Casa dos Contos Eróticos

Click to this video!

Enrabei o afeminado

Autor: Rajon
Categoria: Homossexual
Data: 06/06/2013 20:50:14
Última revisão: 06/06/2013 21:01:15
Nota 10.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom pessoal acho que quem acompanhou meus primeiros contos já deu pra me conhecer e tbm minhas histórias, vou contar - lhes mais uma verídica, talvez vez a única que me arrependo, pois corri um sério risco de cair na boca da vizinhança e perder todo o sigilo que busco em relação a minha opção sexual hoje (Bi ativo), eu já estava a um mês sem fuder um cuzinho e trepar com gays, pois bateu aquele peso na consciência e voltei a sair só com mulheres mais pra quem conhece o meu conto (como me tornei um BI ativo 1ª parte) sabe a dificuldade que tenho em convencer uma mulher a fazer anal comigo, estava resistindo bem até que um viadinho cruzou meu caminho, ele morava no bairro vizinho ao meu todos o conheciam no meu bairro, costumavamos zoar ele eu e uns amigos, tipo quando ele passava mostravamos as rolas pra ele e balançavamos rsrsrs,ele ficava doidinho sorrindo, seus olhos não sabiam pra qual olhar rsrsrs, as vezes ele estava conversando com uma amiga nossa e algum dos meus amigos zoavam pegando na bunda dele ou puxando a mão dele pra dar uma pegada na rola sabe, ele fingia resistir mais deixava a mão molinha pra pegar rsrsrs, tinha uns mais ousados que deixavam a pica dura e encochava mesmo, dava pra ver que ele adorava, vocês podem se perguntar que viadagem mais era só de resenha mesmo só pra mexer com ele sem nenhuma segunda intenção, ele era um viadinho sabe daqueles que estão no início da transformação para travesti sabe,ainda com peitinhos pequenos, cabelo ainda curto mais já de mulher, se vestia como uma menina sempre de shortinho curto ou vestidinho, era magrinho, mas até que tinha um rabinho bonitinho rsrsrs todo empinado e redondinho, era moreninho escuro e tingia os cabelos de loiro, era novinho tinha 17 anos pra 18, eu não tinha tesão por ele mais tava viçando por um rabo, sabe como é difícil, pois virou meio que um vício meu comer cú, as vezes saia com uma namorada pra transar mas não rolava anal e acabava insastisfeito, vamos ao conto. Tudo aconteceu num domingo a noite tinha ido a kza de um amigo assistir um jogo de futebol foi eu e outro brother, bebemos bastante até o fim do jogo, e fomos pra kza eu e meu amigo,a kza desse amigo era no mesmo bairro que o nosso mais dava uma caminhada boa, a kza do outro brother era antes da minha por isso chegou um momento que continuei o percusso sozinho, já eram 23:00 e sabe como é domingo né aquele deserto nas ruas, tô andando quando avisto de longe o viadinho todos o chamam de Shakira, ele parecia esperar alguém estava parada no ponto de ônibus, toda produzida, de vestidinho bem arrochado e curtinho, todo na chapinha rsrsrs, tenho certeza que esperava por algum corajoso disposto a lidar rola e encontrou rsrsrs,vi a situação perfeita pra matar aquela vontade louca, domingão parecendo fim de mundo ruas vazias, nenhum movimento nem de carro,tudo escuro e ainda por cima cheio de água na minha mente ou seja cheio de coragem, pensei comigo vou tirar uma onda e ver no que da, quando fui me aproximando ele já começou a mexer os cabelos ajeitar o vestido, eu de sacanagem fui segurando a piroca e alisando, e ele de olho duro, sorri pra ele, perguntei se gostou, ele apenas sorriu, como tinha bebido bastante estava com a bexiga cheia, de propósito inventei de mijar bem na sua frente, tirei minha jegona (21cm bem grosso com a cabeça parecendo uma maça de grande e vermelha) pra fora e olhei pra ele, a expressão dele foi a seguinte, olhos arregalados, boca aberta e ainda se engasgou quando viu rsrsrs, começou a rir e ficou todo inquieto, acabei a mijada balancei tudo isso na frente dele, olhei pra ele e perguntei o que achava ele disse que parecia uma jibóia de grande, não aguentei e sorri essa foi boa, perguntei se gostava assim grande e ele disse que adorava,fui me aproximando e falei que ele podia pegar se quisesse e como ainda tava molhadinha de mijo ele podia dar uma enxugada com a boca, deu pra perceber que ele estava piscando de tesão todo nervoso, pensei comigo aqui tbm não né, peguei ele pelo braço e o levei até um bequinho que tinha nessa rua, já fui tirando uma casquinha né apalpando sua bunda, me esfregando nele, coloquei com as mãos na parede de costas pra mim como num baculejo (revista policial),segurei ele pela cintura e comecei um sabãozinho gostoso esfregando a piroca nas coxas dele que aproveitava pra apertar meu pau com elas, levantei seu vestido enquanto isso,afastei sua calcinha que era um lindo fio dental vermelho e enfiei o dedo em seu cú, ele suspirava e gemia que nem uma putinha, ficamos nesse esfrega, esfrega gostosinho por alguns minutos, mais queria era meter mesmo,o cacete tava no ponto durão mais seco, peguei ele pelos cabelos e conduzi sua cabeça até a minha de baixo rsrsrs, o safado não pensou 2 vezes e abocanhou, só cabia a cabeça mesmo devido a grossura por sua boca ser pequena, mas era o suficiente pra me levar a loucura pq encaixava perfeitamente na glande onde da mais tesão no homem sabe, sua boca pegava fogo e parecia que a piroca tava se dissolvendo nela, ele chupava como eu gosto mamada bem molhada,ele se lambuzava todo cuspia na cabeça e chupava ou cuspia nas mãos e espalhava na minha pica, tava muito gostoso, mais queria era seu cú, então pedi que se levantasse voltei a coloca - lo na posição de baculejo, baixei sua calcinha até seus pés, levantei seu vestido empinei a piroca, lambuzei seu rabo com minha saliva e forcei a jega contra ele, porra tava acostumado a comer caras mais velhos que eu (não coroas), com uma certa experiência, o cuzinho dele parecia virgem, duro e muito estreito, nem a cabeça entrava, quanto mais forçava mais machucava, ele começou a gemer muito, mais de dor e não de tesão perguntei se queria que eu parece, ele disse que não que ele estava acostumado a dar pra coroas do pau pequeno ou médio no máximo 16 cm mais quase todos broxas, que eu era a macho mais gostoso que tava dando e não ia perder a chance de fuder com uma rola como a minha, então continuei tentando até que depois de muito tentar entrou, fui forçando bem devagar até sentir que não entrava mais devido a grossura, coube uns 10 cm apenas, faltou só 11 rsrsrs,mais já era o suficiente pra bombar, deixei ele se acostumar com ela paradinha no seu cú,quando vi que tava mais confortavel passei a bombar gostoso bem devagarzinho, que delícia era ouvir aquela vozinha de bichinha gemendo de tesão na minha rola,ele dizia assim: vai meu machão fode sua menininha me faz mulher, ou pedia pra eu socar fundo o nervo quente pra ele gozar, aquele cú apertando meu pau gostoso, segurava as vezes pelos peitinhos apertando os biquinhos era o que dava pra pegar de tão pequenos, as vezes pelos cabelos cheirando seu perfume, até que tinha cheiro de fêmea, beijava seu pescoço e orelha, chupões mordidas, tudo de tesão, ficamos alguns minutos assim ele gozava sem parar com minha rola em seu cú, sabia pq via a gala pingando no chão, até que em um momento ele não aguentava mais, não tinha mais prega, seu cú tava rasgado mesmo e ele gritava muito, não conseguia gozar pq meu ritimo pra gozar tem que ser forte, intenso e com ele não dava, tinha que ser bem de leve, então decidi por fim na brincadeira afinal já era tarde e tinha muito tempo que estavamos ali, tirei a piroca bem lentamente, deu pra ver que machucou bastante seu rego,pedi pra ele se agachar e bater uma pra mim com força e rápido enquanto chupava forte só a cabeça, que tesão fiquei tão ofegante e tremulo que percebi que seria uma gozada intensa, sempre acontece quando a transa é inusitada, quando é uma aventura dessas, o 1º jato foi forte bem no fundo da garganta dele que o engasgou, imediatamente ele tirou da boca, mais foi pior pq o 2º bateu forte na sua testa lambuzando toda a chapinha que ele tinha feito rsrsrs, ele a baixou e o 3º explodiu entre seu nariz e olhos, ele percebeu que era melhor deixar na boca mesmo rsrsrs, teve mais uns 4 jatos intensos mais ele sugou gostoso, foi buscar da base com a mão até a o orifício a última gota e sugou gostosinho, cara veio um sentimento de alívio e dever cumprido sabe alegria mesmo, mais logo passou e veio a preocupação pq ele era conhecido de algumas vizinhas minhas se esse ocorrido chega - se na boca de alguém, seria uma baita queimação de filme não ia pegar mulher mais nenhuma no bairro, tive que ameaçar mesmo, falei pra ele que era pra esquecer como se nada tivesse acontecido, que se ele abri -se a boca pra alguém ele ia se dar mal, ele me deu sua palavra que ninguém ia saber, mesmo assim não valia muito pq achava que mais cedo ou mais tarde ele contaria, fiquei muito preocupado, por incrível que pareça o safado cumpriu com sua palavra, pois não fiquei sabendo de ninguém, com certeza se ele tivesse contado saberia pois as coisas correm rápido por aqui. Cruzei com ele algumas vezes após o ocorrido, mais ele manteve o respeito não dirigia uma palavra a mim, mais me olhava com uma cara de quero BIS todo desconfiado rsrsrs, já faz um tempão que não o vejo.

Comentários

07/06/2013 05:13:03
10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.




Online porn video at mobile phone


Amém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeovide de maisa perdendo avigidadifotos de mulher com pinto e buceta crudandosmanda um vídeo de pornô aí eu não tô nem phone 5tia dando uma licao no subrinho por ir mau na escola xvideos videoscontos tatuape primeira bucetaconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeuconto gemo muito ai ai dando cu para outro na frente do meu corno ele fica com tesaõcasadindo novo dando o cu e esposa vendo xvideoos erótico sou casada e transei com negão africano mega dotadoquero ver pênis de homem buceta de mulher vídeo de safadeza unha sendo mortoinistiu e comeu a gata ba moto ela gemia muito e posto na netadolecente chorando no picao cuzinho virgem incestocontos eróticos chantagiei minha comadre e gozei na boca delavideo porno estupraram minha namorada e ela gostouestourando com o cu da amadora e ela cagando no pauconto meu marido virou minha putafilha fodendo com pai na excursaomigre.me/w4IgEcavalo viou pau ate no urtero da novinhaso contoseroticos completos no sofa do padrinho maria alice deu ate o cuzinhoxvide coroa gritando emportugues quando toma rola grossa e cabecuda na xanacontos pornôs vingança órfã gangbangAmém tempinho comendo veado vídeo pornô vídeomae obriha filha virje perde o cabasdo com o padrastopornocontoincestospadrasto enteada falei de sexo brasileiroaliviava me tesao com o filho novinho da vizinhaflagrei esposa socando vibrador no cu do vizinho novinho contosconto erótico menino bonequinhacontos comi a cunhadinha parte 2 bunduda virgem novinhahistória real irmão bem dotado seduza irmãzinhaporno sobrinho vai dormi mais tia e fica de pau duro embaixo do lencoumolestando filhinha young pornocomendo amiguinha da entiada de 15anosgay jogando video game pelado sozinhosexo minha mulher me dando minha sogra de presenteconto erotico com o senhor ditaocontos erótico transei com minha sograincestocrentecontos sobre chantagiei minha tia e q cominovinha safada humilhando o padrasto é estrupada a forca no conto eroctico do quadradinhovidioporno coroa branca buceta bem arbetacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove me estuprou dormindo quando eu tinha nove anosotário ao extremo contos eróticosprimeira. vez dei meu cuzinho pro vigia. xa. obra. guey contos. eroticosvídeo pornô Sport segurando marido comendo o cuzinho da comadre a forçaa japonesinha que não aguenta e se mijamenina ponha na bucetinha dedinho cheio de pregasxxvideos parada gay 2017 sao paulopeso d porrta gatinhanegão socando a rola no c* da neguinha fazendo ela arregala o olhoContos um caderante estrupou minha bucetaenteada flagra transa de adoria participarhttp: // venus. workupload. com/ image/Siu76V3Uquero ver a xoxotinha da minha irmã de Lurdinhaporno gay derramou agua na calçacontos eróticos dei pra estranhos pelo buraco na paredeporno corno paga dois homens de pau Grosso pra esyrupar sua mulher na frentedelelesbicas contando cono ébom chupar e ser chpadaminha vizinha puta contocontos eroticos diaristacontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhapegei miha esposa transando com nosso cachorrowww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comconto erotico lesbico dei o troco no meu marido com sua amantecoxando disfarsadamente e rabuda deixandocontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiracachorro estorou a bundinha da gostosa de minisaiacontos erótico com subriaconto erotico dei pro meu genrocontos mulher de amigo short coladosafadezas com meu cunhadinhoConto flagrei com bananaconto erotico dei para um estranho na casa de swingpersonal treiner encinando mulher fazer abdominal chupando porno