Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fazendo o kitnet tremer! Dessa vez foi com um negão.

Autor: Afrodite
Categoria: Heterossexual
Data: 29/01/2013 15:43:08
Nota 9.33
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Joana, hoje tenho 28 anos e para matar saudades dos tempos áureos de quando fazia universidade resolvi relembrar algumas histórias de minhas fodas inesquecíveis no decorrer dos anos entre o vestibular e o tão sonhado diploma. Não escreverei em ordem cronológica, mas sempre que relembrar alguma cena marcante e bater aquela vontade de registrá-la, contarei aqui minhas transas favoritas.

Pra iniciar sempre gosto de apresentar meus atributos pra facilitar a sua imaginação: sou catarinense, descendente de alemães, loira de olhos verdes. Tenho 1, 65m de altura e o que mais se destaca em meu corpo são meus grandes seios, mas me considero bonita e gosto do meu corpo como um todo, minhas pernas são bem lisas e minha bunda, apesar de não ser tão grande, talvez por isso, ainda é bem durinha. Gosto de praticar esportes e, claro adoro uma boa foda para ajudar a me manter em forma.

Hoje contarei sobre a história do meu primeiro sexo inter-racial. A primeira vez que transei com um negro. E claro, foi inesquecível. Imagino que toda mulher tem a curiosidade que eu tinha de transar com um negão. A força física e a fama de ter o pau grande faziam parte do meu imaginário, claro. Sabia que quando pintasse alguma oportunidade eu não iria recusar.

A universidade que estudei tinha um convênio com alguns países africanos que falam português, como Angola, Moçambique e Cabo Verde. Acho que naquela época deveria ter uma centena de africanos matriculados em vários cursos diferentes. Nenhum deles estudava comigo, no entanto nas festinhas universitárias tudo se mistura, e muita coisa acontece.

E foi numa dessas festas que conheci o meu “Zulu”. Música boa regada a muita cerveja e cachaça mineira. Quando saiu um sambinha na caixa de som, senti uma mão em meu ombro. Olhei pra trás e um desses africanos, 1,90m de altura, e muito bonito me chamou pra dançar. Pediu pra eu ensinar essa dança brasileira pra ele. Quase tremendo aceitei, e começamos a dançar. Eu que já havia bebido um bocado estava soltinha e apertado como deve ser fui dançando um sambinha “dois pra lá dois pra cá” que ele aprendeu rapidinho. Enquanto dançávamos percebi que ele estava ficando excitado e só quando encostei bem pertinho tive noção do volume que me aguardava. Aquele pau dele parecia ser bem grande. A fama parecia valer mesmo pra ele. Isso me deixou muito excitada e eu já estava disposta a me entregar pra ele.

Nem precisei tomar partido, e entre uma dança e outra, uma conversa e outra falando das diferenças entre nossos países ele começou a me paquerar. Disse que eu era muito bonita e que nunca tinha beijado uma brasileira. Foi a deixa ideal. Respondi com um beijo que foi fortemente correspondido. Ele me beijou com uma vontade que me fez tremer novamente. Só imaginava o que aquela língua enorme poderia fazer ao longo do meu corpo. Não demorou muito e eu intimei ele para irmos para a minha kitnet.

Chegando lá, sem enrolações já partimos para o agarramento. Eu estava de saia e uma blusinha sem manga. Deitei na minha cama de solteiro e ele veio me beijando por cima. Levantou minha blusa, eu tirei o sutiã e ele me chupou bastante. Ficou louco com meus peitos, grandes e naturais. Parecia que ele nunca havia chupado uma loirinha e aquela língua me levava ao delírio. Em seguida ele, sem tirar minha saia, arrancou minha calcinha num puxão só e chupou minha bucetinha por uns 10 minutos seguidos, aí eu já estava subindo pelas paredes.

Chegou a minha vez de tomar iniciativa e matar minha curiosidade. Me levantei, terminei de tirar a roupa dele e me deparei com aquele pau enorme. Acho que tinha uns 23 centímetros. Eu segurava na base com as duas mãos e ainda ficava a cabeça e uma parte sobrando. Não sei como aquilo cabia na minha boca, mas devolvi a ótima chupada que ele me deu e quase engolia aquele pau inteiro. Às vezes chegava até a engasgar, mas o tesão era tão grande que eu chupava cada vez com mais vontade. Não demorou muito e percebi que ele iria gozar, minha excitação era tão grande que só pensava em dar esse prazer a ele, queria sentir aquela porra na minha boca, e não demorou muito pra que aquele pau jorrasse em mim. O primeiro jato direto na garganta, depois puxando o pau dele um pouco senti meu rosto sendo irrigado. Abocanhei novamente aquela pica e deixei ele terminar de gozar dentro da minha boquinha. Engoli aquela porra toda e não conseguia parar de chupar aquele pau enorme, que impressionantemente ainda estava muito duro. Era hora de sentir aquela pica na minha bucetinha.

Parti para a estratégia de sempre para minimizar um pouco do barulho e não “incomodar” tanto os vizinhos. Minha cama rangia um pouco, então eu tirava o colchão e colocava direto no chão. Ali ele poderia me bombar à vontade. Deitei ele no colchão, e sentei por cima, primeiro passei um pouco a cabeça daquele pau na minha xaninha. Que ia ficando cada vez mais molhada, encharcada de tesão. Fui deixando aquele pau ir entrando bem devagar, apertadinho. E assim que nos encaixamos, passei a cavalgá-lo com muito gosto. Agora era a minha vez de gozar. Mas diante daquele negão, um homem daquele tamanho eu queria era ser possuída, saí de cima dele, me virei no colchão e disse que ele poderia fazer o que quisesse comigo. Me pegou de frente e começou com estocadas firmes, que ficavam cada vez mais frequentes e rápidas. Agora sim eu sentia aquele vigor físico traduzido em muito tesão e suor. Aquelas bombadas me levavam ao delírio, e eu tinha que morder o travesseiro pra não dar muita bandeira com meus gemidos. Minha vontade era gritar, gritar muito e muito alto. Só assim meu tesão poderia ser demonstrado verdadeiramente.

Fiquei de quatro e ele me agarrou feito uma cadelinha no cio. Fodeu minha bucetinha que já estava alargada, esfolada, até eu gozar, e dessa vez nem o travesseiro conseguiu segurar a intensidade do meu gemido. Eu estava acabada e ele e seu pau de metro pareciam ainda muito empolgados. Era bom ser desejada, isso me deixava excitada mas eu estava já cansada e coma buceta dolorida com aquelas bombadas que não acabavam.

Resolvi então finalizar a transa com um presente que eu sabia que ele não iria resistir: meu cuzinho. Naquele momento nem pensei muito nas consequências de ter um pau daquele tamanho adentrando minha bunda. Comecei a chupá-lo para deixá-lo bem duro e lisinho. Peguei então um lubrificante que um ex namorado havia deixado em minha gaveta e besuntei aquele pau todo. Mas só quando eu me virei de quatro pra ele e passei aquele creme na entrada do meu cuzinho que ele entendeu o que queria. E só pelo olhar percebi que havia conseguido deixá-lo louco de tesão. Foi uma mistura de tesão e dor que só um sexo anal com um pau daquele tamanho pode proporcionar. Enquanto ele me fodia eu me masturbava dedilhando o clitóris com uma das mão, a outra apoiada no colchão e a boca, mais uma vez, mordendo o travesseiro. Aquelas bombada me pareceram uma eternidade, mas o tesão era tanto que não demorou muito para gozarmos, eu comecei a tremer, um gemido forte e longo saiu, ele não aguentou e gozou dentro do meu cuzinho. Puxou o pau e ainda descarregou um pouco de porra na minha bunda e nas minhas costas. Acho que nunca tinha recebido tanta porra em um único dia em toda minha vida. Foi uma foda realmente inesquecível e mais uma vez aquele kitnet tremeu.

Ainda reencontrei meu mandingo mais algumas vezes. Trepamos mais umas 3 ou 4 vezes, mas logo em seguida ele voltou pra áfrica e mal se despediu de mim. Mas no entanto ele deixou boas referências minhas para uns amigos dele que depois me procuraram. E depois eu volto em outro conto pra falar da festinha que fiz com os amigos dele. No período da faculdade levei pau de negão pra toda a vida.

Comentários

31/01/2013 00:26:06
Ola, boa noite, tudo bem? espero que sim... Muito prazer, tenho 32 anos. 1.87 de altura, 85kg cabelos pretos e olhos azuis, sou engenheiro e moro em SP - Capital, li seu conto e achei muito interessante. Tenho algumas experiencias com casais e casadas, gostaria de me colocar a disposição para novos contatos para quem sabe não realizarmos uma fantasia juntos.... um abraço.... [email protected] Marcos
29/01/2013 20:33:30
adorei seu conto delicia me add no msn [email protected]
29/01/2013 18:02:47
Parabens, http://drmenage.blogspot.com/

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


nega tarada por sexo oral e anal de b***** bem lisinha ela tem a garganta profunda engole toda a rola do bem dotado Oicontos erotico flagrado pela a sogra no banhoelementarians casa dos contos eroticoscontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolacontos erotico vovô taradocontos gays tio e sobrinhometendo com enteada nova E que gosto de uma quentinhafilme porno chantagem com a sogramulher engata com cachorro grande e nao consege desengata pornoConto herotico incerto completo mae i filhoquero ver o vídeo da mulher da enxadinha perdendo a virgindade dela mulher beijandonu onibos lotado os homens se revezaram para me fuder e passar a maoassistir filmes pornos brasileiros homes com cabeca da pica esfolada e grande.bebi demais minha esposa deu pra . outro contos eroticoslindo homemcoxa grossa dando pornocontos eroticos namorada vendada pica irmãoxvideo professora lecionando de shortinho atolado no cucontos eróticos vovó transando com cavalodescobrindo o amor 74 dr romântico Conto minha vizinha me falou que o marido não endurece maisxvideos. com as gostsona no rnGozada na buceta contomulher bonbando sua buceta ate seu grilo ficar grande e homem fica louco x videoContos eróticos Trasei com amigas da minha namoradacontos gay viadinho aproveitando do molequegemeas identicas dando a bucetinha pra um taradinhomundobicha montado picaohistórias eroticas os flintstones sr pedreiraPornô homem músculosó fodendocontos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadeconto eróticopai colocar velho pra chupá buceta da filhasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaovideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasmelhores vídeos porno de primos que reduziram seus primoscontos eroticos peguei uma garotinha do interior pra criar e ensinei tudo sobre sexo pra elaminha filhinha na punheta contostirei a virgindade da minha empregadapeguei meu sobrinho mas tenho uma chapuletada rola muito grandemulheres chorando muito pedindocpra parar de botar no cupornodoido tecnico esfola novinhaContos eróticos gay quatro guri arrombaram meu cuContos reais de sodomiadando com dorbuceta pro pai irmaoa tia zoofilia pegada no caomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticoscontos eróticos meu namorado me amarroue vendou e chamo os amigosgozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasfiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosmulher chamou o vizinho para tirar goteiras e deu a buceta para eleencocho a irmanzinhaxvideo decks ja jantar filho come a mãe e pai come a filiaa dona vai ser com seu cachorrosexContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..espozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorconto foto pirua cacetao gozada sites historias e contos eroticos de incesto mae amante do filho marido ausentevídeos porno de bonecas de prático gigantesvídeo pornô homem t***** possuído chupa b***** da mulher e filhos dele até virar uma chupetax pono de bundas arotando galagta em porno doido com um estranhocontos de crossdresser forçadoContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudiContos Gays Sobre Valentoes : Casa Dos Contosconto no cinepornocorto eroticosminha esposa gosta de trasa com vaqueronao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideoscontos eroticos gostosa de camisola e a rola grossawww.mae nao aquento filho pausudo bocetaoContos eroticos dormindo,empresario comedor de casadas cssa dos contos eroticosconto erótico Inaraso fotos da namorada do traficanti nem de chortinho disconto gay pirocudo da academiacontos mamae baby doll vermelho filha sem calcinhaEu e minha mãe no ônibus de excursão-contos-incesto-filho e mãe-incesto no onibusoi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticospornodoido.pai.aretando.filra.darmindofiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contospornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciaMulher auto e gosano gostosoConto herotico incerto completo mae i filhoesposa fica apavorada com pau de 30 centimetro do negaoContos eroticos incestos a forca netinhassconto erotico corno na lua de melbigodinho do ritler videos pornoxvideo empurrando e gozando topado ate o talopai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenporno penis grotesco baixar video curto