Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

AMIGOS DE FODA - NOVO MEMBRO - Part 4

Autor: DECO
Categoria: Homossexual
Data: 25/04/2013 01:38:12
Nota 9.29
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá novamente!

LEIAM POR FAVOR OS CONTOS ANTERIORES E SE INTERE COM OS ACONTECIMENTOS! VALEU!!

Continuando a minha sequência de contos com meus amigos. Nossa amizade tem ficado cada vez mais forte e estamos mais próximos do que antes. Eu os tenho como amigos e amantes. Continuo sendo a “puta” desses caras, não há uma oportunidade em que estejamos sós que eles não se aproveitam de mim, mesmo que seja apenas uma punheta, uma chupeta ou até a putaria completa! Eu adoro! Depois de tudo que fazemos o que eu quero quando estamos juntos é sexo! Somos pervertidos, posso estar com um deles ou com todos, qualquer lugar, qualquer situação, se há possibilidade de fazer algo, é feito! Houve um momento em que estávamos patinando no parque da cidade, estava anoitecendo, nos metemos no meio do matagal e os chupei lá mesmo, gozaram, engoli, gozei, levantamos e voltamos a patinar. É sempre bom! Dentro do ônibus com Bruno, estávamos sentados no fundo do ônibus, colocamos nossas mochilas no colo, levei minha mão pro cacete dele e ainda sob a calça alisava seu pau até q ele gozou, na casa dele ele tirou a cueca melada e me fez lamber tudo, claro que depois desse fogo todo ele me comeu.

Enfim... O que vou relatar hoje é algo interessante mas que ao mesmo tempo me deixou meio puto. Nos reunimos na casa do Marcos, como de costume pras orgias, estávamos nós quatro por lá, estava com meu cuzinho louco pra dar pra eles e fazer mais DPs (que eu particularmente virei fã – adoro 2 cacetes ao mesmo tempo no meu rabo, gozo feito louco), naquele dia tinha feito a chuca, aparado os meus pentelhos da frente e atrás... Marcos estava com uma bermuda jeans e sem camisa, muito excitante ver os pelos do peito dele, juntamente com os poucos do abdome que desciam até o cacete delicia que ele tem, Bruno com uma regata branca valorizando o corpo perfeito que tem, junto com uma bermuda, Felipe estava com uma babylook e um shorts verde tão curto que dava pra ver nitidamente o pau dele sendo torado pelo shorts, e todos nós sem cueca, coincidentemente.

Meus machos estavam uma delícia, sentei ao lado do Felipe e coloquei uma perna minha sobre a coxa dele, ele levou o braço nos meus ombros e afagava meus cabelos, enquanto eu alisava suavemente seu pau sob o shorts que ia endurecendo aos poucos. Bruno virou de costas e abaixou a bermuda me mostrando a bunda bronzeada e como ele tinha aparado os pentelhos, passei a mão na bunda dele e depois no saco, comentei “GRACINHA! QUE COR VOCÊ PEGOU HEIN... O SACO LISINHO... DO JEITO QUE EU GOSTO HAHAHA”, “ENTAO DA UMA BITOQUINHA DELE! HEHE” disse ele. Me inclinei, levantei o pau dele e dei um beijinho. Ele ergueu a bermuda e se sentou de frente pra nós. Já tinha se tornado uma situação tão natural pra nós que nem nos atinávamos no que estávamos fazendo.

Marcos andava de um lado pro outro. “PUTINHAS... VAMOS BATER A REAL COM O DÉ?” disse ele. “COMO É?! O QUE VOCÊS QUEREM FALAR?” fiquei desconfiado e até parei de acariciar o membro do Felipe. “ENTÃO DÉ... VOCÊ SABE QUE A GENTE TE CURTE PRA CARALHO E ADORA METER NO SEU RABINHO. MAS É QUE NÓS ESTAVAMOS PENSANDO E TER UM OUTRO CUZINHO PRA METER!” disse Marcos com um sorrisinho sem graça na cara. “MAS COM ASSIM?! O QUE A GENTE FAZ É TUDO NO SIGILO, NA MAIOR DISCRIÇÃO E VOCÊS QUEREM OUTRO CARA? MAIS GENTE SABE DE NÓS? VOCÊS COMENTARAM COM ALGUÉM? SE ISSO VAZA EU TO LASCADO!!!” eu falei com cara de preocupação. “SÓ TEM VOCÊ AQUI QUE TÁ DISPOSTO A DAR PRA GENTE E DÁ MUITO BEM, E NINGUEM MAIS, ENTRE NÓS, QUER SABER DE DAR!” falou o Felipe. “VOCÊS NÃO SABEM O QUE TÃO PERDENDO... É MUITO GOSTOSO!”. “A GENTE FAZ IDEIA, MAS É QUE NOSSO NEGOCIO É METER!” falou o Bruno. Fique sério e chateado e disse: “TÁ... E DE QUEM É ESSE OUTRO CU QUE VOCÊS VÃO METER?”. Marcos estava sentado no sofá e se inclinou apoiando os cotovelos nas pernas, “ENTÃO... NO TRAMPO TENHO UM AMIGO POR LA QUE ACABOU SOLTANDO QUE O GAROTO DO SUPORTE TINHA PAGADO UMA GULOSA PRA ELE. EU ACHEI QUE ELE TINHA FALADO ZOANDO... E NOUTRO DIA ELE VEIO ME CONTAR QUE ACABOU COMENDO ELE NUMA RESENHA COM O PESSOAL DA FIRMA, QUANDO EU AINDA NEM ERA CHEGADO DELES. ENTREI MAIS EM DETALHES E COMO PRA ELE TANTO FAZ... COMENTOU TUDO, SE ELE SOUBESSE DA NOSSA AMIZADE COLORIDA... HAHAH” interrompi ele dizendo “VOCÊ DEVERIA CONTAR PRA ELE... ASSIM É UM PAU DIFERENTE QUE EU PODERIA DAR!”. “HAHAHA QUE ISSO MEU GATO... QUEM SABE?” – piscou um olho pra mim e continuou – “ELE ME FALOU QUE SE EU QUISESSE METER NO CARA TAMBÉM ERA SÓ INVENTAR UMA DESCULPA QUALQUER PRA FICAR SOZINHO COM ELE E PROVOCAR, QUE ELE DARIA FACIL! HAHA”. “E COMO É ESSE CARA?” perguntou Bruno. Já fiquei enciumado por ele estar interessado no outro cara. “EU CONVERSEI COM ELE E PEDI PRA ELE DAR UMA CHEGADA AQUI EM CASA PRA CHECAR MEU MICRO, ACHO QUE ELE SACOU MEU INTERESSE, PORQUE RIU E SE DISPÔS QUASE QUE DE IMEDIATO. ELE É UM CARA TIPO VOCÊ, DÉ... UM POUCO MAIS ENCORPADO, TEM UMA BUNDA GRANDE PELO QUE PUDE OBSERVAR PELO UNIFORME!”. “QUANDO É QUE ESSE VIADO CHEGA? PRA EU IR EMBORA E DEIXAR VOCÊS APROVEITANDO A CARNE FRESCA...” falei com descaso e griladão! “NÃO FIIII ELE CHEGA LÁ PELAS 7pm QUANDO EU COMBINEI E EU QUERIA QUE VOCÊ FICASSE TAMBÉM... IAMOS FAZER UMA ORGIA BEM CALIENTE AQUI!... FICA?”. Como eu já tinha me preparado todo pra tomar no cu naquela noite, concordei em ficar, mas fiquei de cara amarrada por lá, mexendo no celular e vendo tv enquanto aguardávamos o viado chegar.

Bruno olhou na minha cara emburrada e veio até mim “OHHH MEU GATINHO... FICA ASSIM NÃO... PRA QUE ESSA CARA?”. Os vadios começaram a pular encima de mim fazendo gracinha pra eu melhorar o humor. Pularam, fizeram um montinho e ficaram me dando beijinhos e fazendo cócegas “FICA TISTE NÃO...” “RELAXA E GOZA MEU PUTINHO”. “NOS TE AMAMOS! VOCÊ NOS MAMA? DIGO, AMA? AMA? NOS MAMA?”. “SAI DE CIMA DE MIM SEUS FI DE JUMENTO!!!” De fato fizeram meu humor mudar. Comecei a rir deles... e fiz uma pergunta “COMO É QUE VAI SER? VOCÊS ME COMEM... GOZAM DENTRO, GOZAM NA MINHA BOCA, BEBEM DA MINHA PORRA... TUDO SEM CAMISINHA! E COMO VAI SER COM ESSE CARA?”. “ENTÃO! PRA CONTINUAR TE GARANTINDO UM LEITE PURO E DE 1ª QUALIDADE, VAMOS TER QUE USAR CAPA COM ELE.”

Lá pelas 6:30pm o interfone toca. “O VIADO DEVE TA COM O CU DANDO BOTE! CHEGOU ATÉ CEDO...” falei com desdém. Marcos chegou a desabotoar a bermuda deixando presa pelo zíper e com os pentelhos deliciosamente semi-expostos e foi atender.

Quando ele entrou pela porta e logo atrás veio o guri, meu cu até piscou! Achei o cara um tesãozinho, cara de nerd, óculos, branquinho e cabelos pretos curto, com um sorriso lindo e belos braços que a camisa polo apertava e o deixava bem gato, PENA QUE É PASSIVA – pensei triste. “RAFAEL, CHEGA MAIS... ESSES SÃO MEUS AMIGOS, BRUNO AQUI, FELIPE ALI E DÉ, ANDRE, A DIRETA...”. “OPA! BLZ? PRAZER!”. Em conjunto dizemos “O PRAZER É NOSSO!” e rimos depois. “ENTÃO MARCOS... CADE O MICRO?” disse o Rafael. “ALI NO MEU QUARTO... CHEGA AE... O PC TA LENTO PRA CARALHO E QUASE NÃO CONSIGO FAZER NADA COM ELE!”. Felipe levantou e foi indo atrás deles, eu e Bruno fomos atrás. “É O TANTO DE PORNO QUE VOCÊ TEM! TINHA QUE DELETAR UM POUCO! HAHAHA É MUITO PORNÔ E FOTO HAHA”. “QUE QUE TEM? NAQUELE MOMENTO DE SECA... SEM NINGUEM PRA DAR UMA É O PORNO QUE AJUDA NA PUNHETINHA NÉ NÃO RAFAEL?”. “CÊS TÃO DEIXANDO O CARA SEM GRAÇA.” Falei. Ele apenas riu, realmente sem graça. Marcos voltou a provocar o cara. “É A PUNHETA QUE AJUDA NA FALTA UAI... QUANDO EU TO NO TESÃO E VOCÊS NÃO TÃO AQUI PRA ME ALIVAR... EU TOCO UMA VENDO ELES MESMO! E TENHO CERTEZA QUE ISSO NÃO INFLUÊNCIA NO PC!”. Como eu já tava puto mesmo, falei “COMO NÃO? QUANDO VOCÊ QUER GOZAR TU ME CHAMA E EU VENHO CORRENDO TE AJUDAR NESSE PROBLEMA!” Ele me deu um apertão na bunda e fui saindo do quarto quando o Bruno solta... “SE ESSA BUNDA FALASSE... HAHAHA”. Quando voltei pro quarto o cara estava mexendo no PC e tão vermelho... imaginei que fosse pela vergonha e a cada sacanagem que eles falavam o cara ficava cada vez mais vermelho e pigarreava. Eu ria da situação... queria ver como eles iam fazer pra ele abrir a bunda pra eles.

Marcos chegou atrás dele e foi massageando os ombros dele, ele meio que regalou os olhos deu aquela arrumada nos óculos e pigarreou. “ENTÃO RAFAEL? CONSEGUE VER QUAL O PROBLEMA DESSA MINHA CARROÇA?” Ele virou pra trás e disse “CARA... SEU PC TA MELHOR QUE O MEU! NÃO CONSEGUI VER NADA DE ERRADO COM ELE!” – de fato era balela. Falei “ACHO QUE ELE TE CHAMOU AQUI PRA OUTRA COISA...”, bem direto ele levanta e fala “ENTÃO NÃO PRECISAVA DE FAZER CENA, ERA SÓ IR DIRETO AO PONTO!” Nisso Marcos arregalou os olhos e disse “PENSEI QUE VOCÊ FOSSE MAIS ACANHADO.” Ele virou o rosto e de encontro ao Marcos lhe travou um beijo. Arregalamos os olhos e observamos, eles ficaram frente a frente se beijando enquanto aos mãos do Marcos percorriam dos ombros até a bunda dele. Queira logo ver esse cara pelado, parecia muito gostoso. O pau do Felipe armou pelo shorts, Bruno me abraçou por trás e sentia seu pau enrijecendo, fui rebolando pra agilizar o processo. Nos excitamos apenas os observando. Felipe se meteu entre os dois e começou um beijo triplo as línguas passando de um lábio pro outro, cruzando entre eles. Levei minha mão pra trás e comecei a acariciar o cacete do Bruno que gemia no meu ouvido.

O Rafael foi logo tirando a camisa e meu cu piscou profundamente ao ver o quanto ele era gostoso. Cheguei até a desejar mais ele do que o meu ídolo, Bruno, o cara tinha uns mamilos rosados e um peito bem definido com um abdome branquinho e lisinho. “TO LOUCO PRA COMER ESSE CARA” sussurrou Bruno. Belisquei o pau dele. “AUUU HAHA”

Felipe foi tirando a babylook e abaixando o shorts, seu pau deu uma estilingada que chegou a bater na sua barriga, Marcos seguiu a linha e abaixou a bermuda. Rafael no mesmo instante foi tirando o tênis e desabotoando a calça jeans e descendo. Sua cueca era uma box branca muito da bonita, cueca bacana haha, as mãos de Marcos e Felipe começaram a alisar o corpão do cara do peito ao caralho de cueca a também a sua bunda. As mãos dele começaram a punhetá-los.

O beijo ainda rolava e decidi tirar minha roupa também, fui tirando a roupa do Bruno em seguida, parti a explorar o corpo dele com minha língua, ainda que de rabo de olho os observava. Realmente ia ser a nossa melhor experiência.

Rafael tirou a cueca e jogou pro lado, eu queria dar aquela cheirada, mas deixei pra lá. As mãos dos meninos começaram a alisar o pau duro dele, do saco à cabeça. Não falávamos nada, simplesmente. Ele empurrou Marcos e Felipe contra a parede. Foi beijando e lambendo corpo a corpo até chegar nos paus deles que estavam cabeça com cabeça, pulsando pra serem chupados.

Levantei e arrastei Bruno pro trio. Eles se uniram de braços pelos ombros e rolas cruzando como um duelo de espadas. Me ajoelhei junto de Rafael e nos beijamos ali, com os cacetes babando em nossas bochechas e um limpava o outro com a língua, em seguida ao beijo abocanhávamos as rolas que tínhamos a disposição, dividindo uma única rola onde nossas línguas se entrelaçavam no entorno do pau do Felipe. E ficamos assim um certo tempo de pau em pau, chupando, lambendo os sacos e os pentelhos, nos beijando. Marcos anunciou que queria gozar. “AHHH QUE TESAO CARA... EU VOU GOZAR... HMMMM AHH CHUPA DELICIA QUE EU VOU EXPLODIR.... AHHHHHHH” e gozou no rosto do Rafael e ficou de olhos fechados recebendo os jatos fartos de porra que o Marcos liberava, ele não abriu a boca e não engoliu nada. Antes que ele tentasse limpar eu fui com a língua e limpei todo e qualquer vestígio de porra que o meu macho tinha liberado na cara dele. Em seguida veio Felipe e foi despejando a gala no peito do Rafael (Ele era o novo alvo dos caras... Ok... eu relevo!) “GOZA FELIPE, GOZA NO PEITO DESSE PUTO... JOGA SUA PORRA QUE EU VOU LAMBER TUDO VAI...”. “AHHMMM NOSSA.... AHHHHH CARALHO MEU QUE TESAO... HMMMM” foram uns 7 jatos no peito dele que escorriam até o umbigo dele. Eu lambi mais uma vez, não dispenso. Rafael buscava com os dedos e colocava na minha boca. “É VOCE AGORA?“ perguntou Rafael ao Bruno. “ENTÃO ME CHUPA QUE EU GOZO. ME CHUPA SEU PUTO GOSTOSO”. Bruno o virou o colocando agachado e de costas pra parede e começou a fuder a boca do cara, que teve o trabalho de apenas a deixar aberta, pro MEU MACHO, a fuder. Pouco tempo depois ele já tira o pau da boca dele e em uma punheta violenta, esporra A MINHA PORRA, na cara dele, uma porra farta e saborosa, que eu, como maior apreciador a conhece bem. Dessa vez eu lambi até onde pude, já que a esporrada foi até no cabelo do guri.

“AGORA É MINHA VEZ DE GOZAR!” disse Rafael. Eu o levantei, e arrastei até a sala e o joguei no sofá. Me ajoelhei e pude observar que ele é um desperdício como passivo. Um pau relativamente grande, 17 ou 18cm e muito lindo! Um cuzinho lisinho e rosado, fiz o meu boquete e também chupava seu cuzinho quando erguia suas pernas. Não demorou muito pra ele gozar. “HMMM AHHHH” mordeu os lábios tirou o pau da minha boca e gozou na barriga. Eu me levantei e punhetei gozando também na sua barriga.

Os meus machos que estavam nos observando aplaudiram e sugeriram uma ducha. Disse Marcos “QUE TAL UM BANHO PRA TIRAR O SUOR E A PORRA PRA PARTIMOS PRA SEGUNDA RODADA?”

Rafael me olhou e rimos um pro outro. Dei a mão pra ele e o puxei, ajudando a ficar em pé.

“CARAS... O QUE QUE FOI ISSO? HAHAHA VOCÊS SÃO FODA! QUERIA EU OS TER CONHECIDO HÁ MAIS TEMPO!” Disse ele.

“HEHEHE BEM VINDO AO CLUBE! ESSES SÃOS MEUS MACHOS ATIVAÇOS E EU SOU O MACHO QUE OS FAZ GOZAR!” Disse a ele pra deixar claro como funcionava ali. Hehe

“PASSIVO?” ele me perguntou.

“COM ELES SEMPRE FUI. MAS GOSTARIA DE MAIS...” respondi.

“QUE BOM... EU SOU VERSÁTIL, ACHO QUE POSSO TE AJUDAR NESSE PONTO. VOCE ME AJUDA, EU TE AJUDO E NOS AJUDAMOS ELES! HEHEHE” ele comenta.

Meus olhos até brilharam em pensar que eu poderia dar pra esse cara e também meter naquela bunda. “AHHH MAS QUE ÓTIMA NOTICIA! HAHA VALEU MARCOS!” e pisquei pra ele, Marcos.

“ENTÃO... DE NADA MEU PUTO... VAMOS PRO BANHO?

O resto eu logo postarei!

COMENTEM! ABRAÇOS!

Comentários

08/07/2013 06:46:41
Parabens
26/04/2013 02:59:44
Muito bom. Também pensei que tinha desistido de postar.
25/04/2013 19:48:26
Ja tinha lido os tres anteriores. Pensei que tivesse encerrado o conto. Mas voltou, e com novidade. Pra mim era isso que faltava. Esse lance de só dar ou só comer não vale pra mim. Esse troca troca que me deixa alucinado numa foda entre machos
25/04/2013 19:21:11
Parabens, http://drmenage.blogspot.com.br/

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


contos eroticos titias putas sobrinhos roludosContos eroticos fui estuprado por travesti do pau grande e cabesudo veterinaria zoofilia conto eroticonó do cachorro incha zoofilia dicasela rebolando no meu pau ate goza falando q ta doendo no cutarados fazendo gang gang coletivo com esposa puta italiana do cornopornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamcontos eroticos padrastro levantou minha saiacontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo aprendendo a ser puta no tapa/contosconto erotico pedreiro maurocontos de fio terra e straponconto erotico luciene crentepaola olivera de xote curto pornocontos eróticos surpenatural incestocontos eroticos de damon salvatorexexeca mais gtz e peludinhaconto erotico a menina crente classicosexo torrido e desejovir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sogravideo macjo goza na teta da mulher e corno lambeespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delaXvideo mobile Filha tem buceta piluvelhopintudocontosbomtuda pornocontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladaContos eroticos gay o engraxatenovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornovideos insinando ademorar a gozar batendo punhetamamaezinha como vc é taradachantageei e comi minha avo contomae e filha adoram q irmao gose dentro seus cuvideos porno cuzao levando pauzao da cabeca enorme chapéu cogumeloporno contos morando na casa do sogro bravohistorias eroticas perdi minha virgindade anal e vaginaldoce nanda parte cinco contos eroticosxsvideo de porno casero itiada fudeno com padrasto armadoconto erotico molestada usando leggingVer garotos com 16 cm de picacontos eróticos curtosde gay dando o cu pro cachorrãolek que gosta de chupar pautrai o meu maridocontos eroticos gaysogronovinha de sainha sem calsinha perverssagostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticosdepravadacaopassando a mao no decote e chupando os peitossou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoseu qeuro vidio di sexovideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragia[email protected]conto erotico flagrei meu irmao comendo mamaepornor doido homem batendo poleta na varandaconto erotico esposa liberadaThaiana xvideos sabiapicas monstruosas gozando nas tripascomo daesem doer a bucetaminha mae ficou furiosa conto incestofilmes porno no calor do buraco estreitocaderante. rabudas de. porto alegrecomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1° contosfotos de pau duro cabeçudoCONTOS GAYS ACABEI DANDO O CU PRO MEU INIMIGOcontos vi minha mae caga no pauzao do negaocontos eriticos minha sogra levo ninha rola grandeIniciando uma bixinhaFotos de mocinha empinando o cu para o negao de pau mandigonegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhogta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacontos de novinhas iniciada na webContos eróticos de incesto com fotos de mulheres peluda e comadrescontos filha no barco c amiguinhaperuas ricas viuvas safadascontos eroticos casadas arrombadas por pauzudos super grossos e 25 cmNo motel eu fudi a buceta e o cu virgem da minha sogra conto eroticoflagrei meu irmao comendo nossa mãevideo porno com Malumande