Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Fui trabalhar pro meu tio e me tornei sua escrava sexual! (Conto do TETE)

Autor: TETE
Categoria: Grupal
Data: 07/01/2013 12:25:49
Última revisão: 03/10/2016 18:09:10
Nota 9.92
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Os nomes aqui usados são fictícios, mas a historia que vou contar é verdadeira.

Morava em uma cidade pequena do interior com meus pais e por ser de família pobre aos 17 anos consegui um emprego de babá na casa do prefeito para ajudar a cuidar de duas garotas de 10/11 anos.

O que eu ganhava era pouco, mas ajudava a comprar algumas roupas e também pude conhecer muitas pessoas e deixar de ser “bicho do mato” como minha mãe me chamava por não ter muitas amizades.

O que tinha de legal na casa do prefeito era que antes de ir embora pra casa podia tomar banho em uma banheira antiga deliciosa em uma edícula que havia nos fundos da casa.

Na verdade o que eu gostava no banho era o chuveirinho que tinha um jato de água regulável que meu grelinho saltado e sensível simplesmente adorava.

Todo santo dia eu me masturbava e gozava loucamente com o “diabo” do chuveirinho. RSS.

Apesar de completamente virgem já tinha visto muitas revistas de sacanagens que as meninas e os meninos levavam na escola, porém sempre fiquei ligada na conversa das mulheres que diziam que garotas muito “putinhas” dificilmente arrumavam marido porque todos os rapazes de cidade pequena se casavam com as “cabacinhos”.

Dona Mariana a mulher do prefeito era uma mulher bem mais jovem que ele e foi então que sem querer descobri um segredinho dela quando ao me pedir para ajudá-la a limpar seu enorme guarda-roupa quando puxei uma das gavetas ela caiu no chão e dentro havia um verdadeiro arsenal de “brinquedos eróticos”. Tinha vibradores de todos os tipos e tamanhos além de vários outros brinquedos que na minha ignorância não sabia direito com usá-los, mas minha patroa com certeza tinha muita experiência. Quando Dona Mariana viu aquela gaveta com os “brinquedos” esparramados pelo chão deu um sorrisinho bem safado e disse:

-Daniela...nem preciso dizer que vc deve ficar de bico calado a respeito do que vc viu nessa gaveta né?

-Dona Mariana...fique tranquila...que jamais vou comentar nada disso com ninguém...pode ter certeza!

-Bem...espero que vc seja uma garota inteligente e de confiança...porque esse tipo de coisa a gente não deve comentar com as pessoas...ainda mais numa cidade tão pequena quanto a nossa!

-é...eu sei bem...o povo é muito maldoso...mas pode ter certeza que não vou decepcionar a Sra.!

-é...apesar de quietinha vc tem um olhar muito esperto...sei que de tonta vc não tem nada! RSS.

-Dona Mariana...só queria perguntar uma coisa pra Sra...pra matar uma curiosidade minha! Posso?

-tá bom...claro que pode Daniela! O que vc quer saber sua curiosa?

-A Sra. já experimentou...todos eles? RSS.

-Claro que sim...sempre compro alguma novidade quando vou à capital! Acho que vc deve saber que o meu marido além de bem mais velho que eu...tem problemas com doenças...principalmente diabetes ...então como não posso sair por ai atrás de homens...sou uma mulher casada...tenho que arrumar um jeito de me satisfazer de outras maneiras.

-Apesar de ainda ser virgem...eu entendo sim Dona Mariana! Mas...queria pedir uma coisa pra Sra. se não for abusar! RSS.

-Eita...pelo seu sorriso tenho certeza que deve ser alguma safadezinha...mas...fala garota! RSS.

-Quando a Sra. não quiser mais usar algum desses daí...dá um pra mim?

-Que garota safada...é cabaço ainda...mas quer usar vibrador? RSS. Já pensou se teu pai ou tua mãe descobrem isso garota...vc só tem 17 anos...sua maluquinha!

-Dona Mariana...pode ficar tranquila...que vou saber deixar bem escondido...juro! Queria experimentar um pouquinho...mas...se a Sra...não quiser me dar...não tem problema...juro que não vou ficar chateada!

Minha patroa deu um sorriso e toda carinhosa disse:

-Daniela...eu não devia...mas vou te dar um...mas deixa guardado aqui em casa no quartinho dos fundos...não leve embora...é mais seguro...tá bom?

Dei um sorriso concordando e como ela mandou que escolhesse um peguei um pinto de silicone de 16 cms bem grosso que vibrava forte e brinquei dizendo que agora eu tinha um “namoradinho”.

A patroa então brincou dizendo que era pra mim não se empolgar muito senão poderia acabar perdendo a virgindade de bobeira.

Na verdade aquele pinto de silicone me fez gozar mais gostoso do que o chuveirinho. Ele vibrava no meu grelinho teso me deixando completamente ensopada de tesão e quando deslizava aquela cabeça entre os lábios da minha xoxotinha virgem aquilo me deixava louquinha de vontade de enfiar tudinho dentro de mim. Mas se eu tinha tesão demais também tinha um pouco de juízo e ficava só na vontade.

Depois que comecei a trabalhar na casa do prefeito e passei a comer do bom e do melhor rapidinho meu corpo que já era bonito ficou muito melhor.

Morena de 1.70 m., cabelos compridos, seios médios com os biquinhos sempre duros, coxas grossas, bunda grande arrebitada e uma xoxota peludinha com um grelinho bem saliente e tesudo.

E junto com tudo isso meu corpo já ansiava por um macho pois quando algum olhava pra mim com desejo sentia minha xoxotinha pulsar e rapidinho ficava molhadinha.

Quando aconteceu uma festa junina na igreja conheci Paulinho, um rapaz de 22 anos que trabalhava em uma farmácia que logo me pediu em namoro.

Ele era um rapaz de boa aparência e trabalhador e como naquela cidade não havia muitos rapazes que queriam namorar sério aceitei o seu pedido de namoro.

Paulinho era um rapaz muito respeitador, alias até demais, pois praticamente quem tomava a iniciativa quando estávamos namorando nos escurinhos era eu.

Uma coisa que descobri rapidamente é que meu pinto de silicone era um maior que o do meu namoradinho. Porem isso não tinha muita importância pois o tesão era cada vez mais intenso e eu e Paulinho vivíamos nos beijando e nos pegando sempre que ficávamos a sós.

Depois de 5 meses de namoro Paulinho me pediu em casamento e quando completei 18 anos isso aconteceu.

Na nossa noite de núpcias nem senti dor quando meu marido me tirou a virgindade e pude então sentir uma pica de verdade dentro da minha xoxotinha peluda. Adorei sentir um macho entre minhas coxas me fodendo gostoso...sentindo o saco bater nas popinhas da minha bunda. A toda hora procurava meu marido querendo trepar...ter uma pica dura e quente dentro da minha xoxotinha era tudo que desejava e queria. Meu marido comentava que tinha uma esposa completamente tarada pois bastava ele chegar do serviço que eu já tirava a roupa e queria meter.

Na verdade não demorou muito pra que notasse que meu tesão era muito mais intenso do que o dele.

E isso ficou tão evidente que logo voltei a usar meu “namoradinho” de silicone constantemente. Quando meu marido me flagrou pela primeira vez com ele até tentou achar ruim mas então briguei feio dizendo que se fodesse sua esposa sempre que eu quisesse “dar” não precisaria usar meu “brinquedo” e até ironizei dizendo que ele não devia reclamar porque seria muito pior se eu arrumasse outro macho de verdade pra foder minha xoxotinha tesuda.

Depois dessa “briga” ele até melhorou sexualmente me dando mais atenção, mas percebi claramente que meu tesão era extremamente exacerbado.

Continuei trabalhando na casa de Dona Mariana e nos tornamos mais amigas e confidentes.

Ela até me presenteou com mais uns “brinquedinhos sexuais” que não usava mais e principalmente com muitos filmes pornôs que ela comprava em suas viagens.

Foi então que depois de um ano e pouco de casados Paulinho me disse que seu tio por parte de mãe o havia convidado pra ir trabalhar com ele em uma grande distribuidora de produtos alimentícios.

Ivan era o nome desse tio que morava em uma cidade de grande porte não muito distante da capital do estado. Ele me contou que o tio até comentou que além de contratá-lo como vendedor também me contrataria pra trabalhar na casa dele ajudando sua esposa nos afazeres domésticos.

Tudo me pareceu ser uma ótima oportunidade pois além do salário oferecido ser bem maior que ganhávamos ali na nossa cidade teríamos casa pra morar sem pagar aluguel.

Concordei rapidinho e em menos de 1 mês nos mudamos pra la.

Assim que chegamos tive certeza que havíamos feito a coisa certa.

A distribuidora de alimentos do tio Ivan ficava em um galpão enorme em uma avenida e no quarteirão seguinte em um terreno enorme tinha a casa com piscina onde ele residia com a esposa. Nos fundos tinha uma edícula excelente onde eu e meu marido passamos a morar.

Tio Ivan era um homem de 43 anos muito simpático e brincalhão demais.

Sua esposa Carmen tinha 30 anos e também era uma pessoa maravilhosa e alegre e me tratou de uma maneira que parecia que já nos conhecíamos há bastante tempo.

Meu marido ficou todo entusiasmado em trabalhar com o tio em uma grande empresa onde poderia rapidamente melhorar de vida. Também fiquei muito feliz em trabalhar ali e logo começou a acontecer coisas que me deixaram completamente excitada.

Antes de conhecer Tio Ivan e a esposa até imaginei que iria encontrar um casal de meia-idade, mas me enganei redondamente.

Tio Ivan era um homem forte com alguns cabelos grisalhos que o deixavam extremamente charmoso. Tia Carmen era uma tremenda gata, pois malhava na academia que havia em um dos cômodos da casa e, além disso, toda manhã nadava pelo menos meia-hora na piscina. Ela havia colocado silicone nos seios e com seu corpo perfeito com tudo em cima chamava a atenção de qualquer homem. Seus cabelos loiros sempre bem cuidados ajudavam a deixá-la mais bela ainda.

Seria até uma “ofensa” chamar Carmen de tia e ela logo fez questão de frisar que não gostaria de ouvir essa palavra da minha boca. Nem em pensamento eu poderia chamá-la de Tia Carmen. RSS.

E tinha outra coisa que logo percebi assim que comecei a trabalhar na casa.

“Tia” Carmen usava somente roupas extremamente sensuais e provocantes e também nunca colocava calcinha porque sua xoxota depilada se mostrava a toda hora quando se sentava ou se inclinava pra pegar alguma coisa. E logicamente que Tio Ivan adorava isso, pois sempre que passava perto dela já a agarrava e sem disfarçar quase nada metia a mão entre suas coxas e também dava umas alisadas no seu corpo voluptuoso.

Como a empresa era pertinho da casa de vez em quando ele estava em casa pra tomar um café e rever a esposa safadinha.

Foi então que no quinto dia de trabalho...eu estava na lavanderia logo cedo e depois que coloquei a maquina de lavar pra centrifugar entrei na casa pelo corredor lateral e quando passei pela sala do escritório que estava com a janela aberta me deparei com “tia” Carmen totalmente nua de bruços em cima da escrivaninha e atrás dela com uma pica enorme e grossa totalmente dura estava tio Ivan deslizando aquele pauzão magnífico entre os lábios de sua xoxota depilada dizendo:

-pede...sua puta safada...pede pro teu macho te comer...pede com vontade...sua vadia!

Ela toda tesuda e bem puta disse:

-fode logo...seu safado...fode minha buceta...com esse pauzão...seu tarado...mete na sua puta!

Ele todo tarado deu um tapa forte na bunda dela e disse:

-pede...com mais vontade...vadia...deixa de frescura...mostra que vc é uma puta bem safada!

-mete logo...seu filho da puta...minha buceta tá doida da sentir sua pica...seu safado...faz 2 dias que vc não me come...só fica me arretando...me deixando cada vez mais tarada...seu safado...me come logo...senão...saio daqui e dou pro primeiro macho que encontrar na rua...me fode...meu marido safado!

Ele todo tarado deu uma fincada forte e socou fundo na buceta da esposa que gritou de tesão dizendo:

-isso...seu tarado pauzudo...arregaça a buceta da tua putinha...ahh...que delicia de pica...soca tudo...me come...gostoso...faz sua puta gozar...ahhh....mete...mete...ahhh...vou...vou...gozar...gostoso...ahhh...

“Tia” Carmen levava tapas bem fortes na bunda e rebolava como uma louca no pauzão do tio Ivan que metia como um garanhão cobrindo uma egua no cio.

Quando me dei conta meus dedos ágeis esfregavam com vontade meu grelinho duro e minha xoxotinha estava tão ensopada que até escorria pelas minhas coxas...gozei junto com “tia” Carmen mordendo meus lábios pra não gritar de tesão e descobrirem que estava assistindo aquela foda deliciosa.

Não sai dali e logo tia Carmen ficou de frente para o Tio que levantou suas pernas colocando-as em seu peito e passou a fode-la de frente dizendo todo tesudo:

-rebola essa buceta...sua puta...goza na minha pica grossa sua vadia...dá gostoso pro teu macho...vou fazer vc mijar de tesão...sua puta gostosa...ahhh....assim....isso...vadia...tarada safada!

“Tia” Carmen se contorcia loucamente na pica enorme do tio que logo mostrou que gostava de também bater na cara dela que toda tesuda mostrava que também adorava apanhar dizendo:

-assim...seu sádico...tarado...bate na cara da tua puta...me enche de porrada...ahhh...bate...eu adoro apanhar de macho tarado...ahhh...vou gozar...bate forte...vou...vou...gozar...ahhhh...que delicia!

Parecia que tia Carmen tinha entrado em transe se contorcendo sem controle e gozando copiosamente na pica enorme do tio Ivan que a estapeava com vontade.

Ela então se acalmou e tio Ivan tirou seu pauzão todo melado de dentro dela dizendo:

-limpa teu gozo do meu pau...puta safada...não quero gozar ainda...vou te comer de novo...mais tarde!

Ela o fez sentar-se na poltrona da escrivaninha e lambeu todo seu pauzão deixando-o quase totalmente seco e então se levantou e saiu rebolando seu rabão em direção a porta dizendo:

-obrigado...meu macho...vc deixou sua esposa putinha bem satisfeita...mas...mais tarde quero tua pica grossa de novo na minha bucetinha...seu tarado gostoso!

Perdi a conta de quantos orgasmos tive esfregando com força meu grelinho teso assistindo tio Ivan fodendo sua esposa putinha tarada.

Encostei-me à parede pra me acalmar um pouco e depois voltei aos meus afazeres.

Nem vi tio Ivan saindo de casa, mas não demorou pra que “tia” Carmen aparecesse com uma toalha enrolada no corpo e ao quando me viu sorrindo disse:

-ola Dani querida (ela sempre me chamava assim) vou nadar e me bronzear um pouco...ainda bem que o rapaz veio consertar o filtro da piscina...Ivan gosta de loira com pele dourada. Depois vc faz uma jarra de suco de laranja com bastante gelo e leva pra mim...por favor!

-claro Dona Carmen...só vou estender a roupa no varal...pode deixar que faço rapidinho!

Depois de alguns minutos coloquei a jarra com suco em uma bandeja e levei até a piscina e coloquei na mesinha em baixo do guarda-sol e quando olhei “tia” Carmen nadando é que percebi que ela estava completamente nua. A me ver ela saiu da água pela escada da piscina e olhando pra seu corpo nu dourado todo molhado dava pra notar que a safada sabia como ser sexy e sorrindo disse:

-nossa...que água gostosa...como já fazia 3 dias que não estava dando pra usar a piscina por causa do defeito no filtro...ja estava com saudades de nadar! Me dá um copo de suco Dani...to com sede!

Enchi o copo e ela se deitou de costas na espreguiçadeira e em seguida começamos a conversar.

-Dani querida...senta ai...vamos trocar umas ideias...desde que vc chegou ainda não tivemos chance de conversar a sós com tranquilidade!

-tudo bem...ainda tá cedo pra começar a fazer o almoço...ja acabei de lavar a roupa...essa casa apesar de grande não dá muito trabalho...aqui não tem crianças!. Onde eu trabalhava a patroa era legal... mas as duas meninas eram umas capetinhas...nada parava limpo...bagunçavam tudo!

A conversa fluía com uma naturalidade incrível e não demorou nada para o assunto mudar para sexo principalmente quando comentei sobre os “vibradores” de silicone que a mulher do prefeito tinha me dado de presente.

-então Dani...vc é bem safadinha desde novinha...mesmo sendo cabacinho ja tinha pica de silicone pra brincar é? Que garota tarada hein! RSS.

-bem...isso é verdade...eu adorava o chuveirinho de água quente no meu grelinho...depois que descobri que era gostoso...todo dia queria repetir a brincadeirinha! RSS.

-é pelo jeito seu marido teve sorte de encontrar uma garota linda e cheia de tesão como vc...garanto que ele deve te comer gostoso quase todo dia né...principalmente se puxou ao tio...meu maridão! RSS.

Nem me preocupei em fazer tipo e abri o jogo com a Carmen dizendo:

-bem...na verdade meu marido é muito bonzinho e muito trabalhador mas não me come do jeito que eu gostaria...de vez em quando tenho que recorrer aos meus “namoradinhos” de silicone! RSS. Mas...pelo que entendi...o sobrinho não puxou ao tio não! RSS.

-é...pelo jeito não! RSS. Mas o tio é um tarado...tem dias que me fode 3/4 vezes no dia...antes de ir trabalhar já me fodeu gostoso...pode ter certeza que não demora ele sai da loja e vem aqui meter de novo! Eu adoro macho de pau grosso na minha bucetinha...tive sorte de encontrar Ivan...e olha que não fui nenhuma “santinha”. Quando ele me conheceu eu trabalhava em uma boate de striper...até pensei que o safado por ter dinheiro...ia me comer uma vez e depois sumir como muitos outros...mas ele gostou de mim e eu gostei dele...e já faz 3 anos que estamos juntos!

-é...ja percebi que o tio Ivan é um cara bem legal e que é bem taradinho...ele sempre quando passa perto de vc faz carinhos e te enche de beijos.. Só que vc também gosta de deixar ele com tesão né...só anda de vestidinhos e minissaias curtinhas...sem calcinha...prontinha pra dar!

-to vendo que vc é uma garota bem espertinha e observadora...sua safadinha! Isso é verdade...mas eu ando assim porque ele manda e gosta que fico desse jeito com a bucetinha livre pronta pra levar pica ...alias acho que só uso calcinha quando fico naqueles dias! Mas vou te confessar um segredo sobre Ivan...ele só é bonzinho no normal...quando é pra meter ele é um tarado sádico...adora sexo selvagem!

Ela se virou de frente na espreguiçadeira e sua bucetinha depilada se abriu toda diante dos meus olhos e então percebi que ela queria falar sobre suas fodas selvagens e sorrindo toda safada disse:

-bem...eu não ia falar nada...mas já que vc tocou no assunto...já tinha percebido que sua bunda tá cheia de marcas de tapas...ele gosta de bater na tua bunda né? Mas...acho que vc deve gostar muito!

-Dani...sua safadinha...ficou reparando nas marcas do meu bumbum é? RSS. Na verdade...eu só gosto de homem educado fora da cama...pra trepar...gosto de macho que te pega com força...adoro apanhar ...levar uns tapas bem dados...nem dói muito...dá mais tesão...e teu tio sabe como tratar uma putinha tesuda como eu...e eu adoro mesmo é levar tapas na cara...nossa...é melhor parar de falar nisso...minha bucetinha já tá ficando molhadinha!

-eu...nunca transei desse jeito...mas ouvindo vc contar...eu imagino que deve ser muito gostoso...acho que vou querer experimentar um dia...pra saber...se é tão bom...quanto vc tá dizendo! RSS.

-acho que vc vai adorar...tive varias amigas safadas na boate que trabalhei...conheço bem as putinhas tesudas...tenho quase absoluta certeza que vc deve ser uma dessas...alias acho que vc deve ser um prato perfeito pra um macho bem pauzudo que gosta de comer putinha gostosa e tarada!

Aquela conversa já estava me deixando também toda molhadinha e meu grelinho já estava bem duro e foi então que Dona Carmen disse:

-Dani querida...tira a roupa...entra na piscina comigo...a gente nada e fica conversando mais...o papo está uma delicia...nem adianta recusar...vamos logo!

-eu...assim...peladinha...igual vc...e se chegar alguém? RSS.

-larga de ser boba...não vai vir ninguém...o único que poderia vir era seu tio...mas ele disse que precisava ir ao banco...deixa de frescura...e entra logo na água!

Ela pulou na piscina e devagar tirei meu vestido que era bem comprido e quando tirei a calcinha e o soutien e minha xoxotinha peludinha se mostrou Dona Carmen sorrindo disse:

-Dani...como vc é linda...seu corpo é perfeito...também com apenas 20 aninhos...tem que ta com tudo em cima...a única coisa é essa bucetinha cheia de pelos...vc devia depilar...fica muito mais sensível pra meter...alem disso...o maridinho vai poder lamber bem mais gostoso.

-Dona Carmen...tudo que vc disse deve ser verdade...mas só a parte do meu maridinho é que não vai acontecer...ja enfiei a cara dele na minha xoxota mas ele disse que não gosta...mas o safado adora que chupem ele! RSS.

-Dani...não sei não...mas esse teu maridinho tá precisando levar um par de chifres bem grande...não gostar de lamber essa bucetinha linda com esse grelinho grande que vc tem...tem que apanhar de chicote...com certeza nasceu pra ser corno! RSS.

-bem...ainda não fiz isso...mas...mais pra frente...não posso garantir!. Agora...até hj só não depilei porque la na minha cidade...o único salão de beleza que fazia isso...era muito caro! Eu só dava uma aparada com a tesoura...e já que vc falou sobre o tamanho do meu grelo...sempre achei meio grande mesmo...de todas as amigas de escola...o meu era o maior...então sempre deixei um pouco de pelos pra ele ficar um pouquinho escondido...porque quanto fico com tesão...ele cresce muito! RSS.

-é...eu sei...tive uma amiga bem greluda quase igual o seu...mas se te chupar com vontade deve ficar bem maior...mas acho que vc não devia se preocupar em ser greluda...tenho certeza que vc sente tesão fácil...é só dar umas esfregadas que o safadinho fica durinho...e deve implorar pra ser chupado! RSS.

-bem...acho que não preciso mentir pra vc...tesão eu tenho a toda hora...se meu marido fosse igual vc disse do tio Ivan acho que nem colocava roupa...ia andar peladinha...pronta pra levar pau!

-é...né...sua putinha safada! Tenho certeza disso! Na verdade...também sou assim...tarada demais! Mas amanhã minha depiladora vai vir aqui em casa...e vou mandá-la fazer o serviço em vc também! Tenho certeza que nunca mais vc vai querer deixar nenhum pelinho nessa bucetinha greluda linda!

Nadamos na piscina durante uns 15 minutos e assim que saímos da piscina ficamos deitadas nas espreguiçadeiras nos secando e a conversa continuou bem mais aberta:

-Dona Carmen...ja pensou se o tio volta pra casa e pega nos duas peladinhas aqui na piscina?

-Dani...não ia acontecer nada que eu não soubesse! O safado iria adorar saber que tem uma sobrinha tão gostosa como vc! A gente já sabia que vc era linda de rosto...mas com essas roupas de igreja que vc usa...não dava pra notar que vc tem um corpo muito sexy...qualquer homem ficaria de pau duro na hora...se te ver peladinha! RSS. E só pra vc saber Dani...não pense que o Ivan por ser teu tio vai te respeitar não...com essa bunda linda que vc tem...e safadinha...ele te come na hora...sem dó!

-nossa Dona Carmen...eu não acredito! Acho que vc só ta falando isso...pra me zoar!

-Dani...pode ter certeza! Teu Tio Ivan é um tarado safado! Só pra vc saber a mulher que trabalhou aqui antes de vc...era casada, tinha 25 anos e nem era tão bonita...é além disso era evangélica! Um dia estava na piscina tipo hj...me lembrei de que precisava fazer uma ligação pra dentista...quando entrei em casa escutei gemidos no escritório...quando entrei peguei o safado socando a vara na “santinha”. Ela estava levando o pauzão dele no cu e rebolava como uma louca com ele enchendo a bunda da vadia de tapas.

-Dona Carmen...e ai...o que vc fez?

-bem...ela toda tarada não me viu ali...e então vi a calça do teu tio jogada no chão, tirei o cinto de couro e quando ela se deu conta...empurrei ele de lado e enchi a bunda da puta de cintadas...deixei-a cheia de vergões...saiu até umas gotas de sangue. Bati com vontade...ela ficou com tanto medo que apanhou quietinha...só gritando de dor! Foi tudo muito louco! RSS.

-Mas...me conta tudo...fiquei mais curiosa ainda...o que aconteceu depois!

-bem...ja que vc quer saber mesmo...vou contar! Teu tio todo safado ficou ali de pé com aquele pauzão duro assistindo eu encher a vadia de cintadas na bunda e nas coxas. A toalha que estava enrolada no meu corpo caiu no chão e também fiquei pelada. Depois que empregadinha safada apanhou bastante começou a chorar e pedir perdão...aquilo tudo tinha me deixado com tesão e então resolvi humilhar a vadia e peguei-a pelos cabelos e enfiei a cara dela entre minhas coxas e fiz chupar minha buceta até eu gozar. Adorei aquela safadeza...pena que a vagabunda nunca mais apareceu pra trabalhar. RSS.

-Nossa...que loucura...mas...e o tio? Vc brigou com ele?

-claro que não sua boba...só bati na safada porque quis me passar pra trás...se tivesse pedido até deixava a puta dar pra ele! E depois disso quem apanhou foi eu...ele me bateu dizendo que eu tinha atrapalhado a foda dele! Eu e seu tio já fomos a algumas “festinhas sexuais” bem malucas...qualquer dia te conto...por hj chega...sua putinha curiosa! RSS.

Quando me levantei da cadeira meu grelo estava enorme e mesmo peludinha não teve como esconder e “tia” Carmen toda safada sorriu dizendo:

-se tivesse um pau duro bem grosso agora pra te comer...vc ia dar gostoso né sua vadia...gostou da historinha né sua putinha tarada...deve tá toda molhada!

Sem nenhum pudor dei uma esfregada no meu grelo entre os dedos e disse:

-Dona Carmen...nem me fala em pau duro...to com um tesão danado...confesso que adorei ouvir essa safadeza...queria ter assistido...ao vivo!

Quando me dei conta ela enfiou a mão entre minhas pernas e pegando meu grelo com força deu umas bolinadas nele com vontade e sussurrou em meus ouvidos:

-vc é uma putinha muito safada...acho que vamos nos dar muito bem...amanhã depois que vc depilar essa bucetinha tesuda...vou querer pegar nesse grelo enorme de novo...agora vou tirar meus dedos dele porque senão a putinha vai gozar...né sua vadia?

-eu...eu...to...gozando...não para...por favor...ahhh!

Gozei nos dedos da “tia” Carmen me contorcendo toda e ela sorrindo sussurrou:

-eu devia enfiar sua cara na minha buceta...pra vc me fazer gozar gostoso...tenho certeza que vc ia saber lamber minha buceta...do jeito que eu gosto...mas...acho que a gente vai ter tempo de sobra pra brincar bem mais...eu só queria saber que tipo de vagabunda tarada veio parar em minha casa...mas tenho certeza...que vai ser ótimo!

Ela entrou em casa e eu fui atrás pra preparar o almoço.

Tio Ivan chegou para almoçar e enquanto esperava terminar de colocar a mesa ficou na sala assistindo o jornal na TV tomando um copo de vinho como sempre fazia.

Durante o almoço tudo transcorreu de uma maneira “quase” normal. Percebi que Tia Carmen estava bem safadinha sem se importar com minha presença ali por perto pois toda hora se sentava no colo do tio Ivan e como seu vestidinho era praticamente uma camiseta sua buceta ficava toda de fora. Antes de o tio sair ela então sorriu dizendo:

-Ivan meu querido...tenho uma novidade pra te contar! A partir de amanhã sua sobrinha vai trabalhar bem diferente...vai aposentar essas roupinhas de ir à igreja e vai usar umas roupas mais condizentes com a beleza dela...vou dar uns vestidinhos meus pra ela usar! Que tal ?

-Que noticia boa...minha querida...ainda bem que vc convenceu minha sobrinha linda a mudar seu jeito de se vestir...tenho certeza que ela vai arrasar! RSS.

Assim que ele saiu eu disse:

-Dona Carmen...que ideia foi essa...não entendi nada!

-deixa de ser boba Dani...quero te ver bem bonita...se vc quer continuar a usar essas roupas de crente...

pode usar na tua casa...mas aqui quero vc bem linda e sexy...e deixa de frescura...que tenho certeza que vc vai adorar...acho que vc não precisa fazer tipo comigo...não é...sua safadinha!

Naquele tarde tio Ivan voltou pra casa e logo escutei o casal tarado transando no escritório. Não deu pra assistir como de manhã, mas deu pra escutar perfeitamente o que rolava la dentro. E novamente tive que me masturbar e gozei deliciosamente. Era incrível sentir que meu tesão parecia que quanto mais gozava mais ficava tesuda.

Assim que terminei o serviço fui pra minha casinha e assim que meu marido chegou do serviço já fui agarrando-o e praticamente estuprei-o. Mas do jeito que ele era não resolveu quase nada e fui dormir cheia de tesão lembrando no pauzão enorme e grosso do tio Ivan e também na “tia” Carmen.

No outro dia de manhã quando eu estava colocando o café na mesa “tia” Carmen entrou na cozinha de banho tomado com um roupão de seda curtinho e com o cinto praticamente solto. Seus seios enormes e suas coxas estavam quase totalmente expostas e toda sorridente me cumprimentou dizendo:

-bom dia Dani querida...adoro o cheiro de café fresco...dormi maravilhosamente bem...ontem meu maridão me comeu do jeito que eu adoro...gozei muiiito! Uma pena que ele vai ter que fazer uma viagem rápida hj...senão hj ia rolar muito mais safadeza! E vc querida...gozou gostoso com o maridinho?

-Infelizmente não...só gozei gostoso mesmo com meus dedinhos!

-que pena...putinha tesuda tem que gozar gostoso todo dia...pra ficar feliz! Bem...daqui a pouco vou levar Ivan no aeroporto e assim que voltar a depiladora já deverá estar aqui...pra deixar nossas bucetinhas bem lisinhas!

-ah sim...mas o tio vai ficar quantos dias fora Dona Carmen?

-só hj...amanhã a tarde já está de volta. RSS.

Em seguida tio Ivan entrou na cozinha e também estava com um roupão curto. Suas coxas grossas e seu peito cabeludo com os cabelos molhados o deixavam extremamente sexy e logo “tia” Carmen toda safada já o abraçou beijando-o e dizendo:

-humm...que maridão cheiroso e gostoso! Dani querida...seu tio toda vez que vai viajar coloca esse roupão bem sexy só pra me deixar excitada e com saudades! RSS.

Ela lhe serviu uma xícara de café e quando perguntou se ele iria comer alguma coisa tio Ivan disse que só ia tomar café puro porque não gostava de voar com o estomago cheio.

Eu tomava um copo de café com leite sentada em um banquinho ao lado da pia.

O roupão da tia Carmen já estava aberto...o cinto se soltara...e a safada estava de pé ao lado da cadeira dele tomando devagar o café quente. Logo vi que eles não estavam nem ai com minha presença e tio Ivan enfiou a mão entre as coxas dela e todo safado disse:

-humm...amanhã quando eu voltar...vou querer conferir se essa bucetinha tesuda...vai estar bem depiladinha do jeito que eu gosto. RSS.

Ela toda safada disse:

-pode deixar...meu macho tarado...com certeza vai estar perfeita...pra vc...me comer bem gostoso!

Tia Carmen era uma tremenda puta pois já pegava no pauzão dele que estava completamente duro e pra fora do roupão bem de frente pra mim e foi então que ele todo tarado disse:

-para...sua puta safada...deixa eu me vestir...senão é perigoso perder o voo...mas acho que dá tempo de vc dar uma mamada rápida nele...só pra ficar com o gosto da minha pica do teu macho nessa boquinha quente e tesuda!

Em segundos “tia” Carmen se ajoelhou ali no chão da cozinha entre as coxas do tio Ivan e caiu de boca naquela pica grossa e começou a chupar com vontade. Eu não tirava os olhos daquela cena e minha buceta ensopou em instantes. Ele segurava a cabeça dela e movimentava seu quadril com força fazendo sua pica enorme ir fundo na garganta da safada.

Isso durou alguns minutos e ele me olhava dentro dos olhos todo tarado...bastaria ordenar que ficasse de joelhos junto com “tia” Carmen que dividiria aquela pica majestosa com ela...sem pestanejar!

Ele então se levantou e deu um beijo ardente na boca da “tia” Carmen e disse:

-chega putinha tarada...vamos nos trocar...o avião não espera!

O casal saiu dali para se trocar e sem nenhum pudor levantei meu vestido peguei meu grelo duro e enorme e bati uma siririca ali na cozinha de pé e em poucos segundos gozei copiosamente.

Eles saíram e fui dar uma arrumada na casa.

Enquanto trabalhava comecei a pensar que minha vida em apenas dois dias estava tomando um rumo totalmente sem volta. Tia Carmen com sua experiência sabia que meu tesão incontido e minha safadeza extrema me manipulava sexualmente do jeito que desejava. Até fiquei um pouco receosa do caminho que aquilo tomava, mas não demorou quase nada pra que me decidisse cair de cabeça naquelas loucuras sexuais cheias de sacanagens que desejava experimentar.

Depois de uma hora a campainha do portão tocou e era a depiladora que havia chegado.

Quase em seguida “tia” Carmen também chegou e fomos para a sala da academia onde ela sempre fazia sua depilação. A moça primeiro depilou a “tia” e depois foi minha vez. Doeu um pouquinho, mas a depiladora era uma excelente profissional e logo minha xoxotinha ficou completamente lisa pela primeira vez. Meu grelo se sobressaiu mais ainda.

“Tia” Carmen pagou a moça enquanto fui me lavar no bidê pra tirar algum restinho de cera.

Assim que sai do banheiro completamente nua Tia Carmen estava sentada em uma poltrona com as pernas totalmente abertas e com um sorriso bem safado disse:

-vem...sua putinha safada...quero vc de joelhos chupando minha buceta...vem me fazer gozar gostoso... quero sua boca me lambendo todinha...vem logo...que minha bucetinha tá pegando fogo!

Nunca tinha pensado em fazer isso, mas na hora tive certeza do que teria que fazer e me ajoelhei entre as coxas da puta safada e comecei a lamber sua buceta lisinha já toda molhada. Lambi e suguei seu grelinho duro e em poucos segundos ela começou a tremer e gozou nos meus lábios. A puta gozava soltando muito liquido igual a mim e lambi tudo sentindo o sabor delicioso daquela buceta.

Em seguida me sentei no lugar dela e logo a boca sedenta da “tia” Carmen estava com meu grelo enorme entre seus lábios. A vadia tarada sabia como chupar uma buceta e acho que tive o gozo mais rápido de minha vida. Gritei como uma louca me contorcendo por inteira e gozei quase como um macho inundando o rosto dela de líquidos. “Tia” Carmen me lambia com uma volúpia incrível e logo me colocou de 4 e começou a me chupar novamente agora por trás. Ela lambia desde o grelo até meu cuzinho e não demorei pra sentir minha bunda ser espancada por tapas bem fortes. Adorei sentir minha bunda arder e a boca quente me chupar com vontade me fazendo gozar loucamente.

Durante uma hora ininterrupta nos chupamos...nos esfregamos e nos beijamos cheias de tesão e gozei como sempre imaginei. Meu corpo parecia que tomava choques de 220 v. toda vez que tinha um orgasmo. “Tia” Carmen era uma puta mais que experiente e deu pra perceber que ela gostava de macho e também de fêmea e foi então que meu lado bissexual também se mostrou sem pudor.

Era uma delicia lamber uma buceta tesuda como a da “tia” Carmen e era delicioso sentir meu grelo enorme ser sugado com maestria pela safada.

O almoço daquele dia atrasou bastante. RSS.

“Tia” Carmen era uma tarada insaciável e na parte da tarde me pegou novamente no sofá da sala e caiu de boca na minha xoxotinha tesuda. Notei que meu grelo enorme exercia um fascínio incrível na safada.

Depois da tarde de sexo intenso “tia” Carmen me levou para seu quarto e começou a separar alguns vestidinhos para experimentar. Com certeza iria me vestir como ela e isso ficou evidente quando os vestidinhos escolhidos foram os mais curtinhos. Fiquei parecendo uma putinha com as coxas completamente a mostra e com o bumbum arrebitado. Quando dava uma abaixadinha aparecia tudo principalmente minha xoxotinha agora totalmente depilada.

Ao me olhar no espelho até senti tesão por mim mesma...depois de colocar uma sandália de salto fiquei extremamente sensual e “tia” Carmen toda safada disse:

-Dani...vc ficou uma gata...sexy demais...acho que todos os machos quando te olharem vestida desse jeito vão querer te agarrar...acho que teu pobre maridinho vai virar um corno com muitos chifres!

-Dona Carmen...tenho certeza que vou adorar colocar chifres nele...alias já comecei...com vc...e adorei!

-bem...eu não conto...não tenho pau enfiar nessa bucetinha tesuda...mas amanhã...quando seu tio chegar vc não vai escapar...ele vai querer te comer...com certeza!

-ai...Dona Carmen...será...que vou conseguir...vc não se importa mesmo...dele me comer?

-Dani...acho que vc tá precisando levar umas cintadas nessa bunda empinada...pra deixar de frescura e assuma de vez que vc nasceu pra ser um putinha safada...vc tá louca de vontade de sentir o pauzão grosso do Ivan nessa bucetinha tesuda...hj de manhã antes de ele viajar...se ele quisesse vc dava pra em cima da mesa da cozinha...sua vadiazinha tarada!

Já que “tia” Carmen se mostrava uma puta totalmente sem pudor resolvi ser bem safada e disse:

-bem...tenho que confessar que se isso tivesse acontecido...eu tinha dado gostoso...quando vc chupou o pauzão dele...se tivesse me chamado eu chupava junto! Pronto...confessei...to louca de vontade de sentir um pau bem grande na minha xoxotinha...e quero o pauzão do tio Ivan!

-sua vagabunda tarada...gosto assim...de vadia assumida...acho que vamos nos dar muito bem putinha!

-tenho certeza que sim...alias...quero que vc me ensine tudo...quero ser uma puta tão safada como vc!

-garota...quando botei os olhos em vc pela primeira vez...sabia que ia rolar safadeza...vc rebola como uma puta...e apesar dessa carinha de ingênua...seus olhos são conseguem disfarçar o tesão que vc sente. Ontem na beira da piscina quando peguei no seu grelo enorme e dei umas apertadinhas nele e vc gozou rapidinho...vc me deixou louca de vontade te pegar...apesar de adorar macho...também gosto de fêmeas...mas fazia tempos que não pintava uma tão gostosa e tão vadia como vc!

-acho que tenho que ouvir tudo isso como um elogio...né...mas a verdade é que apesar de nunca ter brincado com outra mulher...quanto te vi saindo da piscina ontem...peladinha...me deu um frio na barriga e senti alguma coisa que não entendi na hora...mas quando vc pegou no meu grelo realmente não consegui me controlar...acho que foi o gozo mais rápido que tive na vida!

-garota...vc me deixou louca de tesão...com esse grelo enorme...eu adorava chupar uma amiga da boate que morava comigo bem antes de conhecer o Ivan...ela sentava na minha cara e me afogava...nem me deixava respirar...era uma delicia...mas teu grelo é maior...e mais gostoso...sua putinha safada!

Aquela conversa estava me deixando excitada de novo e apesar de estar quase na hora de ir pra casa que meu maridinho estava pra chegar decidi deixar “tia” Carmen mais tesuda ainda e toda safada disse:

-Acho que também gostaria de fazer isso...que vc disse que tua amiga puta fazia...sentar na tua cara...te afogar...com minha buceta...quer que eu faça isso...sua puta? Se vc pedir...eu faço!

Até aquele instante tudo que tinha acontecido entre nós tinha sido iniciativa dela e ela demonstrou surpresa com minha atitude ousada e deu uma pequena gaguejada dizendo:

-que...que...garota mais safada...ja tá querendo dominar a patroa é? Sua tarada!

Eu sabia que ela adorava ser submissa...eu já tinha assistido ela ser dominada pelo tio Ivan e na hora senti que podia ser bem ousada e continuei:

-agora...quem manda...sou eu...puta safada! Se vc pedir...alias...pedir não...implorar...sento na sua cara com minha xoxota...e vou gozar na sua boca...pede...logo...ja tá na hora de eu ir embora!

Ela adorou ser tratada daquela maneira e todo tesuda se deitou na cama e sussurrou:

-então vem...sua putinha...me afoga com essa buceta greluda...senta no meu rosto...sua vadia!

Nem tirei o vestidinho e em segundos encaixei minha buceta em seu rosto e puxando-a pelos cabelos forçando sua boca na minha xoxotinha comecei a cavalgar como se tivesse metendo e tomada de prazer sussurrei:

-chupa...sua puta...faz-me gozar bem gostoso...puta safada...chupa...me lambe todinha! Ahhh.

Eu forçava minha buceta contra seu rosto tampando seu nariz não deixando-a respirar e logo gozei deliciosamente. Foi então que ela conseguiu tirar por instantes sua boca e soltando um urro gozou copiosamente e se entregou toda sussurrando:

-ahhh...sua safada tarada...assim...vc me deixa louca...vadia...que gosto maravilhoso tem essa buceta ...assim...vou ficar viciada nesse grelão gostoso!

Me senti poderosa dominando aquela mulher linda e então colei minha boca na dela e nos beijamos ardentemente.

Em seguida vesti meu vestido de “crente” e fui pra casa e quando meu maridinho chegou nem deixei-o tomar banho e empurrando-o para o sofá...levantei o vestido e fiquei de 4 no sofá e pedi pra ele comer meu cuzinho...eu queria sentir o barulho do ventre de um macho batendo na minha bunda empinada. O safado gozou rápido como sempre mas do jeito que estava tarada gozei deliciosamente!

O que me deixou puta da vida foi quando perguntei ao meu marido se havia gostado da minha xoxota depiladinha ele disse que preferia peludinha. O filho da puta ia ficar sem meter em mim durante vários dias pra aprender a valorizar a putinha gostosa que tinha em casa.

Meus vestidinhos de putinha que “tia” Carmen havia me dado ficaram guardados no armário da sala da academia...eu sairia de casa vestida de mulher casada de respeito e assim que chegasse pra trabalhar colocaria a roupinha de putinha safada. RSS.

No outro dia de manhã logo que cheguei pra trabalhar fui à academia e coloquei o vestidinho mais curto de todos com uma sandália de salto e logicamente nem cogitei de colocar calcinha e fui pra cozinha preparar o café.

Assim que terminei de arrumar a mesa resolvi ir até o quarto da “tia” Carmen ver se ela já estava acordada e quando entrei no quarto ela estava se espreguiçando na cama completamente nua e a me ver deu um sorriso e disse:

-bom dia...minha empregadinha puta ficou linda e sexy vestida desse jeito...assim vc já me deixa toda cheia de más intenções logo cedo. RSS.

Ficou claro que o dia ia começar quente e toda safada e levantei o vestido mostrando minha bucetinha e sorrindo disse:

-acho que sei o que minha patroa puta tá querendo...mas...vai ter que fazer igual ontem...tem que implorar...pede sua puta tarada...que dou meu grelo gostoso pra vc chupar...ele já tá duro de tesão!

Toda safada eu brincava com meu grelo entre os dedos ao lado da cama rebolando e sorrindo desafiadora e então “tia” Carmen se entregou sussurrando:

-sua vadia safada...vem logo...sobe nessa cama...logo...e coloca essa buceta deliciosa na minha boca ... vou adorar sentir seu gosto logo de manhã...vem logo...minha putinha!

Tirei de vez o vestido e em segundos minha buceta estava colada no rosto da puta que toda sedenta sugava meu grelo tesudo com uma volúpia incontida. Eu rebolava como uma louca na boca da tarada e não deixava de tentar afoga-la. Eu sabia que isso a deixava mais excitada ainda. Coloquei minha mão pra trás e esfregava seu grelinho teso e em poucos minutos ela gozava copiosamente.

Me soltei de vez ao prazer e gritando alto também gozei me convulsionando por inteira.

Ter aquela mulher linda e imponente totalmente entregue as minhas vontades me fazia sentir um poder incrível. Sai de cima dela e quando olhei entre minhas coxas meu grelo estava inchado e enorme.

Depois de colocar o vestido dei um sorriso e sai do quarto dizendo que o café estava na mesa.

Durante o café conversamos animadamente e ela toda safada me disse que tinha falado com Tio Ivan pelo telefone na noite anterior e ja contara todas as sacanagens que tínhamos feito deixando-o todo tarado e ele disse que assim que chegasse ia foder nos duas sem dó.

E isso aconteceu logo depois do almoço quando tio Ivan ligou do aeroporto dizendo que tinha pegado um taxi e estava chegando.

Quando tio Ivan entrou em casa beijou o meu rosto e o da “tia” Carmen dizendo que ia tomar banho.

“Tia” Carmen toda excitada já foi me puxando pelo braço em direção ao quarto e completamente nuas nos deitamos na cama pra esperar o tio Ivan sair do banho.

A safada não se aguentava de tesão e em segundos sugava meu grelo enorme e assim que tio Ivan chegou ao lado da cama ela toda tarada disse:

-olha que coisa linda a putinha tem entre as pernas Ivan...um grelão delicioso...vem pra cama...comer as duas putas...ela tá prontinha pra levar pau...tá toda molhadinha...deixei prontinha pro meu macho!

Tio Ivan pulou em cima da cama com seu pauzão enorme completamente duro e todo macho disse:

-quero as duas putas chupando minha pica...mamem...suas vadias!

Nem esperei pedir outra vez e já peguei aquele objeto de desejo em minhas mãos e enfiei-o na boca. Que pau grosso era aquele...quente e todo cheio de veias...um saco enorme o deixava mais imponente e toda tesuda comecei a chupar com vontade sem nenhum pudor. Tia Carmen ao lado de vez em quando tirava ele da minha boca e mamava toda tesuda.

Tio Ivan fodia minha boca com força socando fundo na minha garganta me fazendo engasgar.

Logo ele me colocou de 4 e meteu tudo de uma vez. Apesar de completamente ensopada me senti rasgada ao meio com aquele monstro grosso mas ele não tava nem ai e passou a meter com força e todo tarado dizia:

-humm...que bucetinha apertada tem a vagabunda...que delicia...vou arrombar essa puta...adoro deixar buceta arrombada com minha pica...rebola vagabunda...meu sobrinho se casou com uma puta gostosa...rebola vagabunda...dá gostoso pro teu macho...sua safada!

O tesão tomava conta do meu corpo espetada naquela vara enorme e rebolei como uma puta entregue ao prazer de ter pela primeira vez uma pica como sempre imaginei e desejava e bem puta sussurrei:

-mete...tudo...tio...que pica deliciosa...como é grossa...fode minha xoxota...fode com força...mete...quero esse pau todinho na minha xoxota...ahhh....

Foi então que senti que ia ficar ainda mais gostoso quando “tia” Carmen se enfiou por baixo de mim e sua boca quente começou a lamber meu grelo junto com o pauzão do tio Ivan socando fundo na minha xoxota. Tio Ivan já espancava minha bunda sem dó todo tarado sussurrando:

-rebola...minha sobrinha...dá gostoso pro tio...sua puta...que buceta tesuda...rebola sua puta...que bunda gostosa de bater...vai apanhar muito...toda puta tem que apanhar...rebola vadia...ahhh!

Dei um grito incontido e gozei como uma louca com aquela pica enorme dentro da minha xoxotinha arrombada e com a boca da “tia” Carmen mamando no meu grelo inchado.

Tio Ivan me empurrou e logo estava fodendo a esposa na posição de frango assado e metia com força arrancando gemidos bem altos da garganta da safada que sussurrava tesuda:

-fode...sua puta...meu macho...mete...tudo...me arregaça com esse pauzão...seu tarado...me fode...ahhh!...bate...na minha cara...quero gozar gostoso...quero gozar apanhando...bate...com força...

Tio Ivan dava tapas com vontade no rosto da “tia” Carmen que logo gritava de prazer gozando copiosamente se convulsionando por inteira.

Tio Ivan saiu de cima dela e então se recostou na cabeceira da cama com aquele pauzão todo melado apontando pro alto e me pegando pelos cabelos sussurrou todo tarado:

-agora...vou te comer de novo putinha...do jeito que gosto de comer puta tarada...sentada de frente na minha pica...quero olhar seu rosto gozando na minha pica...vem dar gostoso pro tio...sua vagabunda!

Tesuda coloquei uma perna de cada lado do corpão do tio Ivan e peguei seu pauzão duro e grosso e encaixei na portinha da minha xoxotinha toda inchada e soltei o corpo devagar. Meu grelão inchado sentia aquela pica grossa deslizando nele e desaparecendo dentro de mim. Dei um gritinho de puta safada e gemendo de prazer disse:

-ahh...tio...que pica gostosa...como é grossa...enche minha xoxotinha tesuda...que delicia...quero morrer gozando espetada nessa maravilha...fode sua sobrinha putinha...arregaça minha xoxota...com esse pauzão...ahhh...que delicia...

Ele me segurando pelos quadris me puxava de encontro ao seu púbis me penetrando por inteira e todo tesudo dizia:

-isso...assim...putinha...cavalga na pica do teu macho...tua buceta é divina...apertada demais...minha pica tá adorando meter...nela...rebola na minha pica...sua puta...goza...com teu macho sua vagabunda!

Entrei em transe cavalgando com vontade...tio Ivan enfiou seu dedão na minha boca dizendo:

-chupa meu dedo...sua puta...imagina que é meu pau...sua vadia...gostosa...quero que goze...na pica do teu macho...goza...que vc vai sentir mais prazer...goza...sua puta!

Quando dei um grito e comecei a gozar levei o primeiro tapa na cara que tio Ivan me aplicava. O gozo aumentou de intensidade e dei um grito alto e ele então bateu com vontade...minha bucetinha gozava tanto que até parecia que fazia xixi. Rebolei como uma louca espetada naquela vara enorme.

Todo tarado ele me tirou de cima dele e disse todo macho:

-quero as duas putas chupando minha pica...vou gozar...chupem...suas vagabundas...ahhh.

“Tia” Carmen e eu dividimos lado a lado aquele pauzão majestoso e em segundos começou a ejacular porra fervente com jatos fortes em nossos rostos. Eu engolia tudo que podia...o sabor da porra do tio Ivan era inebriante e “tia” Carmen fazia o mesmo do outro lado. Nossas bocas cheias de porra se tocavam e se lambiam famintas de sêmen de macho.

Pela primeira vez eu sentia o gosto de outro macho na boca e o calor de outra pica na xoxota e com certeza não seria a ultima. Meu maridinho começava a ser presenteado com chifres que iriam ficar enormes. Depois de levar vara grossa do tio Ivan é que fui perceber que tinha me casado com um macho totalmente sem graça.

Fui passar uma água no corpo e então percebi que tanto meu rosto quanto minha bunda estavam vermelhas dos tapas que levei e quando voltei para o quarto encontrei o casal safado e tarado abraçados e então dei um sorriso dizendo:

-tio...tia...ja tá quase na hora de ir pra casa e quando meu maridinho chegar nem sei como vou explicar minha cara toda vermelha e o pior é se ele olhar meu bumbum...as mãos do tio estão bem desenhadas nela! Tenho que pensar numa desculpa razoável!

Tio Ivan deu um sorriso e bem safado disse:

-Não se preocupe com isso minha sobrinha putinha...vc nem vai voltar pra tua casa hj...vc vai dormir na nossa cama...quero te comer a noite inteira...junto com a Carmen! Já pensei numa desculpa bem legal pra isso...vou dizer pra ele que a Carmen passou mal agora a tarde e vai ter que ficar internada em observação no hospital e vc vai passar a noite junto com ela...que tal? RSS.

Sorrindo toda vadia subi na cama e já fui pegando naquele pauzão que já estava quase duro novamente e disse:

-tio...adorei a ideia...to doida pra sentir esse pauzão na minha xoxota de novo...e a tia mamando no meu grelo...quero gozar...muito! RSS.

E isso aconteceu do jeito que o tio Ivan disse e durante aquela noite a orgia rolou com uma intensidade muito louca. Gozei tanto que até achei que ia emagrecer de tanto liquido que saia da minha xoxotinha. Tio Ivan depois que gozou a primeira vez fodeu eu e a “tia” praticamente a noite inteira. Meu grelo de tanto ser sugado pela tarada da “tia” Carmen ficou tão grande que pensei que tinha virado um pintinho de menino. RSS. No outro dia todos acordaram tarde de tão extenuados pelo sexo intenso e selvagem.

O tio Ivan era tão safado que no outro dia a tarde arrumou uma “viagem” para meu maridinho e ele ficou dois dias fora e a sacanagem rolou ininterrupta. Nem acreditei quando tio Ivan socou aquele pauzão grosso no meu cuzinho. Parecia que estava sendo estuprada tendo que aguentar aquela vara enorme na minha bundinha, mas não demorou quase nada pra que sentisse um prazer muito louco e adorei levar pau no cu. “Tia” Carmen já estava acostumada com aquele cavalo em todos os buracos do corpo e se deliciava com tudo.

Eu e “tia” Carmen passamos a ser as fêmeas do insaciável e sádico tio Ivan.

Duas putas masoquistas que adoravam apanhar na cara e levar pau grosso na xoxota e no cuzinho.

Meu maridinho era tão tonto que nem percebia nada do que rolava comigo e eu deixava que tudo continuasse daquele jeito louco e delicioso. RSS.

Outros contos do TETE acessem meu perfil: http://sharoland-nn.ru/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

e-mail: [email protected]

sssssssssssssss55444

Comentários

25/12/2015 23:02:51
EXTRAORDINÁRIO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
26/10/2015 13:10:57
muito bom k bela putaria,
29/03/2015 13:36:34
otimo, gozei,muito
12/02/2015 12:47:30
Maravilhoso fiquei ecitadissima com seu conto parabéns.
13/01/2014 18:55:27
Tete, acabei de ler e estou totalmente melada, gozei muito, pois esta e a experiencia que eu adoro... sou casada com um cara totalmente tarado e que adora me fazer de escrava e puta, e para isso ser bem feito, eu e minha filhota NANI o satisfazemos sempre.Adoro ve-lo fuder o cuzinho de nossa filhinha que adora mamar minha xota e meu grelo... adoro ser puta de meu marido e amante de minha filhota.Continue e leia os meus tambem, tenho certeza de que vais gostar muito.E se quizeres estamos a tua disposição para brincarmos juntinhas.beijos nesta sua bucetinha e dedadas tesudas em seu cuzinho
14/12/2013 22:21:30
Simplesmente 10!
06/12/2013 13:15:23
Ontem após ler o conto foi impossível comentar decentemente sobre o exitante e adorável conto, simplesmente maravilhoso, parabéns
05/12/2013 23:28:38
To molinhaaaaaaaaaaaaaaaaa, dez
10/02/2013 04:06:10
dez
29/01/2013 20:01:19
"Tia" muitoi puta! Show...
07/01/2013 17:49:44
muito bom
07/01/2013 15:55:53
Adoorei seu conto !bjs
07/01/2013 14:44:31
Sua nota é 10, que delicia de conto, muito bem escrito, com todos os detalhes.
07/01/2013 12:36:30
muito bom :) Por favor visite meus contos

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


baixar clip 16 .com porno mulher mini saia no metro mete a mao na calcinha delavideo eróticospapai me ensinando tudoiniciou programa travesti cuzinhoconto papai nao rejeita sua filha tesudaContos eroticos de mae da banho filho com braço e perna quebradaconto de novinha tomando nas coxasloira linda com mastro monstruososexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocaconto de novinha tomando nas coxasLukinhas contos eróticos gaysconto erotico/gay asistindo percy jacksonxvideos cu estalo rompendo as pregras fazendo barulhoAbusada de calça legueDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelestrupo de vuneravel pornoCONTOSPORNO.insetos.nenémporno ela foi faser a unha dele e viu ele de pinto duro fragaconto erotico fiz chantagem e comi o cu da minha maeencoxou a mae na camaporno com novinha goszando na buceta na boca da outrapornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamelacareca contos eroticos de mullheres carecasFazendeiras e seus contos eroticos picantesconto erotico boa noite cinderelacontos eroticos dei a bundinha por balasminha vizinha puta contogta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontos eroticos meu pai fez eu dar pro meu tioConto encoxaram minha mulherbuceta de carla visgando xvideosnovinha de sainha sem calsinha perverssaContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouhistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhermicroempresa vídeo de pornô das coroas empregadascavala centrando na rola grande e achando uma delíciapedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gaysConto porno ui ui ui metemolestando a filhinha inocente....passando a mao na bucetinha de calcibha..esfregando a rola ate gozarincesto lendo no colo do papaicontos peguei a negrinha que gritava chingava e mandava emprurrar ate o taloporno comendo em dois e explodindo cu ea buceta da novinha atéh ela cagarvídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandecontos eróticos minha mãe greludaxvidio confio no amigoxvideo negao no branquinho esfolovideo porno homem velho mamando e puxando e mordendo o peitochupano pau groso na marraxvidio.comvídeos pornô eróticos com pau grande e grosso lindos com a pontinha bem geladinha e bem fofinhocontos eroticos A Dama e o Bruto Abrir filme de sexo caixa de molho tirando a virgindade das moças de 18 anos gostosachegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornoconto de encesto filho 32 de pau quadrinhomorena cavala irresistivel não bater punhetahomenzão da porra xvideo gaycontos eroticos bucetinha apertadamulher derramando enfiando um copo de cachaça na bucetaconto de encesto filho 32 de pau quadrinhodepilando a minha tia gravida contos eroticosvanessinha dias/casadoscontosencoxando sem querer na minha enteada nas ferias vídeos pornô flagraporno conhada nao aquenta atentacao e trai o marido Negao come rapaiz novo e gozou dentro porno abaixarmule butado dei dedo no cucomi egua nova contoesposa caladinha com estocadascontos de sexo depilada na praiaXvideos gay enfiando abobrinha cabeçuda no cumae/chupa pica do filho e engasga pelo narizBaixinhas tesudas d 4porno bofou e ficou agaradocontos eroticos feminizaçao do garotinho maeirma durmindo e irmao enfia pinto na boca delawww delexvidio comGta brut mulher nuaseduzida por um estranho contos pornoquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosFazendeiras e seus contos eroticos picantesninfetinha de saia comprida provoca dog zoofiliameu padrasto me comeu e minha mãe participoucontos de calcinhas da tiax vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadoporno novinha no malabarismo com duas rolas