Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Minha mãe bebada na festa

Autor: José
Categoria: Grupal
Data: 11/04/2013 00:57:33
Nota 9.75
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é José. Conheci esse site há pouco e lembrei de uma coisa que aconteceu na minha família e que me marcou. Eu era bem moleque e teve um churrasco de fim de ano organizado pela metalúrgica que meu pai trabalhava. Eu lembro que meu pai não queria que a gente (eu e minha mãe) fosse. Ele dizia que a festa era mais pro pessoal da firma, que as famílias dos outros funcionários não costumavam ir e que só tinha bebida e jogo. Mas minha mãe – seu nome é Elisabete – insistiu muito em ir e minha mãe é de opinião, quando quer uma coisa ninguém a faz desistir. Perguntou se meu pai tinha vergonha de nós, ou então se ele ia fazer alguma coisa de errado na festa, por isso não nos queria por perto. Eles começaram uma discussão. Meu pai por fim aceitou nos levar. A festa foi num sítio no interior de SP. Chegando lá, minha mãe viu que meu pai tinha razão, só havia uma ou duas senhoras já de idade na festa. E não tinha crianças. O resto era só homem jogando bola e sinuca. E tinha litros e litros de cerveja, vinho, uísque e na brasa era carne, asinha de frango, lingüiça etc. Caipirinha sem miséria. Chegamos umas 13:00 hs e com o tempo eu fui ficando entediado, não tinha nada pra eu fazer ali. Fazia um dia muito quente e ensolarado, minha mãe tinha ido de biquíni por baixo da roupa e resolveu tomar sol, só de biquíni. Foi aí que começou a merda. Meu pai enlouqueceu quando viu minha mãe quase pelada, com o biquíni enfiado na bunda, na frente dos colegas de firma. O tempo fechou. Meu pai pegou minha mãe pelo braço e ia levando ela pro carro, dizendo pra ela vestir uma roupa. Ele disse que sabia que ela não deveria ter ido na festa. Isso foi a gota d’agua. Minha mãe virou um bicho. A briga foi muito feia. Depois disso minha mãe ficou isolada de um lado e meu pai de outro lado. Minha mãe resolveu vestir um short em cima do biquíni. O pior que os dois começaram a beber, beber sem parar. Alias todo mundo estava bebendo e comendo sem parar. Já era umas 17:30 hs e colocaram um forró pro pessoal bailar. Um cara chegou em minha mãe e puxou ela pra dançar. Ela já tinha esquecido que eu estava ali de tão bêbada que tava. Minha mãe não é muito de beber e só bebeu nesse dia porque brigou com meu pai. Eles começaram a se esfregar no meio do salão de festas e o shortinho da minha mãe era pior do que o biquíni. Muito curto e justo. Ela tava com as coxas e as popas toda de fora. E ela ficava rebolando sensualmente no salão. Os outros caras chegaram no salão pra ver o show. Eu nem reconhecia minha mãe. Eu fiquei assistindo pela janela do salão, era um garoto, mas já sabia o que era uma mulher gostosa. E minha mãe era bonita e a única na festa. O cara que dançava com ela a agarrou por trás e ficou encoxando. A pegou pela cintura e ficou esfregando o pau na bunda dela. Ouvi alguém cochichar: Olha só, é a mulher do João... que puta... E minha mãe não largava uma latinha de cerveja. Aí juntou mais uns caras e começaram a dançar. O salão tava meio escuro, mas eu vi quando meteram a mão na bunda de minha mãe.

Foi aí que lembrei de meu pai. Fui procurá-lo e ele tava dentro do carro, bêbado feito um gambá. Eu nem consegui acordá-lo de tão bêbado. Voltei para o salão e fiquei chocado com o que vi. Tinha uns cinco caras em cima de minha mãe. Um pegava nos peitos, o outro passava a mão na bunda, outro na buceta, o outro beijava na boca. Eu só ouvia minha mãe dando risada. Eles a carregaram até um sofá, no canto do salão. Tava todo mundo muito chapado na cachaça. Um dos caras era o gerente da metalúrgica, acho que foi ele que enfiou a cabeça no meio das pernas da minha mãe. Aí os caras tiraram as sungas, nessa hora uma das velhinhas da festa me puxou pelo braço e disse: Saí daí, menino! Não fica vendo isso não! Que horror!Que horror!, e ela me levou pra longe. Mas uns minutos depois eu consegui me soltar e voltei pro salão. Eu queria ver. Quando voltei já tava todo mundo pelado, inclusive ela. E tinha uns 10 caras em volta. Eu mal conseguia ver o que eles faziam. Um cara tava chupando a buceta dela. E ela chupava a pica de outro que estava de pé. Um deles dizia a toda hora: Eu sempre fui tarado nessa piranha..., alguém se deitou no meio das pernas dela e enfiou-lhe a rola. Não sei o que acontecia, mas de vez em quando minha mãe gritava: ME SOLTAAAA!, mas depois continuava a gemer. Ouvi eles dando uns tapas na cara dela e chamando de vagabunda. Ela deitou em cima de um cara e ficou tipo cavalgando na pica do cara e chupando a rola dos outros. E os caras não paravam de empurrar caipirinha na boca de minha mãe. Aí eles colocaram ela bem de quatro no sofá. Ela parece que percebeu o que ia acontecer e gritou: NAAAOO!!!, mas ela sozinha contra 10 caras, sem chance. Eles a seguraram firme e o gerente da firma foi o primeiro a enrabá-la. Ele socava a pica e dizia: que cu apertado da sem-vergonha!, ela ainda gritou por um tempo depois ficou quietinha, só gemendo. Aí chegou um outro cara e meteu na bunda da minha mãe: Que cuzinho gostoso!, disse ele. E eles iam se revezando no traseiro dela. Cada um metia um pouco e passava a vez pro outro. Minha mãe já nem precisava de ninguém segurando, ela parou de quatro, com o rabo bem empinado, baixou a cabeça e deixava os caras meterem a vara no cú ou na xoxota, à vontade. Eu cheguei mais perto e vi que a boceta da minha mãe estava vermelha e o cuzinho tava bem aberto e vermelho. Ela tava completamente bêbada e dizia: VAI, METE, METE, ME FODE, ME FODE!!!, Teve um cara que ficou metendo e não queria parar. Aí deu briga. Depois voltaram a meter. Sentaram ela na rola de um e outro foi por trás. Fizeram DP com ela varias vezes. Pra mim aquilo tudo foi... sei lá. Foi punk a parada, meio excitante, chocante, entende? Já fazia quase 1 hora que eles estavam naquela zona. Aí cada um tocou uma punheta em cima dela e minha mãe ficou coberta de porra e parecia contente. Depois disso, eu lembro que mamãe tomou um banho e uma das senhoras nos deu uma carona até em casa. Minha mãe chorava sem parar, dizia que morria de vergonha.

Depois disso tudo, meu pai nem queria olhar na cara de minha mãe, depois que ficou sabendo de tudo. Ele diz que cada colega na firma ria dizendo: Nossa, João, que mulher gostosa você tem em casa, hem... e uma porção de merdas. Lembro que uns caras foram demitidos depois dessa festa e parece que nunca mais fizeram festa de fim de ano.

Logicamente que meus pais se divorciaram, eu e minha mãe fomos morar em outra cidade de tanta vergonha que ela sentia. Meu pai fez acordo pra ser demitido dessa metalúrgica e hoje tem uma banca de jornal. Minha mãe nunca toca no assunto, de como ela gostou de várias picas entrando e saindo da bunda.

Comentários

29/12/2015 09:42:18
E meu amigo a bebida tem esse poder normalmente as santinhas mulheres de família quando excede na bebida mostra a outra face normalmente parece que decentemente uma entidade como a bomba gira que é do candomblé que dá um fogo incontrolável se o marido não acompanha da orgia e elas depois se arrepende mas na primeira oportunidade se solta de novo eu adoro esse tipo de comportamento sempre sobra uma bela buceta e um delicioso cu para ser deflorado Pires uma bela pica todas são acim Pires isso que a maioria das mulheres se segurao com a bebida quase todas que Beberão acima do limite já passarão por situação semelhante viva as bebida e as mulheres que Passa dos limites adoro [email protected]
11/02/2015 23:20:24
bacana
30/07/2013 16:44:14
legal parabens pelo conto tambem queria foder o rabo dessa puta
15/07/2013 20:09:01
Querido! Que coisa, né! Como disseram foi triste o final, mas não posso negar que foi uma curra excitante. Pena que a Dona Elisabete não soube lhe dar e superar isto. Aposto que vc até hoje sonha com o que presenciasse. Foi o aconteceu comigo quando vi a transa de meus pais, e me apaixonei pelo pau dele. No final tudo ficou resolvido entre nós, todos transamos em família, inclusive minha amiga, aqui. Bem, um beijo Adoramos seu conto. Eu e Lucy, que já votou! Ficamos com um tesaozinho tb. Visite-nos.
10/07/2013 02:51:37
Cara lendo esse conto senti a mesma coisa que vc,exitaçao,raiva,nojo,odio uma mistura de emoçoes,mais cara se esse conto realmente e verdadeiro vc nao divia ter deixado os caras fazerem isso,puxava sua mae e jogava nocarro e trancava tenho do do pai gamba! Fiquei meio com raiva do conta mais vale 10 vlw:D
17/04/2013 15:24:05
sei não..parece fantasia de muleke
11/04/2013 12:02:01
Gostei do final.
11/04/2013 11:44:14
Apesar da orgia o conto é triste, o bom é que é realista, normalmente um conto deste terminaria com o corno lambendo a porra de todos. Parabéns pela ousadia de escrever um conto diferente.
11/04/2013 05:39:13
gostei do conto
11/04/2013 05:38:40
gostei do conto
11/04/2013 01:45:55
Gostei. Sua mãe é uma safadinha, só precisa assumir esse lado dela...
11/04/2013 01:36:35
foi um otimo conto ..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


chupaminhabucetacoroacontos eroticos entre jovens irmaos gemeosloirinha perguntava se fodia gostoso xvideoscasada só engole a porra do amante e nunca do marido traindo porno vídeocontos eroticos inicio na infancia xantageada e abusada Pelo negaoouvir barulho do pinto entrando na buceta pornôjuju fudedoenteada flagra transa de adoria participarconto erotico o cuzinho da noviçaconto erotico gay meu dono dei meu cu de presente de aniversarioporno provisional com casal apaixonadosconto erotico comendo o cu de minha mulher com neutroxmenino menoridade inocente porno gayxporno novinha tomando banho de porta aberta ai o seu irmão entra e ver ela e fica de queixo caído com o que ta vendo doce nanda parte IV contos eroticosContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandoloira jogando pinbolin pelada no saguão do hotelvirgens+perdendo+o+cabacao+da+buceta+e+do+cu++virgenscontos de incesto mãe ensinando filha a da bucetinha na infânciahomem core atrais de menininha secuestra leva estrupa com varios amigos cu e buceta estora vidio pornoxvideo da tia com medo a som brinha gozado na boca delamulher falando juramento de gemido vídeos pornônegao pega moha mulher e fode ela toda sexos melhores minetes com o caralhinho no cu pornomulher querendo fazer zoofilia no Rio de Janeirocontos eroticos dando o cuzinhi e a boceta pro molekis da vizinhancaconto sou crente casada carente provocando os pedreiroleitinho do papai contosboafodasangueFazendeiras e seus contos eroticos picantesmacubeiro comendo a foça novinhasexo caseiro jardineiro comendo cu da tiavideo viuva custou a dar a bucetaConto erótico bricadeiras eradas com o paiMulher cagando na calsinhavideo pornoSexo real moca falando olha isso seu pau muinto grosso aiai contos uma delicia de vizinha 8aninhos dabuceta das gostosa da novela das 9:00contos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheirocontos eróticos mulher dividindo o marido com gaymulher cor de jambo anal classicosou puta e pratico zoofiliamulheres mamas enormescom conas fantasticasmeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosmeninos irmaos gay gostosos sarados pelados batendo punheta na cam e na escolaporno brasileiras novinha da sua buceta e se arrepende e chora e chama palavrao nuaCANTOS EROTICOS DE ZELADOR PIROCUDO COM MORADORA DO CONDOMINIOxvideo dechei meu socro abusar demiporno brasileiras novinha da sua buceta e se arrepende e chora e chama palavrao nuacomo fazer alguem te pedir dxclpa a distanciapolicial fudendo com mulher que levava drogas na bucetaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhover contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosporn caioserporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelcontos eróticos na famíliatio e sobrinhacontos eróticos de sequestroporno sogru peganu tu nora a forsaporno contos apalpada pelo tio do maridomulher f sexo escanxada no palvideo dondoca e maridi bisexualFOTOS DE FODA RIJA NEGRAO BIGcontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaaConto erotico de pai cheirando as calcinhas sujas da filha bucetudacontos corno e meus amigos pegamos minha esposa rabuda de fio contosespiei a minha madrasta gostosa e fiz um vídeo caseiro delaela so goza cagando e gritandoTranzando com as velilhas tetudas debicos grandeContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindosfilha assiste porno no quarto e mae e comida por outro e mae escuta barulho estranho e vai ver o que e e ve a filha se masturbandoacompanhando que Rominho ligoucontoseróticospublicadosemfudendo a auiliar da dentista no banheiro pornodoidoRelato enrabada por um cavalo bem dotado zoofiliamae com tesao se masturba aoamamentar filho contos me fizeram de vaca no ordenhador contos eroticos