Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

DANDO E TELEFONANDO

Autor: quiquinha 12
Categoria: Heterossexual
Data: 17/03/2013 22:12:40
Última revisão: 08/02/2017 21:49:08
Nota 9.60

Na outra cidade, meu traje caseiro era um calção, sem nada por baixo. Ao me mudar, acabei adotando o que eu dissera a Rogério ser meu costume. Com exceção “daqueles dias”, eu uso, junto com a blusa, apenas saia, normalmente folgada e não muito curta, para poder circular por outras partes da residência sem dar na vista. Assim aguardei o professor de Matemática, que me ligara às oito e meia.

— Estou livre hoje. Quer aula?

— Aula eu não quero, mas também estou livre.

Livre, porém presa das tentações da carne. Era quarta-feira. Sozinha em casa, escrevendo e excitando-me com as recordações, recebi com alívio sua ligação e posterior visita, meia hora depois, quando, fechando a porta, ele depositou na mesa a chave de um carro recém-adquirido.

— Tem película? — perguntei.

— Tem.

Recordando os orgasmos deliciosos no carro do supervisor da antiga escola, eu lhe disse sem rodeios:

— Tô a fim de chupar uma pica.

Ao dizer “uma pica”, em vez de “tua pica”, eu deixava claro que a dele não gozava (ops!) de nenhum privilégio especial. Era apenas uma entre as demais que eu tinha intenção de selecionar para o meu prazer.

— Gostou, hem! — alegrou-se ele.

Gostar de pica, na verdade, eu não gosto. Porque não tem sabor e está ligada a um corpo que não me inspira carinho nem, muito menos, beijos. O que me atrai no pênis não é a aparência (embora considere alguns bonitos); o que me atrai, nesse apêndice, são as sensações que ele me proporciona. A principal delas é quando eu o ponho inteiro na boca, o que só é possível quando não se trata de um membro avantajado. “Que gostoooso.” Outra sensação gostosa, que me faz cócegas no clitóris, é quando eu titilo com a língua a parte inferior da glande. “Que delícia.” Mas nenhuma sensação é melhor do que a mamada, que é o ato de deixar na boca uma parte confortável do pênis e sugá-lo como se fosse uma mamadeira.

Principalmente de manhã.

Deitada entre as pernas do meu professor de Matemática da oitava série, eu mamei em seu pênis num ritmo constante, escutando seus gemidos e sentindo nossa excitação aumentar exponencialmente. Não demorou muito, o orgasmo veio como faíscas elétricas ao redor do clitóris enquanto eu bebia seu esperma como um brinde ao prazer.

Prazer que se iria repetir, de outra forma, e que foi anunciado pelo toque de mensagem do celular. Um número desconhecido pedia que eu ligasse.

Liguei; dava ocupado. Enquanto eu fazia outras tentativas, Rogério de pôs a lamber minha boceta.

— Humm... como está gostosa...

— Chupa o pinguelinho, professor...

As sensações de sua língua movendo-se ao redor do grelinho me deixaram mole. Mole, eu me deixei virar de bruços, mole falei quando, enfim, a ligação se concretizou:

— Alôôô...

Era Camila. Vendo, pelo espelho, que Rogério passava no pau novamente duro o creme lubrificante que precavidamente trouxera no bolso da bermuda, escutei as palavras de Camila, entrecortadas de indecisão. Eram desculpas por me incomodar, vergonha por me ligar, coragem por se revelar.

— Aiiii!

— O que foi?! — alarmou-se Camila.

— Nada — gemi. — É a cabeça.

A cabeça do pau. Mas meu gemido não era de dor. Relaxado, meu anelzinho ofereceu pouca resistência à glande — na verdade, nenhuma. E o pau de Rogério entrou redondinho, devagar e sempre, até seu púbis ficar colado às minhas nádegas.

— Abre as pernas que passa — brincou Camila.

— Já pa-pa-passou — gaguejei sentindo espalharem-se por meu corpo as sensações provenientes do pau de Rogério, latejando dentro de mim, imóvel, prolongando o prazer e a satisfação de enrabar a aluninha.

— Então? — instou Camila.

Ela queria um encontro. Mas, naquele momento, eu não tinha o que dizer. Não queria falar. Só queria gemer de prazer. Levitando em ondas voluptuosas, interrompi a ligação e, com as duas mãos, abri as nádegas, para que o pau entrasse mais um pouco. O pouco que faz a diferença.

— Tá gostando de dar o cuzinho?

Eu não precisava responder. Minha satisfação era evidente, nos curtos ais, no ronronar, nos suspiros que eu emitia remexendo levemente a bunda. Foi um prazer prolongado, envolvente, com pequenas variações de intensidade que me estremeciam o corpo enquanto o pau de Rogério se movia lentamente dentro de mim, num ritmo que recordava a canção “Je t’aime”. Eu não precisava responder.

Mas respondi:

— Que gostooooso... ai, como é bom... aiiiiii...

E mais gostoso ficou quando, mudando o ritmo da penetração, Rogério se pôs a dar estocadas que faziam seu pau quase escapar, para depois retornar, afundando sua rigidez na maciez do meu ânus. Aí foi ai! ai! ai! de ambas as partes até que seu sêmen jorrou em meu reto, que captou e direcionou suas sensações para o meu clitóris. Foi o segundo orgasmo de um dia de muitos.

[Leia os relatos anteriores.]Leia meus livros (assinados por L. Martins):

http://clubedeautores.com.br/books/search?utf8=%E2%9C%93&where=books&what=%C3%A9rika+12&sort=&topic_id=

Comentários

29/11/2014 01:30:39
Bom demais!
14/07/2014 12:13:37
Erika, sempre leio seus contos. Entre na nossa comunidade do facebook para escritores eróticos da internet. http://facebook.com/#!/groups/escritoreseroticosbrasil/ seria um prazer ver vc por lá!
08/07/2014 00:34:40
Uma delícia ler seu conto pela primeira vez. Claro que continuarei com todos os demais que você postou. Muito bem escrito, com certeza. Isso eu soube com a antecedência que seu douto comentário ao conto que recebi e postei me suscitou. Só não comentarei sobre suas considerações por não ter sido eu o autor. Mas, voltando ao seu conto, pelo que li, deu-me uma vontade imensa de conhecê-la, mesmo não sabendo a cidade em que você mora. De qualquer forma adoraria ser lembrado por você. Nota máxima para seu conto, naturalmente. Um beijão do Val. [email protected]
08/03/2014 15:48:49
08/03/2014 15:47:08
gostei!
22/01/2014 13:25:49
show de bola ! leia os meus tbm, tem um recenteBjos !
17/01/2014 19:50:14
Quiquinha, já tive vontade de fazer isso. De ligar para uma amiga, enquanto estivesse dando. Ainda não tive a oportunidade ou coragem para tanto, mas ainda vou fazer. Deve ser excitante. Outra coisa: além de ter aulas-extras com o professor de matemática, já deve ter tido alguma intimidade maior com o de português também, não. Seu conto é uma aula divertida sobre a diferença entre se usar um artigo indefinido ou um pronome possessivo. Pena que minha gramática não tem exemplos tão bons: "Ao dizer “uma pica”, em vez de “tua pica”, eu deixava claro que a dele não gozava (ops!) de nenhum privilégio especial."
13/01/2014 15:52:28
Otimo
12/01/2014 14:33:39
Oi eu nao conseguir encontrar seu blog,Mande o link para o meu email assim ficara mais pratico terei imenso prazer de colocar o link em um dos meus blogs .Obrigado
12/01/2014 12:35:23
Muito bom!!! Dê uma olhada nos meus, comecei a escrever agora...rs.
22/12/2013 20:53:05
Gozou pelo cu sem tocar punheta? Parabéns, seu cu é realmente muito sensível.
15/11/2013 13:56:49
Parabens, drmenage.blogspot.com.br
19/03/2013 15:22:56
Muito bom... Bastante excitante... Parabéns
18/03/2013 22:00:59
Que delicia de conto. Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto, Sua estória nos deu muito tesão. Também temos um conto publicado aqui. titulo é "A procura de um amante". Temos um blog que fala muito de sexo e de nossas aventuras, o endereço é rubiaebeto.comunidades.net Parabens pelo seu conto. Beijos molhadinhos...
18/03/2013 06:59:47
18/03/2013 06:59:44
adoro os seus contos, muito excitante, me add [email protected]
17/03/2013 23:47:16
Já li o livro. É o máximo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


conto pornpai comendo filha e a sobrinhaCrossdress de vestidinho tubinhohttp://esposas perdendo a virgindade com seus maridos: contos eróticosconto porno gay. bullyingconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosMulher auto e gosano gostosodespidida de solteiro e muito sexorevesando no cu da gravida pornotrabalhadora chote curto pornogustavo de carinha de anjo trepanozoofilia morena dos desejos anunciocontossou safado como minha maesou casada mas sinto vontade de meter com um negao pissudocontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostamaoate ganaxvidio casada chupano o amigo do filho escondidoquero zap d travest d itaquecetubaconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudacontos eroticos dei minha buceta pro meu padrasto vingançaconto erotico gay branco dominador gosta de maltratar viado pretoconto erótico gaay sonbra de gaelfilha pega mae fodeno com 40cm de rolamas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?FOTOS CONTOS DE SEXO DE UM JARDINEIRO PIROCUDO COM SENHORAS CASADASCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on lineprensada no colchão pornMulheres espetaculares de pernas abertas lindas atrizes pornos gostosas nao acredito que estou pesquisando issoisso papai soca fundocontos eroticos nunca pencei disperta tesao en outro homem com minha bundadepilando a minha tia gravida contos eroticosxsvideo de porno itiada fudeno com padrastovideo da minha jeba arrombando o padrecoContos eroticos anal de ipatinga mgmarido corno procura homem para esposa puta em porto alegremetendo na salgadeira bundudaas penujinhas do pornocarolzinha santos e suas amigas trepano no churrascoContos tetas bicudas e sem sutiãbuctao tod c gazandcontos de sexo depilando a sogravideos gay pissing dominação humilhaçãoFotos d negao fudeno cazadamarisa chupando meu paufoto de cafuçu com pau enorme de grosso e cabeçudosexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abriTurbo negro contos gays.cavala centrando na rola grande e achando uma delíciafiquei sozinha em casa com meu padrasto não resiste aquele pauzão enorme xvideos.com mobilegostosinha abrir a bundinha para o negão para o rapnovinha gostosa tira roupa oro cunhadoContoeroticonovinhosafadoTopes fotos de menianas dormindo de shortinho atololado e com um penis fincado no meiofei a buceta pro meu primo mais novo contos eroticosdoce nanda parte cinco contos eroticossexo com maria mulambo fodabundas maciinhasporno bofou e ficou agaradofui encoxada neste carnaval 2017 contodois dotado fetendo com forca e tirando sangue da bucetinha da moleca assanhadadengosa do maridinhovideo porno amigo do meu marido me comeu e fingi que n percebixvidio mulher com dedo na buceta chamando jairoporno.com corninho faz surpresa pra sua gostosa deixando um jumento encher sua buceta de porraimcesto com meu papai que pica enormepapaigozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasCoroa pelada trazia com marido estupra ela não reclama de nada ela ficavirgem relatos de zoofiliaminha irma deixou um bigodinho na xana so pra fuder comigogordinleitorcontos de gozadas nas bundas grande de coroasporn xxx mulher paga divida e corno vendo ela chorar de dorvídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosabelo sexo dormindo de conchinha com a titianovinha olha u padrasto pelado .e bati um sirirecaporno xxvideos meninas sentodo o cu em cima do pau mostando a bucetacontos de incesto sogramenina mãeporno da parra doi caraCONTOS SEXO NO COLOencoxada casa dos contosvideo de porou dirano vigidade da namorada vedtidosou mulher vou confesa que que dormia com meu primo e dei pra ele quando senti que ele tava de pau duro e eu logo mi exciteicontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaoentre uma foda e outra minha esposa beijando acariciando seu machoestorei a travesti safada contocontos de sexo depilando a sograporn bumbum peito enpinadinhos de mae filhacontos eróticos putas da ruadopou a mãe c. eroticoempresários do pau grande transando com homens mais lindo do mundo e musculosos e gostosos na pisina mete o pau grande que sai sangue misturado com gala gostosasnegao metendo em colatinaPornô homem músculosó fodendoler conto erotico meu delegadovideo de sexo esposa convida o amigos para fasa uma tripla penetracao ao mesmo tempo na buceta da putataradajuju fudedo