Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fui o almoço dos pedreiros

Autor: Cacá
Categoria: Homossexual
Data: 14/12/2012 00:57:55
Última revisão: 17/12/2012 22:57:01
Nota 9.25
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi gente, meu nome é Carlos, mas quando to sozinho em casa gosto de ser chamada Cacá, de Carla...rsrs...Tenho 16 aninhos, 1,65 de altura, 67 kg...bem delicada, adoro me vestir de mulher, tenho vááááárias coisinhas guardadas no meu quarto, só pra me transformar em mulherzinha quando não tem ninguém em casa. Deixei meus cabelos loiros crescerem, estão agora no meu ombro, adoro fazer um rabinho com ele...Tenho uma blusinha branca super feminina, de alcinha, fica linda em mim que tenho a pele bem rosadinha. Pra ficar mais fêmea uso na parte de baixo um shortinho beeeeem curtinho, amarelinho, que deixa minha bundinha que já é carnuda mais saliente ainda, e também destaca minhas pernas depiladas e hidratadas com cremes. E por baixo do shortinho, gosto de usar uma calcinha de algodão, branquinha, de bolinhas rosinhas, enterrada entre as minhas nádegas fartas e brancas. Uso um par de brincos de argola grandes, pra ficar bem mocinha, com pulseirinhas e tudo mais...rsrs...Ah, adoooooro minhas tornozeleiras, uso uma em cada perna...Uma é fininha com um pingentinho prateado e a outra também é prateada mas cheia de pingetinhos; Isso pra destacar meus pezinhos que eu aaaaaaamo e cuido muito bem...Como eu sou muuuito branquinho, minha solinha é beeem vermelha, e eu a manhtenho assim, sempre limpinha, fininha, delicada e rosinha, bem feminina, acompanhada geralmente do meu tamanquinho acrílico número 36. Meus dedinhos são bem femininos, meu dedão é redondinho e lindinhu rs. Bom, deixe-me parar de me empolgar...rsrs...o que aconteceu é que meus pais estavam reformando nossa casa, e começando a reforma pelo quintal foram contratados dois pedreiros; Enquanto eles trabalhavam la fora eu ficava na net no meu quarto. E assim durante os três primeiros dias. Até que um sábado de manhã, me vi sozinha em casa, então pensei: vou me produzir toda, já que não tem ninguém em casa e os pedreiros não vieram hoje...Cuidei das minhas unhas, pintei as do pé de branquinho, e as das mãos de rosa...rsrs...aproveito pq depois tem que tirar rapidinho rsrs;;; Tomei um banho bem quetinho e gostoso, e vesti minha roupinha conforme narrei acima...E fiquei andando toda à vontade em casa...quando chego na cozinha, ouço um assovio safado, olho pra tràs e quase morro do coração...os dois pedreiros parados na porta da cozinha, me olhando toda, com cara de safados diziam: Eu sempre suspeitei que era uma menininha safada e gostosa...Gente, eu quase morri, aqueles dois machos negros, me devorando com olhares maliciosos, começaram a tirar a camisa e jogaram lá fora, eu tentei correr, mas meu tamanco não permitia que eu corresse muito rápido, então um deles me pegou e me colocou facilmente nos ombros e fui levada ao quarto dos meus pais...Fui jogada na cama, e depois ficaram me olhando, analizando, cada pedacinho do meu corpinho. Se desnudaram diante de mim, eu fiquei apavorada, gente, eu nunca tinha visto um pau na frente, e não imaginava que fosse daquele tamanho, apesar de que pra dois negrões acho que é normal como diz a lenda...Em seguida vinham devagarzinho em minha direção, e eu já morria de tesão, meu pintinho já tremia de tão duro, meu cuzinho vermelhinho e virgem piscava por aquelas rolas pretas, grandes e grossas. Começaram então a me despir devagarzinho, primeiro meu tamanquinho, depois minha blusinha e depois meu shortinho, por último tiraram minha calcinha, deixando-me apenas com minhas tornozeleiras, pulseiras e brincos...Colocaram-me de pé, um deles, na minha frente, mordia meu pescocinho e me falava baixinho que estava louco pra rasgar minhas carnes de mocinha safada, enquanto puxava meu cabelo e apertava meu bumbum...O outro por trás esfregava seu pauzão na minha bundinha enquanto me segurava pela cintura, apertava forte minhas nádegas e coxas macias, e lambia minha nuca...Eu com minhas mãos acariciava a cabeça de um e tentava alcançar com a mão o pau do outro...Me lambiam e me apertavam, me apreciavam antes de me devorar, me faziam mulher, me tratavam como um banquete, abusavam de cada pedacinho pálido do meu corpinho, me deixavam vermelha, me chupavam, me lambiam, me mordiam, me comiam...me faziam gozar, eu tinha espasmos de tesão, me sentia uma verdadeira fêmea sendo vorazmente possuída por dois machos fortes e virís. Os dois foram descendo, o da frente desceu beijando e lambendo minha barriguinha até chegar no meu pauzinho, onde ele chupava deliciosamente, ora meu pipi ora minhas bolinhas. O de trás desceu lambendo minhas costas enquanto eu me arqueava toda, até chegar no cuzinho, onde ele segurava minhas nádegas fortemente e brincava de me deixar maluca com sua língua entrando no meu anelzinho. Ai que loucura, gozei denovo, eu sendo devorada nas partes íntimas, pela frente e por trás, enquanto pegavam minhas coxas, minhas nádegas, minha cintura, como se pega uma fêmea no cio. Me deitaram então na cama, de bruços, e cada um pegou em uma perna minha, segurando-me pelo tornozelo, começaram a chupar meus pezinhos. Ai que delícia, chupavam cada dedinho, mordiam, lambiam minha sola vermelha, chupavam meu dedão, apreciavam a maciez das minhas carnes...Pareciam apreciar meus pezinhos, então continuaram a subir pelas minhas panturrilhas branquinhas e macias, me mordiam...Um deles se deitou na cama pra que eu mamasse sua pica gigantesca, ai que gostoso, não entrava nem metada na minha boquinha, e a cabeça ia na minha garganta...Era o primeiro pau que eu chupava, que maravilha, que gostoso, mas de tão grosso, quase não entrava na minha boca...Enquanto o outro afastava minhas pernas e continuava subindo, lambendo as partes internas da minhas coxas...Agora ele caía de boca denovo no meu cuzinho, mas foi por pouco tempo...Se levantou, cuspiu na minha entradinha e forçou. Eu gritava, pedia pra parar, tentava afastá-lo, mas ele foi em vão...centímetro a centímetro foi entrando e ficou metade pra fora...ele voltava e tentava denovo, bem devagarzinho até que seu pauzão foi me rasgando até entrar inteirinho, equanto meu cuzinho sangrava, e ainda doía. Eu mamava e gemia, mamava e gemia, e no meu cuzinho agora eu era comida com força, parecia que ele queria me matar, mas eu adorava, aquele volumão arregaçando meu corpinho, até que minha mamadeira jogou leitinho na minha boca. Não demorou muito pra que meu outro negão enchesse meu reto de porra também. Deitaram-se os dois, um de cada lado meu, eu tentei me levantar e quase caí, fui tomar um banho, afinal, meu rosto todo gozado, e meu cuzinho despejando porra e sangue...Já no chuveiro eu pensava...ai que tesão que foi tudo isso, e pra minha surpresa chegam os dois no banheiro, de pau duro...Eu disse: Gente, nem pensa nisso, eu to toda dolorida...Mas nem ligaram, afinal, apenas um deles havia me comido. Então o outro me fez apoiar as mãos no azulejo e meteu tudo...aiii, dei um gritinho de menina, e meumacho me comia, ouvia seu corpo bater no meu, ouvia o som do meu cuzinho molhando o pau do meu negão, e me comeram ali denovo, me encheram de porra...Depois dessa do banho ainda dei mais uma vez. Só sei que meu cuzinho ficou em chamas, mas até hoje bato uma punhetinha lembrando dos meus meninos...

Comentários

15/01/2013 12:59:43
carlos ou bruno?
14/12/2012 02:37:41
Nossa! Como vosmecê usou o diminuitivo, nunca vi tanto em um texto. É "inho" para cá é "inho" para lá, que até irritou-me. O conto foi bom.
14/12/2012 01:15:15
mtu bom
14/12/2012 01:09:21
to loco loco para ver esse cuzinho.
14/12/2012 01:06:29
Merecem apodrecer na cadeia. Pedofilia e estupro é crime!
14/12/2012 00:59:33
oi

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


encoxando sem querer na minha enteada nas ferias vídeos pornô flagracu manteigamenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrasler varios contos de lesbicas e eterosTio arroba o cu da sobrinha conto eróticosminha concunha morena gostosa que arrobeicenas de filme porno que mulher goza como nunca se viu nna vd na bc de um travisticonto erotico boquete bokete mamadaO Riquinho e o Favelado conto gaycache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 conto erotico a pequenininhafilme porno "ligados pelo desejo"pornô doido de cetona de mini saia sem calcinha sentando na rolaIncesto do cu desde pequenowww.xvideos.bucetaovirgensirmao.ingravidando.irma.metendi.na.buseta.sem.camlsinhafiume porno brasileroposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularhistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginalXxxxxxVidio porno o negrao virado em mangagozou na bunda da irma lavano loucaabaixar tema vendo o primo transando com boneca inflávelXVídeos a comadre de vestido bem curtinho com a boca fica do lado de fora no ônibusnora safadas descobri que sogro tem a pica enormecontos eroticos feminizaçao do garotinho maeum velhinho do pau enorme e muito grosso cumeu meu cusinho na marracontos eróticos de i****** avô e avó casal junto ensinando netinha f****gostosas minisaia enos debaixodelasnovinha shortinho finos pegando no pau do namoradosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhoFamiliasacana queridi.ho da mamaevideo mae destraida arrumando a casa e filho bulinando querendo fude videoporno violento da ruiva doiz homemcasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodemulher tenta fugi pica mostruosa brutal no cucomtos eroticos incesto dei minha busetinha ainda sem pelinhos para um velhos muito pausudo e meu irmao descobrio e quis fuder meu cusinhopornô sexo garota transando com apitando o quarto deitadaxvideos nao resisti ao padrasto dotado q fode sem do ela gemendo muitocontos de zoofilia com macaco bem dotadoconto erotico de corno paraenseporno moçambicano putas gemendo e falando coisas escitantes.contos zoo dalmata.meu machonegao pausudo enfoorca a novinha enquanto fode elaotário ao extremo contos eróticosconto foto pirua cacetao gozada Video de duas mulheres tomando banho de biquini e se chupando e gritando de prazerdoce nanda parte IV contos eroticosAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeonegras lesbicas fazendo tribadismo cabeca vs cabeca c clitorisO dia em que fodi a detenta carente e tesudakid bengala buraco na paredebritney bitch em anal 15 minutominha esposa me falou q quer sentir outro pau na sua bucetacontos eroticos com padrasto estupro gosteisou casada e dei o cu para outro homemkid bengala buraco na paredehomen ve a visinha no banheiro fica louco porno doidocontos e vidios homem casado na casa de massagem ė enrrabadoConto comi minha irmãjuliana de bonanca fudendo pornomulher entupida forçando para cagar sexoconto erótico homem castradoconto meu marido virou minha putabigbundagayvidio de mae fagando filha novinha chupano rola do paicontos feminização forçadacontos eroticos quando eu tinha doze anos viagei pra fazenda com meu paicolc mao buceta obesa pornofazendo empregada gozarcontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudo