Casa dos Contos Eróticos


Click to this video!

Um amor duplamente proibido (parte 28)

Um conto erótico de H. C.
Categoria: Homossexual
Data: 17/08/2013 06:12:25
Nota 9.91

Oi, adorei os comentários. Bom, creio que vocês ficarão satisfeitos em saber que a trama ainda não chegou a metade, acreditem se quiser, muita coisa vai acontecer. chega de falação, a história.

Parte 28

Eu pensava em muita coisa, mas principalmente que eu não teria oportunidade de ver Rafael de novo, provavelmente eu morreria ali. Eu então pensei com toda a minha força: “Pai, me deixa ver Rafael, nem que seja antes que eu morra”. Deus era minha ultima esperança. Quando conclui o pensamento, perdi a consciência, pois a dor era muito intensa.

“Eu estava em uma estufa, as paredes eram de um cristal que deixavam a luz entrar, a atmosfera era úmida e preenchida por aromas muito bons que me faziam lembrar momentos do meu passado. Eu cheirava uma flor que eu nunca tinha visto, porem me chamou a atenção. Alguém me agarrou por trás, eu conhecia o dono daqueles braços dourados, olhei e vi as asas uma branca e outra preta. Me virei de frente para contemplar aqueles lindos olhos que eu tanto amava, Rafael estava sem camisa. Bem lentamente ele arqueou suas asas atrás de mim fazendo eu grudar nele, chegou bem perto de meu ouvido e falou...”

Rafael – Acorde amor, já é tarde – Dizia Rafael despertando-me do meu sono.

Eu olhei para os lados e percebi que estava na cama de Rafael, já estava claro. Lembrei do ocorrido na noite anterior, levei minhas mãos até meus braços, pernas, mas não tinha nem uma evidencia do que tinha ocorrido. Fiquei perplexo, será que tudo havia sido um sonho? Procurei em meu dedo o anel e para minha felicidade (ou azar) o encontrei.

Rafael – você ainda sente alguma dor, eu juro que se eu soubesse que as coisas acabariam assim eu teria estado do lado de fora da casa para te segurar, eu não vou me perdoar por não está lá quando você precisou – ele dizia e lagrimas escorriam de seus olhos – eu fui o mais rápido que pude quando chegou à mensagem de que você precisava me ver, mas não foi rápido o suficiente, quando cheguei você estava inconsciente, eu dei uma surra naqueles homens e te trouxe para cá, curei seus ferimentos do melhor jeito que eu pude e rezei para que não fosse tarde demais. Eu não sei o que faria se você morresse – eu o abracei, pois meu coração me dizia que era o melhor a fazer.

Eu – meus pais... – eu comecei a chorar, e a soluçar, eu não sei como Rafael tinha curado minhas feridas e hematomas, mas os machucados na minha alma ainda estavam abertos – eles me expulsaram, meu pai disse que não queria me ver nunca mais.

Rafael – calma amor, eles devem ter dito da boca para fora. Seus pais te amam, você é filho único, e eu ouvi dizer que o bem mais precioso para um pai é seu filho – ele disse isso para me consolar, estava funcionando, principalmente sentindo ele tão perto de mim, seu calor era reconfortante, eu me afastei para falar melhor.

Eu – Rafael, o que eu vou fazer agora, eles me expulsaram, não tenho para onde ir nem parentes ou amigos para recorrer.

Rafael – você tem a mim, eu sei que eu não sou parente, mas estamos juntos e se você quiser pode morar aqui. Pode até ficar em um dos outros quartos se não quiser dormir comigo. Eu vou cuidar de você.

Eu – eu te amo Rafael – eu o abracei novamente e depois dei um sorriso – se meus pais me amam eles vão me procurar, embora eu ache que meu pai não vai, dado o jeito que ele falou. Eles são muito importantes, porem não deixarei minha vida parar. Amanhã eu procurarei um emprego, já tenho quase dezoito, tenho que assumir meus compromissos – ele me interrompeu.

Rafael – Que emprego o que, você vai continuar estudando, vai entrar na faculdade e realizar seu sonho. Não adianta discutir, você é minha vida e quero que tenha um bom futuro. Eu tenho o suficiente para nós dois – eu ia retrucar, mas ele me deu um beijo muito bom e entendi que nada do que eu falasse ia o fazer mudar de ideia.

O beijo dele era calmo, já estávamos somente de cueca, porem ele parou com selinhos e se afastou, pois sabia que não era hora para isso. Tudo estava bom demais, eu tinha uma casa um amor, alguém que eu sabia que poderia confiar, claro alguns inimigos (Bernardo, Letícia), mas com Rafael tudo parecia pequeno. Uma duvida começou a surgir em minha cabeça, como ele havia me curado, sim porque nem um remédio que eu conhecia fazia efeito tão rápido e eu me lembro que tinham cortes em meu braço, lembro de tanta dor que tinha certeza que alguns ossos haviam quebrado. O que ele havia feito? Eu não queria estragar o momento, entretanto as duvidas vinham como um turbilhão. O que tinha no terceiro andar? O que era aquilo que me assustou noites atrás? Minha mente começava a maquinar coisas menores. Como a lareira acendia sem mais nem menos de modo tão rápido? E, pensando bem, porque as portas dos quartos eram somente para um lado do corredor? Claro, muitas dessas duvidas são sem sentido, a lareira poderia naturalmente ser acesa por um sistema de ultima geração, a casa é muito grande, pode ser que seja oca no centro como se fosse um o. Mais se eu ia morar com ele essas duvidas tinham que acabar.

Eu – Rafael, eu não queria estragar esse momento, mas tenho que perguntar – respirei – o que você não me contou? Eu sei que você disse que ia contar no final de semana, mas dada as circunstancias eu tenho que saber agora – ele olhou para baixo e respirou fundo, seu olhar demonstrava o medo, provavelmente de abalar nossa relação.

Rafael – então chegou a hora...

continua...

os meus sábados são sempre muito cheios, por este motivo só postarei novamente amanhã bem cedo. Comentem, critiquem, deixem suas opiniões e especulações, pois eu gosto muito delas. Ao final, não deixem de atribuir uma nota.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/12/2013 19:25:22
Sou bem safada, virgem, 18 aninhos, bissexual.
05/12/2013 23:39:07
adorei gosto muito de ler contos! estou louca p/realizar algumas fantasias fora do meu casamento, meu marido esta viajando, meu e-mail para contatos é: contate só quem tiver real interesse, um macho que me satisfaça de verdade e me de carinho! bjs
05/12/2013 21:54:38
:-o
04/09/2013 21:53:40
Rafael só pode ser um anjo da guarda mandado por Deus para proteger o Lucas, o problema é que esse anjo se apaixonou .....
18/08/2013 20:48:25
10
18/08/2013 03:31:59
cara sacanagem... posta logoooooooooo
17/08/2013 21:48:52
Bom...
17/08/2013 18:01:36
posta logo o proximo...
17/08/2013 17:40:08
Owwwn, que lindo o Rafael, eu acho que ele é um anjo o/ asas, te salva, te cura...Fato kkk adorei.
17/08/2013 15:49:03
...
17/08/2013 14:53:34
Terrível o modo como ele foi tratado!!
17/08/2013 14:15:49
Aaaaiiinn isso é maldade taa .. Parar bem na melhoor Horaa ! kkkkkk Seu conto é perfeitoo ! bom espero q naum seje coisaa fora do normal pq estragariaa ( eu achoo ), pois coo ja disseram, só esse supense bastaa .. ! mas oq vai acontecer do seu contoo é tu q sabee ! Mas eu to amandoo ... é muitoloo lindo mesmoo ! to aguardando a continuaçaoo !
17/08/2013 13:38:31
Sacanagem ter que esperar até amanhã hein! Ótimo como sempre!
17/08/2013 11:10:12
Que maldade! Esperar até amanhã no suspense ): perfeito.como sempre.
17/08/2013 11:02:36
amando.
17/08/2013 09:21:40
o Rafa é Vampiro...kkkkkk sqn Brinks mais eu axo que a qualquer coisa ainda qe vai rolar vc deve ficar com ele,pois ele é seu amor...Queria q vc respondesse as perguntas,ou criticasse o que as pessoas dos comentarios dizem :)
17/08/2013 08:19:34
Aaaai, para sempre na melhor parte? Puxa, isso não se faz não... Continua loogo!
17/08/2013 08:14:10
Você quer me matar do coração? Tá bom eu vou esperar até amanhã. Bj lindo.
17/08/2013 07:20:44
Ansiosa pra saber os segredos de rafa
17/08/2013 06:38:55
Não vejo a hora do segredo ser revelado, embora ache que o Rafa é um angevil, anjo/demonio, mas na espera pra matar a curiosidade. Demais hoje.




Online porn video at mobile phone


clitoris vantajososoi sou casada bati o carro do meu marido pra ele nao sabe levei na oficina mais nao tinha dinheiro contos eroticoschego do serviço encontrar cunhado só de camisola e mete o pauconto mamae dormia de calcinha atolada no cucontos de sexo depilando a sografiume porno brasileroXvideos com icrivel rugui"atolado no meu cuzinho"descreva como se sente ao esfregaren seu clitoresquero ver pênis de homem buceta de mulher vídeo de safadeza unha sendo mortoxvideos nao resisti ao padrasto dotado q fode sem do ela gemendo muitocorno manso otario contoscorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandosou puto e quero comedor em esteio rsnovinho lendo no park louco de tezao por um homem forte gostoso e peludocomo fazer um sexo anal sem dor e sem sujar e a posição idealporno conhecendo minha primaincesto pai filha eroticos peludo bigode contoscanil de cadela zoofilia pornocontos eroticos de menias q deu seu cabaçinho bem novinhas por que sua obrigou a trepa com seu companheiro taradonovinha tentando da o cuzinho virgem pro amigo tadinha da novinhavideos insinando ademorar a gozar batendo punhetaminha esposa me falou q quer sentir outro pau na sua bucetamohamed elatar punhetandopeões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysdei a buceta no rio contos eroticosXxxxxxVidio porno o negrao virado em mangaso videos de xoxotas murchaspriminha de shortinho roxo deitada na camamundobicha.com hetero brasileiro toma banho com amigo heteroso puta dancando sexual e menor mostrando o peitinho e bucetinha enchada marcado a calcinhavídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosaarombei minha mae contos eroticos pornohttp://migre.me/w4IgEseminarista transa colega de quartoeu tava tomando banho e meu pinto tava duro minha mae rabuda chegou e eu fudi elaxvidio fagar a gostosa na praiaesposa do meu amigo me deu bola e eu comi ate seu cuzinhotirei a virgindade da minha empregadamoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nucontos eróticos com minha irmanzinhasogra fagar gero de pau duroxvideos primo cheira po mas prima e nao resistiContos com fotos velhos fudedores chupadoresvideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo delecontos gay viadinho aproveitando do molequemae do meu amigo gostosavidemulhermetendo a mão rodunha na bucetadoce nanda parte IV contos eroticoscomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanteraslevando pissada ate caga porno doidocontos novinha corno gang putinha forçadacorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticosas encoxada só coroâs videosO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,x vde porno rebolando de calca no pinto duro orono swing marido nao permite que metam na esposadescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticosconto gay machoele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosassistente de palco do programa vai para o teste do sofa pornocontos de sinhazinha lesbica abusando de escravaminha esposasuruba relatohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelolevando a cunhada para tomar injeção no bumbummeu irmão me viciou em chupar pau conto gaygosto de praticar zoofiliaporno filme grande que demore😉😉lugar onde o rio nasce xvidiocontos eróticos suportando três cacetes com carinho e amorvelhocasadacornovidio porno crente curioza pra parA pega pica eacaba sendo estrupada ela cota tudoContos erótico a calsinha da cunhada noviha cheirava mixocontos gays tio e sobrinhocontos eróticos fodendo o cu de Julinho cache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133