.comvelho.contoTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analconto xota formigando paiXvideos batendo punhenta vendo gostosa de bucos na picinavideos porno eu estava dormindo e ele chupou a minha bucetinha e eu noa acordeimulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cucontos dei p meu chefeboquinha lizinha vidioo playboy e o menino da favela casa dos contosporno de coroucom novinhasxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundomulher transando na subida do Ilha Porchat São VicenteContos erroticos pai brinca de casinha com filha e acaba fodedofaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidovídeo porno com uma negona de bunda grande recebendo três puconas no raboassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornopadrasto enteada falei de sexo brasileiromorena sendo arombada por rola de40centimetros entra todinhaxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau duroencoxando sem querer na minha enteada nas ferias vídeos pornô flagrasòmente no cuzinho da esposaContos.shortinho.curto.enlouquece.filhoContos eroti cpbigodinho do ritler videos pornovideo de corno chupado o pau do negam juto com a esposapornou homem nao aguenta e goza na burcerta da putaporno dando a buceta noma tranza agresivadoce nanda parte IV contos eroticoscontos eroticos comi a bundinha da menininha do balexv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picacorno eu confessoso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozoubbw q curta peidar contos reaisnegao pasado opau na bumda da kasadavelho rasgador de bucetapersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando pornominha mãe irmã vovó conto eróticoDominamdo uma evamgelica casada parte 2 contos eroticossXvideos as filinhas lerinha